You are on page 1of 3
ACORDO COLETIVO DE TRABALHO Que entre si celebram, de um lado, SINDICATO DOS AEROVIARIOS DE PORTO ALEGRE, com sede pa Rua Augusto Severo, 82 - Porto Alegre ~ RS, CEP 90.240-480, CNPJ/MF n° 92.248.210/0001-11, neste ato representado por seu Diretor Presidente, Sr. Celso André Klafke, portador do CPF n* 441.451.280-87. E de outro lado, TAP MANUTENCAO E ENGENHARIA BRASIL $.A., com sede na Av. das Canérias, n* 1862, Galedo/TIha do Governador, Rio de Janeiro, RJ,. neste ato representado por seu Usretor Presidente, Sr. MBSEOR MAURO KOCH, “CEE n* 228.871.720-34, © por sua Diretora Adninistrativa~ Financeira, Sra. GLAUCIA CRISTINA DA CUNHA LOUREIRO, CPP n° 864-115.227-68 Que reger-se-4 pelas seguintes cldusulas: 01 ~ ABRANGENCIA As condigdes estabelecidas no presente Acordo Coletivo de Trabalho vigoraréo para todos os funcionarios aeroviérios adstritos ao SINDICATO DOS AEROVIARIOS DE PORTO ALEGRE, com base territorial no Estado do Rio Grande do Sul, obedecida a conceituagdo da profigedo, conforme 0 dieposto no Decreto n* 1.232, de 23 de Junho de 1962. 02 ~ viciucra - EFErTOS 2.2. 0 presente acordo entrard em vigor a partir da data de sua assinatura e vigoraré até o término do pagamento das parcelas acordadas. 2.2. Cunpridas as obrigagdes estabelecidas no presente acordo, aperfeigoa-se a quitagto dos valores estabelecendo ato juridico perfeito e acabado. 03 ~ PAGAMENTO DAS HORAS EXTRAS PRESTADAS ATE 31 DE MARCO DE 2011 3.2, Acordam as partes que a TAP MANUTENGKO E ENGENHARIA BRASIL 3/B realizara o pagamento integral das horas extras prestadas por seus enpregados, considerands saldo resuitante até 31 de marge de 2011, excluidas as horas extras realigadas no més de marco, as quais deverao, nos termes da CCT, ser tonpensadas no més de abril ou pagas no més de maio de 2011. 3.2. 0 valor do saldo de horas extras reconhecido, englobando todos fof seus empregadoe, @ apurado pelas partes acordantes no valor total de RS 540.841,63 (quinhentos e quarente mil, oitocentos e quarenta © um Reais © sessenta e trés centavos), no qual j4 estao incluides todos 08 reflexos legais e que seré pago a todos os enpregados em até 24 (vinte @ quatro) parcelas, mensais, consecutivas, priorizando-se através de tabela regressiva 3 Liguidagdo dos menores valores, sendo a primeira parcela paga en. maio de 2011. 3.3. Os valores das parcelas mengais corresponderao ao total de horas extras apuradas em relaczo a cada empregado. As horas sero devidanente pagas em até 24 (vinte e quatro) parcelas, conferindo- se a quitacao total dos valores. 3.4, 08 enpregados abrangidos no presente acordo, _estao relacionados no anexo I, com a individualizagzo do’ crédito respective, apurado em 31/03/2011, nos ternos do item 3.1 acima, cuja. anuéncia ee dev em assembléia com o sindicato, dia 28/04/2011, docunento anexo. 3.8. 02 valores das parcelas mensais, assim como o nimero da pircela, serdo informados detalhadanente no contracheque de cada enpregado. 3.6. 0s empragados que se encontram afastados, em gozo de beneficio previdenciario, receberao as parcelas do presente acordo ina ocasigo em que retornaren @ sua rotina lcboral e anuiren ao presente acordo. 4 ~ DESLIGAMENTO DE EMPREGADO DURANTE 0 ACORDO 4.1, Na hipotese de desligamento de alqum enpregado durante o période de paganento, o saldo restante seré irtegralnente pago na data da rescisao do contrato de trabalho do referido empregado. 5 - HORAS NAO TRABALEADAS 5.1, 0 valor do saldo total de horas no trabalhadas pelos ‘empregados (englobando todos os seus empregados} até a data de 31/03/2011 € apurado pelas partes acordantes no valor total de RS 2.374.044,27 (dose milhes, trezentos e setenta e quatro mil, quarenta © quatro Reais e vinte e sete centavos), equivaientes 3 326.331 (trezentas © vinte e seis mil, trezenzas e trinta © una) horas ditas “negativas”. 5.2. Bm relacdo as horas ndo trabalhadas, ditas, negativas, até o ia 32/03/2011, a TAP ANUTENCAO, E ENGENHARTA BRASIL S/A, neste. ‘ato, confere total e irrestrito peldao @ todos 28 enpregados. = FALTAS E ATRASOS A PARTIR DE 01/94/2012 ro 6.4. As Partes acordam que, a partir da data de 01/04/2011, todas ac eventuais horas negativas decorrentes de auséncias injustificadas, atrasos ete. dos enpregados da TAP MANUTENCKO E ENGENHARIA BRASIL S/A ser8o descontadas nos saldrios dos referidos empregados, no més subseqiente ao do fato gerador da hora negativa, ressalvanda as justificativas previstas en lei. 7 = pA guragho 7.1. do cumprimento do presente acordo, os empregados abrangidos dio rasa e total quitagao quanto ao valor objeto do presente nao tendo mais nada a pleitear. 8 ~ DAS PENALIDADES 2.1. 0 descumprimento pela empresa de algum dos pagamentos aqui acordados, em relagio a algun trabalhador, determina o vencimento antecipada de todas as parcelas nao pagas a esse ompregado, 0 acréscimo de una cldusula penal de 10% (dez por cento) incidente Sobre 0 saldo devedor, além do acréscimo da atualizacao monetaria fe juros de mora, a Seren apurados pelos critérios vigentes no Ambito trabalhista desde o efetivo descunprinento, podendo a cobranga dos valores devidos ser promovida, judiciaimente, pelo préprio trabalhador ou por este sindicato. Z mea SEs Seno os na a eee ‘NPS 04.7751827/0001-24 NESTOR MAURO KOCH cer n° 228.871.720-34 Diretor Presidente cups 04.775.827/0001-28 GLAUCIA CRISTINA DA CUNHA LOUREIRO CPF n° 966.115.227-68 Diretora Adninistrativa-Financesra | >