P. 1
c_for_linux

c_for_linux

|Views: 3,478|Likes:
Published by heidude

More info:

Published by: heidude on May 19, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/13/2013

pdf

text

original

O comando switch é um comando de seleção que permite selecionar
um comando entre vários outros comandos. Isto é feito através da
comparação de uma variável a um conjunto de constantes. Cada um dos
comandos está ligado a uma constante.

Sintaxe:

switch (variável)
{

case constante_1 : seqüência de comandos;
break;
case constante_2 : seqüência de comandos;
break;

.
.
.
default: seqüência de comandos;

}

O programa testa uma variável sucessivamente contra uma lista de
constantes inteiras ou caracteres (
int ou char). Depois de encontrar
uma coincidência, o programa executa o comando ou bloco de comandos
que estejam associados àquela constante. O comando
default é executado
se não houver nenhuma coincidência.

O comando break é utilizado para obrigar a saída do comando

switch.

A opção default é opcional.

Observação: A variável não pode ser uma string (char *) e nem real
(float).

Programa exemplo (9): O programa recebe um dígito de 0 à 9 e imprime
na tela, este dígito, por extenso. Neste exemplo a variável dígito é
inteira.

#include

int main (void)
{

27

int digito;

printf("Dígito [0 .. 9]: ");
scanf("%d", &digito);
switch (digito)
{

case 0: printf("Zero\n");
break;
case 1: printf("Um\n");
break;
case 2: printf("Dois\n");
break;
case 3: printf("Três\n");
break;
case 4: printf("Quatro\n");
break;
case 5: printf("Cinco\n");
break;
case 6: printf("Seis\n");
break;
case 7: printf("Sete\n");
break;
case 8: printf("Oito\n");
break;
case 9: printf("Nove\n");
break;
default: printf("ERRO: Não é um digito\n");

}

}

Programa exemplo (10): O programa recebe um dígito de 0 à 9 e imprime
na tela, este dígito, por extenso. Neste exemplo a variável dígito é
caracter, por causa disto as constantes estão entre apostrofes.

#include

int main (void)
{

char digito;

printf("Dígito [0 .. 9]: ");
scanf("%c", &digito);
switch (digito)
{

case '0': printf("Zero\n");
break;
case '1': printf("Um\n");
break;
case '2': printf("Dois\n");
break;
case ‘3’: printf("Três\n");
break;
case ‘4’: printf("Quatro\n");
break;
case ‘5’: printf("Cinco\n");
break;
case ‘6’: printf("Seis\n");
break;
case ‘7’: printf("Sete\n");
break;

28

case ‘8’: printf("Oito\n");
break;
case '9': printf("Nove\n");
break;
default: printf("ERRO: Não é um digito\n");

}

}

Programa exemplo (11): O programa constrói um menu com três funções:
inclusão, alteração e término.

#include

int main (void)
{

char opcao;

printf("[I]nclusão\n");
printf("[A]lteração\n");
printf("[T]érmino\n");
printf("Qual a opção: ");
opcao = getchar();
switch (opcao)
{

case 'i':
case 'I': inclusao();
break;

case 'a':
case 'A': alteracao();
break;

case 't':
case 'T': termino();
break;
default: printf("ERRO: Opção Inválida\n");
}

}

void inclusao(void)
{
}

void alteracao(void)
{
}

void termino(void)
{
}

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->