You are on page 1of 4

Centro de Estudos Educativos de Ançã

Teste de Avaliação Escrita


Disciplina: Biologia 12º ano de Escolaridade – Ensino Secundário
Duração da Prova: 90 minutos 16 de Maio 2011
Professora: Clara Gomes
Nome do aluno: N.º: Turma:

Grupo I
1. A fermentação é um processo metabólico realizado por alguns microrganismos para obtenção de
energia a partir dos nutrientes.
1.1. Faça corresponder as frases da coluna I às expressões da coluna II.

Coluna I Coluna II
1. Implica a redução do Ácido Pirúvico A – Fermentação Láctica
2. Origina Álcool Etílico B – Fermentação Alcoólica
3. Liberta-se Dióxido de Carbono C – Ambos os tipos de fermentação
4. Liberta-se Oxigénio D – Nenhum dos tipos de fermentação
5. Utilizado na produção de Queijo
6. Utilizado na produção de Vinagre
7. Inclui a glicólise

1.2. Transcreva a letra da opção que contem os termos que permitem preencher correctamente os
espaços das seguintes afirmações:

1.2.1. A indústria da panificação utiliza a fermentação ____________. Neste caso o que interessa obter é
o ______________, uma vez que este ajuda a levedar a massa, tornando o pão leve e macio.

(A) láctica (…) álcool etílico


(B) láctica (…) CO2
(C) alcoólica (…) álcool etílico
(D) alcoólica (…) CO2

1.2.2. Na parte superficial dos recipientes de vinho, quando em contacto com o ar, a bactéria
Acetobacter, pode transformar __________________, em ______________. Este processo denomina-se
__________________.
(A) Ácido Pírúvico (…) Álcool Etílico (…) Fermentação Alcoólica
(B) Ácido Pírúvico (…) Ácido Acético (…) Fermentação Alcoólica
(C) Ácido Pírúvico (…) Álcool Etílico (…) Fermentação Láctica
(D) Álcool Etílico (…) Ácido Acético (…) Fermentação Acética

2. A fermentação é um processo bioquímico, através do qual se


podem produzir antibióticos, álcool industrial, produtos de
panificação diversificados, derivados do leite, bebidas alcoólicas,
etc. A figura ao lado representa dois tipos de fermentação.
Observe-a.

2.1. Identifique os processos A, B, C e D.

2.2. Identifique as substâncias X e Y da figura.


2.3. Relativamente aos processos B, C e D indique quais das seguintes afirmações são verdadeiras:
(A) C tem maior rendimento energético que B.
(B) C e D decorrem na ausência de oxigénio.
(C) B é utilizado no fabrico de iogurte.
(D) B decorre na ausência de oxigénio.
(E) B e D são realizados por bactérias.

2.4. Seleccione a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte.


As reacções químicas que ocorrem na sequência A efectuam-se…
(A) no hialoplasma.
(B) nas mitocôndrias.
(C) no hialoplasma e nas mitocôndrias.
(D) nos cloroplastos.

Grupo II

1. A figura ao lado mostra um modelo da actuação de enzima com um factor condicionante.

1.1. O que representam as letras A, B, C e D?

1.2. Como se denomina o condicionalismo da acção


enzimática que está evidente na figura?

2. O gráfico A representa a variação da velocidade de uma reacção catalizada por uma enzima quando se
faz variar a concentração do substrato, mantendo constantes as outras condições. O esquema B
representa quatro situações referentes a diferentes concentrações de substrato.

2.1. Faça corresponder cada uma das letras do gráfico (A) à respectiva situação do esquema B.

2.2. Indique, usando a numeração romana do esquema B, qual a concentração de substrato que
corresponde à saturação da enzima.

2.3. Quantos centros activos tem a enzima em questão?

2.4. O que aconteceria à velocidade da reacção se no ponto D se duplicasse a concentração de enzimas


presentes no meio?
(A) Reduzia-se para metade
(B) Aumentava para o dobro
(C) Não sofria alteração pois o valor máximo já tinha sido atingido
(D) Não sofria alteração pois as enzimas não se consomem nas reacções

3. As enzimas têm grande importância biológica.


As afirmações que se seguem dizem respeito às enzimas. Classifique-as em verdadeiras (V) ou falsas (F).
(A) As enzimas diminuem a energia de activação.
(B) As enzimas são consideradas bioconsumidores.
(C) Na presença da enzima específica para que a reacção ocorra é necessário um maior dispêndio de
energia.
(D) As enzimas não são específicas, podendo ligar-se a inúmeros substratos.
(E) As enzimas gastam-se durante a sua actividade.
(F) A região da enzima a que os substratos se ligam designa-se por centro activo.
(G) A estrutura molecular não determina a função da enzima.
(H) Os factores que influenciam a actividade enzimática são exclusivamente a temperatura e a
concentração de substrato.
(I) A elevadas temperaturas as enzimas desnaturam, enquanto que a temperaturas baixas ficam inibidas.

4. O processo da figura seguinte representa a actividade enzimática.

4.1. Identifique as moléculas a, b, c, d e e.

4.2. Como se denomina o modelo de actuação enzimática representado na figura?

4.3. Relativamente à actividade catalítica das enzimas, podemos afirmar que:


(A) não é influenciada pela temperatura, mas sim pelo pH.
(B) varia inversamente à concentração do substrato.
(C) necessita sempre da acção de cofactores.
(D) permite diminuir a energia de activação.
Assinale a(s) opção(ões) correcta(s).

5. Estabeleça a correspondência correcta entre as técnicas de conservação de alimentos da coluna I e as afirmações


da coluna II.

Coluna I Coluna II
A – Pasteurização 1 – O abaixamento repentino da temperatura evita a formação de cristais de gelo.
B – Secagem 2 - Os isótopos radioactivos penetram no alimento, esterilizando-o.
C – Irradiação 3 – Aquecimento a temperaturas elevadas, mas nunca superiores a 100ºC.

D – Liofilização 4 – Congelação rápida a baixas temperaturas seguida de evaporação a vácuo.

E – Adição de aditivos 5 – Substâncias químicas que eliminam os microrganismos e impedem a sua acção.

6 – É removida parte da água do alimento.


F – Crioconservação
6. Para estudar algumas propriedades das enzimas, um grupo de trabalho efectuou várias experiências utilizando
cinco tubos de ensaio contendo cada um igual quantidade de cozimento de amido.
As condições em que foi realizada a experiência e os resultados obtidos (coluna D) foram sintetizados no quadro
seguinte:
A B C D
Presença de amilase Condições em que cada Indicadores
Tubos
salivar tubo foi colocado Soluto de Lugol Licor de Fehling
Banho-maria a 37ºc
1 Não contém Reacção positiva Reacção negativa
durante 10 min.
Banho-maria a 37ºc
2 Contém Reacção negativa Reacção positiva
durante 10 min.
3 Contém Gelo fundente Teste não efectuado Reacção negativa

Contém mas foi


Banho-maria a 37ºc
4 sujeita anteriormente Teste não efectuado Reacção negativa
durante 10 min.
à ebulição

Colocada numa Banho-maria a 37ºc


5 Reacção positiva Reacção negativa
solução de HCl durante 10 min.
Dados: o Soluto de Lugol detecta a presença de amido; o Licor de Fehling detecta a presença de glicose.

6.1. Baseando-se unicamente nos dados fornecidos pelo quadro 1, indique dois factores que afectam a actividade
enzimática.
6.2. Discuta os resultados obtidos nos tubos de ensaio 1 e 2 respectivamente.
6.3. O tubo de ensaio 3 foi colocado posteriormente em banho-maria a 37ºC, durante 10 minutos, e submetido de
seguida ao teste do licor de Fehling assim como o tubo 4. Obtiveram-se os seguintes resultados:
Tubo 3 – reacção positiva
Tubo 4 – reacção negativa
6.3.1. Discuta estes resultados.
6.4. Com base nos dados fornecidos, comente a afirmação: “A amilase salivar é sensível ao pH.”

7. Observe atentamente a figura 4:

B E
C
D
A

7.1. Identifique a técnica, ou combinação de técnicas, de conservação de alimentos utilizadas em Figura 4


cada um dos alimentos representados na figura.
7.2. Explique qual(is) o(s) efeito(s) da(s) técnica(s) aplicada(s) ao alimento A.
7.3. Identifique os alimentos que foram sujeitos a técnicas cujo factor de conservação é o calor e compare essas
técnicas.