O OBJECTIVISMO ESTÉTICO - BEARSDLEY

1.

Verifica se as seguintes ideias foram apresentadas. Objectivismo e subjectivismo estético são teorias opostas. Para o objectivismo:
-

A.

os objectos têm propriedades intrínsecas; as propriedades intrínsecas são independentes dos sentimentos/reacções do sujeito; as propriedades intrínsecasdeterminam a beleza ou fealdade dos objectos.

B.

Os sentimentos estéticos são causados pelas propriedades intrínsecas dos objectos. Os sentimentos estéticos não determinam as propriedades intrínsecas dos objectos. Podemos ou não ser sensíveis às propriedades intrínsecas dos objectos.

C.

Em relação a alguns objectos, as pessoas são quase unânimes nos seus juízos de gosto. No entanto, para que um objecto seja belo,não é necessário que seja considerado belo por todos:
-

alguns juízos estéticos podem estar errados, por resultarem duma percepção incorrecta; é errado afirmar que algumas coisas não são belas só porque não há unanimidade.

Tem de haver critérios objectivos que permitam justificar a verdade dos juízos estéticos. Sem critérios objectivos qualquer juízo estético seria válido.

D.

A arte contemporânea é muito diferente: - até ao século XVIII , os artistas criavam as obras de acordo com regras gerais; - a obediência aos cânones determinava o valor estético dos objectos;
-

como consequência, o desacordo entre os críticos de arte era reduzido; o objectivismo estético era considerado o ponto de vista filosófico mais natural.

Mas, o objectivismo estético não é uma doutrina ultrapassada.

E.

Propriedades estéticas são as características que os objectos devem ter para serem belos: equivalem aos critérios objectivos de beleza; existem em menor ou maior grau nos objectos; determinam o seu valor estético.

F.

Há características que quando combinadas são capazes de nos proporcionar experiências estéticas:

complexidade e intensidade são características gerais de todos osobjectos: ritmo e contraste. É possível avaliar esteticamente uma obra em termos objectivos. . moral. G.o ritmo é específico da música e revela complexidade.contra o subjectivismo moderado: .- unidade. H. - A obra de arte deve ser observadas em condições ideais.mas quenão equivalem a um padrão de gosto . . a que nos podemos tornar sensíveis. . .o contraste é específico da pintura e revela intensidade. . por exemplo. Uma obra de arte exibe um conjunto único de características gerais e específicas.equivalem às propriedades intrínsecas dos objectos.contra o subjectivismo (Kant). Para o objectivismo estético: - a beleza não é apenas uma questão de gosto e os gostos não valem todos o mesmo existem critérios que justificam o juízo de gosto .contra o subjectivismo radical. etc. . são características específicas a diferentes formas de arte: . uma mesma obra pode ser apreciada do ponto de vista político. A obra de arte deve ser avaliada do ponto de vista correcto: o ponto de vista estético.como afirma o subjectivismo moderado (Hume). apesar das dificuldades: - algumas pessoas são insensíveis à beleza.é a este conjunto que os críticos de arte se referem para ajuizar do valor estético da obra. histórico. O que não elimina o desacordo. Beardsley procura uma justificação racional para os juízos estéticos.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful