Uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha 1ª Edição: fevereiro/2011 Transcricão: Nicibel Silva Copidesque: Nicibel Silva Capa

e Diagramação: Junio Amaro :

INTRODUÇÃO
Imagine-se diante de um espelho, olhando, falando com você mesmo, se indagando: “Que tipo de pessoa eu sou?” Você está se vendo no espelho e batendo um papo com você mesmo. Será que você é alguém que já está satisfeito com aquilo que é? Será que você já chegou ao ápice de dizer que é uma pessoa plena, completa, que não precisa de mais nada, que se satisfaz com o que já alcançou? Aqueles que têm sonhos, aquelas pessoas que são verdadeiros cristãos têm um sentimento que pulsa em seus corações: o de que podem ter mais. Esse 5

sentimento gera insatisfação, o anseio de ter mais do que se tem ou de ser melhor do que se é no momento. Não podemos ser pessoas conformadas, satisfeitas com aquilo que já alcançamos. Você, ao se olhar no espelho, se ver como uma pessoa conformada ou com um coração inquieto, cheio de aspirações? Como você se vê? Como você se percebe como um cristão? Já pensou de como seria maravilhoso se pudesse conquistar mais, ou seja, no mínimo o dobro das bênçãos que já tem? Nesta mensagem vou lhe mostrar que o mínimo que você pode ter na sua vida é o dobro. Talvez você olhe para o seu casamento e pense que ele é maravilhoso, mas saiba, querido, que o mínimo que você pode ter é o dobro de felicidade e de alegria que vivencia em seu matrimônio. E assim também é para todas as bênçãos que já tem. Se você tem um corpo saudável, amém, mas o mínimo que você pode aspirar ter é o dobro, no sentido de continuar tendo muito mais saúde. Não há nenhum problema em você desejar mais do que já possui hoje. Não é pecado. Algumas pessoas dizem que já estão satisfeitas com o que já alcançaram e cruzam os braços esperando a vida passar. Deus sempre tem o me6

lhor para você. E o melhor de Deus ainda está por chegar. Deus nos fez a sua imagem e semelhança e por causa disso o nosso coração tem sonhos, desejos. Muitas vezes, você acredita e diz ser uma pessoa tão abençoada por Deus, mas o mínimo que você pode ter é o dobro de bênçãos que hoje possui. “Pai, a tua Palavra nos transforma e o Senhor vela sobre a tua Palavra para fazê-la cumprir. Oh Deus, conceda aos teus filhos um coração como terra boa. Onde a tua Palavra caindo, possa florescer para o louvor da glória do teu próprio nome. Senhor que a tua Palavra nos edifique, nos console, nos exorte. que ela possa trazer salvação, reconciliação, cura, manifestação do teu poder. Senhor, envolva cada leitor com o poder da tua Palavra, que eles possam caminhar através dela, conhecer o caminho para receber porção dobrada da tua unção, das tuas bênçãos. Dá-lhes Pai, fome da tua Palavra, em nome de Jesus! Amém!”

7

8

As bêNÇÃOs DO seNhOR
O Salmo 37, versículo 4 diz: “Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração.” As únicas pessoas que não têm desejos no coração são aquelas que já morreram, mas os que estão vivos têm o coração encharcado de desejos, de sonhos, de aspirações. A Palavra do Senhor diz: “Agrada-te de mim, e eu satisfarei os desejos do teu coração”, essa é a voz do Senhor. Alguns veem Deus como alguém insensível, um Deus que não tem compaixão. Um Deus que não se identifica com os nossos desejos, 9

com os nossos sonhos, mas isso é um engano, pois foi Ele mesmo que nos deu a capacidade de sonhar, de aspirar, de ver um pouco além. No livro de Jeremias capítulo 29, versículo 11, o próprio Senhor Deus faz uma declaração que, aos nossos olhos, parece absurda, mas esta é a fala de um Deus que é Pai, bondoso e misericordioso para com seus filhos: “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais.” Satanás não tem bons pensamentos a nosso respeito, porque o próprio Senhor Jesus definiu o pensamentos dele ao nosso respeito como: “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir [...]” (João 10.10.) Mas o Senhor nos mostra em sua Palavra que Ele é quem sabe que pensamentos tem a nosso respeito. Não é você apenas, não é o diabo que sabe, é Deus. “Pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais.” São os desejos dele. Somente Ele é quem pode transformar e chamar à existência os nossos sonhos, os nossos desejos e transformá-los em realidade. Deus deseja, sempre, nos abençoar. Muitas vezes as pessoas imaginam Deus como um algoz que deseja apenas mandar um raio para 10

destruir, para pisar, para esmagar. Os pensamentos de Deus não são para o nosso mal, são de paz. Ele não quer que você continue da mesma maneira que está. Ele quer que você viva uma história diferente da que está vivendo. Porque o melhor ainda está por vir. Nunca se esqueça disso, proclame essa realidade no seu coração. O Salmo 35, verso 27, traz uma mensagem do próprio coração de Deus: “Cantem de júbilo e se alegrem os que têm prazer na minha retidão; e digam sempre: Glorificado seja o SENHOR, que se compraz na prosperidade do seu servo!” Amado(a), você precisa dizer sempre: “Glorificado seja o Senhor, que se compraz, que se alegra, que se regozija, que vibra, na prosperidade do seu servo”. Muitas vezes, as pessoas imaginam que prosperidade seja apenas a financeira. Mas prosperidade é mais que tranquilidade financeira, mais que conforto. Prosperidade é você ter uma família bonita, ter um casamento abençoado, ter filhos abençoados, ter netos abençoados, é cumprir o desejo do Senhor, o de você viver uma vida plena. A Palavra diz que: “Glorificado seja o Senhor que se compraz.” Deus não é um Deus que nos abençoa 11

por obrigação. Ele não olha para você e diz: “Não tem outro jeito, então eu vou abençoá-lo”. Deus não é assim, Ele sente alegria, prazer, se compraz em abençoar você. A Palavra diz que Deus se compraz na prosperidade dos seus servos. Em João, capítulo 16, versículo 24, Jesus nos dar umas “alfinetadas”, porque muitas vezes somos ouvintes, mas não praticantes da Palavra. Por isso vivemos a reclamar, a choramingar. Mas na Palavra do Senhor o próprio Jesus diz: “Até agora nada tendes pedido em meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa.” (João 16.24.) É o prazer do Senhor que a nossa alegria seja completa. O que é a alegria completa? Você só pode dizer que um copo está completo quando ele começa a transbordar. Sendo assim, estar cheio para Deus é transbordar. Transbordar saúde, união, alegria, paz... E, nesse sentido, como está seu cálice, sua família, sua saúde, sua vida? Já está transbordando? Não? Então, comece a transbordar! Em 1 Coríntios capítulo 2, versículo 9, está escrito: “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” O Senhor pode, Ele quer, deseja fazer 12

infinitamente mais que tudo aquilo que pensamos, que almejamos. Tudo que você viu até hoje, não é tudo o que Deus tem para sua vida. Todos os seus sonhos, projetos, realizações que você já recebeu até hoje, não são tudo o que Ele tem para você. Você pode até dizer que tem sido tão abençoado, mas nós temos aprendido que o melhor ainda estar para chegar. Hoje foi melhor do que ontem. Você precisa ter em seu coração a certeza que o amanhã será melhor do que hoje. A Palavra diz que (Parafraseando): “Aquilo que meus olhos nunca viram, os meus ouvidos nunca ouviram, nem tampouco chegou ao meu coração é o que Ele tem preparado para aqueles que o amam”. A Palavra do Senhor proclama dizendo que: “Mas Deus prova o seu amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.” (Romanos 5.8.) Ele escolheu nos amar, e quando eu respondo ao amor do Senhor, a Palavra diz que aquilo que meus olhos nunca viram, meus ouvidos jamais escutaram, nem tampouco chegou ao profundo do meu coração, é o que Ele tem preparado para mim, se eu o amar.

13

14

A escOlhA é sUA
Em Isaías capítulo 1, verso 19 está escrito: “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra.” Se quiserdes. A escolha é minha é sua. Muitas vezes ficamos culpando a outros por tantas coisas. Mas a única coisa que temos é a nossa própria escolha. “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra.” Comer, no sentido de bênçãos. Recebereis o melhor desta terra, logo, o melhor de Deus, a vontade dele que é boa, perfeita e agradável. Muitas pessoas dizem que Deus sabe o que elas 15

desejam, e se Ele quiser, Ele poderá realizar ou não os desejos do coração delas. Mas o que você precisa não é fazer Deus saber, porque Ele sabe de tudo, você precisa pedir, para você saber que Deus ouviu o seu pedido. Há algum tempo conheci a história de uma moça que estava apaixonada por um rapaz. Quando ela o via, sentia o coração bater mais forte. Ela suspirava, mas nunca se aproximava dele. E aconteceu que outra moça se aproximou desse rapaz e começou a namorar ele. Depois, noivaram e se casaram. A moça que não teve coragem de se aproximar do tal moço, que não disse o que sentia por ele, entrou em depressão. Ela poderia ter se aproximado do rapaz, fazê-lo saber que ela também suspirava por ele. “Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra.” Em Filipenses capítulo 4, verso 19, traz uma declaração tão gloriosa da Palavra do Senhor: “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades.” Eu preciso simplesmente proclamar essa realidade, “e o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória.” Ninguém consegue empobrecer a Deus. Ninguém pode fazer com que Ele perca a sua riqueza ou deixe 16

de suprir cada uma de nossas necessidades. Em 2 Coríntios capítulo 8, verso 9, a Palavra diz que Jesus Cristo sendo rico, por amor de nós se fez pobre para que pela sua pobreza fôssemos ricos. Amado(a), somos filhos do Rei, o dono do ouro e da prata. Viva como herdeiro de Deus! Você não precisa pedir a Jesus para o abençoar. Em Efésios capítulo 1, verso 3 está escrito: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo.” Ele já nos abençoou. Não diz a Palavra que Ele vai nos abençoar, Ele já nos abençoou com toda sorte de bênçãos espirituais nas regiões celestiais. O nosso trabalho é tomar posse das bênçãos do Senhor para nossa vida. Seja saúde física, alegria no coração, harmonia no casamento, em todas as áreas, seja qual for a bênção que você possa mencionar, Ele já conquistou para nós ali na cruz. Ele se esvaziou. Jesus Cristo não se parece com Deus, Jesus Cristo é Deus! E diz a Palavra que Ele não tendo nenhum pecado, ali na cruz se fez maldição por nós, para que pudéssemos ser hoje, benditos, por isso, querido, você não pode viver pelos cantos, chorando, deprimido. O Salmo 23 termina dizendo: “Bondade e 17

misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre.” Onde você for a bondade e misericórdia do Senhor irão também. O que eu quero plantar no seu coração, através dessa mensagem é que o melhor sempre está por vir. O que Deus tem para você é algo tão glorioso. Jesus Cristo diz: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. (João 10.10.) A vida é abundante quando ela transborda o melhor de Deus.

18

O cAmINhO pARA A pORÇÃO DObRADA
Por meio do segundo livro de Reis capítulo 2, vamos aprender com Eliseu como conquistar mais. Isso porque ele não se deu por satisfeito com o que já possuía. Ele queria mais, mas o mais para ele não era o bastante, ele queria o dobro. Eliseu tinha como mentor o profeta do Senhor, Elias. Elias era um profeta tão glorioso que quando Jesus Cristo começou seu ministério, Ele perguntou aos seus discípulos: 19

“O que as pessoas dizem ao meu respeito? O que elas acham de mim?” E eles disseram: “Que tu és Elias”. Elias teve o privilégio de ser comparado com Jesus. Eliseu, porém, era um jovem sem glória, mas ele tinha expectativas. Houve um momento em que ele fez uma das perguntas, um dos clamores mais fortes da Bíblia, descrito em 2 Reis, capítulo 2, versículo 1 a 14: “Quando estava o SENHOR para tomar Elias ao céu por um redemoinho, Elias partiu de Gilgal em companhia de Eliseu. Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou a Betel. Respondeu Eliseu: Tão certo como vive o SENHOR e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, desceram a Betel. Então, os discípulos dos profetas que estavam em Betel saíram ao encontro de Eliseu e lhe disseram: Sabes que o SENHOR, hoje, tomará o teu senhor, elevando-o por sobre a tua cabeça? Respondeu ele: Também eu o sei, calai-vos. Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou a Jericó. Porém ele disse: Tão certo como vive o SENHOR e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, foram a Jericó. Então, os discípulos dos profetas que estavam em Jericó se chegaram a Eliseu e lhe disseram: Sabes que o SENHOR, hoje, tomará o 20

teu senhor, elevando-o por sobre a tua cabeça? Respondeu ele: Também eu sei; calai-vos. Disse-lhe, pois, Elias: Fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou ao Jordão. Mas ele disse: Tão certo como vive o SENHOR e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, ambos foram juntos. Foram cinquenta homens dos discípulos dos profetas e pararam a certa distância deles; eles ambos pararam junto ao Jordão. Então, Elias tomou o seu manto, enrolou-o e feriu as águas, as quais se dividiram para os dois lados; e passaram ambos em seco. Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pedeme o que queres que eu faça, antes que seja tomado de ti. Disse Eliseu: Peço-te que me toque por herança porção dobrada do teu espírito. Tornou-lhe Elias: Dura coisa pediste. Todavia, se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará; porém, se não me vires, não se fará. Indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho. O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, tomando as suas vestes, rasgou-as em duas partes. Então, levantou o manto que Elias lhe deixara cair e, voltando-se, pôs-se à borda do Jordão. Tomou o manto que Elias deixara 21

cair, feriu as águas e disse: Onde está o SENHOR, Deus de Elias? Quando feriu ele as águas, elas se dividiram para um e outro lado, e Eliseu passou.” Meus queridos, esses foram os últimos dias de Elias sobre a face da terra. Elias tinha uma convicção de que seria levado para junto de Deus. No seu coração havia uma certeza de que iria partir. E esta convicção era algo tão forte, que ele já estava buscando o seu sucessor. Vejamos o que está escrito no primeiro livro de 1 Reis capítulo 19, versículo 15 e 16: “Disse-lhe o SENHOR: Vai, volta ao teu caminho para o deserto de Damasco e, em chegando lá, unge a Hazael rei sobre a Síria. A Jeú, filho de Ninsi, ungirás rei sobre Israel e também Eliseu, filho de Safate, de Abel-Meolá, ungirás profeta em teu lugar.” O Senhor disse a Elias para ungir a Eliseu profeta em seu lugar. No coração de Eliseu havia a confiança de que fora chamado para ser profeta. E para isso ele tinha Elias. Elias era o profeta “top” daquela época. Sobre ele, repousava uma unção de tanta graça, de tanto poder. Ele fez descer fogo dos céus na terrível batalha com os profetas de Baal, enfrentou o rei Acabe e Jezabel. Elias realizou tantos sinais, tantos prodígios, tantas maravilhas. 22

Eliseu podia ter dito que iria se contentar em ser como Elias, que iria glorificar a Deus como Elias glorificou, mas ele sabia que poderia glorificar ainda mais o nosso Deus, ele sabia que podia pedir mais. Ele poderia ter um ministério com mais unção do que Elias teve. Eliseu guardava um desejo dentro do coração, ele iria pedir o dobro da unção que repousava sobre Elias. Elias sabia dessa realidade, mas não conversou nada disso com Eliseu.

23

24

GIlGAl, O pONTO De pARTIDA
Para Eliseu alcançar aquilo que ele ansiava, teria que percorrer um caminho. O caminho para a porção dobrada de Eliseu. O ponto de partida para a porção dobrada seria uma caminhada. Elias iria levar Eliseu por alguns lugares. Começando por um lugar chamado Gilgal, depois Betel, Jericó e o rio Jordão. Quando ele atravessasse o rio, tudo estaria completo. Esses lugares têm uma mensagem 25

para nós. Esses lugares nos desafiam exatamente a buscar o que Deus tem para nossa vida. Deus tem bênçãos, Deus deseja transformar os nossos sonhos em realidade, Deus se agrada em nos abençoar. Por outro lado, é preciso oferecer a Ele condições para que Ele possa intervir na nossa história, para que Ele possa realmente chegar ao nosso coração, nós precisamos aprender sobre como conquistar o dobro. E o dobro é sempre o mínimo. O mínimo é o dobro. No livro de 2 Reis capítulo 2, verso 1 diz: “Quando estava o SENHOR para tomar Elias ao céu por um redemoinho, Elias partiu de Gilgal em companhia de Eliseu.” Há um série de acontecimentos no qual Gilgal foi palco. Mas os dois acontecimentos mais importantes que aconteceram em Gilgal encontramos no livro de Josué capítulo 5, versos 1 a 9. Em Gilgal aconteceram dois fatos: o primeiro deles é que o povo de Israel que iria possuir a terra caminhou 40 anos no deserto. Todo o povo que saíra do Egito estava circuncidado, mas nenhum dos que nasceram no deserto foram circuncidados. Isso porque durante 40 anos caminhou o povo no deserto até morrer todos os que tinham saído do Egito, pois não ouviu a voz do Senhor e Ele jurou que não os deixaria en26

trar na Terra Prometida. Sendo assim, o povo foi circuncidado em Gilgal, e ali eles celebraram a páscoa pela primeira vez. Em Josué, capítulo 5, versos 1 a 12 está escrito: “Sucedeu que, ouvindo todos os reis dos amorreus que habitavam deste lado do Jordão, ao ocidente, e todos os reis dos cananeus que estavam ao pé do mar que o SENHOR tinha secado as águas do Jordão, de diante dos filhos de Israel, até que passamos, desmaiou-se-lhes o coração, e não houve mais alento neles, por causa dos filhos de Israel. Naquele tempo, disse o SENHOR a Josué: Faze facas de pederneira e passa, de novo, a circuncidar os filhos de Israel. Então, Josué fez para si facas de pederneira e circuncidou os filhos de Israel em Gibeate-Haralote. Foi esta a razão por que Josué os circuncidou: todo o povo que tinha saído do Egito, os homens, todos os homens de guerra, eram já mortos no deserto, pelo caminho. Porque todo o povo que saíra estava circuncidado, mas a nem um deles que nascera no deserto, pelo caminho, depois de terem saído do Egito, haviam circuncidado. Porque quarenta anos andaram os filhos de Israel pelo deserto, até se acabar toda gente dos homens de guerra que saíram do Egito, que não obedeceram à 27

voz do SENHOR, aos quais o SENHOR tinha jurado que lhes não havia de deixar ver a terra que o SENHOR, sob juramento prometeu dar a seus pais, terra que mana leite e mel. Porém em seu lugar pôs a seus filhos; a estes Josué circuncidou, porquanto estavam incircuncisos, porque os não circuncidaram no caminho. Tendo sido circuncidada toda a nação, ficaram no seu lugar no arraial, até que sararam. Disse mais o SENHOR a Josué: Hoje, removi de vós opróbrio do Egito; pelo que o nome daquele lugar se chamou Gilgal até o dia de hoje. Estando, pois, os filhos de Israel acampados em Gilgal, celebraram a Páscoa no dia catorze do mês, à tarde, nas campinas de Jericó. Comeram do fruto da terra, no dia seguinte à Páscoa; pães asmos e cereais tostados comeram nesse mesmo dia. No dia imediato, depois que comeram do produto da terra, cessou o maná, e não o tiveram mais os filhos de Israel; mas, naquele ano, comeram das novidades da terra de Canaã.” A geração dos Hebreus nascida no deserto foi toda circuncidada em Gilgal. E em Gilgal o povo celebrou a páscoa pela primeira vez. Com isso, o maná parou de cair do céu, pois da terra manaria leite e mel, segundo a promessa de Deus. Esses dois acon28

tecimentos estavam relacionados ao fato de que Gilgal foi o ponto de partida de Eliseu. Elias partiu de Gilgal com Eliseu para fazê-lo entender que Deus concede o dobro, que Deus concede porção dobrada, que Ele concede uma porção acima do comum para homens de aliança. A Páscoa e a circuncisão eram ritos ordenados por Deus ao seu povo escolhido. A páscoa fala de libertação. Já a circuncisão significa propriedade exclusiva de Deus. Gilgal hoje constitui, para nós, sinônimo da palavra ‘aliança’. A Ceia é o símbolo dessa aliança que Jesus Cristo fez no seu sangue. Até então, a Páscoa falava da aliança que o Senhor havia feito com seu povo, no Egito, mas depois passou a significar libertação. Já a circuncisão é uma marca que cada homem levava no seu próprio corpo. Marca da aliança, revelando ser essa pessoa alguém de propriedade exclusiva de Deus. Querido, para nós termos o dobro e o infinito do que o Senhor tem, temos, em primeiro lugar, passar por Gilgal. Tudo começa em Gilgal. Gilgal fala da aliança, Gilgal fala de compromisso. Gilgal fala exatamente de Páscoa, de libertação.

29

30

é pRecIsO fAzeR UmA AlIANÇA
E ali estava Elias com Eliseu começando uma caminhada, partindo de Gilgal. Deus não desperdiça o seu melhor. Pode ser que você ainda não saiba o que é estar aliançado, pois hoje muitos desprezam o significado da aliança. Cônjuges desprezam a aliança do casamento. Alguns anos atrás fomos edificados por um testemunho de aliança. O pastor Mardiel Santana nos contou como o Senhor curou 31

a sua esposa. Esta viveu acamada por quatro anos, e causava até ânsia de vômito a quem chegasse perto, tal era o mau cheiro. Diante dessa situação, algumas pessoas disseram a ele que fosse ser feliz. A sogra do pastor Mardiel o liberou para que ele refizesse a vida. Porém, ele respondeu à sogra: “Eu tenho uma aliança com a sua filha”. Quantas pessoas querem o dobro, mas não querem ter aliança. Outras vezes, não entendem o que é aliança, o que é estar aliançado, estar comprometido. Deus não desperdiça as suas bênçãos. Deus investe naqueles que honram a aliança para com Ele. O Senhor não está disposto a liberar o seu melhor, sobre homens que não se encontram devidamente comprometidos com Ele, com seu Reino, com a sua Palavra, com a sua obra, com seus planos, com seus propósitos. Eliseu nunca disse para Elias que Ele queria o dobro, mas Elias começou a ensiná-lo. Mostrou que para ter o dobro é preciso fazer aliança. É preciso valorizar a aliança. Estar compromissado com o Senhor Segundo Reis capítulo 2, versículo 9: “Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que eu te faça, antes que seja tomado de ti. Disse 32

Eliseu: Peço-te que me toque por herança porção dobrada do teu espírito.” Hoje as pessoas vivem sem uma definição na vida. O que você quer? O que você almeja? Elias perguntou: “Eliseu o que você quer? Por que você tem me acompanhado?” E ele disse: “Eu quero porção dobrada”. Eliseu almejava o melhor, visionava a conquista. E nesses dias Deus está levantando uma geração de conquistadores. Precisamos ser como Josué e Calebe que foram espiar a terra e tiveram uma visão, onde os outros dez viram apenas dificuldades, gigantes e obstáculos; eles viram exatamente o inverso, eles viram o que poderia vir a ser. Nós somos chamados filhos de Abraão. O Senhor prometeu a Abraão que ele se tornaria pai de muitas nações, e o Senhor cumpriu a sua promessa na vida de Abraão. Hoje, Deus está levantando uma geração de homens e mulheres aliançados com Ele, comprometidos com Ele, zelosos com a Palavra dele. Uma geração de homens e mulheres que irão impactar a terra.

33

34

beTel, cAsA De DeUs
Eu me impressiono muito com o que está escrito em 2 Reis capítulo 2, versículo 2: “Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou a Betel. Respondeu Eliseu: Tão certo como vive o SENHOR e vive a tua alma, não te deixarei. E assim, desceram a Betel.” O que significa não te deixar? Significa não retroceder, é determinação. Antes de Eliseu receber o manto de Elias, ele saiu de Gilgal e foi para Betel. 35

Betel significa Casa de Deus, o lugar onde o Senhor falou com Jacó (Gênesis 28.10-17). Mas o que Betel tem a ver conosco, para a conquista da porção dobrada do que Deus tem? Precisamos compreender que unção e porção dobrada que desejamos obter nunca virá para nossas mãos sem que estejamos arraigados em Betel. Portanto, plantados na Casa de Deus. O que estou afirmando é que o compromisso com a Igreja de Cristo é um requisito inegociável, indispensável para aqueles que anelam ter o dobro de Deus. Betel hoje é a igreja. A Palavra diz: “Plantados na casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus.” Salmo 92, versos 12 e 13 diz: “O justo florescerá como palmeira, crescerá como o cedro no Líbano. Plantados na Casa do SENHOR, florescerão nos átrios do nosso Deus. Na velhice darão ainda frutos, serão cheios de seiva e de verdor, para anunciar que o SENHOR é reto. Ele é a minha rocha, e nele não há injustiça.” Isso nos mostra a necessidade de estarmos enraizados, de estarmos em comunhão numa congregação. Por isso querido, esteja enraizado, tenha compromisso com a igreja, não um compromisso verbal, superficial, mas de amor. 36

Em Hebreus 10.25 diz: “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima.” Se o Senhor o plantou numa igreja, floresça onde foi plantado.

37

38

JeRIcó, lUGAR De DesTRUIÇÃO

Em 2 Reis 2.4 diz: “Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou a Jericó. Porém ele disse: Tão certo como vive o SENHOR e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, foram a Jericó.” Ele sai da aliança, Gilgal, vai para Betel, Casa de Deus, igreja, e de lá para Jericó. Jericó é um nome confuso porque significa a cidade das palmeiras. Mas ao mesmo tem39

po significa a terra que cheira mal. A terra de mau cheiro. Etimologicamente é algo que cheira mal às narinas de Deus, algo repulsivo. Jesus, ali na cruz, disse: “Aquele que não conheceu pecado, Ele se fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.” (2 Coríntios 5.21.) Na cruz Jesus clamou por Deus, mas os nossos pecados que estavam sobre Ele fez com que Deus não suportasse a aparência de Jesus, pois ele se transformou em pecado, exalou odor fétido. Não adianta ser a cidade das palmeiras, bonito por fora e fétido por dentro. Se quisermos o dobro que Deus tem, Jericó tem que ser o lugar de destruição. Em Josué capítulo 6, versos 1 a 27, encontramos a destruição de Jericó. Josué lançou uma sentença sobre esta cidade, todo aquele que tentasse reconstruir Jericó perderia o primogênito se lhe pusesse os alicerces, e o filho mais novo se lhe colocasse os portões. Jericó era uma cidade amaldiçoada. Você quer o dobro? Para Deus o dobro é o mínimo. Então, passe por Jericó apenas. Na Casa do Senhor você habita, mas em Jericó você somente passa dizendo: “Eu não tenho nada com esta”.

40

JORDÃO, O lImITe
E saindo de Jericó: “Disse-lhe, pois Elias: fica-te aqui, porque o SENHOR me enviou ao Jordão. Mas ele disse: Tão certo como vive o SENHOR, e vive a tua alma, não te deixarei. E, assim, ambos foram juntos.” (2 Reis 2.6.) Elias sempre instigava Eliseu a ficar, mas ele sempre acompanhava Elias. Qual o significado do Jordão para nós? Em Josué capítulo 22, verso 25: “Pois o SENHOR pôs o Jordão por limite entre nós e vós, ó filhos de Rúben e filhos de Gade; não tendes parte no SENHOR; e, assim, bem po41

deriam os vossos filhos apartar os nossos do temor do SENHOR.” O Jordão foi colocado como limite. Para aqueles que querem o dobro na sua vida, precisam romper os limites. Precisam ir além dos limites. No Jordão não havia ponte nem barco para atravessálo, e nele estava o limite entre o deserto e a terra da promessa. E na sua vida, quais são os seus limites? Muitas vezes seus limites são as suas dificuldades, sua saúde, seu trabalho, alguma característica negativa na sua personalidade. Amado(a), se você quer o dobro e existe um limite, você precisa atravessá-lo, você precisa acompanhar Elias. Aqueles que querem o dobro são aqueles que rompem todos os limites. Marcos capítulo 9, verso 23: “Ao que lhe respondeu Jesus: Se podes! Tudo é possível ao que crê.” O Jordão foi dado por limite, mas tudo é possível ao que crer. Uma enfermidade pode ser o seu limite, mas tudo é possível ao que crer. Romanos 8, verso 37: “Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” Filipenses 4, verso 13: “Tudo posso naquele que me fortalece.” Não fique paralisado pelos limites. No verso 8 de 2 Reis 2 diz: “Então Elias tomou o 42

seu manto...” Elias ajoelhou e feriu as águas do Jordão com o manto. O manto era apenas pano, o que transforma o pano em espada são os joelhos. O que transforma o que você tem em suas mãos em um objeto que faz o rio Jordão se abrir é a unção. A unção divide os limites. Assim como as águas dos Jordão se dividiram quando Elias as tocou com seu manto, da mesma forma, também acontece com os nossos limites quando tocados por nós, quando estamos cheios da unção de Deus. E diz o versículo 9: “Havendo eles passado...” Primeiramente passaram por Gilgal, Betel, Jericó, e por fim, o Jordão. Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: “Pede-me o que queres que eu te faça, antes que seja tomado de ti. Disse Eliseu: Peço-te que me toque por herança porção dobrada do teu espírito.” Naquela hora Elias disse: “Dura coisa pediste.”

43

44

cONclUsÃO
Querido, no momento em que você pede para ser cheio do Espírito, pede também para ter uma vida sobrenatural. E uma vida sobrenatural não é tão fácil, porque os carnais não suportam alguém que vive uma vida sobrenatural, uma vida de pureza. Uma namorada espiritual não consegue namorar um rapaz carnal. Um marido espiritual tem dificuldade de conviver com uma mulher carnal. O apóstolo Paulo disse: “[...] ninguém me moleste; porque eu trago no corpo as marcas de Jesus.” (Gálatas 6.17.) Viver como qualquer um vive, uma vida 45

medíocre, você pode viver. Mas para você ter o dobro, e o dobro é o mínimo, é preciso viver uma vida de santidade. Deus tem sonhos lindos para você. Escolha viver conforme a Palavra de Deus, pois Ele fará transbordar a sua vida de bênçãos sem medida. Elias disse a Eliseu: “Todavia, se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará; porém, se não me vires, não se fará.” Se você tem andando com o Senhor, creia que está tão perto de chegar o momento da conquista, por isso não desista. Continue! Faça como Eliseu: “Indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho. O que vendo Eliseu, clamou: Meu pai, meu pai, carros de Israel e seus cavaleiros! E nunca mais o viu; e, tomando as suas vestes, rasgou-as em duas partes. Então, levantou o manto que Elias lhe deixara cair e, voltando-se, pôs-se á borda do Jordão. Tomou o manto que Elias deixara cair, feriu as águas e disse: Onde está o SENHOR, Deus de Elias? Quando feriu ele as águas, elas se dividiram para um e outro lado, e Eliseu passou.” Se contarmos na Bíblia os milagres de Elias e Eliseu, veremos que Eliseu realizou exatamente o dobro dos milagres de Elias, porque ele pediu o dobro, 46

se ele tivesse pedido dez vezes mais, seria dez vezes mais. Mas hoje a pergunta não é mais esta: “Onde está o Senhor Deus de Elias?” Porque sabemos que Ele está aqui. Mas a pergunta é:” Onde estão os Elias de Deus?” Elias sabia quando ele iria partir, mas nós não sabemos. E muitas vezes acreditamos que temos tanto tempo. Mas o dia que temos para viver é hoje. A hora que temos é agora. Este é o momento mais que significativo. É o momento de nos darmos e nos entregarmos e vivermos para o Senhor. Então, se esse é o seu desejo, ore comigo do seu jeito, onde você está: “Senhor, eu quero o dobro, porque é o mínimo. Eu não quero, Senhor, me conformar com a vida que eu tenho tido até hoje. Eu sei que aquilo que os meus olhos nunca viram, que meus ouvidos não ouviram e nem chegou ao meu coração é o que o Senhor tem preparado para aqueles que o amam. Senhor, eu me aproprio, eu saio contigo de Gilgal, reafirmo a minha aliança, eu vou para Betel, a tua Casa porque a amo, passo por Jericó apenas para vê-la destruída, pois Jericó nada tem em mim. Eu sou o bom perfume do Senhor. Eu vou para o Jordão, rompo os limites. Na 47

autoridade do nome de Jesus eu abro o Jordão pela fé. Pai, que os teus sonhos sejam meus sonhos. Que a minha vida seja o teu deleite. Que o Senhor se alegre no meu viver. Selo o meu compromisso contigo para nunca mais me esquecer. Em nome de Jesus, mém”! Deus abençoe! Márcio Valadão

48

JesUs Te AmA e QUeR VOcê!
1º PASSO: Deus o ama e tem um plano maravilhoso para sua vida. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.“ (Jo 3.16.)

49

2º PASSO: O Homem é pecador e está separado de Deus. “Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus.“ (Rm 3.23b.) 3º PASSO: Jesus é a resposta de Deus, para o conflito do homem. “Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.“ (Jo 14.6.) 4º PASSO: É preciso receber a Jesus em nosso coração. “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome.“ (Jo 1.12a.) “Se, com tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo. Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação.” (Rm 10.9-10.) 5º PASSO: Você gostaria de receber a Cristo em seu coração? Faça essa oração

50

de decisão em voz alta: “Senhor Jesus eu preciso de Ti, confesso-te o meu pecado de estar longe dos teus caminhos. Abro a porta do meu coração e te recebo como meu único Salvador e Senhor. Te agradeço porque me aceita assim como eu sou e perdoa o meu pecado. Eu desejo estar sempre dentro dos teus planos para minha vida, amém”. 6º PASSO: Procure uma igreja evangélica próxima à sua casa. Nós estamos reunidos na Igreja Batista da Lagoinha, à rua Manoel Macedo, 360, bairro São Cristóvão, Belo Horizonte, MG. Nossa igreja está pronta para lhe acompanhar neste momento tão importante da sua vida. Nossos principais cultos são realizados aos domingos, nos horários de 10h, 15h e 18h horas. Ficaremos felizes com sua visita!

51

Uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha Gerência de Comunicação

Rua Manoel Macedo, 360 - São Cristóvão CEP: 31110-440 - Belo Horizonte - MG www.lagoinha.com Twitter: @Lagoinha_com

52