SISTEMAS GEODÉSICOS DE REFERÊNCIA 2) Definição de Sistemas Geodésicos de Referência (SGR) 3) Sistema Geodésico Brasileiro (SGB) SAD69 SIRGAS2000 4) Sistema

geodésico Utilizado pelo GPS (WGS84) 4) Mudança de Sistema Geodésico de Referência

1

SISTEMAS GEODÉSICOS DE REFERÊNCIA (SGR)

SGR são estruturas geodésicas constituídas por estações geodésicas materializadas na superfície terrestre, com coordenadas ou altitudes conhecidas, que servem de referência para os levantamentos topográficos e geodésicos a serem realizados no território de interesse. A materialização deste sistema de referência, através de estações geodésicas distribuídas adequadamente na área de abrangência, constitui- se na infra-estrutura de referência a partir da qual os novos posicionamentos são efetuados.

2

SISTEMAS GEODÉSICOS DE REFERÊNCIA (SGR) O SGR tem a função de estabelecer uma relação matemática entre um ponto no terreno e uma superfície de referência, ou seja, suas coordenadas geodésicas sobre essa superfície (elipsóide de referência). Os SGR são empregados para três objetivos principais; 1) vincular todos os levantamentos topográficos e geodésicos executados em uma determinada região a um referencial único, bem definido e materializado; 2) permitir a amarração de levantamentos passados e futuros nesse mesmo sistema; 3) e ainda ser compatível com outros sistemas geodésicos de referência, permitindo a transformação de coordenadas entre eles.
3

SISTEMAS GEODÉSICOS DE REFERÊNCIA (SGR) APLICAÇÕES Um sistema geodésico é utilizado por usuários que necessitam de informações de posição para diversos fins como apoio ao mapeamento, demarcação de unidades político administrativas, obras de engenharia, regularização fundiária, posicionamento de plataformas de prospecção de petróleo, delimitação de regiões de pesquisas geofísicas, etc. Permitem apoiar obras de engenharia tais como: Sistemas de comunicação; Transmissão de energia; Barramentos para geração de energia; Abastecimento de água e esgoto; Irrigação e drenagem; Titulação de propriedades urbana e rural;

4

SISTEMAS GEODÉSICOS DE REFERÊNCIA (SGR)

5

IMPLANTAÇÃO DE UM SGR A implantação de um SGR compreende as etapas de definição do sistema e de sua materialização na superfície terrestre. Definição A definição do sistema de referência inclui a escolha da superfície de referência (elipsóide de revolução) e sua orientação no espaço (Datum). Materialização A materialização do sistema é feita com a implantação das Redes Geodésicas - um conjunto de estações com coordenadas ou altitudes conhecidas, obtidas através de diferentes técnicas de posicionamento.
6

SISTEMA GEODÉSICO BRASILEIRO (SGB) No Brasil, existem oficialmente dois sistemas de referência adotados. O Sistema SAD69, de concepção clássica, e o Sistema SIRGAS2000, de concepção moderna e que encontra-se em implantação para substituição do sistema clássico. Atualmente os dois sistemas serão utilizados conjuntamente até 2015. Algumas cartas cartográficas já estão sendo confeccionadas já em SIRGAS. O SIRGAS foi concebido em função das necessidades de adoção de um sistema de referência compatível com as técnicas de posicionamento global, dadas por sistemas desta natureza como o GPS. Ele está programado para substituir o SAD69 até 2015.
7

SISTEMA SAD 69 Figura da Terra: Elipsóide Internacional de 1967 (GRS67) A (semi-eixo maior) = 6378160m B (semi-eixo menor) = 6356774,719m alfa (acatamento=(a-b)/a) = 1/298,25 Orientação: Topocêntrica: no Vértice Chuá, com as seguintes coordenadas: Latitude: 19°45’41,6527”S Longitude:48°06’04,0639”W N=0 Redes Geodésicas Rede Plsanimétrica do SGB Rede Altimétrica do SGB Datum altimétrico Marégrafo de Imbituba-SC

8

SISTEMA SIRGAS2000 Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas Sistema de Referência: - International Terrestrial Reference System (ITRS) – Sistema Internacional de Referência Terrestre; - Figura geométrica para a Terra: - Elipsóide Internacional de 1980 (GRS80): - Raio equatorial da Terra: a = 6.378.137m -Semi-eixo menor (raio polar): b=6.356.752,3141m -Alfa (achatamento)=1/298,257222101 Origem: Centro de massa da Terra (Elipsóide Geocêntrico) Rede Geodésica Rede SIRGAS
9

MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA GEODÉSICO BRASILEIRO SAD69 x SIRGAS ELIPSÓIDE SAD69 – Elipsóide Topocêntrico e Datum Planimétrico SIRGAS – Elipsóide Geocêntrico MATERIALIZAÇÃO SAD69 – Métodos Terrestres Clássicos (Triangulação...) SIRGAS – Métodos Espaciais Modernos (GPS...)

10

184 ESTACOES DA REDE SIRGAS 2000

11

21 ESTACOES SIRGAS 2000 NO BRASIL

12

SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA DO GPS SISTEMA WGS 84 (Usado pelo GPS) Sistema Geodésico de Referência: Sistema de Referência Terrestre Internacional - ITRS (International Terrestrial Reference System). Figura geométrica para a Terra: Elipsóide Internacional de 1980 (GRS80): - Semi-eixo maior a = 6.378.137 m - Achatamento f = 1/298,257223563 Origem: Centro de massa da Terra (Elipsóide Geocêntrico)
13

BANCO DE DADOS GEODÉSICOS DO SGB Atualmente, o Banco de Dados Geodésico do SGB esta disponível na internet, no site do IBGE (www.ibge.gov.br), para consulta de informações das estações das Redes Geodésicas de Referência, Planimétrica, Altimétrica, Tridimentional e Gravimétrica. Estão disponíveis no BDG dados e informações geodésicas nos sistemas SAD69 e SIRGAS2000, onde se destaca: . Coordenadas geodésicas de alta precisão; . Coordenadas UTM; . Altitude de alta precisão; . Descritivo de localização e acesso; . Informações sobre a situação física dos marcos; . Valor da aceleração da gravidade, anomalias, etc...

14

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA

15

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA A mudança de sistema de referência é necessária devido a alguns fatores: a) O Brasil adotou, até a década de 70, o Datum “Córrego Alegre”, e até recentemente o sistema SAD-69. Atualmente utiliza o sistema SIRGAS 2000... ...Com isto, cartas mais antigas, produzidas, por exemplo, pelo IBGE, têm como referência o Datum “Córrego Alegre” e as mais atuais o SAD-69... Desta forma, é necessário que ocorra uma operação de mudança de sistema de referência, ou seja, Córrego Alegre para SIRGAS 2000 ou SAD-69 para SIRGAS 2000... Esta operação também é necessária quando utilizamos antigos vértices da rede geodésica brasileira.
16

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA

17

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA b) A mudança de sistema de referência também é necessária quando da utilização de sistemas de satélites artificiais para posicionamento. Estes sistemas de posicionamento utilizam referenciais próprios, como por exemplo, o GPS utiliza o sistema de referencia WGS-84. Como o Brasil adota, atualmente, o sistema SAD-69, existe então a necessidade da mudança de referencial, ou seja, WGS-84 para SAD-69.

18

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA TRABALHOS EM DIFERENTES SISTEMAS - IMPORTÂNCIA DA TRANSFORMAÇÃO São Paulo em 2001, perfuração de um gasoduto da Petrobrás por usarem sistemas de referência diferentes.

19

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA TRABALHOS EM DIFERENTES SISTEMAS - IMPORTÂNCIA DA TRANSFORMAÇÃO

20

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA Parâmetros Genéricos de Transformação entre sistemas: - 3 translações (TX, TY, TZ), 3 rotações (RX, RY, RZ) e 1 fator de escala (E). Nos SGR, RX= RY= RZ=E=0 (mesma direção dos eixos dos elipsóides e em verdadeira grandeza) Equação genérica da transformação de coordenadas entre SGR X2=X1+TX Y2=Y1+TY Z2=Z1+TZ

21

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA Parâmetros de Transformação entre SAD 69 e outros SGR

22

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA Etapas envolvidas: 1) Conversão das coordenadas geodésicas para as cartesianas 2) Aplicação dos parâmetros de conversão para o novo sistema 3) Conversão das coordenadas geodésicas para o novo sistema

23

MUDANÇA DE SISTEMA GEODÉSICO DE REFERÊNCIA MUDANÇA DE SISTEMA NO SOFTWARE TECGEO - IBGE O software TCGEO para transformação de coordenadas já se encontra disponível no site do IBGE http://www.ibge.gov.br na área de geociências, Geodésia. O TCGeo é foi desenvolvido com o objetivo de colaborar com os usuários que fazem uso das informações espaciais no Brasil e que rotineiramente precisam compatibilizar seus dados a um único sistema de referência, ou seja, é uma ferramenta amigável para transformar coordenadas. São utilizados os parâmetros de transformação oficiais entre os sistemas SAD69 e SIRGAS2000.

24

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful