P. 1
formação preço

formação preço

|Views: 42|Likes:
Published by Lillian Alessandra

More info:

Published by: Lillian Alessandra on Jul 14, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/21/2013

pdf

text

original

FORMAÇÃO DE PREÇOS

‡FORMAÇÃO DE PREÇOS A PARTIR DO CUSTO
±FINALIDADE DO CONTROLE DE CUSTO PARA FORMAR PREÇO PARTE DO PRESSUPOSTO QUE O MERCADO ACEITA

‡FORMAR PREÇO DE VENDA COM METODOLOGIA
±PARA QUE SE POSSA COBRIR TODOS OS CUSTOS E OBTER LUCRO PARA CONTINUAR A ATIVIDADE

FORMAÇÃO DE PREÇOS ‡ELEMENTOS DE CUSTOS QUE FORMAM O PREÇO ±CONSIDERAR TODOS OS CUSTOS UNITÁRIOS FIXOS E VARIÁVEIS E UMA MARGEM DE LUCRATIVIDADE(diretos e indiretos) ±CUSTO DA MERCADORIA E SERVIÇOS E OUTROS DECORRENTES DA COMPRA ±IMPOSTOS INCIDENTES SOBRE A VENDA ±OUTRAS DESPESAS SOBRE A VENDACOMISSÕES FRETES ETC.DISTRIBUIR POR RATEIOS . ±CUSTOS FIXOS .

ETC ±POSICIONAMENTO DA EMPRESA FRENTE AO MERCADO .FORMAÇÃO DE PREÇOS ‡PECULIARIDADES DE CADA EMPRESA ±RAMO DE ATIVIDADE ±REGIME FISCAL (IMPOSTOS) ±TAMANHO ±CONCORRÊNCIA.CUSTO/PREÇO .

ESTUDO DE MERCADO ‡NÍVEIS DE PRODUÇÃO .TAMANHO ‡CONTROLE DE PREÇOS .FATORES QUE INFLUENCIAM NA DETERMINAÇÃO DO PREÇO ‡QUALIDADE E TECNOLOGIA EM RELAÇÃO ÀS NECESSIDADES DO MERCADO SEGMENTAÇÃO ‡PODER DE COMPRA ‡PRODUTOS SIMILARES ‡DEMANDA ESPERADA .GOVERNO ? ‡IMPOSTOS ‡CUSTOS E DESPESAS OPERACIONAIS ‡DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS .

FATORES MULTIPLICADOR DE CUSTOS MARK-UP ‡MARK-UP GENÉRICO ±CUSTO INDUSTRIAL PADRÃO POR ABSORÇÃO ‡MARK-UP POR PRODUTO ±PODE SER POR PRODUTO. LINHA DE PRODUTOS OU DIVISÕES ‡É UM ÍNDICE MULTIPLICADOR ‡RESTRIÇÕES DO USO DO MARK-UP ±OS ELEMENTOS QUE DETERMINAM O FATOR SÃO DINÂMICOS ±É UMA COMPOSIÇÃO DE CUSTOS FIXOS E VARIÁVEIS O QUE DIFICULTA NEGOCIAÇÃO E ANÁLISE GERENCIAL ±A UTILIZAÇÃO DO MARK-UP DEVE SER UTILIZADO EM CONJUNTO COM OUTRAS FERRAMENTAS .

UMA METODOLOGIA POR APROXIMAÇÃO . Finanças (-) Lucro Planejado 2) Participação dos Custos da Mercadoria 3) Fator = (1/2) $ 19. Vendas.23 4.88 1.9231 ESTA METODOLOGIA DETERMINA UM PREÇO DE VENDA QUE NA VERDADE.52 1.10 48 10 . É ENTÃO.42 2.FATORES MULTIPLICADOR DE CUSTOS MARK-UP ‡CONSTRUÇÃO DO MARK-UP 1) PREÇO DE VENDA (-) Custos Variáveis s/venda (-) Custos Fixos e/ou despesas Administração.15 .92 % 100 .23 . PRECISA DE UM PREÇO DE VENDA PARA SER CALCULADO.

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO.CÁLCULO DOS CUSTOS E FORMAÇÃO DO PREÇO DE VENDA ‡RECOMENDAÇÕES PARA DETERMINAÇÃO DO PREÇO ±CÁLCULO DE UM PREÇO PROVISÓRIO COM INFORMAÇÕES INTERNAS (CUSTOS E/OU DESPESAS) ±CRÍTICA DESTE NO MERCADO . CUSTOS VARIÁVEIS. PONTO DE EQUILÍBIRIO ±DETERMINAR O PREÇO FINAL . ETC ±AJUSTES DO PREÇO E SEUS REFLEXOS SOBRE O LUCRO ±BUSCA DE OUTRAS ALTERNATIVAS COM SIMULAÇÕES ‡RECEITAS. VOLUME DE VENDAS.CONCORRENTES. PODER AQUISITIVO. CUSTOS E DESPESAS FIXAS. RESULTADO.

±= CPV PASSOS PARA SE CHEGAR AO PREÇO DE VENDA ± (Indústria-Subst.00 10.2% ±COMISSÕES 4.Tributária) com 15% IPI + 3% frete e MB de 50% 100.00 130.65% ±COFINS 3% ±CONTRIBUIÇÃO SOCIAL 1% ±IRPJ (presumido) 1.00 20. não é custo para a indústria ±TOTAL CVV 10.15% ±ICMS (ST)é cobrado por fora do destinatário) Portanto.‡1) CÁLCULO DO CPV ±CUSTO MP ±CUSTO DIRETO ±RATEIO CUSTO IND.00 ‡2) CÁLCULO DO CVV (custo variável s/ venda) ±PIS 0.00% .

Porque cobra por fora do cliente .40=1610 ICM destino=1610*12%=193 ICMS a pagar=73. CALCULADO SOBRE A DIFERENÇA ENTRE SEU PREÇO DE VENDA NA ALÍQUOTA DO ESTADO ORIGEM E SOBRE UMA MARGEM DE LUCRO FIXADA PARA O PRODUTO PELO GOVERNO E A ALÍQUOTA DO ESTADO DE DESTINO.) 12%=120 BC=(1000+150)*1. = 1000 IPI = 15% ICM origem(ind.20 Não é custo p/ind. APLICADO SOBRE A BASE DE CÁLCULO BC BC = O PREÇO NA NOTA DA INDUST. + FRETE + IPI Exemplo: preço ind.CÁLCULO ICMS ST O ICMS FOI CALCULADO PELA LEI 87/96 DE ST O IMPOSTO É PAGO PELA INDÚSTRIA.

00 ‡9000/36000 = PERCENTUAL DESP/C/ FIXO = 25% ‡OU PODE-SE TER O CUSTO FIXO UNITÁRIO E SOMÁ-LO AO CPV DETERMINAÇÃO DO PREÇO COM 10% LUCRO ‡PV = CPV / (100 .Exemplo : $ 9.PASSOS PARA SE CHEGAR AO PREÇO DE VENDA (INDÚSTRIA e Sub.(%CVV + %CF + %L) ) * 100 ‡PV = (130 / (100 .36-130.000.00=106.36 = 45% ‡MARK UP= PV / CMV = 236.) ‡3) TAXA DE DESPESAS OPERACIONAIS FIXAS UTILIZANDO-SE A ESTRUTURA DO DRE ±a) LEVANTAR O MONTANTE DAS DESPESAS E/OU CUSTOS FIXOS DA EMPRESA .82 ‡4) .36 ‡MB = 236.26 / 130 = 1.Exemplo : $ 36.00 ±B) LEVANTAR O MONTANTE DA PREVISÃO DE RECEITAS .Tribut.(10 + 25 + 10))) * 100 = 236.000.

00 ‡CUSTO FIXO 4. e ST) ‡CUSTO DE AQUISIÇÃO 20.800.00 ‡FRETES 1.DETERMINAÇÃO DO PREÇO DE VENDA COMÉRCIO VAREJISTA (NÃO S.000.Simpl.5% ‡COMISSÕES 5% ‡PIS 0.65% ‡COFINS 3% ‡CONTRIBUIÇÃO SOCIAL 1% ‡IRPJ 1.20% ‡RECEITA TOTAL PREVISTA 20.00 ‡LUCRO PLANEJADO 8% S/VENDA .

EXERCÍCIO ‡1) CALCULAR CMV ‡2) CALCULAR CVV ‡3) DETERMIAR O ÍNDICE DE C.FIXO ‡4) DETERMINAR O PREÇO ‡5) DETERMINAR MARGEM BRUTA ‡6) DETERMINAR MARKUP ‡7) CALCULAR A TAXA DE LUCRO S/VENDA % ‡8) FAZER DRE UNITÁRIO ‡9) CALCULAR RECEITA DE EQUILÍBRIO .

00 + 2.50 ‡IPI = 0 % (O produto não foi comprado da Indústria) ‡ICMS = por ser um produto de ST.65% ‡COFINS = 3% ‡CONTRIBUIÇÃO SOCIAL = 1% ‡IRPJ = 1.5% = 3.00 ‡ICM vem por fora da nota cobrado pela Indústria=2.50 ‡2) CALCULAR CVV ‡COMISSÃO = 5% ‡PIS = 0. o ICMS não pode ser repassado ao preço.00 + 3. porém já está embutido no custo ‡CMV = 20.2% ‡TOTAL CVV = 10.85% .00 ‡FRETE = 1.50 = 25.RESULTADO ‡1) CALCULAR CMV ‡CUSTO = 20.

61 ‡5) MARGEM BRUTA DE LUCRO = ± preço de venda ± custo = 19.85 + 24 + 8)) * 100 = 44.75 ‡7) MARGEM DE LUCRO S/VENDA = 42.FIXO ‡CF = 4.(10.(%CVV + %CF + %L) ) * 100 ±PV = 25.11 ‡6) MARKUP = PV / CMV = 1.50 / (100 .83% .800/20000 = 24% ‡4) DETERMINAR O PREÇO ‡PV = CPV / (100 .RESULTADO ‡3) DETERMIAR O ÍNDICE DE C.

48 .84 CUSTO FIXO=24% = 10.61 CMV = 25.85% = 4.57 = 8% 9) PONTO DE EQUILÍBRIO = CF/ 1-(CV/PV) RE = 4800 / 0.83% IMPOSTOS = 10.204.4284 MB = 11.11 = 42.RESULTADO 8) DRE UNITÁRIO PV = 44.50 MB = 19.70 = LUCRO LÍQUIDO = 3.

(10 + 24 + 8)) * 100 = 43.724 .97 ±MB = 43.50 = 18.00 FRETE + ICMS = 25.00 + 3.46 = 41.800/20000 = 24% ±PV = 25.s. + 5% s. = 10% ‡ÍNDICE DE C.99% ±MARKUP = 1.Simples) REFAZER O EXERCÍCIO TOMANDO COMO REFERENCIA UMA EMPRESA OPTANTE DO SIMPLES NA ALÍQUOTA DE 5% ‡CMV = 20.97 ± 25.50 ‡CVV = 5%comis.FIXO = 4.DETERMINAÇÃO DO PREÇO DE VENDA COMÉRCIO VAREJISTA (S.50 / (100 .

50 58% ‡MB 18.52 8% ‡9) PONTO DE EQUILÍBRIO ‡RE = 4800 / 0.431.29 ‡REPETIR O EXERCÍCIO COM EMPRESA NO S. 10.97 100% ‡CV 25.55 24% ‡CVV 4.4199 = R$ 11. UNIT.46 42% ‡CF/DESP.SIMPLES COM IPI DE 15% NA COMPRA .RESULTADO ‡8) DRE UNITÁRIO ‡PV 43.39 10% ‡LUCRO UNIT 3.

TEREMOS O CUSTO TOTAL DO PRODUTO SEM CONSIDERARMOS OS OUTROS CUSTOS E DESPESAS NÃO COMPUTADOS COMO POR EXEMPLO A COMISSÃO.OUTRA ABORDAGEM PELO PE DETERMINAR O PREÇO DE VENDA QUE COBRE TODOS OS CUSTOS: CONHECENDO-SE O CF. SE SOMARMOS A ESTE O CUSTO VARIÁVEL. SOMA-SE NO DENOMINADOR A MB DO CMV AO INVÉS DO CV . OS IMPOSTOS. ASSIM VAMOS TER O CUSTO FIXO UNITÁRIO. O LUCRO. DIVIDE-SE ESTE PELAS QUANTIDADES DE PRODUTOS PRODUZIDOS.OU CUSTO DE PRODUÇÃO. QUE IRÃO SOMADOS NO DENOMINADOR (INVERSO) SE FOR VÁRIOS PRODUTOS.

82 = 268.(0.00 CAPACIDADE DE PRODUÇÃO = 500 UNIDADES/PERÍODO CUSTO FIXO NO PERÍODO = R$ 10.00 MARGEM DE LUCRO PRETENDIDA = 10% IMPOSTOS (SIMPLES) = 3% COMISSÃO DOS VENDEDORES = 5% CUSTO TOTAL IDENTIFICADO = 220.05) = 220 / 0.30 PE .00 (CV + CF UNITÁRIO) RE = CF / (1-(CV / PV) RE = CF / (1 ± CV%) PV = CTI/ MB% PV = 220 / 1.03 + 0.000.EXEMPLO CUSTO VARIÁVEL OU CUSTO DE PRODUÇÃO = R$ 200.1 + 0.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->