20010/2011

O Observatório da Qualidade elaborou o presente relatório com a análise dos resultados escolares do Agrupamento, com base no trabalho de levantamento, organização e tratamento de dados que tem vindo a efectuar desde o ano lectivo 2006/2007. Em anexo encontra-se um documento com a estatística/ base dados do Agrupamento. Junto de cada ponto focado está mencionado o número do quadro que possibilitou a respectiva análise.

1- Análise do Sucesso/Transição no Agrupamento de Escolas D.Dinis
1.1- No 1º Ciclo
(Quadros 36,37,38)

A taxa de transição obtida nas escolas EB1 Maria Lamas e EB1 Rainha Santa, em todos os anos de escolaridade, ultrapassou os 90% (Muito Bom), atingindo plenamente os objectivos previstos no PEA. Relativamente aos anos lectivos anteriores (2006/2007, 2007/2008, 2008/2009) verificou-se um ligeiro aumento da taxa de sucesso.

2 – Análise da Qualidade do Sucesso por Turma e Ciclo de acordo com as Metas do PEA
RS – EB 1 Rainha Santa ML – EB 1/JI Maria Lamas

Quadro I – Qualidade do Sucesso por ano, escola e Ciclo
Anos /Turmas Nº Alunos Nº de que transitaram 69 73 65 80 287 72 % de Alunos que transitaram 100% 94,8% 97% 96,4% 97,1% 100% % de Alunos que não transitaram 0% 5,2% 3% 3,6% 2,9% 0%

1.º ML 2.º ML 3.º ML 4.º ML Total ML 1.º RS

69 77 67 83 296 72

4

2.º RS 3.º RS 4.º RS Total ML Total 1.º ano Total 2.º ano Total 3.º ano Total 4.º ano Total ML+RS

61 64 85 282 141 138 131 168 578

58 63 76 269 141 131 128 156 556

95,1% 96,4% 89,4% 95,2% 100% 95% 96,7% 92,9% 96,2%

4,9% 3,6% 10,6% 4,8% 0% 5% 3,3% 7,1% 3,8%

Da análise do quadro “Qualidade do Sucesso por Turma, Escola e Ciclo” conclui-se que:

No 1.º ano de escolaridade a percentagem de alunos com sucesso foi de 100%. No 2.º ano de escolaridade, a percentagem de sucesso dos alunos da EB 1 Rainha Santa foi de 95,1% e na EB1/JI Maria Lamas foi de 94,8%. O sucesso global dos alunos do 2.º ano deste Agrupamento foi de 95%, estando acima das metas estabelecidas no PEA (7,1% de insucesso). Relativamente ao 3.º ano de escolaridade, a percentagem de sucesso dos alunos da EB 1 Rainha Santa foi de 96,4% e na EB1/JI Maria Lamas foi de 97%. O sucesso global do 3.º ano deste Agrupamento foi de 96,7%, estando acima das metas estabelecidas no PEA (6% de insucesso). No que diz respeito ao 4.º ano de escolaridade, a percentagem de sucesso dos alunos da EB 1 Rainha Santa foi de 89,4% e na EB1/JI Maria Lamas foi de 96,4%. O sucesso global dos alunos do 4.º ano deste Agrupamento foi de 92,9%, estando abaixo das metas estabelecidas no PEA (5,4% de insucesso). 4

No 1.º Ciclo relativamente à qualidade do sucesso foram atingidos os objectivos do PEA (5,0%), uma vez que a percentagem de alunos que não transitaram foi de 3,8%.

3- Análise do Insucesso às Disciplinas de Língua Portuguesa e de Matemática no 4.º Ano (Quadros 77)
Após à análise do insucesso nas disciplinas de Língua Portuguesa e de Matemática conclui-se que:
● ●

No 1.º ciclo o insucesso à disciplina de Língua Portuguesa foi de 9% e de 19,2% à disciplina de Matemática. No 1.º ciclo, a percentagem de alunos que não tiveram sucesso conjuntamente a Língua Portuguesa e matemática foi de 7,2%.

4- Alunos com Planos de Recuperação e de Acompanhamento (Quadros 65, 66, 67)
Após análise das taxas de transição dos alunos com Planos de Recuperação e de Acompanhamento conclui-se que:

A taxa de sucesso dos alunos do 1º ciclo com Plano de Recuperação foi de 71,9% e dos alunos com Plano de Acompanhamento foi de 100%.

5- Análise dos Resultados das Provas de Aferição (Quadros 81,82, 83)
Da análise dos resultados obtidos nas Provas de Aferição conclui-se que:

● 1º Ciclo
4

● Na disciplina de Língua Portuguesa, 77,3% dos alunos obtiveram
classificações positivas (A-4,5%; B- 40,9%; C-31,8%). ● Na disciplina de Matemática, 68,2% dos alunos classificações positivas (A-14,3%; B- 32,5%; C-21,4%). obtiveram

Da análise comparativa das avaliações interna e externa verifica-se que:

● Na disciplina de Língua Portuguesa os resultados da avaliação interna (90,8% de classificações positivas) foram mais satisfatórios do que os da avaliação externa (77,1% de níveis superiores a 2). Relativamente às classificações negativas, a taxa obtida na avaliação externa é superior (23%) à da avaliação interna (9,3%). ● Na disciplina de Matemática, verifica-se que os resultados da avaliação externa (68% de classificações positivas) foram inferiores do que os da avaliação interna (80,2% de níveis superiores a 2). Relativamente às classificações negativas, a taxa obtida na avaliação externa é superior (32%) à da avaliação interna (19,9%).
Conclui-se, assim, que os resultados obtidos nas Provas de Aferição do 4º ano no Agrupamento não atingiram as metas estabelecidas no PEA.

Odivelas, 12 de Julho de 2011

4