You are on page 1of 20

Dra.

Nely Marjollie Médica Anestesiologista

ósseo:  Artroplastias ~ polimetacrilato  Hipertensão intramedular (>500mmHg) embolização de gordura, medula óssea, cimento e ar aos canais venosos femurais  Monômero de metacrilato vasodilatação RVS  Liberação de tromboplastina tecidual agregação plaquetária mocrotrombos pulmonares
€ Cimento

da implantação do cimento ósseo:  Hipóxia shunt pulmonar  Hipotensão  Arritmias bloqueios e parada sinusal  Hipertensão pulmonar resistência vascular pulmonar  Débito cardíaco € Síndrome .

€ Minimizam o efeito das complicações:  FiO2 antes de cimentar  Euvolemia  Lavagem com alta pressão do corpo de fêmur  Componente não cimentado € Próteses cimentadas X não-cimentadas .

Campo sem sangue € Pressão de insuflação: 50-100mmHg acima da PAS € Tempo limite de insuflação: ???? € Problemas potenciais: €         Alterações hemodinâmicas Alterações metabólicas: reperfusão Tromboembolismo arterial Embolia pulmonar Disfunção muscular transitória Lesão de nervo periférico Rabdomiólise Dor .

€ Dor do torniquete:  Fibras C  Maior de 45 min-1h  Regional venosa> epidural > espinal >geral  intensidade e nível do bloqueio  Escolha do anestésico local  Suplementação com opióides .

esturpor ou coma lesão capilar à circulação cerebral e edema cerebral . confusão e petéquias € Aumento de ácidos graxos livres efeito tóxico sobre a membrana alveolocapilar liberação de aminas vasoativas e prostaglandinas SARA € Manifestações neurológicas: agitação.€ Potencialmente fatal: 10-20% € 72h após fratura de osso longo ou bacia € Tríade: dispnéia. confusão.

€ Durante a anestesia:  Declínio da ETCO2 e SatO2  Elevação das pressões na artéria pulmonar  Alterações do segmento ST com aspecto isquêmico  Sobrecarga cardíaca direita € Tratamento profilaxia e suporte .

de risco:  Obesidade  Idade > 60 anos  Procedimentos >30min  Uso de torniquete  Fratura de extremidade inferior  Imobilização > 4 dias  Reconstrução de quadril e joelho € Fatores .

€ Anticoagulação profilática e compressão pneumática intermitente € Anestesia neuroaxial:  Aumento do fluxo venoso em mmii: simpatectomia  Efeitos anti-inflamatórios sistêmicos dos AL  Diminuição da reatividade das plaquetas  Atenuação do aumento do fator VIII e de von Willebrand  Atenuação da redução de antitrombina III € Anticoagulação X bloqueios .

do Quadril:  Maioria da população frágil e idosa  Comorbidades  Altos índices de mortalidade: 10-25%  Desidratação e perda sanguínea  Fraturas intracapsulares têm menor perda de sangue que as extracapsulares  Embolia gordurosa. congestão pulmonar ((ICC). infecção € Fratura . atelectasia.

€ Anestesia geral x neuroaxial € Associação com opióides € Monitorização invasiva € Acesso calibroso € Escolha do anestésico € posicionamento .

Da implantação do cimento ósseo € Profilaxia . hemorragia perioperatória e Sd.€ Osteoartrite. artrite reumatóide ou necrose avascular € Cuidado na subluxação atlantoaxial na AR: protrusão do processo odontóide na direção do forame magno durante a entubação € Instabilidade > 5mm = entubação com estabilização cervical e fibroscopia € Complicações cirúrgicas: TVP.

€ Swan-Ganz € Se as pressões da AP > 200dyn x s x cm-5 a cirurgia contralateral deve ser adiada € Sistemas sem cimento € Cateter de peridural .

€ Perda significativa de sangue € Hipotensão controlada € Técnicas neuroaxiais € Aprotinina € Doação autóloga € Eritropoetina humana recombinante 600UI/kg SC/semana 21d antes da cirurgia .

€ Artroscopia de Joelho:  Procedimentos ambulatoriais  Pacientes jovens e saudáveis  Torniquete pneumático  Técnicas neuroaxiais X anestesia geral  Bloqueios regionais: três em um. bloqueio do compartimento do psoas e infiltração local  AL intrarticular associado a morfina .

De implantação do cimento ósseo Uso de torniquetes Analgesia pós-operatória: Cateter de peridural: ropivacaína 0.€        Artroplastia total de Joelho: Causas semelhantes a da ATQ Menor duração Menor risco de Sd.2% 5ml/h/48h .2% 5-10ml/h por 48-72h Cateter na bainha femoral: 20ml de ropivacaína 0.5% ao final da cirurgia + infusão a 0.

€ Abertas ou artroscópicas € Posição sentada/ cadeira de praia € Bloqueio de plexo braquial via interescalênica combinado ou não com anestesia geral € Cateter interescalênico: ropivacaína 0.2% 48ml/h € Cuidado com hipotensão .

€ Mais comum: liberação do túnel do carpo € Anestesia regional intravenosa (Bier) € >1h: bloqueio de plexo € Abordagem axilar para cirurgias abaixo do cotovelo € Torniquete pneumático = bloqueio subcutâneo sobre a A. axilar: cutâneo braquial medial e intercostobraquial .

€ Monitorização € Acessos calibrosos € Posicionamento e proteção € Estratégias de reposição sanguínea € Distúrbios respiratórios € Estratégias de entubação € Teste do despertar e potenciais evocados sensitivo e motor .