FUNÇÕES QUÍMICAS

Definição: substâncias com propriedades químicas semelhantes. Classificação Geral: Funções Inorgânicas Funções Orgânicas

INTRODUÇÃO
Condutibilidade das Soluções: As experiências do Químico Arrhenius.

NaCl + H2O

açucar + H2O

Solução eletrolítica

Solução não eletrolítica

FUNÇÕES INORGÂNICAS
CLASSIFICAÇÃO: ÁCIDOS HIDRETOS BASES ÓXIDOS SAIS

Conceitos de Arrhenius: Ácidos, Hidretos e Bases
Ácidos: substâncias que em meio aquoso se ionizam originando apenas cátions H+ (H3O+). Ex.: HCl p H+ + ClHidretos: compostos binários de hidrogênio. Ex.: HCl, KH, NH3, etc. Bases: Compostos iônicos que em meio aquoso se dissociam liberando exclusivamente ânions OH-. Ex.: NaOH p Na+ + OHaq

Conceitos de Arrhenius: Óxidos e Sais
Óxidos: c eletr e tiv é
x.: e ,S

st s i ri s xi ê i .
, a ,

e ele e t
, etc.

is

Sais: c st s i ic s e e iss ci li er el e s -. i ifere te Ex.:

ei c ti

s se ifere te

l, K2Cr2O7, NaH2PO4, etc.

Soluções não iônicas ± não conduzem corrente elétrica.Definições Importantes Soluções iônicas ± conduzem corrente elétrica. . Dissolução ± processo de separação de componentes não eletrolíticos por ação da água. Dissociação iônica ± processo pelo qual a água separa os íons já existentes. Ionização ± processo de formação de íons que não existiam por reação com a água. Solvatação ± envolvimento dos íons do soluto iônico pelas moléculas de água.

05 e E e 0.5) 5% (E 0.5) ± 5% e E e 50% (0.Definições Importantes Gr d i i i iz s s l ç s st ci .05) mif rt ± E . (E) ± rel ç e tre ° e i el ú er e i es i ici l orce t e es E = n / N ou e El trólit f rt El trólit El trólit fr E = n / N x 100 ± E u 50% (E u 0.

d) água do ar. base. O teste e con utibili a e elétrica eu resulta o positivo co u os líqui os abaixo. Os co postos abaixo são. base c) sal. e prega a para teste e con utibili a e elétrica. sal. c) Hélio liquefeito. áci o ) áci o. . base. sal b) base. Qual eve ter si o? a) Oxigênio liquefeito. áci o e) sal. base 2. b) Nitrogênio liquefeito. e) Gasolina. (UCSal) Consi ere a apaparelhage esenha a abaixo.Exercícios de fixação: 1. sal. respectiva ente: AgNO3 NH4OH HClO4 a) áci o. base.

sofre dissociação.representa a dissolução do HBr. (02) A equação HBr + H2O p H3O + Br.Exercícios de fixação: 3. (08) O HCl liquefeito conduz corrente elétrica. . Assinale as proposições verdadeira: (01) Todo eletr lito é u co posto iônico. (16) O NaOH e água for a u a solução eletrolítica. (04) O açúcar (C12H22O11) ao ser adicionado à água.

BASES E HIDRETOS .NOMENCLATURA DAS FUNÇÕES: ÓXIDOS.

 Óxidos de metais ou ametais com Nox variável: lêse óxido seguido do nome do elemento e do Nox escrito em algarismo romano. . Ex. Au2O3 ± óxido de ouro III. Ex. SO2 ± óxido de enxofre IV.: FeO ± óxido de ferro II.ÓXIDOS: Nomenclatura  Óxidos de metais com Nox fixo: lê-se óxido seguido do nome do elemento.: Na2O ± óxido de sódio / ZnO ± óxido de zinco.

Ex. PbO2 ± óxido plumbico.: FeO ± óxido ferroso Au2O3 ± óxido áurico. .Óxidos: Nomenclatura  Observações: 1) Óxidos de metais com dois Nox utiliza-se as terminações oso ou ico no cátion de menor e maior Nox. respectivamente.

3) Nox dos principais metais: Fe.) para o n mero de átomos de cada elemento: Ex.: Cl2O5 p pentóxido de dicloro. Co e Ni p + 2 e +3 Hg e Cu p +1 e +2 Pb e Pt p +2 e +4 Au p +1 e +3 . etc. tri. di.Óxidos: Nomenclatura 2) A nomenclatura dos óxidos também pode ser feita indicando-se prefixos (mono.

vide tabela. etc.Óxidos: Nomenclatura 4) Os óxidos ácidos são chamados de anidridos e ganham terminações em função do Nox. .: SO3 p anidrido sulf rico / CO2 p anidrido carbônico Cl2O p anidrido hipocloroso / Cl2O5 p anidrido clórico Mn2O7 p anidrido permangânico.B (+4) ico apenas para o carbono .C Ex. Terminação Per ico ico oso Hipo oso Nox +7 (+3 + 4) +5 e +6 +3 e +4 +1 e +2 (+3) ico apenas para o boro .

Ex. Ex. respectivamente.: Fe(OH)3 ± hidróxido férrico.BASES: Nomenclatura  Bases de metais com Nox fixo: lê-se hidróxido seguido do nome do metal.: NaOH ± hidróxido de sódio  Bases de metais com dois Nox: lê-se hidróxido seguido do nome do elemento e do Nox escrito em romano.: Fe(OH)2 ± hidróxido de ferro II. Ex. .  Observação: Hidróxidos de metais com dois Nox utilizase as terminações oso e ico no cátion de menor e maior Nox.

: CaH2 ± hidreto de cálcio.  Hidretos de metais com dois Nox: lê-se hidreto seguido do nome do elemento e do Nox escrito em romano.: NiH2 ± hidreto niqueloso. . Ex. Ex. Ex. respectivamente.HIDRETOS: Nomenclatura  Hidretos de metais com Nox fixo: lê-se hidreto seguido do nome do metal.: CuH2 ± hidreto de cobre II.  Observação: hidretos de metais com dois Nox utiliza-se as terminações oso e ico no cátion de menor e maior Nox.

Óxido de potássio p 8. Pb3O4 p 3. MgO p 2. CuH p 5. Hidreto de lítio p 12. Hidr xido de zinco p 13. Óxido de alu ínio p 7. Óxido estânico p 11. Ca(OH)2 p 4. Hidr xido ferroso p 14. para os seguintes co postos: 1. Óxido plu boso p 10.Exercícios de fixação: Dê o no e ou f r ula . Fe(OH)3 p 6. Óxido de ferro III p 9. Hidreto de f sforo p .

CLASSIFICAÇÃO & REAÇÕES DAS FUNÇÕES: ÓXIDOS. BASES E HIDRETOS .

N2O e NO (exceções) Água Óxidos básicos fortes Óxidos básicos fracos. Exceção: BeO (anfótero) Óxidos básicos fracos: Nox = +1 e +2 Óxidos ácidos: Nox > +4 Óxidos anfóteros: Nox = +3 ou +4 Exceções: ZnO e PbO (anfóteros) Óxidos ácidos: ametais Óxidos neutros: CO.ÓXIDOS: Classificação Geral Óxidos básicos fortes: alcalinos e alcalinos terrosos. ácidos ou anfóteros Óxidos ácidos ou neutros Não formam óxidos .

N2O e CO). exceção para os óxidos neutros (NO.óxido salino. 3) Metal de Nox = + 8/3 (fórmula Me3O4) . exceção para o BeO.ÓXIDOS: Regras de Classificação 1) Identificar o elemento combinado com o oxigênio se é: metal. PbO e ZnO (anfóteros). O N2O é o gás hilariante. 2) Ametal: provavelmente óxido ácido. 6) Metal com Nox = +3 e +4 ± óxido anfótero .½. ametal / semimetal. 4) Metal com Nox = +1 e +2 ± óxido básico. Atenção para os peróxidos Nox do O = -1 e superóxidos Nox do O = . 5) Metal com Nox > +4 ± óxido ácido.

Óxidos: Classificação Química  Óxidos básicos: óxidos iônicos que reagem com água formando uma base ou com ácido formando sal e água.  Reações: 1) CaO2 + 2H2O p Ca(OH)2 + H2O2 2) CaO2 + 2HNO3 p Ca(NO3)2 + H2O2 . Reações: 1) Na2O + H2O p 2NaOH 2) FeO + 2HCl p FeCl2 + H2O  Peróxidos: óxidos iônicos de caráter básico em que o oxigênio apresenta Nox = -1.

Reações: 1) SO3 + H2O p H2SO4 2)  Mn2O7 + 2NaOH p 2NaMnO4 + H2O 3) SO3 + MgO p MgSO4 4)  NO2 + H2O p HNO2 + HNO3 . Reações: 1) CaO4 + 2H2O p Ca(OH)2 + H2O2 + O2 2) CaO2 + 2HNO3 p Ca(NO3)2 + H2O2 + O2  Óxidos ácidos: óxidos moleculares que reagem com água formando um ácido.Óxidos: Classificação Química  Superóxidos: óxidos iônicos de caráter básico em que o oxigênio apresenta Nox = -1/2.

mistos ou salinos: óxidos metálicos de fórmula geral Me3O4. Reações: 1) ZnO + 2HCl p ZnCl2 + H2O 2) ZnO + NaOH p Na2ZnO2 + H2O  Óxidos neutros ou indiferentes: óxidos moleculares que não reagem com água nem com ácido ou base: CO. corresponde a soma de dois óxidos do elemento.Óxidos: Classificação Química  Óxidos anfóteros: óxidos metálicos com caráter ácido e básico.  Óxidos duplos. NO e N2O. Exemplos: Fe2O3 + FeO = Fe3O4 / PbO2 + 2PbO = Pb3O4 Reações: 1) Fe3O4 + 8HCl p 2FeCl3 + FeCl2 + 4H2O Fe2O3 + 6HCl p 2FeCl3 + 3H2O FeO + 2HCl p FeCl2 + H2O .

Bases: Classificação 1) Quanto ao número de hidroxila (OH-): Monobase.: Pb(OH)4 2) Quanto a solubilidade: Solúveis: bases do grupo 1A e NH4OH Pouco solúveis: a maioria das bases do grupo 2A Insolúveis: as demais.: Ba(OH)2 Tribase. ex. ex. incluem Be(OH)2 e Mg(OH)2 .: NaOH / Dibase.: Al(OH)3 / Tetrabase. ex. ex.

inclue NH4OH 4) Quanto a volatilidade: Voláteis: NH4OH Fixas: as demais. . Fracas: as demais.Bases: Classificação 3) Quanto ao grau de dissociação: Fortes: bases dos grupos 1A e 2A.

BASES: Reações 1) Reações com óxidos ácidos: 2NaOH + 2NO2 p NaNO3 + NaNO2 + H2O 2) Reações de neutralização: NaOH + HCl p NaCl + H2O 3) Reações com sais: 2NaOH + CuCl2 p Cu(OH)2 + 2NaCl NaOH + NH4Cl2 p 2NaCl + NH3 + H2O Obs. Na primeira reação há a preciptação do Cu(OH)2. na segunda liberação do gás NH3. .

CaH2 2) Hidretos Moleculares: Nox do hidrogênio +1 Ex.: BeH2.: NaH. NH3 .Hidretos: Classificação 1) Hidretos Iônicos: Nox do hidrogênio ±1 Ex.

CLASSIFICAÇÃO & REAÇÕES DAS FUNÇÕES: ÁCIDOS E SAIS .NOMENCLATURA.

: HCl ± ácido clorídrico. HClO4 ± ácido perclórico ( origem Cl2O5 Nox do Cl = +7) .ÁCIDOS: Nomenclatura  Ácidos não Oxigenados ou Hidrácidos: lê-se ácido seguido do nome do elemento com a terminação ídrico.  Ácidos Oxigenados: lê-se ácido seguido do nome do elemento com prefixos e terminações especiais de acordo com o nome do anidrido que lhe deu origem. Ex.: H2SO4 ± ácido sulf rico (origem SO3 Nox do S = +6). Ex. HCN ± ácido cianídrico (caso especial). H2S ± ácido sulfídrico.

. Ganham os prefixos: orto . H4SiO4 ± ácido silícico (SiO2 + 2H2O p H4SiO4 )  Ácidos originados do Cr: pode reagir com 1 ou duas moléculas do óxido crômico com uma de água formando os ácidos crômico e dicromico. H2CrO4 e H2Cr2O7. respectivamente.1H2O.ácido ortofosfórico (P2O5 + 3H2O p 2H3PO4)  Ácidos originados do B: reage com 3 ou 1 moléculas de água. Ex. Sb e As: reagem com um n mero variável de moleculas de água.2H2O / meta . Ganham os prefixos: piro .2H2O / meta .: H3PO4 .3H2O / meta .1H2O.ÁCIDOS: Nomenclatura especial  Ácidos originados de anidridos dos elementos P.1H2O.3H2O / piro . HBO2 ± ácido metabórico (B2O3 + H2O p HBO2)  Ácidos originados do Si: pode reagir com 2 ou 1 moléculas de água. Ganham os prefixos: orto .

Ácido brô ico p 13. para os seguintes co postos: 1. H2Cr2O7 p 6. Ácido carbônico p 10. H3PO4 p 7. H2SO3 p 3.Exercícios de fixação: Dê o no e ou f r ula. HF p 2. Ácido pirofosf rico p . HNC p 8. H2S p 4. Ácido per angânico p 11. HNO3 p 5. Ácido cloroso p 14. Ácido bro ídrico p 9. Ácido hiposulfuroso p 12.

H H H3PO3 . H3BO3.: H2CrO4 Atenção: H3PO2 . ex.P .: hidrácidos.H2CO3. HNO3.atomicidade u 7.: HCl O Diácido (diprótico). Fixos: alto ponto de ebulição .ÁCIDOS: Classificação 1) Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis: Monoácido (monoprótico). etc. Ex. .: H3PO4. etc. HClO3. ex.atomicidade < 7.monoácido p H .O . H3PO4. Ex.diácido p O H-O-P-O-H H 2) Quanto a volatilidade: Voláteis: baixo ponto de ebulição .

x) / z = 1 .médio (y .x) / z > 1 .50 %) Ácido forte: E > 0.18%) .05 e E e 0.5 (5 .5 (50%)  Hidrácidos: Fortes: HCl.fraco (E = 0.x) / z < 1 .Ácidos: Classificação 3) Quanto ao grau de dissociação ( E) Ácido fraco: E < 0. HBr e HI / Médio: HF / Fracos: demais  Oxiácidos: depende da relação entre o n mero de H ionizavel e o n mero de O da molécula: HxEzOy   (y .fraco Exceção: H2CO3 .forte (y .05 ( 5%) Ácido médio: 0.

metais nobres não deslocam o Hidrogênio (Cu. .ÁCIDOS: Reações 1) Reações com metais: depende da reatividade. Hg. HCl + HNO3. / Pt não reage. Ag. Pt e Au) HCl + Cu p não reage (metal nobre) HCl + Zn p ZnCl2 + H2 2) Reações especiais: Cu + H2SO4 p CuSO4 + 2H2O + SO2 Cu + 4HNO3 p Cu(NO3)2 + 2H2O + 2NO2 Cu + 8HNO3 p 3Cu(NO3)2 + 4H2O + 2NO * Estas reações acontecem também com Ag e Hg / Au só reage com água régia.

Ácidos: Reações 3) Desidratação dos oxiácidos: H2SO4 p SO3 + H2O 4) Reações de neutralização: HCl + NaOH p NaCl + H2O H2SO4 + 2NaOH p Na2SO4 + 2H2O .

SAIS: Nomenclatura x Classificação  Os sais são obtidos da reação de um ácido com uma base dando origem a diversos tipos de sais: 1) Reação dos hidrácidos com monobases: HCl + NaOH p NaCl + H2O Nomenclatura: ídrico p êto ± cloreto de sódio (normal .halóide) 2) Reação dos oxiácidos com monobases: H2SO4 + NaOH p Na2SO4 + 2H2O Nomenclatura: ico p ato ± sulfato de sódio (normal ± oxi-sal) H2SO3 + NaOH p Na2SO3 + 2H2O Nomenclatura: oso p ito ± sulfito de sódio (normal ± oxi-sal) .

5H2O Nomenclatura: sulfato de cobre II pentahidratado ou sulfato cúprico pentahidratado (oxi-sal hidratado).SAIS: Nomenclatura x Classificação H2SO4 + NaOH p NaHSO4 + H2O Nomenclatura: hidrogeno sulfato de sódio. .  CuSO4 + 5H2O p CuSO4. O caráter ácido ou básico do sal depende do ácido ou base que lhe deram origem e não da presença do H+ e OH. sulfato ácido de sódio ou bisulfato de sódio (sal ácido ou hidrogeno sal ± oxi-sal) 3) Reação dos hidrácidos ou oxiácidos com polibases: HCl + Ca(OH)2 p CaOHCl + H2O Nomenclatura: hidróxi cloreto de cálcio ou cloreto básico de cálcio (hidroxi sal ou sal básico) Obs.no sal.

. 1: Sulfato de ferro II Ato p Nox do enxofre = 6+ p SO3 SO3 + H2O p H2SO4 FeSO4 Ex.SAIS: Fórmula x Nomenclatura  A obtenção da fórmula de sais a partir do nome do sal segue a mesma seqüência da obtenção da fórmula dos ácidos: Ex. 2: Hipoclorito de sódio Ito p Nox do cloro = 1+ p Cl2O Cl2O + H2O p 2HClO NaClO Obs. A carga do ânion corresponde ao n° de H ionizável do ácido.

NaNO3 p 5. Perclorato de bário p 14.Exercícios de fixação: Dê o no e ou f r ula . Hidr xi carbonato de cálcio p 10. KF p 2. K2Cr2O7 p 6. Per anganato de cálcio p 11. Hiposulfito de s dio p 12. Na2SO3 p 3. RbH2PO4 p 7. NH4NC p 8. Hidrogenosulfato de potássio p . Bro eto de lítio p 9. ZnS p 4. para os seguintes co postos: 1. Metaborato de potássio p 13.

2A e NH4+ Sulfetos (S-) Insolúveis Demais sais Insolúveis 1A e NH4+ Obs.SAIS: Solubilidade É muito difícil prever teoricamente se um sal é solúvel ou pouco solúvel em água.e I-) Solúveis 1A. os demais são brancos. Em geral os sais de metais de transição são coloridos. e Pb Solúveis Sulfatos (SO42-) Ag. Ba. Pb e Hg Halogenetos (Cl-. Ca. experimentalmente temos: Regra geral Exceções KClO4 e NH4ClO4 Solúveis 1A e NH4+ ± Acetatos (CH3COO-) Solúveis ± Solúveis Nitratos (NO3-) e (NO2-) Sr. Sais . Br.

: CuSO4 + Zn p ZnSO4 + Cu  Sal + ácido ± ocorrem em três hipóteses: 1) Formação de um ácido mais fraco: Fe(CN)2 + 2HNO3 p Fe(NO3)2 + 2HCN 2) Formação de um ácido volátil: 2NaCl + H2SO4 p Na2SO4 + 2HCl 3) Formação de um sal insol vel: BaCl2 + H2SO4 p BaSO4 + 2HCl .SAIS: Reações  Sal + metal ± depende da ordem de reatividade dos metais envolvidos na reação. Ex.

SAIS: Reações  Sal + base ± ocorrem em três hipóteses: 1) Formação de um sal ou base insol vel: 2NaOH + CuSO4 p Cu(OH)2 + Na2SO4 2) Formação de uma base mais fraca: 2NaOH + Ca(NO3)2 p 2NaNO3 + Ca(OH)2 3) Formação de uma base volátil: NaOH + NH4Cl p NaCl + NH4OH (NH3 + H2O)  Sal1 + Sal2 ± ocorrem quando acontece a formação de um sal insolúvel: KCl + AgNO3 p AgCl + KNO3 .

c) As bases alcalinas são fortes. d) O NH4OH é pratica ente insolúvel e água. Co relação às bases é incorreto afir ar: a) As bases ou hidr xidos tê f r ula geral M(OH)x. b) As dibases tê f r ula geral M(OH)2. . c) CaO é u d) Cl2O7 é u xido ácido. xido anf tero. 2. onde Méu etal ou íon NH4+. b) N2O é u xido neutro. e) H2O2 é u per xido.Exercícios de fixação: 1. e) Todas as bases de etais de transição pode ser classificada e fraca e insolúvel. A única alternativa incorreta é: a) Fe3O4 é u xido salino.

o de onoácido e e) HCNO aior grau de ionização é: água: b) H2SO3 c) HNO2 d) HClO4 e) H3BO3 5.Exercícios de fixação: 3. Os seguintes sais são solúveis e a) KCl e BaCO3 b) AgCl e NaNO3 c) K2Cr2O7 e KMnO4 d) KClO4 e NiS e) NaHCO3 e CaCO3 . O ácido que corresponde à classificação ternário é: a) HNO3 a) H4P2O7 b) H2SO4 c) H3PO4 d) HCl 4. Dentre os ácidos abaixo.

NOVOS CONCEITOS DE ÁCIDOS E BASES .

Ex. aq .: HCl + H2O p H3O+ + ClBases ± mantido o mesmo conceito. Ex.: HCl p H+ + ClÁcidos ± Conceito atual: substâncias que reagem com água originando íons hidroxônio ± H3O+ .Complemento do Conceito de Arrhenius Ácidos ± Conceito original: substâncias que em meio aquoso se ionizam originando apenas cátions H+.

Outros solventes também ionizam ácidos e dissociam bases.Limitações do Conceito de Arrhenius Restrito a soluções aquosas. . Incapaz de prever o caráter de ácidos não hidrogenados ou bases sem hidroxilas.

: HCl + H2O ' H3O+ + ClObs. Reação geral: Ácido1 + Base1 ' Ácido2 + Base2 pares conjugados . Na reação direta da equação o H+ é transferido do HCl para a água e na reação inversa o H+ é transferido do H3O+ para o íon Cl-. Ex.Conceito de Brönsted-Lowry Ácidos são espécies doadoras de prótons e Bases são espécies receptoras de prótons.

Ex.Conceito de Lewis Ácidos são espécies capazes de receber um par de elétrons e Bases espécies doadoras de par de elétron.: BF3 + NH3 ' F3 BNH3 F F B F + H N H H F F B F H N H H .

Exercícios de fixação: 1. (02) Na reação HCl + HF ' H2 F + + Cl-. o HCl funciona co o ácido segundo Arrhenius. . c) HCl atua co o base. os pares conjugados são: HCl/Cl. (FUC-MT) No equilíbrio HCl + NH3 ' NH4+ + Cl-.e HF/ H2 F +. (08) As bases de Lewis são ta bé bases de Brösted-Lowry. 2. b) NH3 atua co o base. (16) Os ácidos de Arrhenius são ta bé ácidos segundo Lewis. e) NH3 atua co o ácido. Julgue as proposições: (01) Na reação HCl + NH3 ' NH4+ + Cl-.atua co o ácido. d) Cl. (04)Na reação Co+3 + 6NH3 ' [Co(NH3 )6 ]+3 o cátion cobalto (Co+3) funciona co o ácido de Lewis. pode os afir ar que de acordo co o conceito de ácido e base de Brösted-Lowry: a) NH4+ atua co o base.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful