P. 1
Amigo Espírita Out 08

Amigo Espírita Out 08

|Views: 123|Likes:
Published by amigoespirita

More info:

Published by: amigoespirita on Oct 03, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/25/2012

pdf

text

original

Informativo mensal do Solar Bezerra de Menezes – Outubro de 2008

HOMENAGEADO DO MÊS

Allan Kardec
se à intervenção de espíritos, Rivail dedicou-se à estruturação de uma proposta de compreensão da realidade baseada na necessidade de integração entre os conhecimentos científico, filosófico e religioso, com o objetivo de lançar sobre o real um olhar que não negligenciasse nem o imperativo da investigação empírica na construção do conhecimento, nem a dimensão espiritual e interior do Homem. Adotou, nessa tarefa, o pseudônimo que o tornaria conhecido – Allan Kardec, segundo biografias, foi adotado pelo Prof. Rivail a fim de diferenciar a Codificação Espírita dos seus trabalhos pedagógicos anteriores. Tendo iniciado a publicação das obras da Codificação em 18 de abril de 1857, quando veio à luz O Livro dos Espíritos, considerado como o marco de fundação do Espiritismo, após o lançamento da Revista Espírita (1º de janeiro de 1858), fundou, nesse mesmo ano, a primeira sociedade espírita regularmente constituída, com o nome de Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas. Kardec passou os anos finais da sua vida dedicado à divulgação do Espiritismo entre os diversos simpatizantes, e defendê-lo dos opositores. Faleceu em Paris, a 31 de março de 1869, aos 64 anos (65 anos incompletos) de idade, em decorrência da ruptura de um aneurisma.
fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Allan_Kardec

DICA DE LEITURA

(Hippolyte Léon Denizard Rivail)

Estas são as principais obras escritas por Allan Kardec
O Livro dos Espíritos, editado em 18/04/1857. É um livro de perguntas e respostas, 1019 ao todo, constituindo-se na parte filosófica da Doutrina. O Livro dos Médiuns, editado em 1861. Nesta obra analisa-se a parte prática das manifestações mediúnicas, constituindose na parte científica do Espiritismo; O Evangelho Segundo o Espiritismo, editado em 1864. obra que aborda o aspecto religioso da Doutrina Espírita. É um estudo do Evangelho de Jesus, visto sob o prisma da pluralidade das existências; O Céu e o Inferno, editado em 1865. Neste livro se estuda a justiça divina, segundo o Espiritismo, abordando-se com detalhes a existência do céu, do inferno, dos anjos, dos demônios, da felicidade Espíritos bons e do sofrimento dos maus; A Gênese, os Milagres e as Predições, editado em 1868. Kardec, neste livro, estuda os caracteres das revelações divinas, a existência de Deus, a origem do bem e do mal, o papel da ciência na gênese do planeta, a gênese orgânica dos seres vivos. Fala da migração e emigração dos Espíritos e examina os milagres e predições de Jesus sob o prisma espírita;

Nascido em Lyon, França, no dia 3 de outubro de 1804 e desencarnado em Paris, no dia 31 de março de 1869. Conforme o seu próprio depoimento, publicado em Obras Póstumas, foi em 1854 que o Prof. Rivail ouviu falar pela primeira vez do fenômeno das “mesas girantes”, bastante difundido à época, através do seu amigo Fortier, um magnetizador de longa data. Sem dar muita atenção ao relato naquele momento, atribuindo-o somente ao chamado magnetismo animal de que era estudioso, só em maio de 1855 sua curiosidade se voltou efetivamente para as mesas, quando começou a freqüentar reuniões em que tais fenômenos se produziam. Convencendo-se de que o movimento e as respostas complexas das mesas deviam-

Venha participar do estudo!

Evangelização Infanto-juvenil
Todas as quartas, das 20:00 às 21:00 horas

Visite o blog do Solar na Internet
www.

Estudo do Livro dos Espíritos
Quinzenalmente, aos sábados, dias 04 e 18 de outubro, das 17:00 às 19:00 hs

solarbezerrademenezes.
blogspot.com

Kardec é Vida
Bezerra de Menezes
Kardequização do sentimento: equilíbrio Kardequização do raciocínio: visão Kardequização da ciência: humanidade Kardequização da filosofia: discernimento Kardequização da fé: racionalidade Kardequização da inteligência: orientação Kardequização do estudo: esclarecimento Kardequização do trabalho: organização Kardequização do serviço: eficiência Kardequização das relações: sinceridade Kardequização do progresso: elevação Kardequização da liberdade: disciplina Kardequização do lar: harmonia Kardequização do debate: proveito Kardequização do sexo: responsabilidade Kardequização da personalidade: autocrítica Kardequização da corrigenda: compreensão Kardequização da existência: caridade
Kardequizemos para evoluir com acerto à frente do Cristo de Deus. A Terra é nossa escola milenária e, em suas classes múltiplas, somos companheiros uns dos outros. Kardequizarmo-nos na carteira de obrigações a que estamos transitoriamente jungidos é a fórmula ideal de ascensão. Estudemos e trabalhemos sempre. Bezerra de Menezes - (Página psicografada por Francisco Cândido Xavier)

SIMPLIFICANDO O ESPIRITISMO
“Ama teu próximo como a ti mesmo.”
(Jesus)
Desde que Jesus, atendendo pedido dos apóstolos, nos passou a grande beleza do “Pai Nosso”, que o verdadeiro estudioso de suas palavras, busca a profunda significação embutida nessa prece, onde Jesus dirige-se diretamente ao Pai de Amor e Bondade. Lamentavelmente, o automatismo com que muitos elaboram essa prece, tirou-lhes a condição de um melhor entendimento sobre inúmeras frases nela contida, e dentre elas destacamos a exortação: “Ama o teu próximo como a ti mesmo!”. O que desejou Jesus dizer com essa assertiva? Muitos daqueles que não se detêm na grandiosidade da prece, pensam tratar-se de uma manifestação do ego, onde o homem deveria se amar como muitos assim o entendem: da forma material e egoísta, colocando-se sempre na frente de todos e de tudo. O que quis nos passar Jesus, contudo, foi que sem que tenhamos um amor verdadeiro por nós, e pelo que fazemos, jamais teremos condições de amar o nosso próximo. Estabelece-se aí uma condição de impedimento para a concretização da prece em nós, uma vez que, não nos amando como recomenda Jesus, não estamos aptos a amar quem quer que seja. Trata-se do que modernamente definiu Joanna de Ângelis em sua filosofia psicológica como sendo o “auto-amor”. Há um entendimento profundamente arraigado de que gostarmos de nós seria termos coisas, adquirir coisas para nosso deleite de forma absolutamente egoísta, grande parte das vezes, nos desviando das verdadeiras conceituações evangélicas. Amar, entretanto, não é “ter”, mas sim “ser”. Amar é querer o bem do próximo, seja ele quem fôr, seja conosco ou sem nós. Amar é fazer o outro feliz! É não desejar para si, senão a alegria de servir e de fazer o bem.Em síntese: “Amar é fazer o bem!”. Não há solução à vista para a humanidade, enquanto estas conceituações não forem devidamente compreendidas e sobretudo, vivenciadas. Assim, reflitamos detidamente sobre estas palavras do evangelho, na certeza de que, como seres em evolução, um dia, cedo ou tarde, veremos a extrema necessidade de assim vivenciarmos nossas existências, a fim de buscarmos os objetivos que de há muito traçamos para nós e para os que amamos. Que os ensinamentos de Jesus e sua proteção possam se fazer sempre em nossas vidas. Que assim seja! Marcus Mazza

MINUTOS DE SABEDORIA
RESOLVA seu problema! Há muito tempo você se propõe reformar sua vida, melhorar seus atos, cessar definitivamente suas fraquezas. Vamos, então, começar a partir deste momento! Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje ... De certo você não há de resolvê-lo do dia para a noite. Mas, comece já! E se cair de novo, não desanime: saiba recomeçar quantas vezes for preciso!!!

CALENDÁRIO DAS REUNIÕES PÚBLICAS

Quarta-Feira – 20 hs
01/10 – O Evangelho Segundo o Espiritismo
Palestrante: Sandra Lemos Azeredo

08/10 – Boa Nova
Palestrante: Inês Catarina

15/10 – Nosso Lar (parte 10)
Palestrantes: Sônia Amâncio e Rosângela Mariano

22/10 – Páginas do Espiritismo Cristão
Palestrante: Marcus Mazza

29/10 – E a Vida Continua
Palestrante: Sandra Pereira

Sexta-Feira – 15 hs
03/10 – O Espiritismo: A 3a Revelação
Palestrante: Maria Silva

10/10 – O Cristo Consolador Palestrante: Luis Pereira 17/10 – Brasil, Coração do Mundo
Palestrante: Luis Fernando Paulo

24/10 – O Livro dos Espíritos – Q. 948 a 951a
Palestrante: Silvio Diniz

31/10 – Miriam – A Cura Real
Palestrante: Telma Simões Cerqueira

EXPEDIENTE
Informativo do Solar Bezerra de Menezes Campo de São Cristóvão, 402 (21) 2580-4445/2580-8478 Vice-Presidente: Fernando Pires da Silva Diagramação: Camila Simas Aceitamos contribuições compatíveis com a doutrina espírita

Entre em contato, dê sua opinião!

amigo.espirita@yahoo.com.br

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->