Redes Ad Hoc

Flávio Luis Crispim Júnior

Introdução
Uma rede Ad Hoc é um conjunto autonomo de nós1 interligados por ligações sem fio. Sendo assim, os nós têm liberdade de movimento e a topologia pode variar de forma constante e imprevisível. As redes Ad Hoc têm sido usadas em locais onde a infra-estrutura de comunicação é falha ou inexistente.

Características
• • • •

Comunicação multi-hop Inexistência de infra-estrutura de suporte Mobilidade causa alterações nas rotas dos pacotes Dados têm que ser encaminhados por nós intermediários

Desafios de implementação

Transmição de dados: Devido à grande mobilidade dos nós das redes ad hoc a transmição de dados muitas vezes pode ser problemática. Se a distância entre os nós aumenta muito, uma grande quantidade de pacotes são perdidos. Atualmente, o protocolo Geo-routing (em substituição ao TCP) é o principal alvo de pesquisas. Segurança: Devido à natureza das redes ad hoc, estas redes são mais inseguras que as redes cabeadas. Cada nó da rede tem que estar preparado contra um ataque. Um nó desprotegido pode ser o comprometimento da rede como um todo. Qualidade: Por causa da topologia das redes, que pode mudar constantemente, ainda é muito difícil ter garantias de qualidade ao longo do tempo em uma rede ad hoc

1 Pontos que formam a rede transmitindo e recebendo pacotes.

Referência bibliográfica

Departamento de ciências de computadores da universidade do Porto http://www.dcc.fc.up.pt/dcc/

Handbook on Theoretical and Algorithmic Aspects of Sensor, Ad Hoc Wireless, and Peer-to-Peer Networks

Challenges in Ad Hoc Networking: Fourth Annual Mediterranean Ad Hoc Networking Workshop, June 21-24, 2005, Île de Porquerolles, France (IFIP International Federation for Information Processing)

Ad-Hoc Networking: IFIP 19th World Computer Congress, TC-6, IFIP Interactive Conference on Ad-Hoc Networking, August 20-25, 2006, Santiago, Chile (IFIP ... Federation for Information Processing)

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful