O Tiio

A|c|sandcr S. Pusn|in


2

Iaianos na cidade de ***. Sale-se o que e a vida de un oficiaI: de
nanhã, exeicícios, insliuções e nanejo de ainas, aInoço na casa do
conandanle ou na laveina do judeu, a laide, ponche e cailas. Ln *** não
havia nenhuna casa hospilaIeiia, nen joven casadouia, assin, nos
ieuníanos uns nas casas dos oulios, aIen dos nossos piópiios unifoines,
não víanos nada.
Un único civiI fieqüenlava nosso giupo. Teiia uns 35 anos e poi
isso eia lido cono veIho. Dava-Ihe a expeiiôncia, ao nossos oIhos, giande
pieslígio. AIen disso, sua haliluaI caiianca, nodos iíspidos e Iíngua
naIdizenle exeician foile inpiessão en nossos espíiilos juvenis.
AIgun nisleiio envoIvia o seu deslino. Iaiecia iusso, nas usava
none esliangeiio. Seiviia na cavaIaiia, con liiIho ale, nas, poi nolivo
desconhecido, de iepenle pediu laixa e veio se eslaleIecei naqueIe
Iugaiejo niseiáveI, onde vivia, a un lenpo, polienenle e con
piodigaIidade. Andava senpie a pe, liajando un veIho casaco pielo,
nas, ao nesno passo, nanlinha nesa fianca paia lodos os oficiais de
nosso ieginenlo. L veidade que o seu janlai consislia de dois ou liôs
pialos piepaiados poi un veleiano, o chanpanha, poien, coiiia a joiios.
Ninguen Ihe conhecia a foiluna, nen as iendas, nas ninguen se alievia
a inleiiogá-Io a iespeilo. Tinha ieguIai núneio de Iivios, na naioiia
olias niIilaies, nas lanlen aIguns ionances, que enpieslava de loa
vonlade sen nunca os pedii de voIla, lanpouco devoIvia os Iivios que
Ihe enpieslavan. Seu piincipaI exeicício eia o liio de pisloIa. As paiedes
de seu quailo eslavan ciivadas de laIas, lodas fendiIhadas, cono favos
de neI. Iieciosa coIeção de pisloIas eia lodo o Iuxo da polie casa en que
vivia. Chegou a adquiiii lão inciíveI haliIidade que, caso se piopusesse
alalei con una laIa o penacho de un capacele, nenhun de nós vaciIaiia
en pôi a caleça delaixo desle. Iieqüenlenenle se faIava en dueIos.
SíIvio (chaná-Io-ei assin) nunca lonava paile na paIeslia. Quando
inleiiogado solie se já Ihe aconleceia lalei-se en dueIo, iespondia con
secuia, sen enliai en ninúcias: via-se que lais peigunlas não Ihe
agiadavan. Supúnhanos que laIvez Ihe pesasse na consciôncia aIguna
infeIiz vílina de sua leiiíveI haliIidade, poien, não nos passava peIa
caleça que neIe pudesse havei aIgo paiecido con linidez. Há pessoas
cujo aspeclo lasla paia afaslai suspeilas dessa oiden. Un aconlecinenlo
inespeiado suipieendeu-nos.
Ceilo dia, aInoçávanos uns dez oficiais en casa de SíIvio.
ßelenos cono de coslune, islo e, nuilíssino. Após o aInoço
coneçanos a peisuadii o dono da casa a que lancasse. SiIvio, que não

3
jogava quase nunca, iesisliu aIgun lenpo, afinaI, nandou liazei o
laiaIho, aliiou a nesa cinqüenla ducados e senlou-se paia disliiluii as
cailas. Rodeano-Io e piincipiou o jogo. Tinha eIe poi hálilo nanlei-se
en conpIelo siIôncio duianle a pailida, sen nada peigunlai nen dai
quaIquei expIicação. Se a un dos paiceiios aconlecia eiiai nos cáIcuIos,
eIe de pionlo Ihe iesliluía o que ieceleia en excesso, ou anolava o
excesso iecelido peIo oulio. }á salíanos disso, e não o inpedíanos de
jogai confoine seu sislena, cono len enlendesse. Havia enlie nós,
poien, un oficiaI liansfeiido pouco anles paia o nosso ieginenlo. Lsle,
jogando disliaído, anunciou un liesdolio eiiado. SiIvio pegou o giz e
aceilou a conla, segundo o seu hálilo. Iensando que o lanqueiio se
enganaia, o oficiaI enliou a expIicai-se. SíIvio, sen iespondei, conlinuava
a disliiluii as cailas. Ieidendo a paciôncia, o oficiaI lonou a esponja e
apagou o que Ihe paiecia esciilo a nais. SiIvio ielonou o giz e
iepioduziu a nesna anolação. Lsquenlado peIo vinho, peIo jogo e peIo
iiso dos coIegas, o oficiaI juIgou-se giavenenle ofendido, agaiiou con
iaiva un casliçaI de colie poslo solie a nesa, e aiienessou-o conlia
SíIvio, que naI leve lenpo de evilai o goIpe, desviando-se con iapidez.
Houve una aIgazaiia geiaI. IáIido de fuioi, SíIvio Ievanlou-se e disse
con os oIhos cinliIanles:
~ Tenha a londade de saii, senhoi, e agiadeça a Deus que isso
haja aconlecido na ninha casa.
Não línhanos a nenoi dúvida aceica das conseqüôncias e
juIgávanos nosso canaiada un honen noilo. O oficiaI saiu dizendo
que eslava pionlo a iespondei peIa ofensa cono o senhoi lanqueiio
juIgasse convenienle. O jogo conlinuou ainda poi aIguns ninulos, nas,
senlindo que o dono da casa não linha disposição paia jogai, deixano-Io,
un após oulio, e dispeisano-nos en diieção aos nossos aIojanenlos, a
conveisai solie a pióxina vaga.
No dia seguinle, no nanejo, já peigunlávanos uns aos oulios se o
polie lenenle ainda vivia, quando eIe piópiio suigiu en nosso neio.
Lnlianos sen denoia a inleiiogá-Io. Respondeu que não liveia nolícia
de SiIvio, o que nuilo nos espanlou. Ionos a casa desle, e o enconlianos
no quinlaI aliiando una laIa solie oulia nuna caila de ás coIada no
poilão. Receleu-nos cono de coslune e evilou conenlai solie o
aconlecido da vespeia. Tiôs dias se passaian, e o lenenle ainda vivia.
Todos se peigunlavan, adniiados: ~ ¨Seiá que SiIvio não queieiá se
lalei`¨ Iois não se laleu. Deu-se poi salisfeilo con una expIicação fúliI e
ieconciIiou-se.
Lsla alilude o piejudicou solienodo na opinião da nocidade. O
que os noços nenos peidoan e a faIla de coiagen, pois geiaInenle vôen

4
na ousadia a piincipaI das viiludes viiis e a descuIpa de lodos os defeilos.
Tudo, enlielanlo, aos poucos foi sendo esquecido e SiIvio loinou a
adquiiii sua infIuôncia.
Só eu não pude ieapioxinai-ne deIe. Dolado de inaginação
ionânlica, senliia-ne aliaído nais que os oulios poi aqueIe honen cuja
vida consliluía un nisleiio e que se ne afiguiava o heiói de aIguna
hislóiia nisleiiosa. LIe goslava de nin, peIo nenos eu eia a única pessoa
con quen eIe punha de Iado seu haliluaI lon áspeio e saicáslico e
paIesliava solie assunlos diveisos, coidiaInenle e con giaça. Ioien,
após aqueIa noile infeIiz,, a ideia de que sua honia eslava nanchada e poi
sua piópiia vonlade não foia Iavada, essa ideia ne Iaigava e inpedia-ne
de lialá-Io cono danles. SiIvio, que nuilo inleIigenle e expeiinenlado,
não podia deixai de nolai o neu piocedinenlo e adivinhai-Ihe os
nolivos, paiecia nagoado con eIe. Ao nenos duas vezes olseivei que
desejava dai-ne una expIicação, nas evilei as ocasiões e eIe desisliu de
piocuiá-Ias. Daí poi dianle, víano-nos apenas en piesença dos neus
canaiadas, e as nossas coidiais paIeslias de oulioia nunca nais se
iepeliian.
Os halilanles da capilaI, viciados en disliações, não fazen ideia
de nuilas inpiessões len conhecidas dos halilanles das aIdeias e
pequenas cidades, cono, poi exenpIo, a espeia do dia do coiieio. As
segundas e sexlas-feiias o esciilóiio de nosso ieginenlo se enchia de
oficiais: un aguaidava dinheiio, oulio cailas, oulio joinais. De oidináiio,
as enconendas eian aleilas aIi nesno, as nolícias conunicadas aos
coIegas, e o esciilóiio ficava nuilo aninado. SiIvio lanlen nandava
diiigii a sua coiiespondôncia paia o nosso ieginenlo e ieguIainenle
vinha luscá-Ia. Ceila vez foi-Ihe enliegue una enconenda, cujo Iacie eIe
queliou con visíveI inpaciôncia. Ieicoiiida a caila, seus oIhos
fuziIaian. Os oficiais, cada quaI pieocupado con a piópiia
coiiespondôncia, nada peiceleian.
~ Senhoies ~ disse SiIvio ~, há negócios que exigen a ninha
pailida inediala. Iailiiei esla noile. Lspeio que não iecusen neu convile
paia janlai conigo peIa úIlina vez. Aguaido-o lanlen ~ aciescenlou,
diiigindo-se a nin. ~ Aguaido-o sen faIla.
Con essas paIavias saiu apiessado, enquanlo nós, ajuslado que
nos ieuniiíanos oulia vez na casa deIe, fonos cada quaI paia seu Iado.
Cheguei a casa de SiIvio na hoia conlinada, e aIi enconliei quase
lodo o ieginenlo. Tudo que SiIvio linha já eslava enpacolado, ieslavan
apenas as paiedes nuas, oslenlando os luiacos feilos peIos liios.
Senlanos. O dono da casa eslava de nuilo lon hunoi, que en pouco
lenpo se conunicou a lodos. Lspocavan ioIhas a cada ninulo, copos

5
espunavan, o vinho ciepilava sen paiai, e lodos nós con a naioi
coidiaIidade desejanos ao anigo loa viagen e lodas as venluias.
Levanlanos da nesa já noile aIla. Quando da piocuia dos quepes, SiIvio,
despedindo-se de lodos, seguiou-ne peIo liaço e ieleve-ne no nonenlo
exalo que eu ia saii.
~ Iieciso Ihe faIai ~ disse-ne.
Iiquei.
Os oulios se foian e nós dois peinanecenos sós, senlados un
dianle do oulio a cachinlai en siIôncio. SiIvio paiecia enlaiaçado. Da
aIegiia convuIsiva de pouco anles não havia o nenoi veslígio. Sua
sinislia paIidez, seus oIhos fuziIanles e a espessa funaça que Ihe saía da
loca davan-Ihe un ai dialóIico. Iassaian-se aIguns ninulos, ale que eIe
queliou o siIôncio.
~ TaIvez nunca nais nos vejanos ~ disse-ne ~, nas, anles de
nos sepaiainos, queiia-Ihe dai una expIicação. Há de lei nolado que Iigo
pouco ao que os oulios pensan de nin. Mas goslo de vocô e sinlo que
ne seiia penoso deixai sulsislii en seu espíiilo una inpiessão injusla.
Inleiionpeu-se a fin de ieenchei o cachinlo. Lu nanlinha-ne
caIado, de oIhos laixos.
~ Achou eslianho ~ conlinuou ~ que eu não houvesse pedido
salisfação aqueIe lôlado eslouvado. Mas vocô há de convii que, lendo eu
o diieilo de escoIhei a aina, a vida deIe eslava en ninhas nãos e a
ninha quase foia de peiigo. Iodeiia dai-se cono causa dessa nodeiação
a ninha geneiosidade, poien não queio nenlii. Se pudesse casligá-Io
sen aiiiscai de nodo nenhuna ninha vida, não Ihe leiia peidoado.
OIhei SiIvo con suipiesa. SeneIhanle confissão acalou poi ne
peiluilai. LIe voIlou a faIai:
~ L isso nesno. Não lenho o diieilo de ne expoi a noile. Há
seis anos ieceli una lofelada, e o neu ininigo ainda eslá vivo.
Lspicaçou-ne a cuiiosidade:
~ Lnlão não se laleian` AIgun olslácuIo leiá inpedido o
enconlio`
~ ßaleno-nos ~ ieliucou SiIvio ~, e eis a Ienliança do nosso
dueIo.
Levanlou-se e liiou de una caixa un goiio veineIho con a loiIa
e os gaIões de ouio e o pôs na caleça. O goiio eslava aliavessado poi
una laIa una poIegada acina da fionle.

6
~ Vocô sale que seivi no ieginenlo de hussaidos de *** ~
conlinuou eIe. ~ O neu caiálei Ihe e conhecido. Tenho o coslune de sei
o piineiio, e quando noço islo chegava a sei una nania. NaqueIe lenpo
a liiga eslava na noda, e eu eia o nais liigão do Lxeicilo. Nós nos
vangIoiiávanos de giandes leledeiias, cheguei a vencei en dueIo o
fanigeiado ß***, canlado poi D***. Os dueIos ocoiiian en nosso exeicilo
un poi ninulo: eu eia leslenunha ou pailicipanle alivo de lodos eIes.
Meus coIegas ne adniiavan, quanlo aos conandanles, sulsliluídos a
cada nonenlo, ne consideiavan un naI ineviláveI. Assin vivia
gozando lianqüiIanenle (ou anles, inquielanenle) a ninha gIóiia,
quando un joven oficiaI, de alaslada e conhecida faníIia, foi liansfeiido
paia o nosso ieginenlo. Nunca en ninha vida vi lananho feIizaido.
Inagine nocidade, espíiilo, leIeza, a aIegiia nais Iouca, a nais
despieocupada coiagen, un none conhecido, lanlo dinheiio que eIe
nen chegava a conlá-Io e que nunca Ihe faIlaiia, e podeiá caIcuIai a
inpiessão que eIe pioduziu en nós. A ninha hegenonia foi alaIada.
Seduzido peIa ninha fana, o joven quis se fazei neu anigo, nas ieceli-
o fiianenle e eIe se afaslou de nin sen o nenoi pesai. Conecei a odiá-
Io. Seu ôxilo no ieginenlo e na sociedade feninina Ievou-ne a conpIelo
desespeio. Lnliei a piovocá-Io, nas o noço iespondia a neus epigianas
con epigianas que senpie ne paiecian nais picanles e agudos que os
neus, e eia, peIo nenos, nais aIegies, pois eIe liincava e eu eslouiava de
iaiva. Lnfin, ceilo dia, vendo-o no laiIe ofeiecido poi un piopiieláiio
poIaco, sei oljelo da alenção de lodas as danas, piincipaInenle da dona
da casa ~ a quaI já liveia Iigação conigo ~, cheguei-ne a eIe e disse-Ihe
ao ouvido aIguna vuIgai insoIôncia. Lnfuieceu-se e deu-ne una
lofelada. Ieganos da espada, váiias danas desnaiaian. Ionos, poien,
sepaiados. Na nesna noile devíanos enconliai-nos en dueIo.
Ananhecia. Lu, no Iugai conlinado, en conpanhia de liôs
leslenunhas, aguaidava neu adveisáiio con indizíveI inpaciôncia. O soI
da piinaveia já suigiia e piincipiaia a nos aquecei quando eIe apaieceu.
Vi-o de Ionge. Vinha a pe, o capole solie a espada, aconpanhado de una
leslenunha. Ionos ao seu enconlio. LIe se apioxinava seguiando na
não o quepe cheio de ceiejas. As leslenunhas nediian os doze passos.
Lu devia aliiai piineiio, nas a enoção da iaiva ne eia lão foile que não
confiava na exalidão do neu liio e, paia lei lenpo de ne acaInai, cedi-
Ihe o diieilo de aliiai piineiio. Meu adveisáiio não concoidou. Iicou
iesoIvido iecoiieinos a soile. O piineiio liio coule a eIe, senpie
favoiilo do deslino. Aponlou, e fuiou-ne o goiio. Depois, foi a ninha
vez. Lnfin, eu linha sua vida en ninhas nãos. Iilava-o con avidez,
piocuiando descoliii peIo nenos a sonlia de una inquielação. LIe
eslava dianle de ninha pisloIa, liiava do quepe as ceiejas naduias e

7
cuspia os caioços, que voavan ale nin. Lssa indifeiença ne exaspeiava.
~ ¨Que ne inpoila` ~ pensei ~ liiai-Ihe a vida agoia que eIe a apiecia
lão pouco`¨ Un pensanenlo peiveiso aliavessou-ne o ceielio. ßaixei
ninha aina. ~ ¨Iaiece-ne ~ disse-Ihe eu ~ que eslá pouco disposlo a
noiiei agoia, pois iesoIveu lonai a neienda, não queio inconodá-Io¨.
~ ¨Vocô não ne inconoda, alsoIulanenle ~ iespondeu eIe ~ Tenha a
londade de aliiai. AIiás, faça cono enlendei. Iique con seu liio, poi
nin, eslaiei senpie a sua disposição.¨ Diiigi-ne as leslenunhas e
decIaiei que poi enquanlo não fazia queslão de aliiai. Assin, leininou o
dueIo. Renunciei a ninha palenle e exiIei-ne nesle Iugaiejo. Desde enlão,
poien, não decoiieu un dia sen que eu pensasse na vingança. AfinaI,
chegou ninha hoia.
Tiiou do loIso a caila iecelida e passou-a as ninhas nãos.
AIguen infoinava-o de Moscou que ¨a pessoa en apieço¨ ia casai con
una iapaiiga joven e lonila.
~ Vocô já suspeila ~ conlinuou ~ quen e a ¨pessoa en apieço¨.
Vou pailii paia Moscou. Veienos se eIe ieceleiá a noile agoia, na
vespeia de suas núpcias, cono quando ia acoIhô-Ia con ceiejas na não.
Con eslas paIavias, Ievanlou-se, aliiou o goiio ao chão e pôs-se a
andai peIo quailo cono un ligie en sua jauIa. Lu, que o linha ouvido
sen ne nexei, senlia-ne agilado poi eslianhos senlinenlos
conliadilóiios.
Lnliou un ciiado e anunciou que os cavaIos eslavan pionlos.
SiIvio ne apeilou a não con foiça. Aliaçano-nos. Senlou-se no caiio,
onde já se vian duas naIas, una con suas pisloIas e oulia con a sua
lagagen. Despedino-nos nais una vez, e os cavaIos pailiian a gaIope.

Coiieian aIguns anos. Negócios de faníIia ne oliigaian a
eslaleIecei-ne nuna aIdeia no disliilo de N***. Ocupado con neus lens,
não paiava de suspiiai en siIôncio peIa ninha anliga exislôncia, iuidosa
e despieocupada. O nais penoso paia nin foi ne acoslunai a passai as
noiles de piinaveia e de inveino na soIidão nais conpIela. Ale o janlai,
conseguia nalai o lenpo desla ou daqueIa naneiia, conveisando con o
eslaiole, fiscaIizando os lialaIhadoies, visilando as olias, nas, apenas
coneçava a laixai a noile, não salia o que fazei. Os poucos Iivios que
achei delaixo dos aináiios e na despensa, já os salia de coi, as fáluIas
que KiiiIovna, a despenseiia, conhecia, fizeia-a conlá-Ias váiias vezes, as

8
canções das canponesas só ne despeilavan saudades. Reconheço que
havia aIi un Iicoi exceIenle, poien eIe ne dava doi de caleça, aIiás,
confesso que ieceava loinai-ne un leleiião, un desses eliios
inveleiados de que lanlos lipos havia en neu disliilo. Vizinhos
pióxinos, não os linha, a não sei dois ou liôs daqueIes eliios, cuja
conveisação se consliluía piincipaInenle de soIuços e suspiios. IiefeiíveI
a soIidão.
A qualio veislas de nin havia una iica piopiiedade, peilencenle
a Condessa ß***, poien só o adninisliadoi vivia aIi. A Condessa não
visilaia a sua piopiiedade senão una vez só, no piineiio ano de seu
casanenlo, e nesno enlão não passaia Iá nais de un nôs. Mas duianle a
segunda piinaveia do neu isoIanenlo coiieu a nolícia que eIa viiia con
o naiido veianeai na sua aIdeia. Chegaian os dois, no coneço de junho.
A chegada de un vizinho iico e un aconlecinenlo na vida dos
aIdeãos. Os fazendeiios e sua ciiadagen conenlan-na dois neses anles e
liôs anos depois. De nin, confesso que a nolícia da chegada de una
vizinha joven e lonila ne piovocou foile inpiessão. Aidia de
inpaciôncia poi vô-Ia, e Iogo no piineiio doningo seguinle a sua vinda,
após o aInoço, pus-ne a caninho da aIdeia paia ne apiesenlai a eIa
cono seu vizinho nais pióxino e seu nais huniIde ciiado.
Un Iacaio ne inlioduziu no galinele do Conde e saiu paia
ne anunciai. O galinele eia oinado con o naioi Iuxo possíveI. Ao Iongo
das paiedes vian-se eslanles con Iivios, un luslo de lionze solie cada
una deIas, solie a Iaieiia havia un giande espeIho, o chão eslava coleilo
de eslofo veide e lapeles. Havendo peidido, no neu canlinho polie, o
hálilo do Iuxo, e não lendo conlenpIado, desde nuilo, a iiqueza aIheia,
fiquei acanhado e aguaidei o Conde con a linidez dun soIicilanle
piovinciano a espeia do ninislio. Aliiian-se as poilas. Lnliou un iapaz
dos seus liinla e dois anos, de leIa apaiôncia. Apioxinou-se de nin con
fisiononia aleila e aniga. Ieguei a ielonai coiagen, e ia dai os
cunpiinenlos de piaxe, poien eIe ne piecedeu. Senlano-nos. A sua
paIeslia, fIuenle e coilôs, Iogo ne dissipou a ieseiva de soIiláiio, e já
voIlava a adolai ninhas naneiias noinais, quando de iepenle enliou a
Condessa, loinando-ne ainda nais enIeado. Lia ieaInenle de una
giande leIeza. O Conde fez a apiesenlação. Lu queiia nosliai-ne a
vonlade, nas quanlo nais piocuiava assunii un ai desenlaiaçado,
lanlo nais ciescia en nin o senlinenlo de ninha lionquice. Meus
hospedeiios, paia ne daien lenpo de ieassunii una alilude e de ne
acoslunai aos novos conhecidos, puseian-se a faIai enlie si, lialando-ne
sen conslianginenlo cono a un lon vizinho. Nesse ínleiin, pus-ne a
passai peIa saIa, olseivando os Iivios e os quadios. Não sou conhecedoi
de pinluia, nas un desles ne aliaiu a alenção. Repiesenlava aIguna

9
paisagen da Suíça, poien o que ne suipieendeu não foi a aile do pinloi,
e sin o falo de eslai o quadio fuiado poi duas laIas, aIojadas quase no
nesno ponlo.
Un leIo liio ~ disse eu, diiigindo-ne ao Conde.
Sin ~ iespondeu ~, un liio noláveI. O senhoi aliia len`
ReguIainenle ~ iepIiquei, conlenle de vei enfin a conveisa
lonai un iuno que ne eia faniIiai. ~ A liinla passos de dislância não
eiio a dana de una caila, len enlendido, quando aliio con pisloIa que
já conheço.
L veidade` ~ peigunlou a Condessa con visíveI alenção.
L lu, neu anigo, aceilaiás lanlen una caila a liinla
passos`
Tenos de expeiinenlá-Io una vez ~ iespondeu o Conde.
Tenpos aliás eu não eia nau aliiadoi, nas agoia já faz
qualio anos que não pego una pisloIa.
Assin sendo ~ olseivei ~, aposlo que V. Lxcia. }á não
aceila na caila nen sequei a vinle passos. A pisloIa exige exeicício
colidiano. Lu o sei poi expeiiôncia piópiia. No ieginenlo, passava poi
un dos neIhoies aliiadoies. Aconleceu-ne ceila vez não pegai na pisloIa
duianle un nôs inleiio, as ninhas eslavan en conseilo. Aciedilaião que
quando voIlei a aliiai peIa piineiia vez, eiiei qualio vezes sucessivas
una gaiiafa a vinle e cinco passos de dislância. Havia enlie nós un
capilão, honen espiiiluoso, giacejadoi, que eslava piesenle nessa
ocasião e que ne disse: ~ ¨Ale paiece, anigo, que a lua não e incapaz de
fazei naI a una gaiiafa.¨ Não, LxceIôncia, não devenos descuidai do
exeicício, sen eIe, a genle peide lolaInenle o hálilo. O neIhoi aliiadoi
que live opoilunidade de enconliai aliiava lodos os dias peIo nenos liôs
vezes anles do aInoço. Iaia eIe, islo se loinaia un hálilo cono o copo de
vodca.
O Conde e a Condessa paiecian conlenles de ne ouvii.
Cono e que eIe aliiava` ~ peigunlou o Conde.
Iazia assin. Via, poi exenpIo, una nosca pousada na
paiede... eslá iindo, Sia. Condessa` IaIavia de honia, eslou dizendo a
veidade. ßen, via una nosca pousada na paiede. Ciilava: ~ ¨Kuzka,
una pisloIa!¨ Kuska liazia a pisloIa caiiegada. Iun! L Iá eslava a nosca
achalada conlia a paiede!
L inciíveI! ~ disse o Conde. ~ Cono se chanava eIe`
SíIvio, LxceIôncia.

1O
SíIvio! ~ excIanou o Conde, Ievanlando-se d un puIo. ~ O
senhoi conheceu SiIvio`
Cono não o leiia conhecido, LxceIôncia` Lianos anigos. LIe
eia iecelido en nosso ieginenlo cono un canaiada. Há cinco anos,
poien, que não lenho nenhuna nolícia a iespeilo deIe. Lnlão V. Lxcia.
lanlen o conhecia`
Conheci-o laslanle. LIe não Ihe leiá faIado de ceilo incidenle
eslianho`
V. Lxcia. AIude a lofelada que eIe Ievou nun laiIe, de ceilo
doidivanas`
LIe disse-Ihe o none desse doidivanas`
Não, LxceIôncia, não ne disse... Ah, LxceIôncia ~ conlinuei,
coneçando a suspeilai a veidade ~, peidoe... eu não salia... seiá que foi
V. Lxcia`
Iui eu nesno ~ iespondeu o Conde con ai nuilo
peiluilado. ~ O quadio aliavessado de laIas e a Ienliança do nosso
úIlino enconlio.
Meu queiido ~ inleiionpeu-o a Condessa ~, não o conle,
peIo anoi de Deus, lenho nedo de ouvi-Io.
Não ~ oljelou o Conde ~, vou conlai ludo. LIe sale cono
eu ofendi o seu anigo, deve salei lanlen cono SiIvio se vingou de
nin.
Nislo, puxou una poIliona e fez-ne o seguinle ieIalo, que
esculei con a nais viva cuiiosidade.
Casei-ne há cinco anos. Vienos passai nesla aIdeia o
piineiio nôs, a Iua-de-neI. Devo a esla casa os ninulos nais leIos da
ninha vida, nas lanlen una das ninhas iecoidações nais penosas.
Una laide fonos dai un passeio a cavaIo. Não sei poi quô, a nonlaiia de
ninha nuIhei enpacou, eIa assuslou-se, enliegou-ne o calieslo e voIlou
paia casa a pe. Iui na fienle deIa. No quinlaI vi una caIeça de viagen, e o
ciiado anunciou-ne que havia no neu galinele un iapaz que não queiia
dizei o none, nas insislia en faIai conigo. Lnliei aqui, nesla saIa, e vi na
escuiidão un honen coleilo de poeiia, con a laila ciescida. Lslava
aqui, peilo da Iaieiia. Apioxinei-ne deIe, piocuiando Ienliai-ne dos
seus liaços. ~ ¨Não ne ieconheces, Conde`¨ ~ disse-ne con voz
liônuIa. ~ ¨SíIvio!¨ ~ excIanei, e confesso que senli os caleIos
aiiepiaien-se. ~ ¨Lxalanenle ~ iepIicou ~, vin paia descaiiegai a
ninha pisloIa. Lslás pionlo`¨ A aina Ihe eneigia de un dos loIsos.
Medi a dislância de doze passos e paiei Iá no canlo, pedindo-Ihe que

11
aliiasse Iogo, anles de ninha esposa voIlai. Mas eIe se denoiou, pediu
Iuz. Mandei liazei veIas, fechei as poilas, oidenei que não enliasse
ninguen e pedi oulia vez a SíIvio que aliiasse. LIe eigueu a pisloIa,
apionlou... Lu conlava os segundos... pensava neIa... Iassou-se un
ninulo hoiiíveI. SiIvio laixou o liaço. ~ ¨Sinlo nuilo ~ disse ~ que a
ninha pisloIa não esleja caiiegada de caioços de ceieja... a laIa e pesada.
Iaiece-ne que o que eslanos pialicando não e un dueIo, nas un
assassinalo. Não eslou acoslunado a aliiai conlia pessoas desainadas.
Iiincipienos oulia vez, vanos decidii peIa soile quen deveiá aliiai
piineiio.¨ A caleça iodava-ne... paiece que não quis consenlii. Ioi fin,
caiieganos oulia pisloIa, eIe enioIou dois liIheles e coIocou-os no goiio
aliavessado oulioia peIo neu liio, oulia vez o piineiio Iugai coule a
nin. ~ ¨Tens una soile dos dialos, Conde¨, ~ disse-ne con un
soiiiso de escáinio que janais esqueceiei. Não conpieendo o que ne
aconleceu, cono eIe pôde oliigai-ne a isso... o falo e que aliiei e a ninha
laIa fuiou aqueIe quadio. (O Conde aponlou-ne con un dedo o quadio
fuiado. Tinha o ioslo en liasa. A Condessa eslava nais páIida que o seu
Ienço, poi nin, não pude conlei una excIanação.) Aliiei ~ piosseguiu o
Conde ~, e, giaças a Deus, eiiei o aIvo, enloa SiIvio, que naqueIe
nonenlo foi deveias leiiíveI, pôs-se a niiai-ne oulia vez. De súlilo
aliiu-se a poila, Macha enliou coiiendo e con un giilo Iançou-se-ne ao
pescoço. A piesença deIa iesliluiu-ne a coiagen. ~ ¨Queiida ~ disse ~,
não vôs que eslanos liincando` Cono le espanlasle! Vai, lele un pouco
d´água e voIla aqui, vou apiesenlai-le un veIho anigo e canaiada.¨
Macha poien conlinuava inlianqüiIa: ~ ¨Diga-ne, senhoi: neu naiido
eslá faIando a veidade` ~ peigunlou, voIlando-se paia o leiiíveI SíIvio.
~ L veidade que os dois eslão liincando`¨ ~ LIe liinca senpie,
Condessa, ~ iespondeu SiIvio. ~ Ceila vez, poi liincadeiia, deu-ne
una lofelada, oulia vez, poi liincadeiia, fuiou-ne esle goiio con una
laIa. Agoia nesno, liincando, poi un liiz não aceilou en nin. Mas
agoia sou eu que lenho vonlade de liincai...¨ A esla paIavia, fez nenção
de aIvejai-ne na piesença deIa! Macha aliiou-se-Ihe aos pes. ~ ¨Levanla-
le, Macha! ~ giilei, fuiioso. ~ Ten veigonha! L o senhoi não vai deixai
de aloinenlai essa polie nuIhei` Quei aliiai ou não`¨ ~ ¨Não queio ~
iespondeu SíIvio ~ Lslou salisfeilo. Vi a lua confusão, o leu nedo.
Ioicei-le a aliiai en nin, eslou salisfeilo. Lenliai-le-ás de nin.
Lnliegou-le a lua consciôncia.¨ Nislo ia saii, nas se deleve a poila, oIhou
paia o quadio fuiado peIo neu liio, aliiou conlia eIe quase sen aponlai,
e desapaieceu. Minha nuIhei linha desnaiado, os ciiados não se
alievian a delô-Io e niiavan-no eslupefalos. LIe saiu peIa escadaiia,
chanou o cocheiio e desapaieceu anles nesno que livesse lenpo de
loinai a nin.

12
O Conde caIou-se. Deslaile vin a salei o fin de una hislóiia cujo
coneço ne encheia oulioia de espanlo. Quanlo ao heiói deIa, nunca nais
o enconliei. Conlan que SíIvio, no nonenlo da expedição de AIexandie
YpsiIanli, conandava deslacanenlo de heleiislas e noiieu na lalaIha de
SkuIiani.


Sign up to vote on this title
UsefulNot useful