Auto Retrato

Auto-Retrato

Jornal do Brasil/ Caderno Mulher 09/09/1996
Sou do Rio Grande e não tenho medo de nada. Amo o Rio de Janeiro. Tenho dificuldade em dizer não. Gente careta me esnoba. Tenho péssima memória para nomes. Eu quase não gosto de música. Uso a mesma calça preta há três anos. Cozinho muito bem mas tenho preguiça. Odeio abóbora. Amo Elizabeth Taylor (...) Adoro cores (...) Detesto gente sem humor. Às vezes dou esmolas. Amo Miles Davis. Reclamo muito. Sei pedir desculpas. Compro discos pela capa (...) Adoro bichos. Não ligo pra dinheiro. Moro no Jardim Botânico em um pequeno apartamento pintado de amarelo. Ouço todas as fitas que me mandam. Adoro dançar (...) Não suporto a síndrome retrô. Detesto quinquilharias. Amo Mondrian. (...) Gosto do Botafogo. Torço pelo Grêmio. Não sei jogar cartas (...) Bebo café demais. Não gosto de ar condicionado. Minha mãe diz que eu mudo muito (...) Detesto verde-piscina (...) Não sei tocar violão. Toco violão bem. Tenho braços lindos. Iberê Camargo pintou meu retrato. Conheço e reconheço as pessoas pelas mãos. Não tolero desperdício (...) Eu não gosto do bom gosto. Detesto remédio. Sou muito peluda. Adoro a Rainha da Inglaterra. Adoro brie. Gente cafona me esnoba. Nunca soube o que fazer com as mãos na presença de celebridades. Meus amigos dizem que eu mudo muito. Sempre fui feliz no amor (...) Durmo bem menos do que gostaria. Adoro gente que diz " é ruim, hein?!". Detesto gente que mitifica. Gosto muito de dirigir. Não gosto de mistério. Desprezo gente fiteira. Adoro vermelhos e rosas. (...) Parei de fumar. Não tenho superstição alguma. Amo John Cage. Nunca quis ter filhos. A primeira palavra que eu li foi "México". Não gosto de me apresentar na televisão. Adoro minhas mãos. Adoro rir de mim mesma. Sou perdida por

gente doida (...) Jornalistas dizem que eu mudo muito. Desprezo gente que se leva a sério. Adoro aristocratas. Não sei viver sem frutas. Sou bastante disciplinada. Quero muito conhecer o Egito. Tenho inveja dos elefantes (...) Adoro as cores do Mediterrâneo. Adoro a comida da Provence. Não suporto FreeShop e aquele monte de bugigangas. Detesto gente deslumbrada (...) Quero fazer canções bem simples. Quero saber para que serve uma canção. Amo Andy Warhol. Sou estrábica. Adio decisões muito importantes. Calço 38 (...) Adoro vinho. Não sei dar entrevistas. Adoro a Mangueira. Eu quero o Morro Dois Irmãos iluminado. Adoro mergulhar em Angra (...) Gente inculta me esnoba. Adoro azuis. Adoro Klein. Adoro Klee. Amo Matisse. Eu sempre digo sim. Eu gosto de fazer shows. Adoro cantar no Rio. Eu durmo no avião. Sou generosa em demasia (...) Sou louca por orquídeas. Estou fulminada por um amor há sete anos (...) Detesto estetização. Odeio folclorização. Eu não gosto de me ver no vídeo. Amo Oswald de Andrade. Tenho uma litogravura do Miró. No inverno não tomo café da manhã sem morangos. No verão não tomo café da manhã sem melancia. (...) Cometo barbaridades por um Swatch. Dizem que eu mudo muito.

Adriana Calcanhotto
Nome: Adriana Calcanhotto Nacionalidade: Brasileira Data de nascimento: 3 de outubro de 1965 Profissão: Cantora, Compositora, Escritora, Pintora Site oficial: www.adrianacalcanhotto.com.br

 Faça uma tabela com os sinônimos de Gostar de / Não gostar de

 Com que coisas você se parece com a Adriana?
 A Adriana afirma que tem inveja dos elefantes mas não explica por

quê. Continue a frase “Tenho inveja dos elefantes porque ...”  De que animal você tem inveja? Por quê?  De que frase do texto você gosta mais. Por quê?

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful