You are on page 1of 27
1) Leela} Pugs] ler Le ‘ne mundo personagens Clemens ilustrados e atualizados rotate SOUT! mee) 0 ne) desenhista GREG CAPULLO Conheca tudo sobre Angela, ‘Violador, INieveratere e muitos outros! O MAIS COMPLETO GUIA DO SOLDADO DO INFERNO Image, Todd McFarlane e Editora Abril apresentam: Dedicado a Beth Smith Desenhos Textos Arte-Final Cores Design Greg Capullo Todd McFarlane Beau Smith Tom Orzechowski Andrew Grossberg Danny Miki Kevin Conrad Todd Broeker Roy Young Phillip Timper Traducdo Jotapé Martins lussurtos abafa- dos em meio as trevas fa- Jam de uma maldicéo que acompanha o homem desde os tempos imemoriais em que ele rabiscava bisSes em cavernas. Trata-se de um infortinio vinculado aos mortals € a seus peca- dos, aos que mortem e acabam em um reino: conhecido como Inferno. Estd nas escrituras e profecias apécrifas que ha de chegar a hora do Armagedon, a grande batalha. Nesse dia, 0 Céu tocara a Terra e o In- ferno ira se erguer, mesclando 0 aroma de in- censo e de eterna primavera com o odor feti- do do enxofre e de outras excrescéncias sul- flireas. Cada criatura pecaminosa que se ocul- fa mas trevas arruinando vidas tratara de avan- Gar para combater a luz, Sera essa a unica oper tunidade que terao as forcas infernais para con quistar a humanidade. Todavia, a vitoria sera uma quest3o de niimeros. O Inferno necessita de todas as almas que puder corromper a fim de sobrepujar as forgas do Céu e assim banir a bondade da existéncia humana para sempre. O Inferno é uma regio complexa, erguida sobre muitos niveis, cada qual governado por sombrios mestres do mal. O Oitavo Circulo é 0 reduto do pior de todas eles, a entidade co- nhecida como Malebélgia, Seu tinico abjetivo, como o das outros saberanos, é a aniquilacso plena dos inimigos que ainda no pode derro- tar: Deus e 0 Ceu, Esse demonio mantém um exercito constantemente preparado para a ba- talha que vira. No entanto, 0 valor de qualquer tropa esta nos oficiais que a comandam. Tendo essa verdade em mente, Malebélgia es- colheu cuidadosamente um grupo seleto de al- mas para se tornarem seus capitaes e generais, as Crias do Inferno. Tais criaturas s¥o, a0 mes- mo tempo, os joguetes e servos do deménio, selecionados pelas qualidades que possuem ou pelo potencial que manifestam. Malebelgia esta sempre a procura de espiritos com a garra ne- cessiria, seres capazes de cumprir 0 plano que ele arquitetou em épocas esquecidas da existen: cia, Para tanto, bruxo do Inferno aguarda ha uma eternidade o momento certo e tem 3 dis- posi¢io todo 0 tempo necessario para treinar seus acdlitos. Essas Crias do Inferno sio eleitas uma vez a cada século, a Um custo enorme de energia por parte de Malebolgia. Afinal, elas sao muito es- peciais. Em principio, no precisam necessaria- mente ser malignas. Todavia, a semente da per- versidade deve estar presente nelas. Visando a gloria de seu exército, Malebdlgia ordena que ‘cada alma selecionada passe por um treinamen- to € seja nutrida pela violencia a fim de que a flor do mal desabroche em seu coragio.Ao ter ming do processo, em nenhum_candidato res- fara a menor gota de compaixdo, Somente as- sim eles se mostrarao aptos a liderar © ataque dos pecadores aos Portais de Pérola do Céu, Um esses oficiais em treinamento caminha pela Terra nos dias de hoje. Conhecido apenas por Spawn, em vida ele era chamado de Al Simmons. Simmons nasceu em uma familia de classe meédia cujos pais viviam em um bairro trangiiilo nos arredores de Pittsburgh. Ele cresceu como qualquer crianga, indo 4 escola e praticando es- portes. No entanto, sua natureza competitiva ‘9 afastava dos demais. Sempre era impelido a vencer ea aceitar apenas a vitoria total em tudo ‘© que fazia, fosse nas quadras, fosse num mero debate. O Jovem Simmons jamais travaria uma discussio a menos que tivesse a certeza de que faria prevalecer seu ponto de vista. Para ele, nZo havia perque comecar algo se n3o houvesse meios de vencer. ‘Apés concluir o colegial, Al Simmons entrau logo em seguida na faculdade, onde sua presen- a chamou a atencao da CIA, agéncia pela qual seria mais tarde recrutaco. Como parte de seu novo trabalho, ele alistou-se no exército,galgan- do postes rapidamente até ser admitido em uma unidade de elite criada para proteger o presi- dente. Foi durante o periodo em que fez parte dessa forca especial que Simmons salvou © pre- sidente de um atentado. Por esse feito, foi pro- movido a tenente-coronel. Suas habilidades para combate e a capacidade de aprender com rapi- dez no passaram despercebidas ao olhos de Jason Wynn, o homem que se tornou seu mentor © 0 levou 4 comunidade do servico secreto, Jason Wynn era um mestre em manipular pessoas. Ele levou Al Simmons a acreditar, ao menos a principio, que tudo o que faziam tinha uum propésito e visava a seguranca da nag. cada missio, os metodos tornavam-se mais sal- grentos enquanto as explicagdes dadas eram cada vez menos racionais. Nao raramente,tals opera- Ges resultavam em tumultos e até em guerras civis, Bastou Simmons passar a questionar seu comandante € suas motivacdes para que a soli- da amizade entre eles « a0 menos, aos olhos do: ingénuo Al Simmons - logo se deteriorasse. No entanto, as continuas divergéncias nao seriam toleradas por alguém como Wynn. Com certe= za, tal rebeldia nae ficaria sem punicio. Era para ser uma missio como as anterio- res, na qual Simmons teria de matar em nome de seu governo. Porém,quando menos espera- va, ele foi atacado traigoeiramente por sua colega Jessica Priest. Empunhando uma arma- laser, a agente abriu fogo contra ele, deixando