PLANOS DE AULA

MATERIAL EXCLUSIVO

– 7.o ANO Português

Professor

INTRODUÇÃO

A planificação anual da disciplina consiste numa proposta de operacionalização articulada dos conteúdos e dos descritores de desempenho, selecionados a partir do novo Programa de Português do Ensino Básico, de acordo com o princípio de progressão. Esta proposta de desenvolvimento articulado das competências específicas tem como objetivo conduzir o aluno a um «saber fazer» nos domínios da Compreensão do Oral e Expressão Oral, Leitura, Escrita e Conhecimento da Língua, Os planos de aula, decorrentes da planificação anual, constituem uma sugestão de execução temporal do manual em 140 aulas, articulando os diversos recursos que o compõem, e acompanhando a sua sequência organizativa, surgindo enquanto recurso flexível e adaptável ao trabalho em sala de aula. Os planos de aula estão organizados por unidades e, subsequentemente por percursos, prevendo as competências, os conteúdos, os descritores de desempenho e a avaliação, assim como as atividades a desenvolver em cada momento letivo. De cada plano, que corresponde a duas aulas de 45 minutos, constam os diversos recursos utilizados: Manual, Caderno de Atividades, Guia Gramatical, assim como as referências à Aula Digital e ao Livro de Testes. Um outro recurso disponível, incluído nos planos de aula consiste nas «Atividades a partir de imagens», anexas ao Caderno de Apoio ao Professor e incluídas na Aula Digital, que apresentam seis propostas de exploração de nove ilustrações presentes no manual, incluindo a capa. A partir da projeção, o professor poderá desenvolver uma atividade de leitura, escrita ou oralidade, construída por etapas, explorando as ilustrações do livro. Perante esta proposta de operacionalização aula a aula, o professor tomará decisões, adaptando a planificação ao contexto educativo onde se encontra inserido.

ÍNDICE

Planificação anual ...................................................................... Ponto de partida .............................................................. Narrativa 1...................................................................... Narrativa 2 ..................................................................... Poesia e Teatro................................................................ Planificação aula a aula ............................................................... Unidade: Ponto de partida .................................................. Unidade: Narrativa 1 .......................................................... Unidade: Narrativa 2 ......................................................... Unidade: Poesia ............................................................... Unidade: Teatro ...............................................................

3 3 5 9 13

19 19 21 45 64 81

Nota: Estes planos de aula encontram-se redigidos conforme o novo Acordo Ortográfico.

2

Planificação Anual 1. período (14 semanas)
o

Ponto de partida (4 aulas)
Competências Compreensão do oral Escutar para aprender e construir conhecimento Descritores de Desempenho Conteúdos Excerto radiofónico Previsão meteorológica

• Dispor-se física e psicologicamente a escutar,
focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação.

• Utilizar procedimentos para clarificar, registar, tratar
e reter a informação, em função de necessidades de comunicação específicas: – identificar ideias-chave; tomar notas.

• Audição orientada • Ouvinte • Exposição oral • Descrição

Expressão oral Falar para construir e expressar conhecimento

• Interpretar discursos orais com diferentes graus de
formalidade e complexidade: − agir em conformidade com instruções e informações recebidas; − identificar o assunto, tema ou tópicos; − fazer inferências e deduções. dos às situações e finalidades de comunicação: − descrever.

• Produzir textos orais, de diferentes tipos, adapta-

Leitura Ler para construir conhecimento Ler para apreciar textos variados

• Definir uma intenção, seguir uma orientação
e selecionar um percurso de leitura adequado.

Mapa de previsão meteorológica

• Utilizar, de modo autónomo, a leitura para localizar, selecionar, avaliar e organizar a informação.

•Leitor •Texto não literário
Texto poético Boletim meteorológico Jorge Sousa Braga Texto expositivo – Imagem Como os deuses castigavam os humanos Rómulo de Carvalho

• Interpretar textos com diferentes graus de com-

plexidade: − formular hipóteses sobre os textos; − identificar temas e ideias principais; − identificar pontos de vista e universos de referência; − identificar elementos de persuasão; − identificar recursos linguísticos utilizados; − explicitar o sentido global do texto. e géneros textuais.

• Identificar e caracterizar as diferentes tipologias • Distinguir diferenças, semelhanças ou a novidade
de um texto em relação a outro. Escrita Escrever para construir e expressar conhecimento Escrever em termos pessoais e criativos

• Tipologia textual • Texto preditivo • Texto descritivo • Enunciados
instrucionais

• Utilizar, com autonomia, estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos.

• Texto preditivo • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho.

Continua →

3

observação direta. 4 .• Redigir textos coerentes. • Sistematizar os constituintes principais da frase Recursos: Manual. conhecimentos. emoções. para identificar diversos valores semânticos na frase. e subclasses de palavras. e oposição. • Sistematizar relações semânticas de semelhança • Caracterizar relações entre diferentes categorias. Plano Sintático • Explicitar padrões de formação de palavras com• Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas. car vivências. • Explorar diferentes vozes e registos para comuniConhecimento da Língua Plano Lexical e Semântico • Determinar os significados que dada palavra pode ter em função do seu contexto de ocorrência. Aula Digital: Áudio. Plano das Classes de Palavras Plano Morfológico • Dicionário • Tempos verbais • Classes de palavras • Família de palavras • Formação de palavras • Funções sintáticas • Grupos da frase • Sistematizar propriedades distintivas de classes • Caracterizar classes de palavras e respetivas pro• Identificar processos de enriquecimento lexical do português. Avaliação: Atividades de avaliação de diagnóstico. lexicais e gramaticais. selecionando registos e recursos verbais adequados: − dar ao texto a estrutura e o formato adequados. plexas. • Distinguir propriedades semânticas que diferenciam palavras com um só significado de palavras com mais do que um significado. priedades. Gramática interativa. e respetiva composição.

ação. registar. utilizando recursos verbais e não verbais com um grau de complexidade adequado às situações de comunicação. tratar e reter a informação. • Ordem dos acontecimentos Publicidade Expressão oral Participar em situações de interação oral • Planificar o uso da palavra em função da análise da situação.Planificação Anual 1. mente. − fazer inferências e deduções. • Manifestar ideias. com recurso ao português-padrão. • Relevo das personagens. Anúncio radiofónico • Seguir diálogos intervindo oportuna e construtiva• Explorar os processos de construção do diálogo e o modo como se pode agir através da fala. assegurando a progressão • Produzir textos orais. Continua → 5 . período (14 semanas) o Narrativa 1 (48 aulas) Competências Compreensão do oral Escutar para aprender e construir conhecimento Descritores de Desempenho Conteúdos Publicidade Previsão meteorológica Excerto fílmico Cena de Star Wars • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. adequando as estratégias discursivas às funções e aos objetivos visados. − identificar o assunto. − identificar elementos de persuasão. diálogo e monólogo Banda desenhada A ilusão do poder Bill Watterson • Assumir diferentes papéis em situações de comunicação. selecionando estratégias e recursos adequados para envolver a audiência. • Utilizar procedimentos para clarificar. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. das intenções de comunicação específicas e das características da audiência visada. lhar ideias e produções pessoais. conhecimentos pessoais. verbal. • Explorar diferentes formas de comunicar e parti• Utilizar informação pertinente. tema ou tópicos. • Leitura encenada • Reconto oral • Descrição • Exposição oral: – progressão temática • Organizar o discurso. • Argumentos Fábula Conto do rato e da doninha • Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade: − agir em conformidade com instruções e informações recebidas. sentimentos e pontos de vista suscitados pelos discursos ouvidos. Falar para construir e expressar conhecimento – estratégias discursivas – interlocutores – entoação • Diálogo orientado: • Dramatização: Narrativa Percurso 1 Narrativa na íntegra Os conselheiros do Califa António Sérgio • Usar da palavra com fluência e correção. de diferentes tipos. adaptados às situações e finalidades de comunicação: − recontar. de ideias e a sua hierarquização. mobilizando • Diversificar o vocabulário e as estruturas utilizadas no discurso. − descrever. • Elementos da BD • Respeitar as convenções que regulam a interação • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais.

ação Percurso 3 Conto tradicional A estranha e talentosa chaleira Pearl S. abrindo redes intertextuais. em vários textos. de modo autónomo. no Continua → 6 . cipar o conteúdo de uma obra. argumentos Excerto fílmico Cena de Star Wars – a ameaça fantasma • Personagens. − identificar pontos de vista e universos de referência. argumentos • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. pontos de vista e apreciações críticas suscitados pelos textos lidos em diferentes suportes. Buck Ler para apreciar textos variados • Identificar processos utilizados nos textos para • Utilizar. argumento Crónica Local & global Catarina Portas • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária: − analisar o ponto de vista das personagens. • Provérbio. • Crónica. − distinguir facto de opinião. • Romance tradicional. − analisar o valor expressivo dos recursos retóricos. • Valorizar uma obra enquanto objeto simbólico. texto. aceção Banda desenhada Prancha de Lucky Luke – Mã Dalton Morris & Goscinny • Comparar e distinguir textos. • Características do conto tradicional. − identificar causas e efeitos. • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. − identificar elementos de persuasão. • Sequência narrativa Percurso 5 Romance tradicional Donzela que vai à guerra Almeida Garrett • Discutir diferentes interpretações de um mesmo • Analisar os paratextos para contextualizar e ante• Explorar processos de apropriação e de (re)criação de texto narrativo. estabelecendo dife• Identificar e caracterizar as diferentes tipologias • Caracterizar os diferentes modos e géneros literários. − explicitar o sentido global do texto. argumentos Percurso 4 Narrativa na íntegra Parábola dos sete vimes Trindade Coelho • Expressar. estéticos. • Identificar relações. parábola. momentos da ação Publicidade Anúncio televisivo • Personagens. artigo de dicionário. elementos da narrativa. e géneros textuais.Leitura Ler para construir conhecimento • Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação: − utilizar grelhas de registo. tempo. avaliar e organizar a informação. renças e semelhanças em função de diferentes categorias. de forma fundamentada e sustentada. − analisar as relações entre os diversos modos de representação do discurso. Percurso 2 Conto tradicional A uva salamana Italo Calvino • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade: − formular hipóteses sobre os textos. sequência ou parágrafo. − identificar recursos linguísticos utilizados. éticos. formais ou de sentido. − identificar temas e ideias principais. a leitura para localizar. plano do imaginário individual e coletivo. espaço. Ler textos literários • Slogan. influenciar o leitor. políticos e religiosos que perpassam nos textos. • Caracterização de personagem Publicidade Anúncio de imprensa escrita • Identificar relações intratextuais. selecionar. poético ou outro. • Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. opinião.

Escrever em termos pessoais e criativos • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar • Explorar efeitos estéticos da linguagem mobilizan• Explorar a criação de novas configurações textuais. vivências. técnicas de • Utilizar. do saberes decorrentes da experiência enquanto leitor. revisão e edição de texto. − diversificar o vocabulário e as estruturas utilizadas nos textos. estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos. mobilizando a reflexão sobre os textos e sobre as suas especificidades. personificação Poema visual Desenho rupestre Cassiano Ricardo • Características físicas e comportamentos de personagens. estratégias de revisão e aperfeiçoamento de texto Guião de leitura História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar Luís Sepúlveda • Reconto • Convite • Texto de opinião • Texto informativo • Diálogo • Relato • Retrato Continua → 7 . com autonomia. conhecimentos. − respeitar as regras da pontuação e sinais auxiliares da escrita. universos no plano do imaginário.Percurso 6 Fábula Conto do rato e da doninha As mil e uma noites • Ordem dos acontecimentos. Poema Segredo Miguel Torga Relações temáticas entre textos. emoções. • Utilizar com critério as potencialidades das tecnolo• Utilizar. gias da informação e comunicação nos planos da produção. relações temáticas entre textos Percurso 7 Narrativa na íntegra Jesus Miguel Torga Elementos da narrativa. reformulação textual. • Redigir textos coerentes. artigo de dicionário Escrita Escrever para construir e expressar conhecimento • Utilizar. com autonomia. com recurso ao português-padrão. pontos de vista. com progressiva eficácia. anáfora • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. selecionando registos e recursos verbais adequados: − dar ao texto a estrutura e o formato adequados. fábula. antítese.

Áudio. • Caracterizar elementos inerentes à comunicação • Usar princípios reguladores da interação verbal. lexicais e gramaticais. Avaliação: Avaliação formativa – unidade 1. 8 . observação direta. • Caracterizar relações entre diferentes categorias. avaliação de uma atividade de expressão escrita. avaliação de duas atividades de expressão oral. • Determinante indefinido • Formas dos pronomes pessoais • Nome contável e não contável • Quantificador numeral • Adjetivo relacional • Conjunção coordenativa • Conjunção subordinativa • Princípio da cortesia • Vocativo • Verbo: modo indicativo – valor temporal • Verbo auxiliar – valor aspetual • Pronome relativo Recursos: Manual. Aula Digital: Gramática interativa. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. heteroavaliação. autoavaliação. • Sistematizar processos de articulação de grupos • Caracterizar relações entre diferentes categorias. quatro testes formativos em formato digital. • Sistematizar funções sintáticas ao nível da frase.Conhecimento da Língua Plano das Classes de Palavras Plano Lexical e Semântico Plano Morfológico Plano Discursivo e Textual Plano Sintático • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. Vídeo. duas fichas de avaliação escritas. lexicais e gramaticais. e interação discursivas. para identificar diversos valores semânticos na frase. para identificar diversos valores semânticos na frase. e de frases.

• Personagens. no discurso. Leitura Ler para construir conhecimento • Notícia. interlocutor Excerto jornalístico • Diversificar o vocabulário e as estruturas utilizadas • Assumir diferentes papéis em situações de comunicação. assegurando a progressão • Produzir textos orais adaptados às situações e fina- • Espaço. período (14 semanas) o Narrativa 2 (45 aulas) Competências Compreensão do oral Escutar para aprender e construir conhecimento Descritores de Desempenho Conteúdos Excerto de série televisiva Conta-me como foi • Dispor-se física e psicologicamente a escutar.Planificação Anual 2. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. sentimentos e pontos de vista • Interpretar discursos orais com diferentes graus • Caracterizar propriedades de diferenciação e variação linguística. plexidade. reconhecendo o papel da língua padrão. aviso • Apreciação crítica • Leitura encenada • Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação. • Interpretar textos com diferentes graus de com• Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. seguir uma orientação e selecionar um percurso de leitura adequado. adequando as estratégias discursivas às funções e aos objetivos visados. entoação Excerto jornalístico Reportagem radiofónica • Assunto. • Distinguir diferentes intencionalidades comunica• Reproduzir o material ouvido recorrendo a técnicas de reformulação: − identificar os diferentes tipos e géneros presentes no discurso oral. tivas. de formalidade. • Utilizar procedimentos para clarificar. comportamento de personagens Sketch Gato Fedorento Falar para construir e expressar conhecimento • Usar da palavra com fluência e correção. referências temporais Entrevista a Afonso Cruz • Registo de informação Excerto Narrativo O mistério da casa abandonada Fernando Sabino • Manifestar ideias. movimento. tratar e reter a informação. de ideias e a sua hierarquização. registar. suscitados pelos discursos ouvidos. • Variedade brasileira Excerto fílmico Cena de Uma aventura na casa assombrada Expressão oral Participar em situações de interação oral • Planificar o uso da palavra em função da análise da situação e das intenções de comunicação específicas. utilizando recursos verbais e não verbais com um grau de complexidade adequado às situações de comunicação. • Caracterização e comportamento de personagens. lidades de comunicação. • Gesto. com recurso ao português-padrão. Narrativa Percurso 1 Narrativa na íntegra Nós chorámos pelo Cão Tinhoso Ondjaki • Definir uma intenção. • Organizar o discurso. narrador Cartaz Nós matámos o Cão Tinhoso Teatro O Bando Continua → 9 .

• Paratextos. Ler textos literários • Cartaz. comparação. Texto jornalístico Notícia de imprensa escrita DN Cartaz • Expressar. de forma fundamentada e sustentada. estabelecendo diferenças • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias • Caracterizar os diferentes modos e géneros literários. descrição do espaço 10 Continua → . espaço. avaliar e organizar a informação. espaço. eufemismo. com autonomia. tempo. a leitura para localizar. estéticos. éticos. relações temáticas entre textos Percurso 2 Narrativa na íntegra A fonte da paciência Fernando Campos • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais. plano do imaginário individual e coletivo. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. de modo autónomo. estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos. • Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. onomatopeia. cipar o conteúdo de uma obra. • Identificar relações intratextuais. narrador. retrato de personagem. • Comparar textos. campo lexical Guião e excerto de série televisiva Conta-me como foi Percurso 3 Excerto narrativo Na segunda-feira vou contigo Patrick Süskind • Analisar os paratextos para contextualizar e ante• Explorar processos de apropriação e de recriação • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. enumeração Percurso 4 Excerto narrativo Sinopse Os livros que devoraram o meu pai Afonso Cruz • Valorizar uma obra enquanto objeto simbólico. tamento de informação ouvida ou lida. • Relevo e caracterização de personagens. políticos e religiosos que perpassam nos textos. selecionar. pontos de vista e apreciações críticas suscitados pelos textos lidos em diferentes suportes. e semelhanças em função de diferentes categorias. de texto narrativo.• Utilizar. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. Ler para apreciar textos variados • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária. metáfora Excerto jornalístico Brincando aos clássicos Público Entrevista Entrevista a Afonso Cruz • Registo de informação Escrita Escrever para construir e expressar conhecimento • Utilizar. no • Ler por iniciativa e gosto pessoal. • Recorrer à escrita para assegurar o registo e o tra- • Ação. Trabalho de projeto Livros imaginários Percurso 5 Excerto narrativo O mistério da casa abandonada Fernando Sabino • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. • Assunto. notícia. elementos da narrativa. textuais.

priedades. comportamento de personagens Percurso 6 Narrativa na íntegra O tombo da Lua Mário de Carvalho • Utilizar com critério as potencialidades das tecnologias da informação e comunicação nos planos da produção. A odisseia – aventuras de Ulisses. Gato Fedorento • Caracterização e comportamento de personagens (tipos sociais). Variação e Mudança Plano das Classes de Palavras • Reconhecer a língua como sistema dinâmico. herói da Grécia Antiga João de Barros • Narrativa • Descrição • Aviso • Detetar diferentes configurações da função sintáti• Distinguir processos sintáticos de articulação entre frases complexas. revisão e edição de texto. estratégias de revisão e aperfeiçoamento de texto. e respetiva composição. aberto e em elaboração contínua. semântico e pragmático). nas variantes do português não-europeu. Excerto fílmico Cena de uma aventura na casa assombrada • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. interlocutor Percurso 7 Excerto narrativo João Sem Medo José Gomes Ferreira Excerto jornalístico Notícia televisiva Notícia • Aviso Obra completa Guião de Leitura: • Identificar. e de frases. ca de sujeito. • Utilizar. • Explorar a criação de novas configurações textuais. selecionando registos e recursos verbais adequados. reformulação textual.Escrever em termos pessoais e criativos • Redigir textos coerentes. ação principal e secundária. espaço • Utilizar os recursos tecnológicos para desenvolver projetos e circuitos de comunicação escrita. • Variedades africanas • Variedade • Advérbio de predicado • Advérbio • Preposição • Grupos da frase • Funções sintáticas: sujeito (tipos) • Concordância sujeito composto-verbo • Conectores discursivos • Funções sintáticas: predicado (complemento. • Espaço. Conhecimento da Língua Plano da Língua. a variação nos vários planos (fonológico. • Sistematizar os constituintes principais da frase • Sistematizar processos sintáticos. técnicas de • Utilizar. • Reconhecer especificidades lexicais e sintáticas • Sistematizar propriedades da língua padrão. • Relevo e comportamento Sketch televisivo Sketch de personagens (tipos sociais). com autonomia. pontos de vista. lexicais e gramaticais. lexical. sintático. mobilizando a reflexão sobre os textos e sobre as suas especificidades. para identificar diversos valores semânticos na frase. conhecimentos. universos no plano do imaginário. • Sistematizar especificidades da flexão verbal. • Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas. com progressiva eficácia. emoções. em textos orais e escritos. • Aplicar as regras de utilização do pronome pessoal átono (reflexo e não reflexo) em adjacência verbal. modificador) Continua → 11 . • Sistematizar processos de articulação de grupos • Caracterizar relações entre diferentes categorias. Plano Lexical e Semântico Plano Morfológico Plano Sintático Plano Discursivo e Textual Plano da Representação Gráfica e Ortográfica • Caracterizar classes de palavras e respetivas pro• Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras.

12 . • Identificar figuras de retórica e tropos como mecanismos linguísticos geradores de densificação semântica e expressividade estilística. Avaliação: Avaliação formativa – unidade 2. • Distinguir modos de reprodução do discurso no discurso e sua produtividade. autoavaliação. e interação discursivas. • Caracterizar relações entre diferentes categorias. Áudio. Recursos: Manual. Aula Digital. para identificar diversos valores semânticos na frase.• Caracterizar elementos inerentes à comunicação e interação discursivas. avaliação de duas atividades de expressão oral. avaliação de uma atividade de expressão escrita. lexicais e gramaticais. dois testes digitais. • Usar princípios reguladores da interação verbal. • Usar princípios reguladores da interação verbal. duas fichas de avaliação. Gramática interativa. • Verbo principal • Pronomes pessoais – variação em caso • Variedade brasileira • Variedade • Colocação dos pronomes pessoais átonos • Registos de língua/formas de tratamento • Orações coordenadas • Princípio de cooperação • Orações subordinadas • Verbo: modo imperativo • Atos de fala • Sistematizar regras de uso de sinais auxiliares • Sistematizar regras de configuração gráfica. heteroavaliação. • Caracterizar elementos inerentes à comunicação • Identificar diferentes atos de fala. observação direta. Vídeo. da escrita.

• Recitação • Leitura encenada • Debate • Dramatização Trabalho de projeto • Recital • Implicar-se na construção partilhada de sentidos: − debater e justificar ideias e opiniões. Expressão oral Participar em situações de interação oral • Planificar o uso da palavra em função da análise da situação e das intenções de comunicação específicas. • Produzir textos orais. selecionando estratégias e recursos adequados para envolver a audiência. cas de reformulação. indicação cénica ou didascália. • Usar da palavra com fluência e correção. • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais. Continua → 13 . Falar para construir e expressar conhecimento • Teatro. de diferentes tipos. • Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade. sentimentos e pontos de vista suscitados pelos discursos ouvidos. ironia. • Utilizar procedimentos para clarificar. selecionando estratégias e recursos adequados para envolver a audiência. registar. adaptados às situações e finalidades de comunicação.Planificação Anual 3. • Organizar o discurso. • Recitação Entrevista Entrevista televisiva • Entrevista Canção Formiga bossa nova Projecto Amália • Manifestar ideias. assegurando a progressão de ideias e a sua hierarquização. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. Participar em situações de interação oral • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais. cenário. utilizando recursos verbais e não verbais. texto dramático. falas ou réplicas. tratar e reter a informação. • Assumir diferentes papéis em situações de comunicação. • Reproduzir o material ouvido recorrendo a técni• Identificar e caracterizar os diferentes tipos e géneros presentes no discurso oral. • Canção • Poema • Autorretrato Filme Excerto dramático Vídeo promocional e cenas de As obras completas de William Shakespeare em 97 minutos Companhia Teatral do Chiado • Explorar os processos de construção do diálogo e o modo como se pode agir através da fala. período (10 semanas) o Poesia e Teatro (40 aulas) Competências Compreensão do oral Escutar para aprender e construir conhecimento Descritores de Desempenho Conteúdos Poema Xácara das 10 meninas Mario Cesariny • Dispor-se física e psicologicamente a escutar.

• Acróstico Poema Letra de canção O poeta aprendiz Vinicius de Moraes • Discutir diferentes interpretações de um mesmo • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto poético e dramático. com os de textos de outras épocas e culturas. • Texto poético. texto. e géneros textuais. em vários textos. estabelecendo diferenças e semelhanças em função de diferentes categorias. • Identificar relações intratextuais. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. • Estrutura da carta Percurso 2 Poema Xácara das 10 meninas Mário Cesariny • Características formais.Leitura Ler para construir conhecimento • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. sequência ou parágrafo. Percurso 1 Poema Ilustração Poesia • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. abrindo redes intertextuais. • Caracterização do poeta Carta Excerto de Cartas a um jovem poeta Vinicius de Moraes Rainer Maria Rilke • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. rios. formais ou de sentido. lengalenga Poema Porquinho-da-Índia Manuel Bandeira • Sujeito poético Regulamento Cancioneiro infantojuvenil para a Língua Portuguesa Campus Universitário de Almada • Regulamento Entrevista Entrevista televisiva • Entrevista Continua → 14 . recursos expressivos Acróstico Anacleta António Gedeão • Comparar e distinguir textos. • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias • Caracterizar os diferentes modos e géneros literá• Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. e estéticos que perpassam nos textos. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. dos pelo autor. Apanha-me também um poeta Luísa Ducla Soares Bernard Jeunet • Analisar processos linguísticos e retóricos utiliza• Comparar ideias e valores expressos em diferentes textos de autores contemporâneos. leitura de imagem Poema Poema do poste com flores amarelas António Gedeão • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais Ler para apreciar textos variados Ler textos literários • Elementos narrativos na poesia. • Identificar relações.

espaço.Percurso 3 Prosa poética História trágico-marítima Jorge Sousa Braga • Características e comportamentos de personagens. refrão. tornas Fernando Pessoa • Noções de versificação Cantiga de amigo Cantiga de amigo Natália Correia • Sujeito poético. recitação Poema Fundo do mar Sophia de Mello Breyner Andresen • Assunto. configuração gráfica Poema Onda que. descrição do espaço. hipérbole Poema Azul ar Alexandre O’Neill • Texto poético Continua → 15 . enrolada. recursos expressivos Prosa poética Formigas José Emílio Pacheco Canção Formiga bossa nova Projecto Amália Poema Velha fábula em bossa nova Alexandre O’Neill • Canção e poema • Autorretrato Percurso 4 Poema Rio na sombra Cecília Meireles • Sonoridades. rima. poesia trovadoresca Poema Aquela nuvem José Gomes Ferreira • Texto poético.

Teatro Percurso 1 Filme Excerto dramático Vídeo promocional e primeiro ato de As obras completas de William Shakespeare em 97 minutos Companhia Teatral do Chiado • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. cenário. M. pontos de vista. denotação e conotação Escrita Escrever para construir e expressar conhecimento • Utilizar.Artigo de enciclopédia Chuva • Registo e organização de informação Percurso 5 Poema visual Dizei lá o que é o amor E. estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos. selecionando registos e recursos verbais adequados: − dar ao texto a estrutura e o formato adequados. • Aceção. ironia Artigo de dicionário Teatro Escrever em termos pessoais e criativos • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar • Explorar efeitos estéticos da linguagem mobilizando saberes decorrentes da experiência enquanto leitor. com recurso ao português-padrão. universos no plano do imaginário. conhecimentos. • Redigir textos coerentes. de Melo & Castro Poema visual Tontura E. emoções. texto dramático. • Teatro. de Melo & Castro • Poesia visual Poema Rotação Nuno Júdice • Sentidos e sentimentos Poema Leitura Gastão Cruz Poema Eu amo Pedro Mexia Prosa poética Glossário solar Francisco Duarte Mangas e João Pedro Mésseder • Glossário. vivências. − diversificar o vocabulário e as estruturas utilizadas nos textos. − respeitar as regras da pontuação e sinais auxiliares da escrita. M. mobilizando a reflexão sobre os textos e sobre as suas especificidades. campo lexical – teatro escrito e teatro representado Percurso 2 Excerto dramático Vanessa vai à luta Luísa Costa Gomes Continua → 16 . indicação cénica ou didascália. • Explorar a criação de novas configurações textuais. com autonomia. falas ou réplicas.

revisão e edição de texto. e respetiva composição. e interação discursivas. para identificar diversos valores semânticos na frase. Banda desenhada • Indicação cénica. • Identificar figuras de retórica e tropos como mecanismos linguísticos geradores de densificação semântica e expressividade estilística. Rei de Helíria – cena X Alice Vieira • Sistematizar propriedades da sílaba gramatical e da sílaba métrica: segmentar versos por sílaba métrica. recursos expressivos Conto tradicional O sal e a água Recolha de Teófilo Braga Plano Morfológico • Sistematizar paradigmas flexionais regulares e irregulares dos verbos. sigla e acrónimo • Família de palavras • Funções sintáticas: predicativo do sujeito. de palavras e de inovação lexical. • Usar princípios reguladores da interação verbal. • Sistematizar os constituintes principais da frase Plano Sintático • Sistematizar processos sintáticos. palavras: derivação e composição • Processos irregulares de formação de palavras: empréstimo. Plano Discursivo e Textual • Caracterizar elementos inerentes à comunicação • Usar princípios reguladores da interação verbal. adereços. • Características e comportamentos de personagens. do português. lexicais e gramaticais. técnicas de • Utilizar.• Utilizar com critério as potencialidades das tecnologias da informação e comunicação nos planos da produção. • Caracterizar classes de palavras e respetivas pro• Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. • Caracterizar atitudes do locutor face a um enunciado ou aos participantes do discurso. • Sistematizar processos de enriquecimento lexical • Sistematizar padrões de formação de palavras • Explicitar o significado de palavras complexas a partir do valor de prefixos e sufixos. com autonomia. complexas. priedades. Rei de Helíria Alice Vieira • Narrativa em verso • Acróstico • Autorretrato • Comentário • Imitação criativa • Descrição • Resumo • Glossário • Anúncio • Guião para dramatização • Caracterizar os processos irregulares de formação • Determinar os significados que dada palavra pode ter em função do seu contexto de ocorrência. Conhecimento da Língua Plano Fonológico Plano das Classes de Palavras • Personagens Percurso 3 Cena de texto dramático Leandro. • Transformar frases ativas em frases passivas e vice-versa. • Sons e sequências de sons • Sílaba gramatical e sílaba métrica • Relações de grafia e fonia • Verbo copulativo • Verbo: modo conjuntivo • Verbo: modo condicional • Infinitivo • Interjeição • Processos morfológicos de formação de • Distinguir modos de reprodução do discurso no discurso e sua produtividade. reformulação textual. • Caracterizar modalidades discursivas e sua funcionalidade. com progressiva eficácia. estratégias de revisão e aperfeiçoamento de texto. espaço cénico. • Sistematizar relações entre constituintes. personagens Tira de Mafalda Quino • Utilizar. modificador do nome • Frase ativa e frase passiva • Relações semânticas entre palavras Continua → 17 . cena. Plano Lexical e Semântico • Caracterizar relações entre diferentes categorias. • Intertextualidade Guião de Leitura Leandro.

18 . avaliação de uma atividade de expressão escrita. avaliação de duas atividades de expressão oral. Avaliação: Avaliação formativa – unidades 3 e 4. heteroavaliação. Áudio. Gramática interativa.• Sinais de pontuação e sinais auxiliares de escrita • Discurso direto e discurso indireto Recursos: Manual. duas fichas de avaliação. autoavaliação. Vídeo. observação direta. Aula Digital.

19 . poema «Boletim meteorológico» e texto expositivo «Como os deuses castigavam os humanos». Notas: 1 O professor poderá selecionar alguns alunos para reproduzirem perante a turma a atividade de expressão oral.OS 1 e 2 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.PLANOS DE AULA N. – escrita a partir de um texto preditivo. Atividades Recursos – Manual. • Produzir textos orais de diferentes tipos. Observação direta. • Realização da atividade de expressão oral: reprodução oral da imagem observada no exercício anterior1. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Texto preditivo Texto descritivo Poema Audição orientada Sumário: Atividades de diagnóstico: Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. • Partilha oral das respostas construídas pelos alunos. de forma a elaborar um exercício de reescrita na aula seguinte. com autonomia. • Escrita individual a partir de um texto preditivo (p. 14 e 15). – reprodução oral de informação escrita. Texto expositivo: «Como os deuses castigavam os humanos». Áudio • Faixa 2 Imagem – mapas • Audição do excerto radiofónico «Previsão meteorológica» e realização do exercício correspondente (p. Jorge Sousa Braga. 2 O professor poderá recolher os textos realizados pelos alunos. • Realização dos exercícios de leitura a partir do texto preditivo e do poema «Boletim meteorológico» (pp. • Registo do TPC no caderno. TPC: Atividade de escrita da p. • Leitura em voz alta de alguns dos exercícios de escrita realizados pelos alunos. estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos. • Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade e complexidade. – leitura de textos diversos: mapa. Avaliação Avaliação de diagnóstico. 18 do manual. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. pp. • Utilizar. 16). tratar e reter a informação. Poema: «Boletim meteorológico». • Realização da atividade de leitura a partir do texto «Como os deuses castigavam os 2 humanos» de Rómulo de Carvalho. Rómulo de Carvalho. 14-19. registar. • Utilizar procedimentos para clarificar. • Diálogo com os alunos a partir das atividades realizadas.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Unidade: Ponto de Partida Textos/Tipologia: Mapa. 16). – escuta de um excerto radiofónico e identificação da informação essencial.

2 Gramática interativa Funções sintáticas Avaliação Avaliação de diagnóstico. 2 No final da atividade. classes. • Entrega dos exercícios de escrita recolhidos pelo professor na aula anterior e recolha dos trabalhos de casa relativos à atividade de escrita. classes de palavras. tempos verbais. • Preenchimento de uma grelha de registo de dificuldades por parte do aluno. registá-lo em documento Word e reformulá-lo em assembleia de turma. pp. • Identificar processos de enriquecimento lexical do português. • Correção dos exercícios de Conhecimento da Língua. família e formação de palavras. predicativo do sujeito e grupos de frase). pp. o aluno poderá registar as dificuldades numa grelha fornecida pelo professor. • Distinguir propriedades semânticas das palavras. • Determinar os significados que dada palavra pode ter em função do seu contexto de ocorrência. complementos direto e indireto. − Guia Gramatical: verbo (capa manual).Unidade: Ponto de Partida PLANOS DE AULA N. Correção do TPC. predicado. • Sistematizar relações semânticas de semelhança e oposição. o aluno deverá reescrever no caderno o texto predi• Realização das diversas atividades de Conhecimento da Língua. funções sintáticas (sujeito. 238 a 243. tivo. Observação direta. Tabela de registo de dificuldades Conhecimento da Língua Tive dificuldade Dicionário Tempos verbais Classes de palavras Família de palavras Não tive dificuldade 20 .O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Competências Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Tipologia textual Dicionário Tempos verbais Classes de palavras Família de palavras Formação de palavras Funções sintáticas Grupos da frase Descritores • Utilizar técnicas de reformulação textual.1 • A partir da correção do professor. Atividades de diagnóstico de Conhecimento da Língua: dicionário. Sumário: Exercício de reescrita do texto preditivo. Atividades Recursos − Manual. • Sistematizar os constituintes principais da frase e respetiva composição. • Explicitar padrões de formação de palavras. • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades.OS 3 e 4 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Notas: 1 O professor poderá selecionar um texto (ou vários) com erros. 19-23. • Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas.

• Atividades a apartir de imagens – Ponto de Partida. • Realização do roteiro de leitura da BD. TPC: Exercícios de Conhecimento da Língua da p. • Utilizar grelhas de registo. pp. de forma fundamentada e sustentada. Notas: 1 Poderão selecionar-se os grupos através de cartões de cartolina com cores ou símbolos diferentes. registo no caderno e partilha das conclusões sugeridas pelos alunos. 1 • Leitura silenciosa da narrativa e realização do roteiro de leitura da página 29. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. p. Atividades de Conhecimento da Língua: determinante indefinido. • Atividade de pré-leitura a partir do título da narrativa de António Sérgio «Os conselheiros do Califa» (pp. 26-31. pontos de vista e apreciações críticas suscitados pelos textos lidos em diferentes suportes. Bill Watterson.PLANOS DE AULA N. − Guia Gramatical: determinante indefinido. António Sérgio. 26 a 28). • Registo no caderno das conclusões do exercício 5. 2 Poderá ser utilizada uma grelha de registo do desempenho dos alunos durante a leitura encenada. elementos de persuasão. 241. obra literária. Competências Oralidade Leitura Conhecimento da Língua Conteúdos Narrativa na íntegra Relevo das personagens Ação Diálogo e monólogo Leitura encenada Determinante indefinido BD Descritores • Expressar. Atividade de leitura encenada. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma • Explorar os processos de construção do diálogo e o modo como se pode agir através da fala. Sumário: Realização do roteiro de leitura da narrativa na íntegra «Os conselheiros do Califa» de António Sérgio: ação. 32. Gramática interativa Determinante Avaliação Avaliação da oralidade – leitura encenada. diálogo e monólogo. identificando: − pontos de vista e universos de referência. o Expressividade Tom/Volume Entoação Postura corporal Símbolos: +. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. • Divisão da turma em grupos e realização da atividade de leitura encenada da p. relevo das personagens. indefinido.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Unidade: Narrativa 1 Percurso 1 Textos/Tipologia: Narrativa na íntegra: «Os conselheiros do Califa».OS 5 e 6 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.2. • Realização das atividades de Conhecimento da Língua sobre o determinante indefini2 do. – colocação do determinante • Visualização do recurso da Gramática interativa relativo ao determinante. 30 . Atividades Recursos − Manual. 30 e 31. • Seguir diálogos intervindo oportuna e construtivamente. como forma de sistematização do conteúdo.+ – 21 . Tabela de registo de dificuldades Aluno/N. 33 – pronomes pessoais. p. Em sequência BD: Calvin. pp. –. Observação direta.

quantificador. − identificar causas e efeitos. • Observação da imagem que ilustra o conto. Nota: 1 Como forma de consolidação: resolução dos exercícios do caderno de atividades sobre o nome – pp. através do registo no quadro de uma resposta por cada par de alunos. Atividades Recursos − Manual. Conteúdos Conto tradicional Reconto Nome contável e não contável • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias e géneros textuais. • Realização da atividade de laboratório gramatical – nomes contáveis e não contáveis. 33. • Correção da atividade de leitura.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. Atividades de Conhecimento da Língua: nome contável e não contável. 22 . compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. pp. • Realização do roteiro de leitura do conto em trabalho de pares. • Correção do TPC – exercícios de Conhecimento da Língua sobre os pronomes pessoais.OS 7 e 8 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. 12 e 13. p. adaptados às situações e finalidades de comunicação: − recontar. Áudio • Faixa 3 Gramática interativa Nome contável e não contável • Realização da atividade de reconto por um aluno. Audição do registo áudio «A uva salamana» e roteiro de leitura de conto tradicional. − explicitar o sentido global do texto. 34-41. • Sistematização das formas dos pronomes pessoais com recurso ao Guia Gramatical. 244. − Guia Gramatical: nome contável e não contável. Sumário: Correção do TPC sobre os pronomes pessoais. pp. • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Descritores • Produzir textos orais. p. − identificar recursos linguísticos utilizados. • Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação: − utilizar grelhas de registo. 1 Avaliação TPC: Atividade de Conhecimento da Língua. 238-239. p. de diferentes tipos.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 2 Textos/Tipologia: Conto tradicional: «A uva salamana». 41 manual: «Que palavras posso usar para expressar a quantidade exata de um nome?» Observação direta. • Identificar relações intratextuais. • Audição da leitura do conto «A uva salamana» (versão de Italo Calvino).

Unidade: Narrativa 1

PLANOS DE AULA N.OS 9 e 10
Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo:

Percurso 2 Textos/Tipologia: Em sequência: Anúncio televisivo.

Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Anúncio Personagens Espaço Tempo Ação Reconto Quantificador numeral

Descritores

• Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação:
− utilizar grelhas de registo; − identificar recursos linguísticos utilizados; − identificar causas e efeitos; − explicitar o sentido global do texto. a informação.

• Utilizar, de modo autónomo, a leitura para localizar, selecionar, avaliar e organizar • Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras.

Sumário: Correção do TPC sobre o quantificador numeral. Atividade em sequência, p. 40: roteiro de leitura e oralidade a partir de um anúncio televisivo. Atividades de Conhecimento da Língua: nome contável e não contável.

Atividades

Recursos − Manual, pp. 34-41. − Guia Gramatical: quantificador, p. 244.

• Correção do TPC – exercícios de Conhecimento da Língua sobre o quantificador
numeral, p. 41.

• Realização da atividade «Em sequência»: visualização de um anúncio televisivo e realização do roteiro de leitura e oralidade (pp. 40, 41).

• Realização da atividade de escrita – reconto da situação apresentada no anúncio, p. 41. • Leitura, em voz alta, de alguns recontos efetuados pelos alunos. • Recurso à Gramática interativa – sistematização do conteúdo «quantificador numeral». • Seleção das obras de leitura integral para o 1. período.
o 1

Vídeo – publicidade televisiva Gramática interativa
Quantificador numeral

Avaliação Observação direta. Avaliação da expressão oral.
Nota: 1 Selecionar com os alunos as obras de leitura integral, podendo sugerir o livro de Luís Sepúlveda História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar (Guião no final da unidade).

23

Unidade: Narrativa 1

PLANOS DE AULA N.OS 11 e 12
Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo:

Percurso 3 Textos/Tipologia: Conto tradicional: «A estranha e talentosa chaleira», Pearl S. Buck.

Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Descrição oral Conto tradicional Descrição Opinião Adjetivo Convite

Descritores

• Expressar, de forma fundamentada e sustentada, pontos de vista. • Produzir textos orais, de diferentes tipos, adaptados às situações e finalidades de comunicação: − descrever.

• Utilizar, de modo autónomo, a leitura para localizar, selecionar, avaliar e organizar a
informação: − tomar notas. tos.

• Utilizar, com autonomia, estratégias de preparação e de planificação da escrita de tex• Redigir textos coerentes, selecionando registos e recursos verbais adequados. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. • Caracterizar elementos inerentes à comunicação e interação discursivas.

Sumário: Conhecimento da Língua: o quantificador numeral. Correção do TPC. Realização do roteiro de leitura sobre o conto tradicional oriental «A estranha e talentosa chaleira», de Pearl Buck. Atividade de expressão escrita: o convite. Apresentação oral da descrição de um objeto.

Atividades

Recursos − Manual, pp. 42-44. − Guia Gramatical: adjetivo relacional, pp. 240-241.

• Treino da leitura em voz alta: «A estranha e talentosa chaleira», de Pearl Buck. • Tomada de notas durante a leitura do conto. • Realização do roteiro de leitura relativo ao conto, pp. 42 e 43. • Realização da atividade de Conhecimento da Língua sobre o adjetivo relacional –
1

p. 44.

• Elaboração escrita de um convite. • Partilha dos resultados da atividade de escrita – leitura em voz alta de alguns dos
convites elaborados pelos alunos.2

Gramática interativa
Adjetivo relacional

• Realização da atividade de oralidade sobre a descrição de um objeto. • Apresentação da atividade de oralidade à turma.
Notas: 1 O professor poderá (sem avaliar) treinar a leitura, chamando a atenção para elementos como a expressividade, o ritmo, a pontuação. 2 Poderão ser recolhidos os convites elaborados pelos alunos de forma a realizar uma atividade de reescrita. Também poderá ser distribuída uma grelha de autoavaliação do convite, que poderá ser colada no caderno.

Avaliação Avaliação da expressão escrita.

Tabela de registo de dificuldades

Escrita – Convite
Referi Quem convida Destinatário Acontecimento Data e local Não referi

24

Unidade: Narrativa 1

PLANOS DE AULA N.OS 13 e 14
Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo:

Percurso 3 Textos/Tipologia: Anúncio de imprensa escrita – publicidade; crónica; «Local & global», Catarina Portas.

Competências Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Anúncio de imprensa (slogan; argumento) Crónica (facto; opinião) Conjunção coordenativa Texto de opinião

Descritores

• Respeitar as convenções que regulam a interação verbal. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade:
− identificar elementos de persuasão; − identificar recursos linguísticos utilizados; − distinguir facto de opinião.

• Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. • Utilizar, com autonomia, estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos.

• Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. • Sistematizar processos de articulação de grupos e de frases.

Sumário: Realização do roteiro de leitura sobre um anúncio publicitário de imprensa. Atividade de leitura a partir de uma crónica de Catarina Portas: distinguir facto e opinião. Laboratório de língua: relações estabelecidas pelas conjunções coordenativas. Preparação de uma atividade de escrita planificada: texto de opinião. Atividades Recursos − Manual, pp. 42-44. − Guia Gramatical: conjunção coordenativa, p. 251. − Caderno de Atividades, p. 27.

• Aula Digital: projeção da imagem um anúncio publicitário de imprensa sobre a reciclagem.

• Realização do roteiro de leitura sobre a publicidade, em assembleia de turma, p. 45. • Diálogo com os alunos acerca dos elementos do texto publicitário. • Antecipação de sentidos através de indicadores para a leitura silenciosa. • Leitura silenciosa da crónica «Local & global» de Catarina Portas e realização do
roteiro de leitura – distinção entre facto e opinião.

• Laboratório de língua – realização e correção das atividades de Conhecimento da
Língua sobre as relações estabelecidas pelas conjunções coordenativas, pp. 48 e 49, usando o recurso Guia Gramatical.1 cimento da Língua – conjunção coordenativa.
2

Imagem de anúncio Gramática interativa
Conjunção coordenativa

• Recurso à Gramática interativa para sistematização do conteúdo de Conhe• Explicitação do TPC – atividade de escrita planificada: texto de opinião, p. 49.
TPC: Atividade de escrita planificada: texto de opinião, p. 49. Avaliação Observação direta.

Notas: 1 Consolidação: resolução dos exercícios do caderno de atividades sobre a conjunção coordenativa, p. 27. 2 O professor poderá elaborar, em conjunto com a turma, um plano de texto, que será registado no quadro e nos cadernos.

25

Unidade: Narrativa 1

PLANOS DE AULA N.OS 15 e 16
Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo:

Percurso 4 Textos/Tipologia: Narrativa na íntegra: «Parábola dos sete vimes», Trindade Coelho.

Competências Oralidade Leitura Conhecimento da Língua Conteúdos Exposição oral Narrativa na íntegra Contexto Artigo de dicionário Aceção Provérbio Parábola Conjunção subordinativa

Descritores

• Planificar o uso da palavra em função da análise da situação, das intenções de comunicação específicas e das características da audiência visada.

• Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma
obra literária: − analisar o valor expressivo dos recursos retóricos. suscitados pelos textos lidos em diferentes suportes.

• Expressar, de forma fundamentada e sustentada, pontos de vista e apreciações críticas • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. • Caracterizar relações entre diferentes categorias, lexicais e gramaticais, para identificar diversos valores semânticos na frase.

Sumário: Roteiro de leitura da narrativa integral «Parábola dos sete vimes» de Trindade Coelho: provérbio; artigo de dicionário; parábola; aceção. Laboratório de língua – relações lógicas introduzidas pelas conjunções subordinativas. Atividade de autocorreção. Preparação da atividade de oralidade – exposição oral. Atividades Recursos − Manual, pp. 50-54. − Guia Gramatical: conjunção subordinativa, pp. 251-252. − Caderno de Atividades, p. 27.

• Atividade de pré-leitura – apresentação das pistas orientadoras da leitura da narrativa
de Trindade Coelho «Parábola dos sete vimes», p. 50.

• Realização do roteiro de leitura em trabalho de pares. • Correção, no quadro, da atividade de leitura, registo no caderno diário. • Laboratório de língua – realização da atividade da página 53: «Que relações lógicas
1

estabelecem as conjunções subordinativas?».
2

• Atividade de autocorreção. • Realização dos exercícios do Caderno de Atividades da p. 27. • Diálogo com os alunos sobre a preparação da atividade de expressão oral da p. 54 que
deverá ser planificada em TPC e apresentada na aula seguinte.
3

Gramática interativa
Conjunção subordinativa

TPC: Atividade de expressão oral planificada – exposição oral, p. 54.

Avaliação Observação direta. Autoavaliação.

Notas: 1 Um dos elementos dos pares poderá registar no quadro a sua resposta, que será corrigida pela turma e pelo professor. 2 Sugere-se a projeção das respostas para que o aluno autocorrija o seu trabalho. 3 Preparação em casa, da exposição e, na aula seguinte, o professor sorteia 5 alunos para apresentarem, registando a avaliação na grelha.

26

Nota: 1 Momento de heteroavaliação: poderá ser distribuída uma grelha aos alunos. [+ –]. • Apresentação das exposições orais preparadas pelos alunos sobre valores a transmitir pelos pais aos filhos. • Caracterizar elementos inerentes à comunicação e interação discursivas. 58.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. Avaliação da expressão oral. éticos. 55-57. − Guia Gramatical: princípio de cortesia. p. • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais. − identificar pontos de vista e universos de referência. Sumário: Apresentação da atividade de expressão oral planificada pelos alunos e avaliação da mesma. • Planificar o uso da palavra em função da análise da situação. • Formação de grupos e realização da atividade de diálogo orientado. p. p. para que possam avaliar o trabalho dos diversos grupos. pp.OS 17 e 18 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. 57. • Roteiro de leitura sobre a BD «Prancha de Lucky Luke». • Usar princípios reguladores da interação verbal. estéticos. − Caderno de Atividades. 1 Grelha de heteroavaliação TPC: Realização do exercício sobre o princípio da cortesia presente no Caderno de Atividades. Conteúdos Diálogo orientado Volume Interlocutor Contexto Interação discursiva Argumento Prancha de BD Princípio da cortesia • Seguir diálogos intervindo oportuna e construtivamente. Morris & Goscinny. Roteiro de leitura da BD «Prancha de Lucky Luke – Mã Dalton». • Diálogo com os alunos sobre as apresentações. Exemplo. • Apresentação dos diálogos preparados pelos grupos . Competências Oralidade Leitura Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. Avaliação Observação direta. das intenções de comunicação específicas e das características da audiência visada. 267. Trabalho de grupo: atividade de diálogo orientado e consequente apresentação oral à turma. Realização das atividades de Conhecimento da Língua: princípio da cortesia. políticos e religiosos que perpassam nos textos. Os alunos poderão utilizar os símbolos [+]. • Realização da atividade de Conhecimento da Língua sobre o princípio da cortesia. Tabela de registo de heteroavaliação TPC Aluno/Grupo Apresenta um Usa Respeita discurso natural vocabulário o princípio e fluente apropriado da cortesia Respeita as regras do diálogo 27 . 58. p. Atividades Recursos − Manual. [–]. • Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade: − identificar temas e ideias principais.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 4 Textos/Tipologia: Banda desenhada: «Prancha de Lucky Luke – Mã Dalton».

− Guia Gramatical: determinante indefinido. 244 adjetivo relacional. 238-239. 267. pp. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. ação. classes de palavras. pronomes pessoais) Convite Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. 270 do manual. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. • Redigir textos coerentes. pp. • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade. selecionando registos e recursos verbais adequados. • Revisões dos conteúdos relativos ao modo narrativo. Atividades Recursos − Manual. conjunções. princípio de cortesia. • Indicação das páginas do Guia Gramatical a estudar. 240-241. 241. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. pp. • Utilizar. a partir da observação da síntese apresentada na p. • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. • Sistematizar processos de articulação de grupos e de frases. determinante indefinido. quantificador. 82 a 87. quantificador numeral. diálogo. quantificador. relevo das personagens. pp. p. estratégias de preparação e de planificação da escrita. p. • Apresentação da estrutura da ficha de avaliação. Revisão dos conteúdos trabalhados: texto narrativo (conto tradicional). 251. nome contável e não contável.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percursos 1 a 4 Avaliação de unidade. 251-252. p. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. Ficha de avaliação formativa. Gramática interativa Avaliação Avaliação formativa. 244. com autonomia. diálogo e monólogo. pp. • Correção da atividade de avaliação. ação. conjunção coordenativa. Esclarecimento de dúvidas sobre os conteúdos de Conhecimento da Língua: princípio da cortesia. adjetivo.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. 82-87 e 270. p. monólogo) BD Princípio da cortesia Classes de palavras (nome. Competências Oralidade – compreensão do oral Leitura Escrita Conteúdos Texto narrativo – conto tradicional (personagens.OS 19 e 20 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Realização das atividades de avaliação formativa propostas no final de unidade do manual. • Identificar relações intratextuais. Nota: 1 Compreensão oral/Leitura/Conhecimento da Língua/Expressão escrita (cf. banda desenhada. 28 . • Caracterizar elementos inerentes à comunicação e interação discursivas. Sumário: Apresentação da estrutura da ficha de avaliação1: competências a avaliar. p. Livro de Testes – Teste 1). conjunção subordinativa.

conjunções. selecionando registos e recursos verbais adequados. pronomes pessoais) Convite Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar.OS 21 e 22 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Conhecimento da Língua e Expressão escrita. • Caracterizar elementos inerentes à comunicação e interação discursivas. Sumário: Realização da ficha de avaliação: Oralidade. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. de forma fundamentada e sustentada. • Usar princípios reguladores da interação verbal. • Identificar relações intratextuais. 29 . Atividades Recursos • Distribuição das fichas de avaliação. − Livro de Testes – Teste 1. com autonomia. 1 Áudio – «Entrega de diplomas a contadores de histórias». adjetivo. • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. • Realização da ficha de avaliação (Teste 1).O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percursos 1 a 4 Teste 1. diálogo. ação. • Expressar. poderá optar-se por realizar a atividade de compreensão oral na aula seguinte de Língua Portuguesa. • Redigir textos coerentes. Avaliação Ficha de avaliação. Competências Oralidade – compreensão do oral Leitura Escrita Conteúdos Texto narrativo – conto tradicional (personagens. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. Leitura. • Audição do registo áudio «Entrega de diplomas a contadores de histórias». Nota: 1 Em função do ritmo da turma.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. determinante indefinido. monólogo) BD Princípio da cortesia Classes de palavras (nome. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. quantificador. • Utilizar. • Sistematizar processos de articulação de grupos e de frases. estratégias de preparação e de planificação da escrita de tex• Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. pontos de vista e apreciações críticas suscitados pelos textos lidos em diferentes suportes. tos.

Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. da opinião sobre a atividade (anónima) por cada aluno (gostei porque…. 30 . • Registo. o ponto de vista dos alunos face à atividade. • Redigir textos coerentes. Exemplo: − desenvolvimento da atividade de escrita a partir da imagem. Atividades Recursos • Projeção da «Atividade a partir de imagens. • Realização da atividade: o Atividades a partir de imagens.o 1. O professor poderá avaliar.2 − Guião com a proposta de escrita: imagem projetada. Avaliação Observação direta: trabalho de grupo. garantindo-se assim a partilha das histórias. • Conclusão da atividade: − formação de novos grupos. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. agora através dos símbolos presentes nos cartões.). ☺ ☺ ☺ • Criação de um espaço de partilha (uma cartolina colada na parede). estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos. selecionando registos e recursos verbais: – dar ao texto a estrutura e o formato adequados. universos no plano do imaginário. 1». de acordo com as diversas cores dos cartões. num post-it. Notas: 1 Sugere-se a recolha de um trabalho (ou vários). pontos de vista. Trabalho cooperativo. − Cartões de cores diferentes com símbolos. Competências Leitura Escrita Conteúdos Plano do texto Sequência narrativa Sequência descritiva Coerência textual Pontuação e sinais auxiliares de escrita Descritores • Utilizar. • Explicação da atividade aos alunos – leitura do guião projetado. com autonomia. Avaliação de atividade: espaço de partilha. que será colado nesse espaço de partilha. cia enquanto leitor. 2 Sugere-se a recolha dos post-it e registo das avaliações. n. • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. Todos os elementos do grupo devem registar o trabalho final numa folha. emoções. • Explorar efeitos estéticos da linguagem mobilizando saberes decorrentes da experiên- Sumário: Oficina de escrita: atividade de escrita a partir da leitura de uma ilustração de António Jorge Gonçalves. conhecimentos. n. de forma a desenvolver uma atividade de reescrita. − organização das mesas de acordo com o número de grupos.OS 23 e 24 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.o 1. n. − leitura dos textos realizados por cada elemento do novo grupo.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Atividade a partir de imagens. − divisão da turma em grupos de 4 ou 3 alunos. assim.

• Utilizar com critério as potencialidades das tecnologias da informação e comunicação nos planos da produção. • Eventual utilização das TIC para passar os textos a limpo. Avaliação da expressão escrita. Sumário: Oficina de escrita: atividade de revisão e aperfeiçoamento de texto. • Entrega e correção das fichas de avaliação.OS 25 e 26 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. os alunos poderão realizar a reescrita em suporte informático.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. estratégias de revisão e aperfeiçoamento de texto.o 1. 31 . • Utilizar. com autonomia. n. 1 Atividades a partir de imagens.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Atividade a partir de imagens. técnicas de reformulação textual. Competências Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Coerência textual Pontuação e sinais auxiliares de escrita Configuração gráfica Descritores • Utilizar. Nota: 1 Caso a Escola possua uma sala de informática que o professor possa requisitar. • Reformulação e reescrita dos trabalhos por todos os alunos . com progressiva eficácia. Entrega e correção das fichas de avaliação. Atividades Recursos • Entrega dos trabalhos resultantes da oficina de escrita a partir da imagem. revisão e edição de texto.o 1 Avaliação Observação direta. n.

• Interpretar textos com diferentes graus de complexidade: − identificar temas e ideias principais. p. p.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. • Realização da atividade de expressão oral.OS 27 e 28 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Correção da atividade de Laboratório de língua. das intenções de comunicação específicas e das características da audiência visada. Dramatização do romance tradicional – apresentação oral. 62. de modo autónomo. 60. p. 259. modos de apresentação do discurso. • Apresentação das diversas dramatizações à turma. Atividade de escrita: parágrafo de texto informativo.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 5 Textos/Tipologia: Romance tradicional: «Donzela que vai à guerra». 63. selecionar. • Realização do roteiro de leitura. • Atividade de escrita em trabalho de pares a partir de pistas de escrita – parágrafo de texto informativo. • Redação de um parágrafo a partir dos construídos pelos alunos e registo no caderno. a leitura para localizar. − identificar pontos de vista e universos de referência. p. • Explorar os processos de construção do diálogo e o modo como se pode agir através da fala. TPC: Caderno de Atividades: Vocativo. 61. • Utilizar. Avaliação da expressão oral. Atividades Recursos − Manual. • Seguir diálogos intervindo oportuna e construtivamente. • Preparação da atividade de oralidade – dramatização: formação dos pares. 59-63. Sumário: Realização do roteiro de leitura do romance tradicional «Donzela que vai à guerra» de Almeida Garrett: personagens. avaliar e organizar a informação. • Indicação das pistas para a leitura do romance tradicional «Donzela que vai à guerra» de Almeida Garrett (pp. • Sistematizar funções sintáticas ao nível da frase. 61. pp. • Laboratório de língua: «Por que razão usamos o vocativo?». p. 32 . p. dando ênfase a questões formais. 42 Avaliação Observação direta. Gramática interativa Vocativo • Leitura em voz alta das produções escritas dos alunos. − Guia Gramatical: vocativo. Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Dramatização Romance tradicional Texto informativo Romance tradicional Elementos da narrativa Argumento Vocativo Descritores • Planificar o uso da palavra em função da análise da situação.) • Leitura silenciosa ou em voz alta. Almeida Garrett. 59.

• Oficina de escrita – trabalho individual: recriação de diálogo. a leitura para localizar. sentimentos e pontos de vista suscitados pelos discursos ouvidos. • Correção do Roteiro de leitura. Roteiro de leitura e oralidade a partir do visionamento: identificação de argumentos. 42 Vídeo – cena do filme Star Wars – A ameaça fantasma Avaliação Observação direta. de modo autónomo. TPC: Caderno de Atividades: Vocativo. 64 e 65. • Realização do Roteiro de leitura sobre o filme. p. p. selecionando registos e recursos verbais adequados: − dar ao texto a estrutura e o formato adequados. • Apresentação da atividade de escrita – recriação de diálogo. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. • Manifestar ideias. 64. 33 . • Redigir textos coerentes. Atividade de escrita: construção de diálogo. conhecimentos. pp. universos no plano do imaginário. p. Verbos introdutores de diálogo. • Troca dos trabalhos entre os alunos. • Visionamento de uma cena do filme «Star Wars – a ameaça fantasma» projetado através da Aula Digital.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. • Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade. emoções. antes do visionamento do excerto fílmico. 65. selecionar.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 5 Textos/Tipologia: Excerto fílmico: «Star Wars – a ameaça fantasma». • Heteroavaliação da estrutura dos textos pelos alunos. • Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. • Utilizar. pp. verificação da presença dos vários aspetos previstos na proposta de escrita. Atividades Recursos – Manual. 64-65. Sumário: Visualização de um excerto do filme «Star Wars – a ameaça fantasma». • Apresentação das pistas de leitura. Heteroavaliação da expressão escrita.OS 29 e 30 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Excerto fílmico Argumento Diálogo escrito: verbos introdutores de diálogo Pontuação e sinais auxiliares de escrita Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. pontos de vista. avaliar e organizar a informação. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação.

») − Manual. 4. • Utilizar informação pertinente. divididos em grupos.o 2 • Apresentação oral dos parágrafos construídos pelos alunos. semelhanças ou a novidade de um texto em relação a outro. Sumário: Atividade de pré-leitura a partir das ilustrações de Daniel Lima do «Conto do rato e da doninha». de forma fundamentada e sustentada.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 6 Textos/Tipologia: Fábula: «Conto do rato e da doninha». pp. • Atividade de antecipação da leitura através das imagens que ilustram o texto: 1. pontos de vista e apreciações críticas suscitadas pelos textos lidos em diferentes suportes. 66-67. Avaliação Observação direta. chamando a atenção para as personagens referidas. em forma de enigma. os alunos poderão antecipar o que vai acontecer no conto. preparam um parágrafo. 66 e 67 «Conto do rato e da doninha. Realização do guião de antecipação da leitura. Os alunos. de apresentação do que poderia ser uma pequena sinopse do conto. n. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. n. • Distinguir diferenças. Escrita de um enigma a partir da atividade e apresentação oral à turma.OS 31 e 32 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. 2. Depois da leitura das imagens. listando cinco acontecimentos que poderiam fazer parte da ação do conto ilustrado. Apresentação do título do texto «Conto do rato e da doninha». 2» (ilustrações do texto das pp. • Expressar. 34 . Atividades Recursos o • Aula digital: projeção da «Atividade a partir de imagens. n.o 2. Competências Leitura Escrita Conteúdos Leitor Personagens Tipologia textual Contexto extraverbal Paratexto Intertexto/Intertextualidade Descritores • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais. atividades a partir de imagens. mobilizando conhecimentos pessoais. Atividades a partir de imagens. Análise das duas imagens que ilustram o conto: Que personagens estão representadas na imagem 1? O que fazem? As personagens estão paradas ou em movimento? Por que razões? Quem será a personagem que ocupa toda a imagem 2? De quem é o rosto que está representado no garfo? O que simbolizará? 3.

focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. 248. • Utilizar. As mil e uma noites. Atividades Recursos – Manual. Organização de sequências. verbo auxiliar. 245 e 248. Sumário: Roteiro de leitura da fábula «Conto do rato e da doninha» extraído de As mil e uma noites.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. pp. • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais e estéticos que perpassam nos textos. pp. • Realização da atividade de ordenação da fábula. de modo autónomo. p. para identificar diversos valores semânticos na frase. 66 e 67. a leitura para localizar. • Audição do áudio de leitura do texto. − Guia Gramatical: verbo: modo indicativo. p. lexicais e gramaticais. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade.OS 33 e 34 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. • Caracterizar relações entre diferentes categorias.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 6 Textos/Tipologia: Fábula: «Conto do rato e da doninha». de forma a verificar a ordenação efetuada pelos alunos. • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. • Realização do Roteiro de leitura da fábula. 66-69. • Realização das atividades de Laboratório de língua: «Como se organizam os acontecimentos usando os tempos do modo indicativo?». p. • Identificar recursos linguísticos utilizados. 245. 35 . Áudio • Faixa 4 Gramática interativa Verbo: flexão verbal — modo indicativo Verbo: subclasses — verbo auxiliar Avaliação Observação direta. pp. com recurso ao Guia Gramatical. Competências Leitura Conhecimento da Língua Conteúdos Ordem dos acontecimentos Fábula Personificação Verbo: modo indicativo Verbo auxiliar Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. avaliar e organizar a informação. 68. • Leitura silenciosa do texto desordenado «Conto do rato e da doninha». • Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação. selecionar. Audição da leitura. Laboratório de língua: tempos do modo indicativo e verbo auxiliar. • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias e géneros textuais.

• Partilha dos textos desenvolvidos pelos alunos: leitura em voz alta das diversas produções. pp. • Redigir textos coerentes. Atividades Recursos − Manual. com autonomia. para identifi- Sumário: Correção das atividades de Conhecimento da Língua desenvolvidas na aula anterior. estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos.1. • Oficina de escrita – realização de um relato escrito por etapas a partir da proposta da • Verificação do desenvolvimento da tarefa de escrita por parte dos alunos. 36 . 245. lexicais e gramaticais. Realização da atividade de escrita – construção de um relato escrito. Avaliação da expressão escrita.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Tempos do modo indicativo Verbo auxiliar Parágrafo Relato Sinais auxiliares de escrita Descritores • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais. 70. • Correção da atividade de Laboratório de língua iniciada na aula anterior – modo indicativo. Nota: 1 Os alunos poderão reescrever os textos para colocar num eventual portefólio individual ou de turma. • Utilizar.OS 35 e 36 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Avaliação Observação direta.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 6 Textos/Tipologia: Fábula: «Conto do rato e da doninha». 68-70. p. selecionando registos e recursos verbais adequados: − dar ao texto a estrutura e o formato adequados. • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. p. − Guia Gramatical: verbo: modo indicativo. car diversos valores semânticos na frase. • Caracterizar relações entre diferentes categorias.

com registo numa folha à parte. 70 e 71. Atividades Recursos – Manual. Áudio • Faixa 5 Avaliação Observação direta. 70-71. corrigir. • Audição de um anúncio publicitário (Generali – companhia de seguros). • Realização do roteiro de audição. Sumário: Realização da atividade «Em Sequência» do Percurso 6: roteiro de leitura do poema «Desenho rupestre» do poeta brasileiro Cassiano Ricardo.OS 37 e 38 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. para que os colegas possam. no final. 71.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. Competências Oralidade Leitura Conteúdos Recursos do texto publicitário Relações temáticas entre textos Assunto Características físicas e comportamentos de personagens Descritores • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de um texto. 37 . • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. em trabalho de pares. Cassiano Ricardo. vos da comunicação. pp. estabelecendo diferenças e semelhanças em função de diferentes categorias. Audição de um anúncio publicitário e realização do respetivo roteiro de audição. pp. tema ou tópicos. • Troca das respostas elaboradas pelos pares. • Comparar e distinguir textos. Heteroavaliação da expressão escrita. • Correção do trabalho dos colegas com a orientação do professor. p. focando a atenção no objeto e nos objeti• Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade: − identificar o assunto. − identificar elementos de persuasão. − fazer inferências e deduções.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 6 Textos/Tipologia: Poema: «Desenho rupestre». • Realização do roteiro de leitura do poema «Desenho rupestre» do poeta brasileiro Cassiano Ricardo.

OS 39 e 40 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. narrador e descrição. TPC: Realização da questão n. Competências Oralidade Leitura Conteúdos Assunto Ação (ordem dos acontecimentos) Elementos da narrativa (espaço.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 7 Textos/Tipologia: Narrativa na íntegra «Jesus». • Expressar. • Identificar relações intratextuais. O professor poderá indicar a síntese presente na p. 74. para apresentar à turma na aula seguinte. pp. − analisar o valor expressivo dos recursos retóricos. de forma fundamentada e sustentada. Miguel Torga. ação. espaço. 270 do Manual. descrição) Antítese Artigo de dicionário Descritores • Analisar os paratextos para contextualizar e antecipar o conteúdo de uma obra. • Troca de ideias entre professor e alunos a partir das dúvidas de vocabulário.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. • Diálogo sobre o autor – observação da informação paratextual na margem do livro. • Correção do trabalho desenvolvido pelos alunos. referente ao modo narrativo. pontos de vista e apreciações críticas Sumário: Atividade de antecipação da leitura do conto «Jesus» de Miguel Torga. narrador. − analisar as relações entre os diversos modos de representação do discurso. p. 74 do manual. 38 . Atividades Recursos − Manual. Visualização de uma animação do conto. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. • Diálogo com os alunos a partir da atividade de pré-leitura do conto «Jesus» de Miguel Torga. Realização do Roteiro de leitura. 72-74 e p. p.o 5 do Roteiro de leitura sobre o conto de Miguel Torga «Jesus». 1 Animação do conto «Jesus» Avaliação Observação direta. como recurso de estudo a utilizar pelos alunos. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária: − analisar o ponto de vista das personagens.1. • Leitura silenciosa do conto. • Realização do Roteiro de leitura até à questão 4. suscitados pelos textos lidos em diferentes suportes. • Aula Digital: visionamento da animação do conto. 270.1 Nota: 1 Os alunos poderão recolher imagens de espaços em suporte informático. Atividade a partir da leitura de um artigo de dicionário.

Competências Descritores Leitura Conhecimento da Língua Conteúdos Modo narrativo Acontecimentos Descrição Tempo Nome Pronome relativo • Explorar processos de apropriação e de (re)criação de texto narrativo.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. 5 do Roteiro de leitura do conto «Jesus» de Miguel Torga. pp. Miguel Torga. 75. • Conclusão da atividade iniciada na aula anterior – Roteiro de leitura da narrativa na O íntegra «Jesus». Avaliação Observação direta. Sumário: Conclusão do Roteiro de leitura a partir do conto de Miguel Torga. • Caracterizar os diferentes modos e géneros literários. p. • Correção do trabalho desenvolvido pelos alunos. • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades.OS 41 e 42 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. p. 72 a 75. 242. • Correção do TPC – questão n. «Jesus»: o modo narrativo (tempo). – Guia Gramatical: pronome relativo. p. pp. 74 e 75. Atividades Recursos – Manual. Atividade de Conhecimento da Língua: o pronome relativo «que». • Caracterizar relações entre diferentes categorias. com recurso ao Guia Gramatical. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. para identificar diversos valores semânticos na frase. no plano do imaginário individual e coletivo. lexicais e gramaticais.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 7 Textos/Tipologia: Narrativa na íntegra: «Jesus». 39 . • Laboratório de língua «Quando é que a palavra que é um pronome relativo?». • Valorizar uma obra enquanto objeto simbólico. 242.

• Revisões. Atividades Recursos − Manual. • Explorar a criação de novas configurações textuais. Miguel Torga. do livro de Luís Sepúlveda. pp. Exercício de escrita: construção do retrato de um animal. p. 77.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 7 Textos/Tipologia: Em sequência «Segredo». Heteroavaliação da expressão escrita. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. • Atividade de interação verbal entre os alunos. • Registo no caderno da informação referente ao recurso expressivo anáfora. em vários textos. pontos de vista. 76. conhecimentos.OS 43 e 44 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Preparação para a ficha de avaliação. formais ou de sentido. tos e sobre as suas especificidades. nos tempos livres. emoções. Testes interativos – Narrativa 1 – teste A. C e D Avaliação Observação direta. • Realização da atividade de intertextualidade a partir do conto «Jesus» e o poema «Segredo» de Miguel Torga. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. p. • Identificar relações. 40 . • Leitura dos retratos dos animais elaborados por cada aluno. História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Modo lírico Intertextualidade/ relações temáticas entre textos Anáfora Retrato Descritores • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. universos no plano do imaginário. B. 76-77. mediada pelo professor. • Realização dos testes interativos – Aula Digital. abrindo redes intertextuais. Avaliação de unidade. Revisões: preparação para a ficha de avaliação. mobilizando a reflexão sobre os tex• Respeitar as regras da pontuação e sinais auxiliares da escrita. Sumário: Atividade de intertextualidade a partir do conto «Jesus» e do poema «Segredo» de Miguel Torga: Retrato.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. TPC: Relembrar: leitura. • Realização da atividade de escrita por etapas – construção de um retrato de um animal. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral.

− explicitar o sentido global do texto. − fazer inferências e deduções.OS 45 e 46 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. pontos de vista. Interpretar textos com diferentes graus de complexidade: − identificar temas e ideias principais. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. 1 Áudio – «Lendas e calendas» Avaliação Ficha de avaliação. Nota: 1 Em função do ritmo da turma. − identificar pontos de vista e universos de referência.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percursos 5 a 7 Teste 2. • Audição do registo áudio «Lendas e calendas». • Realização da segunda ficha de avaliação da primeira unidade (Teste 2). universos no plano do imaginário. Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras. Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. Sumário: Realização da ficha de avaliação. • Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade: Conteúdos Modo narrativo (ação. Expressar. ordenação de acontecimentos tempo. Sistematizar funções sintáticas ao nível da frase. Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. Redigir textos coerentes. personagens) Artigo de dicionário Nome Pronome relativo Tempos verbais do indicativo Sujeito Vocativo Diálogo Identificar o assunto. poderá optar-se por realizar a atividade de compreensão oral na aula seguinte. − identificar recursos linguísticos utilizados. 41 . emoções. conhecimentos. tema ou tópicos. − identificar elementos de persuasão. Atividades Recursos − Livro de Testes – Teste 2. de forma fundamentada e sustentada. pontos de vista e apreciações críticas suscitados pelos textos lidos em diferentes suportes. selecionando registos e recursos verbais adequados: − dar ao texto a estrutura e o formato adequados.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N.

Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N. 80. poético ou outro.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 7 Textos/Tipologia: Guião de leitura da narrativa integral História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. • Formação de grupos e início das atividades propostas no guião. Luís Sepúlveda. • Valorizar uma obra enquanto objeto simbólico. História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. Avaliação do trabalho em grupo. • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias e géneros textuais. 78 e 79.OS 47 e 48 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. 80-81. − Obra integral História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. tivo. no plano do imaginário individual e cole- Sumário: Início do Guião de leitura de narrativa integral. Nota: 1 O professor poderá dividir as questões pelos vários grupos. Luís Sepúlveda. Competências Oralidade Leitura Escrita Conteúdos Modo narrativo Ação Acontecimentos Espaço Narrador Personagens Descritores • Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação.1 TPC: Os alunos poderão passar em suporte informático os resultados do trabalho para apresentar à turma. de Luís Sepúlveda: observação dos elementos paratextuais. Formação de grupos – realização do Guião de leitura. pp. • Explorar processos de apropriação e de (re)criação de texto narrativo. • Observação dos elementos paratextuais da obra completa História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. p. como reação pessoal à leitura de uma obra integral. Atividades Recursos − Manual. • Analisar os paratextos para contextualizar e antecipar o conteúdo de uma obra. 42 . • Caracterizar os diferentes modos e géneros literários. Avaliação Observação direta. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. • Diálogo com os alunos sobre a leitura da obra e discussão das atividades realizadas durante e após a leitura. pp.

na sequência do estudo da obra integral. de Luís Sepúlveda. pp. de Luís Sepúlveda. 80-81. 43 . História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. estéticos. Luís Sepúlveda. éticos. • Apresentação oral.OS 49 e 50 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Luís Sepúlveda. Heteroavaliação da expressão escrita. Apresentação à turma do trabalho desenvolvido pelos grupos. • Conclusão das atividades de grupos a partir do guião de leitura da obra integral História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. • Comparar e distinguir textos.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Textos/Tipologia: Guião de leitura: narrativa integral. TPC: Realização de uma das propostas de escrita sugeridas na p. por um porta-voz do grupo. Nota: 1 O professor poderá dividir as questões pelos vários grupos. Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Modo narrativo Ação Acontecimentos Espaço Narrador Personagens Descritores • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais. Avaliação Observação direta. − Obra integral História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. estabelecendo diferenças e semelhanças em função de Sumário: Conclusão dos trabalhos de grupo a partir do guião da obra História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. do trabalho efetuado. diferentes categorias. 81. Atividades Recursos − Manual. políticos e religiosos que perpassam nos textos.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N.

adequando as estratégias discursivas às funções e aos objetivos visados que perpassam nos textos. diferentes categorias. de Luís Sepúlveda.Unidade: Narrativa 1 PLANOS DE AULA N.OS 51 e 52 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. éticos. pp. Atividades Recursos − Manual. • Entrega e correção dos testes de avaliação. Competências Oralidade Leitura Conteúdos Modo narrativo Ação Acontecimentos Espaço Narrador Personagens Descritores • Assumir diferentes papéis em situações de comunicação. estéticos. 80-81. de Luís Sepúlveda Entrega e correção do teste. estabelecendo diferenças e semelhanças em função de Sumário: Apresentação oral dos trabalhos de grupo a propósito do estudo da obra História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. do trabalho efetuado a propósito do estudo da obra História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar . • Apresentação oral. Avaliação Autoavaliação. • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais. • Autoavaliação do trabalho desenvolvido ao longo da unidade.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Textos/Tipologia: Guião de leitura da narrativa integral História de uma gaivota e do gato que a ensinou a voar. Luís Sepúlveda. por um porta-voz do grupo. políticos e religiosos • Comparar e distinguir textos. 44 .

• Diálogo mediado pelo professor a partir do conto. • Sistematizar propriedades da língua padrão. • Realização das atividades de Conhecimento da Língua «Que exemplos podemos apontar da influência entre as variedades africanas e o português europeu?». pp. • Leitura silenciosa do conto do escritor angolano Ondjaki «Nós Chorámos pelo Cão Tinhoso». • Explicitação do TPC – atividade de Conhecimento da Língua sobre o advérbio. selecionar. selecionando registos adequados. • Redigir textos coerentes. 3.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Unidade: Narrativa 2 Percurso 1 Textos/Tipologia: Narrativa na íntegra «Nós chorámos pelo Cão Tinhoso». 90 a 93. Realização da «Atividade a partir de imagens.PLANOS DE AULA N. n. Atividades Recursos − Manual.1 Nota: 1 Para desenvolver o TPC. • Reconhecer especificidades lexicais e sintáticas nas variantes do português não-europeu. 96. o aluno poderá recorrer ao Guia Gramatical. n. Competências Oralidade Leitura Conhecimento da Língua Escrita Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. 249. 96 do manual. Atividade de Laboratório de língua: variedades africanas e português europeu. 249.o 3 • Desenvolvimento da atividade a partir de imagens. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária. TPC: Atividade de Conhecimento da Língua «Que ideias introduzem os advérbios relativamente ao verbo?». n. p.o 3. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. p. Atividade a partir de imagens. − Guia Gramatical: variedade. registo no caderno. Avaliação Observação direta. a leitura para localizar.OS 53 e 54 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. pp. Conteúdos Narrativa Personagem Narrador Variedades africanas • Analisar os paratextos para contextualizar e antecipar o conteúdo de uma obra. Ondjaki. o Atividade a partir de imagens. 234-235. 95. p. • Utilizar. • Correção do Roteiro de leitura. • Roteiro de leitura do conto em trabalho de pares. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. 90-95. p.o 3». • Leitura em voz alta e esclarecimento de dúvidas relativamente ao vocabulário. de modo autónomo. pág. n. avaliar e organizar a informação. Sumário: Leitura integral do conto do escritor angolano Ondjaki «Nós chorámos pelo Cão Tinhoso» e realização do respetivo Roteiro de leitura. advérbio de predicado. pp. 45 .

• Produzir textos orais adaptados às situações e finalidades de comunicação. p.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. 97-99. Sumário: Correção do TPC e sistematização das ideias introduzidas pelos advérbios. • Organizar o discurso.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 1 Textos/Tipologia: Em sequência: cartaz «Nós matámos o Cão Tinhoso». pp. • Planificação e realização da atividade de oralidade por etapas: construção de uma apreciação crítica. • Utilizar.OS 55 e 56 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. − Guia Gramatical: advérbio de predicado. 46 . texto jornalístico. Imagem – cartazes Gramática interativa Advérbio • Apresentação oral à turma das apreciações críticas realizadas pelos alunos. Nota: 1 O professor poderá selecionar alguns alunos para reproduzirem perante a turma a atividade de expressão oral. • Correção da atividade de Roteiro de leitura. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. caso o tempo se revele insuficiente para que todos possam realizar a apresentação. selecionar. • Correção do TPC sobre o advérbio de predicado e sistematização do conteúdo através do recurso à Gramática interativa. pp. Competências Oralidade Leitura Conhecimento da Língua Conteúdos Apreciação crítica Cartaz Notícia Relações temáticas entre textos Advérbio Descritores • Planificar o uso da palavra em função da análise da situação e das intenções de comunicação específicas. • Aula Digital: projeção de diversos cartazes e observação por parte dos alunos. 97 a 99. utilizando recursos verbais e não verbais com um grau de complexidade adequado às situações de comunicação. assegurando a progressão de ideias e a sua hierarquização. • Realização do Roteiro de leitura a partir do cartaz e da notícia a propósito da encenação do conto de Ondjaki. DN Cartaz. intitulada «Nós matámos o Cão Tinhoso». avaliar e organizar a informação. Realização do Roteiro de leitura: cartaz e notícia da peça «Nós matámos o Cão Tinhoso». • Identificar relações intratextuais. Teatro O Bando. 99. • Usar da palavra com fluência e correção. • Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. Notícia de imprensa escrita. 249. a leitura para localizar. Atividade planificada de oralidade a partir da observação de cartazes: apreciação crítica. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. posta em cena pelo Teatro O Bando. Atividades Recursos − Manual. de modo autónomo. Observação direta. 1 Avaliação Avaliação da expressão oral – construir. • Escolha do cartaz para a realização do Roteiro de leitura e oralidade da p. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. Relações de intertextualidade.

Realização do respetivo Roteiro de leitura. pp. • Correção das atividades realizadas em laboratório de língua. seguir uma orientação e selecionar um percurso de leitura adequado. Competências Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Relevo e caracterização de personagens Tempo Espaço Onomatopeia Campo lexical Preposição Grupos de frase Descritores • Definir uma intenção. 39-40. grupos de frase. pp. pp. Atividades Recursos − Manual. 257-258. 100-106. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária: − analisar o ponto de vista (narrador. − Guia Gramatical: preposição. 250. Laboratório de língua: preposição e grupos da frase. «Que grupos podem acompanhar o verbo no grupo verbal?». • Realização do Roteiro de leitura da narrativa «A fonte da paciência» e respetiva corre• Laboratório de língua a partir das questões: «Para que servem as preposições?». pontos de vista e apreciações críticas suscitados pelos textos lidos • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. de forma fundamentada e sustentada. • Sistematizar os constituintes principais da frase e respetiva composição. • Expressar. − Caderno de Atividades: pp.OS 57 e 58 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. ção. TPC: Caderno de Atividades – grupos de frase. • Caracterizar os diferentes modos e géneros literários.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 2 Textos/Tipologia: Narrativa na íntegra: «A fonte da paciência». «Quais são os principais grupos constituintes de uma frase?».Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. com recurso à autocorreção. • Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas. Gramática interativa Preposição Grupos de frase Avaliação Observação direta. Fernando Campos. pp. − analisar o valor expressivo dos recursos retóricos. • Aula Digital: sistematização dos conteúdos de Conhecimento da Língua trabalhados em laboratório. 39-40. − identificar marcas de enunciação e de subjetividade. p. personagens). pp. 105-106 do manual. • Audição do áudio – faixa 6: leitura da narrativa de Fernando Campos «A fonte da paciência» em simultâneo com a leitura silenciosa do texto. Aula Digital: sistematização. 47 . 100 a 103 do manual. • Sistematizar processos sintáticos. Sumário: Audição da leitura da narrativa de Fernando Campos «A fonte da paciência».

48 . 109: construção de uma narrativa na primeira pessoa.OS 59 e 60 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. 107-109.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 2 Textos/Tipologia: Em sequência: guião e excerto de série televisiva. Atividades Recursos − Manual. • Leitura silenciosa do guião da série televisiva Conta-me como foi. pontos de vista.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. • Assumir diferentes papéis em situações de comunicação. Avaliação Observação direta. Conta-me como foi. conhecimentos. • Diálogo mediado pelo professor: comparação entre as leituras encenadas e o excerto visualizado. • Apresentação das leituras encenadas pelos diversos grupos. • Visualização do vídeo correspondente ao excerto da série televisiva Conta-me como Vídeo – Conta-me como foi foi. Visualização do excerto da série – Aula Digital. • Redigir textos coerentes. Sumário: Leitura de um excerto do guião da série televisiva Conta-me como foi. universos no plano do imaginário. • Momento de partilha: leitura dos textos elaborados pelos alunos. • Distinguir diferentes intencionalidades comunicativas. selecionando registos e recursos verbais adequados. • Divisão da turma em grupos e preparação da leitura encenada. • Realização da atividade de escrita da p. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Gesto Movimento Entoação Narrativa Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. • Reproduzir o material ouvido recorrendo a técnicas de reformulação. Realização do guião de leitura e oralidade: leitura encenada. Avaliação do oral – leitura encenada. pp. adequando as estratégias discursivas às funções e aos objetivos visados. • Identificar os diferentes tipos e géneros presentes no discurso oral. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. emoções.

263. 110-113. 112 e respetiva correção.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. Atividades Recursos − Manual.1 de concordância. − Guia Gramatical: tipos de sujeito. concordância sujeito composto-verbo. narrador e espaço. • Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas. Laboratório de língua: tipos de sujeito. • Leitura em voz alta do excerto narrativo «Na segunda-feira vou contigo» de Patrick Süskind». Identificação de recursos expressivos: enumeração. pp. recorrendo à Gramática interativa.OS 61 e 62 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Aula Digital: sistematização dos conteúdos relativos aos tipos de sujeito e processos Gramática interativa Funções sintáticas ao nível da frase: sujeito (tipos) Processos de concordância Avaliação Observação direta. 49 . • Laboratório de língua em trabalho de grupo: «Que tipos de sujeito existem?» e «Que acontece ao verbo quando o sujeito tem mais de um elemento?». • Detetar diferentes configurações da função sintática de sujeito. 110 e 111: retrato de personagem. concordância sujeito composto-verbo. Patrick Süskind. Heterocorreção. • Realização do Roteiro de leitura da p. • Sistematizar processos sintáticos. p. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 3 Textos/Tipologia: Excerto narrativo: «Na segunda-feira vou contigo». Nota: 1 O professor poderá fornecer a correção do exercício aos grupos. Sumário: Leitura do excerto narrativo «Na segunda-feira vou contigo» da autoria de Patrick Süskind. pp. 259. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Excerto narrativo Assunto Retrato de personagem Narrador Espaço Enumeração Tipos de sujeito Concordância sujeito composto Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. de forma a que os alunos troquem as respostas entre si possam proceder à heterocorreção dos trabalhos dos colegas. • Observação da ilustração de António Jorge Gonçalves: troca de impressões. p.

114-115. 114.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 3 Textos/Tipologia: Em sequência: excerto jornalístico. • Utilizar procedimentos para clarificar.OS 63 e 64 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. numa folha à parte. Atividades Recursos − Manual. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. tratar e reter a informação. registar. • Realização do roteiro de audição da p. Sumário: Realização do roteiro de audição a partir de um excerto radiofónico. • Laboratório de língua – conectores discursivos: «Quando usamos palavras para ligar as nossas ideias que relações podemos estabelecer?» com recurso à Aula Digital. 268. 50 . • Audição de um excerto radiofónico intitulado «Limpar Portugal». • Distinguir diferentes intencionalidades comunicativas. «Limpar Portugal». Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Assunto Referências temporais Conectores discursivos Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. a partir do texto ouvido. TSF. pp. p. • Troca das respostas ao roteiro de audição e heterocorreção.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. − Guia Gramatical: conectores discursivos. • Sistematizar processos de articulação de grupos e de frases. Reportagem radiofónica. • Correção das atividades sobre Conhecimento da Língua e esclarecimento de dúvidas TPC: Exercício da página 60 do Caderno de Atividades sobre os conectores discursivos. Áudio • Faixa 7 : «Limpar Portugal» Gramática interativa Conectores discursivos Avaliação Observação direta. • Distinguir processos sintáticos de articulação entre frases complexas. Laboratório de língua sobre conectores discursivos.

fun1 ções sintáticas. p. de Afonso Cruz. emoções. através do porta-voz. pp. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. Realização das atividades de Conhecimento da Língua das pp. TPC: Atividade de escrita: narrativa. • Constituição de grupos de trabalho para a realização do Laboratório de língua. conhecimentos. de Afonso Cruz e realização da atividade de pré-leitura. Gramática interativa Paratextos Funções sintáticas – predicado (complemento e modificador) Verbo principal Avaliação Observação direta. Afonso Cruz. comparação e metáfora. Tabela de registo de dificuldades Conhecimento da Língua – Registo de dificuldades Tive dificuldade Exercício 1. Competências Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Paratextos Elementos da narrativa Eufemismo Comparação Metáfora Complementos Modificador Verbo principal Descritores • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária. 2. pontos de vista. • Realização do Roteiro de leitura em assembleia de turma.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 4 Textos/Tipologia: Sinopse / excerto narrativo: Os livros que devoraram o meu pai. − Guia Gramatical: funções sintáticas: predicado (complemento e modificador). • Registo no caderno da definição de eufemismo.OS 65 e 66 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. 259-260. • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto narrativo. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. pp. Sumário: Atividade de pré-leitura a partir da observação dos paratextos do livro Os livros que devoraram o meu pai. Leitura da sinopse.. • Sistematizar processos sintáticos. 120-121: complementos e modificador. etc. pp. • Leitura silenciosa dos capítulos I e II do livro. 120-121.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. • Partilha das respostas elaboradas pelos grupos. 117-121. Roteiro de leitura a partir da leitura de dois capítulos da obra. universos no plano do imaginário. • Eleição de um porta-voz do grupo. Não tive dificuldade 51 . No final da atividade os alunos poderão registar as dificuldades na tabela. Atividades Recursos − Manual. 116. • Sistematizar os constituintes principais da frase e respetiva composição. • Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. 117-118. p. pp. Notas: 1 O professor poderá criar com os alunos um glossário de recursos expressivos que estes irão formalizando em formato digital. • Observação dos paratextos do livro Os livros que devoraram o meu pai. 120.

• Realização da atividade de Conhecimento da Língua: «Porque é que os pronomes pessoais têm tantas formas?». registar. • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. 123. Entrevista vídeo: entrevista a Afonso Cruz. variação em caso. para além de outros dois de acesso exclusivo do professor. que poderão ser projetados na aula de revisões. • Utilizar procedimentos para clarificar. 243. 123. Competências Leitura Oralidade Conhecimento da Língua Conteúdos Características do texto jornalístico Relações temáticas entre textos Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. 52 . • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias textuais. • Realização do teste interativo e respetiva correção . «Brincando aos clássicos». Nota: 1 O aluno tem à sua disposição dois testes interativos para cada unidade. p. Sumário: Leitura do excerto jornalístico do jornal Público «Brincando aos clássicos»: características desta tipologia textual. • Sistematizar propriedades distintivas de classes e subclasses de palavras.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 4 Textos/Tipologia: Em sequência: excerto narrativo. p. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. vista. Realização da atividade de Conhecimento da Língua sobre pronomes pessoais. p. Avaliação formativa. 122. • Sistematização das características do texto jornalístico a partir da leitura do excerto «Brincando aos clássicos». pp. p. 123.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. Vídeo – entrevista a Afonso Cruz Gramática interativa Pronome: variação em caso 1 • Preparação para a ficha de avaliação: esclarecimento de dúvidas. • Distinguir diferentes intencionalidades comunicativas. p. Avaliação de unidade. • Visualização do vídeo da entrevista a Afonso Cruz e reconstituição do guião de entre• Correção do Roteiro de leitura e oralidade. − Guia Gramatical: pronomes pessoais: variação em caso. TPC: O aluno poderá realizar os dois testes interativos à sua disposição.OS 67 e 68 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Teste interativo Avaliação Observação direta. tratar e reter a informação. Esclarecimento de dúvidas: preparação para a ficha de avaliação. Atividades Recursos − Manual. 122. • Partilha de escritos: leitura em voz alta de alguns textos construídos em trabalho de casa. 123. Roteiro de leitura a partir da visualização de um vídeo: entrevista a Afonso Cruz. Público .

Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Relações temáticas entre textos Anáfora Antítese Personificação Eufemismo Narrador Personagem Advérbio Preposição Contração Tipos de sujeito Grupos da frase Texto narrativo Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. de forma fundamentada e sustentada.OS 69 e 70 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Realização da ficha de avaliação (Teste 3). a leitura para localizar. Sumário: Realização da ficha de avaliação: Oralidade.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. Nota: 1 O grupo I – Oralidade – poderá ser realizado numa aula anterior ou a seguir ao teste. • Distribuição das fichas de avaliação. Leitura. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária. • Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade. de modo autónomo. Conhecimento da Língua e Expressão escrita. 1 Áudio: «Entrevista: Ondjaki comemora 10 anos de carreira» Avaliação Ficha de avaliação. • Utilizar. selecionar. • Expressar. Atividades Recursos − Livro de testes – Teste 3. • Caracterizar os diferentes modos e géneros literários. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. avaliar e organizar a informação. 53 . pontos de vista e apreciações críticas suscitados pelos textos lidos • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. de acordo com as especificidades da turma.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 4 Teste 3. • Audição do registo áudio.

124 e 125. 29. p. Nota: 1 O professor poderá planificar uma exposição a partir dos livros imaginários realizados pelos alunos. • Aplicar as regras de utilização do pronome pessoal átono. • Definir uma intenção. seguir uma orientação e selecionar um percurso de leitura adequado. TPC: Exercício do Caderno de Atividades – colocação do pronome pessoal átono. • Leitura em voz alta do excerto narrativo «O mistério da casa abandonada». • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. • Realização do Roteiro de leitura: ação e descrição do espaço. p. − Manual. Gramática interativa Variedade geográfica Variedade brasileira • Laboratório de língua – «Como coloco o pronome pessoal átono?». p. 126-128.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 5 Textos/Tipologia: Excerto narrativo: «O mistério da casa abandonada». • Valorizar uma obra enquanto objeto simbólico. p. pp. Atividades Recursos 1 • Apresentação do projeto «Livros Imaginários». 54 . 129. 124-131. • Sistematizar propriedades da língua padrão. • Audição da faixa 8 do áudio e realização da atividade de Conhecimento da Língua «Que exemplos mostram diferenças entre o português do Brasil e o português europeu?». pp. pp. Competências Oralidade Leitura Conhecimento da Língua Conteúdos Ação Descrição do espaço Variedade brasileira Pronomes pessoais átonos Descritores • Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação.OS 71 e 72 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. aberto e em elaboração contínua • Reconhecer especificidades lexicais e sintáticas nas variantes do português não-europeu. • Reconhecer a língua como sistema dinâmico. retirado da obra do autor brasileiro Fernando Sabino O menino no espelho.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. − Guia Gramatical: variedade brasileira. Fernando Sabino. a partir de um excerto do livro O menino no espelho do autor brasileiro Fernando Sabino: descrição do espaço. • Caracterizar os diferentes modos e géneros literários. 234. no plano do imaginário individual e coletivo. 130. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. Sumário: Realização do Roteiro de leitura. Laboratório de língua: o pronome pessoal átono. Roteiro de audição: a variedade brasileira. Avaliação Observação direta.

O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 5 Textos/Tipologia: Em sequência: excerto fílmico. Nota: 1 Os textos poderão ser reescritos. Sumário: Visionamento de um excerto do filme Uma aventura na casa assombrada e realização de um Roteiro de leitura e oralidade. • Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Espaço Comportamento de personagens Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. 1 Vídeo – Uma aventura na casa assombrada Avaliação Observação direta. registar. tratar e reter a informação. 132. em formato digital. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. 132-133. 55 . • Utilizar os recursos tecnológicos para desenvolver projetos e circuitos de comunicação escrita. Avaliação da expressão escrita. • Distinguir diferentes intencionalidades comunicativas. Atividades Recursos − Manual. Cena de Uma aventura na casa assombrada. • Visionamento de um excerto do filme Uma aventura na casa assombrada. p. • Realização de uma oficina de escrita por etapas a partir do roteiro da pág. em trabalho de pares. • Partilha oral dos textos construídos pelos alunos . antes de serem expostos na sala de aula. Oficina de escrita – trabalho de pares – descrição escrita. pp.OS 73 e 74 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. p. • Utilizar procedimentos para clarificar. • Elaboração do Roteiro de leitura e oralidade. após correção. 132: espaço e comportamento de personagens. 133.

com autonomia. • Realização. pp.o 4 Avaliação Observação direta. 56 . personagens. • Utilizar. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Relevo e comportamento de personagens (tipos sociais) Ação principal e secundária Espaço Carta Descritores • Analisar os paratextos para contextualizar e antecipar o conteúdo de uma obra. Audição e leitura do conto de Mário de Carvalho «O tombo da Lua» e realização do Roteiro de leitura: ação principal e ação secundária.OS 75 e 76 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Narrativa na íntegra. − Guia Gramatical: registos de língua/ formas de tratamento. n. tipos sociais. n. • Selecionar tipos e formatos de textos adequados a intencionalidades e contextos específicos. • Caracterizar elementos inerentes à comunicação e interação discursivas. • Utilizar. 139 – registos de língua e formas de tratamento. 135. 135 – pré-leitura e escrita. Projeção da atividade a partir de imagens. estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos. 4. Mário de Carvalho. Atividades Recursos o • Projeção. p. «O tombo da Lua». p. • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. n. 4: ilustração de Daniel Lima a partir do o − Manual.o 4. n. p. 134-139. pp. através da Aula Digital. com recurso ao Guia Gramatical. com autonomia.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 6 Textos/Tipologia: Actividade a partir de imagens. estratégias de revisão e aperfeiçoamento de texto.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. • Explicação do TPC. • Leitura silenciosa e audição do conto «O tombo da Lua» de Mário de Carvalho. espaço. Sumário: Realização da atividade a partir de imagens. técnicas de reformulação textual. • Utilizar. conto de Mário de Carvalho «O tombo da Lua». 235. n. • Realização da atividade a partir de imagens. do Roteiro de leitura do conto. 137 e 138. da atividade a partir de imagens. p.o 4. • Utilizar a escrita para estruturar o pensamento e sistematizar conhecimentos. em trabalho de pares. 139. • Troca de impressões sobre o vocabulário. • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto narrativo. com progressiva eficácia. TPC: Realização do exercício de Conhecimento da Língua da p. • Correção do trabalho de Roteiro de leitura realizado.

O princípio da cooperação. 140-141. • Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade. • Visionamento de um sketch televisivo e realização do Roteiro de leitura da p. Gramática interativa Registo formal e registo informal Formas de tratamento Princípio da cooperação Avaliação Observação direta. 140. Gato Fedorento. • Caracterizar elementos inerentes à comunicação e interação discursivas. pp. Laboratório de língua: «Como identificamos as orações coordenadas?» Roteiro de leitura e audição a partir de um sketch televisivo. p. Sketch. • Caracterizar elementos inerentes à comunicação e interação discursivas. • Sistematização do conteúdo sobre registos de língua e formas de tratamento através da Aula Digital. princípio da cooperação.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 6 Textos/Tipologia: Em sequência: sketch televisivo. Competências Leitura Oralidade Conhecimento da Língua Conteúdos Caracterização e comportamento de personagens (tipos sociais) Interlocutor Registos de língua/formas de tratamento Orações coordenadas Descritores • Caracterizar propriedades de diferenciação e variação linguística. − Guia Gramatical: orações coordenadas. 267. exercício de Conhecimento da Língua da p.OS 77 e 78 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. TPC: Realização dos exercícios do Caderno de Atividades sobre o princípio da cooperação e o princípio da cortesia. 57 . • Realização da atividade de Conhecimento da Língua sobre o princípio da cooperação. • Correção do trabalho de casa. p. nadas?». Atividades Recursos − Manual. • Laboratório de língua em trabalho de pares: «Como identificamos as orações coorde• Correção do trabalho desenvolvido sobre as orações coordenadas. pp. 139. 58-59. • Distinguir processos sintáticos de articulação entre frases complexas.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. 141. p. Sumário: Correção do trabalho de casa sobre os registos de língua e formas de tratamento. reconhecendo o papel da língua padrão. 263. • Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. • Usar princípios reguladores da interação verbal.

• Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. avaliar e organizar a informação. Realização de um Roteiro de leitura a partir de um excerto da narrativa: narrador subjetivo/objetivo. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. • Utilizar. 142. Avaliação Observação direta. • Identificar relações intratextuais. p. 264. Sumário: Atividade de pré-leitura a partir do título da obra de José Gomes Ferreira «As aventuras de João Sem Medo». • Atividade de pré-leitura do excerto narrativo de «As aventuras de João Sem Medo». rativa. José Gomes Ferreira. 142-145. Gramática interativa Orações subordinadas • Sistematização no caderno diário dos conteúdos de Conhecimento da Língua sobre as orações subordinadas. 142-144 e correção do trabalho desenvolvido. Gramática inte• Realização das atividades de Conhecimento da Língua das pp.OS 79 e 80 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. pp. 144 e 145 sobre as orações subordinadas. • Distinguir processos sintáticos de articulação entre frases complexas.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 7 Textos/Tipologia: Excerto narrativo: «As aventuras de João Sem Medo». de modo autónomo. • Aula Digital: projeção do conteúdo Frase complexa – subordinação.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. − Guia Gramatical: orações subordinadas. Competências Leitura Conhecimento da Língua Conteúdos Espaço físico Personagem coletiva Narrador (subjetivo/objetivo) Orações subordinadas Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. Laboratório de língua: as orações subordinadas. 58 . Atividades Recursos − Manual. pp. p. • Realização do Roteiro de leitura a partir do excerto. selecionar. a leitura para localizar.

Construção escrita de um aviso. Notícia televisiva. 266. • Utilizar a escrita para estruturar o pensamento e sistematizar conhecimentos.OS 81 e 82 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Laboratório de língua sobre a utilização do modo imperativo e os atos de fala. atos de fala. Atividades de Conhecimento da Língua: modo imperativo. ção de um aviso. Sumário: Realização de um Roteiro de leitura e oralidade a partir da visualização de um vídeo. • Identificar diferentes atos de fala. atos de fala. Atividades Recursos − Manual. 147.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 7 Textos/Tipologia: Em sequência: excerto jornalístico. Correção da atividade. • Aula Digital: visionamento de um vídeo e realização do Roteiro de leitura e oralidade. com autonomia. 146-147. • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. 146-147. Aviso. p.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. p. pp. 246. Vídeo – «Arribas perigosas» Gramática interativa Verbo: flexão verbal – modo imperativo Atos de fala Avaliação Observação direta. • Selecionar tipos e formatos de textos adequados a intencionalidades e contextos específicos. • Sistematização dos conteúdos de Conhecimento da Língua abordados a partir do recurso à Gramática interativa. • Realização da atividade de escrita para expressar e construir conhecimento: elabora• Troca dos avisos construídos pelos alunos e respetiva correção pelos pares: cumprimento das etapas de escrita. − Guia Gramatical: verbo – modo imperativo. estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Notícia Aviso Verbo: modo imperativo Atos de fala Descritores • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. 146. 59 . p. • Utilizar. pp. p.

C e D Avaliação Observação direta. Sumário: Realização da avaliação final de unidade: preparação para a ficha de avaliação. Atividades Recursos − Manual. Conteúdos Modo narrativo Ação Tempo Espaço Personagem Narrador Metáfora Princípio da cooperação Advérbio Grupos de frase Tipos de sujeito Concordância Registo de língua Funções sintáticas Atos de fala Orações coordenadas Orações subordinadas • Identificar relações intratextuais.OS 83 e 84 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas. • Redigir textos coerentes.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. 152-157. Testes interativos – Narrativa 2 – testes A. • Sistematizar propriedades da língua padrão. aberto e em elaboração contínua • Reconhecer especificidades lexicais e sintáticas nas variantes do português não-europeu. • Sistematizar processos sintáticos. • Reconhecer a língua como sistema dinâmico. • Distinguir processos sintáticos de articulação entre frases complexas. emoções. • Projeção dos testes interativos e realização das atividades.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Avaliação de unidade. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. B. • Realização da atividade de avaliação final de unidade. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. 60 . • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma • Sistematizar os constituintes principais da frase e respetiva composição. pp. de modo autónomo. obra literária. Competências Leitura Oralidade Escrita Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. a leitura para localizar. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. universos no plano do imaginário. selecionando registos e recursos verbais adequados. pp. selecionar. conhecimentos. • Utilizar. 152-157. pontos de vista. • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. • Correção da atividade de avaliação formativa. • Esclarecimento de dúvidas. avaliar e organizar a informação.

compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. Leitura. selecionando registos e recursos verbais adequados. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. pontos de vista. • Identificar relações intratextuais. Áudio – entrevista TSF de Valter Madureira a Nuno Virgílio Avaliação Ficha de avaliação. 61 .O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Teste 4. aberto e em elaboração contínua • Reconhecer especificidades lexicais e sintáticas nas variantes do português não-europeu. conhecimentos. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Modo narrativo Ação Tempo Espaço Personagem Narrador Metáfora Princípio da cooperação Advérbio Grupos de frase Tipos de sujeito Concordância Registo de língua Funções sintáticas Atos de fala Orações coordenadas Orações subordinadas Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. emoções.OS 85 e 86 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. • Sistematizar processos sintáticos. obra literária. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma • Sistematizar os constituintes principais da frase e respetiva composição. • Distinguir processos sintáticos de articulação entre frases complexas. a leitura para localizar. avaliar e organizar a informação. universos no plano do imaginário. • Reconhecer a língua como sistema dinâmico. selecionar. • Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas. Atividades Recursos – Livro de Testes – Teste 4. • Utilizar. • Redigir textos coerentes. • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. • Distribuição das fichas de avaliação. de modo autónomo. • Audição do registo áudio – entrevista TSF. • Sistematizar propriedades da língua padrão. Sumário: Realização da ficha de avaliação: Oralidade. Conhecimento da Língua e Expressão escrita. • Realização da ficha de avaliação (Teste 4).

A odisseia – aventuras de Ulisses. herói da Grécia Antiga. pp.OS 87 e 88 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. histórico • Valorizar uma obra enquanto objeto simbólico. • Formação de grupos de trabalho. • Reconhecer e refletir sobre as relações que as obras estabelecem com o contexto social. no plano do imaginário individual e cole• Ler por iniciativa e gosto pessoal. 62 . Conteúdos Texto literário Contexto Contexto extraverbal: situacional. 148-151. • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto narrativo. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. histórico e cultural no qual foram escritas. Avaliação Observação direta. herói da Grécia Antiga. Nota: 1 O professor poderá desenvolver uma atividade de pré-leitura a partir da ilustração. herói da Grécia Antiga. Sumário: Realização de trabalhos de grupos a partir do Guião de leitura da adaptação de João de Barros da obra de Homero A odisseia – aventuras de Ulisses. Competências Leitura Oralidade Escrita Descritores • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária. Avaliação do trabalho de grupo. sociocultural. tivo. p. 148 • Realização das atividades do Guião de leitura da obra A odisseia – aventuras de 1 Ulisses. adaptação em prosa do poema de Homero por João de Barros. • Observação da ilustração do Guião de Leitura: chuva de ideias. Atividades Recursos − Manual.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Textos/Tipologia: Guião de leitura – obra integral.

sociocultural.Unidade: Narrativa 2 PLANOS DE AULA N. • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto narrativo. Avaliação do trabalho de grupo.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Textos/Tipologia: Guião de leitura – obra integral. Conteúdos Texto literário Contexto Contexto extraverbal: situacional. herói da Grécia Antiga. tivo. Sumário: Continuação da realização de trabalhos de grupos a partir do Guião de leitura da adaptação de João de Barros da obra de Homero A odisseia – aventuras de Ulisses. 63 . • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. 148-151. adaptação em prosa do poema de Homero por João de Barros. • Realização das atividades do Guião de leitura da obra A odisseia – aventuras de Ulisses. no plano do imaginário individual e cole• Ler por iniciativa e gosto pessoal. • Apresentação dos trabalhos de grupo. herói da Grécia Antiga. Competências Leitura Oralidade Escrita Descritores • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma obra literária. Atividades Recursos − Manual.OS 89 e 90 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. herói da Grécia Antiga. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. Avaliação Observação direta. pp. histórico e cultural no qual foram escritas. histórico • Valorizar uma obra enquanto objeto simbólico. • Reconhecer e refletir sobre as relações que as obras estabelecem com o contexto social. A odisseia – aventuras de Ulisses.

160. • Identificar marcas de enunciação e de subjetividade. 162. Luísa Ducla Soares. 161. Sumário: Motivação para a poesia: leitura em voz alta de poemas de Luísa Ducla Soares e António Gedeão. • Atividade de recitação – apresentação à turma. ilustração. O texto poético: recursos expressivos. • Realização do Roteiro de leitura.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Unidade: Poesia1 Textos/Tipologia: Poema. Bernard Jeunet. Gramática interativa Funções internas ao grupo nominal: modificador de nome Animação do poema «Poema do poste com flores amarelas» Avaliação Observação direta. • Visionamento da animação do poema de António Gedeão «Poema do poste com flores amarelas» e realização do Roteiro de leitura. • Sistematizar processos sintáticos. como motivação para o estudo do texto poético. «Apanha-me também um poeta». • Realização da atividade de Conhecimento da Língua sobre o modificador de nome. • Analisar o valor expressivo dos recursos retóricos. − Guia Gramatical: funções sintáticas: modificador do nome. iniciar-se-á o percurso 1. Expressão oral. Conhecimento da Língua – modificador de nome. p. 261. p. • Oficina de escrita: narrativa em verso. Nota: 1 Apesar da unidade da poesia estar prevista para o terceiro período. poema. «Poema do poste com flores amarelas» António Gedeão. • Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas. Atividades Recursos − Manual. • Leitura em voz alta do poema «Apanha-me também um poeta» de Luísa Ducla Soares. acróstico. Realização do Roteiro de leitura. • Eleição da melhor recitação. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Texto poético Leitura de imagem Elementos narrativos na poesia Modificador do nome Descritores • Explorar processos de apropriação e de recriação de poético.PLANOS DE AULA N.OS 91 e 92 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. 64 . pp. p. p. 160-162.

65 . Atividades Recursos − Manual. Atividade de oralidade. pontos de vista. poema e letra de canção. • Realização do Roteiro de oralidade – recitação. • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais selecionando estratégias e recursos adequados para envolver a audiência. mobilizando a reflexão sobre os textos e sobre as suas especificidades. • Apresentação da recitação preparada por cada aluno à turma. «Anacleta». Construção individual de acrósticos.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Textos/Tipologia: Acróstico. António Gedeão. 163-165. Conteúdos Texto poético Recursos expressivos Acróstico • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. • Leitura silenciosa do poema «O poeta aprendiz» e audição da canção. universos no plano do imaginário.OS 93 e 94 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Explorar a criação de novas configurações textuais. • Explorar efeitos estéticos da linguagem mobilizando saberes decorrentes da experiênSumário: Realização do Roteiro de leitura do acróstico «Anacleta» de António Gedeão. Leitura e interpretação do poema de Vinicius de Moraes «O poeta aprendiz». Vinicius de Moraes. • Analisar o valor expressivo dos recursos retóricos. • Troca de opiniões sobre as recitações. Competências Leitura Oralidade Escrita Descritores • Explorar processos de apropriação e de recriação de poético. • Conhecimentos. pp. cia enquanto leitor. Expressão oral. Áudio • Faixa 11 Avaliação Observação direta. • Identificar marcas de enunciação e de subjetividade. «O poeta aprendiz». emoções. • Realização do Roteiro de leitura.

• Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. pp. pontos de vista. p. 66 . • Identificar marcas de enunciação e de subjetividade.OS 95 e 96 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Apresentação do trabalho de projeto – Recital. • Realização do Roteiro de leitura de um excerto da obra Cartas a um jovem poeta de Rainer Maria Rilke. Roteiro de leitura. • Explorar a criação de novas configurações textuais. Rainer Maria Rilke. mobilizando a reflexão sobre os textos e sobre as suas especificidades. 166-167. universos no plano do imaginário. Avaliação Observação direta. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Texto poético Carta Descritores • Explorar processos de apropriação e de recriação de poético.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. 167. Estrutura da carta. • Definição dos critérios para a pesquisa e recolha de poemas. • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais selecionando estratégias e recursos adequados para envolver a audiência. • Explorar efeitos estéticos da linguagem mobilizando saberes decorrentes da experiênSumário: Realização da atividade «Em Sequência» – Percurso 1 da unidade da poesia: leitura de um excerto da obra Cartas a um jovem poeta. Apresentação do trabalho de projeto a realizar no 3. • Analisar o valor expressivo dos recursos retóricos. Excerto de Cartas a um jovem poeta. emoções. 166. Atividades Recursos − Manual. p. • Conhecimentos.o período – Recital.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Textos/Tipologia: Em sequência: carta. cia enquanto leitor.

• Identificar marcas de enunciação e de subjetividade. 167. Atividades Recursos − Manual.OS 97 e 98 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. p. emoções. conhecimen• Explorar a criação de novas configurações textuais. Avaliação Observação direta. • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais selecionando estratégias e recursos adequados para envolver a audiência. • Analisar o valor expressivo dos recursos retóricos. Competências Leitura Oralidade Conteúdos Texto poético Tema Descritores • Explorar processos de apropriação e de recriação de poético.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 1 Textos/Tipologia: Recital. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. tos. mobilizando a reflexão sobre os tex• Explorar efeitos estéticos da linguagem mobilizando saberes decorrentes da experiên- Sumário: Organização do trabalho de projeto a apresentar no 3. cia enquanto leitor. p.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. pontos de vista.o período – Recital. 67 . • Organização do trabalho de projeto para o terceiro período – Recital: etapas 1 a 3. universos no plano do imaginário. tos e sobre as suas especificidades. 167.

compreendendo de que modo o tipo e a intenção do Conteúdos Modo narrativo Ação Tempo Espaço Personagem Narrador Metáfora Princípio da cooperação Advérbio Grupos de frase Tipos de sujeito Concordância Registo de língua Funções sintáticas Atos de fala Orações coordenadas Orações subordinadas texto influenciam a sua composição formal. Autoavaliação do trabalho desenvolvido.OS 99 e 100 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma • Sistematizar os constituintes principais da frase e respetiva composição. • Redigir textos coerentes. • Sistematizar relações entre constituintes principais de frases e as funções sintáticas por eles desempenhadas. selecionando registos e recursos verbais adequados. pontos de vista. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. Sumário: Entrega e correção das fichas de avaliação. • Distinguir processos sintáticos de articulação entre frases complexas. • Sistematizar propriedades da língua padrão. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. Avaliação Autoavaliação.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Avaliação de unidade. • Sistematizar processos sintáticos. • Identificar relações intratextuais. • Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. emoções. • Reconhecer a língua como sistema dinâmico. aberto e em elaboração contínua • Reconhecer especificidades lexicais e sintáticas nas variantes do português não-europeu. avaliar e organizar a informação. 68 . a leitura para localizar. universos no plano do imaginário. obra literária. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. selecionar. • Autoavaliação do trabalho desenvolvido ao longo do período.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. Atividades Recursos • Entrega e correção das fichas de avaliação. • Utilizar. de modo autónomo. conhecimentos.

5. estabelecendo diferenças e semelhanças em função de diferentes categorias. • Assumir diferentes papéis em situações de comunicação. • Explicitação da atividade a partir de imagens.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. «Porquinho-da-Índia».o 5 Avaliação Oralidade. Atividades Recursos − Manual. p. 171. Manuel Bandeira: • Leitura da informação presente na parte lateral do livro sobre o escritor. Sumário: Troca de ideias sobre a preparação do recital. • Caracterizar os diferentes modos e géneros literários.o período. manual) . imitação da leitura efetuada pelo ator. em laboratório gramatical – sílaba gramatical e sílaba métrica. Áudio • Faixa 12 Áudio • Faixa 13 Texto – Lengalengas Gramática interativa Sons e sequências de sons Projeção da atividade a partir de imagens. sílaba gramatical e sílaba métrica. p. p. Atividade de escrita a partir de imagens. • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto poético. iniciada no final do 2. «Porquinho-da-Índia». que poderá incluir um álbum digital com filmagens e recitações. 162. • Comparar e distinguir textos. • Reproduzir o material ouvido recorrendo a técnicas de reformulação. «Xácara das 10 meninas». Atividade de Conhecimento da Língua: sílaba métrica e sílaba gramatical. • Explicitação das informações presentes no final do manual sobre o «Modo Lírico». Manuel Bandeira. • Atividade de leitura a partir de um poema do escritor brasileiro. • Audição da recitação do poema de Mário Cesariny de Vasconcelos «Xácara das 10 meninas». 237. n. • Sistematizar propriedades da sílaba gramatical e da sílaba métrica: segmentar versos por sílaba métrica. 168-171. 271. Expressão escrita. pp. p. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Recitação Características formais Lengalenga Sujeito poético Sons e sequências de sons Sílaba gramatical e sílaba métrica Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor. n.OS 101 e 102 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. − Guia Gramatical: sons e sequências de sons.o 5. início da planificação por parte dos o alunos. Nota: O professor poderá incentivar os alunos a construir um «Caderno de Poesia» (p. Realização dos Roteiros de leitura e oralidade do percurso 2 da unidade «Poesia»: poemas «Xácara das 10 meninas» de Mário Cesariny de Vasconcelos e «Porquinho-da-Índia» de Manuel Bandeira. • Realização da atividade de Conhecimento da Língua. 69 . • Realização do Roteiro de leitura e oralidade. 236. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. 168 do Manual.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 2 Textos/Tipologia: Poema. p. Mário Cesariny de Vasconcelos. n.

o 5. • Oficina de escrita – conclusão da atividade de escrita a partir da ilustração de António Jorge Gonçalves do separador da unidade da poesia. 70 . TPC: Caderno de Atividades – processos de formação de palavras. n. p. • Aula Digital – Gramática interativa: processos morfológicos de formação de palavras. n. − Caderno de Atividades. 253-254. Sumário: Conclusão da atividade de escrita a partir de imagens.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. com autonomia. • Explorar efeitos estéticos da linguagem mobilizando saberes decorrentes da experiên• Sistematizar padrões de formação de palavras complexas. estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos. formação de palavras. n. emoções. 172-173 do Manual. pp.OS 103 e 104 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. família de palavras. • Explicitar o significado de palavras complexas a partir do valor de prefixos e sufixos. Nota: 1 O professor poderá recolher os textos para correção. Atividades Recursos − Manual. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 2 Atividade de escrita a partir de imagens. 172-173. Laboratório de língua – processos morfológicos de formação de palavras: derivação e composição.o 5. conhecimentos. pontos de vista. 29-31. Competências Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Texto Recursos expressivos Derivação Composição Descritores • Utilizar. 29-31. 254. • Laboratório de língua – realização das atividades de Conhecimento da Língua sobre a • Correção das atividades de Conhecimento da Língua. pp. universos no plano do imaginário. cia enquanto leitor. pp. pp. pp. Gramática interativa Processos morfológicos de formação de palavras: derivação e composição Projeção da atividade a partir de imagens. − Guia Gramatical: processos morfológicos de formação de palavras: derivação e composição.1 derivação e composição.o 5 Avaliação Expressão escrita.

• Realização do Roteiro de leitura de um regulamento de concurso de poesia. • Aula digital: visionamento e audição da entrevista à coordenadora do Cancioneiro infantojuvenil para a Língua Portuguesa. 71 . • Correção do TPC do Caderno de Atividades.o 5.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 2 Textos/Tipologia: Em sequência: regulamento. entrevista. Cancioneiro infantojuvenil para a Língua Portuguesa. • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. universos no plano do imaginário. n. pp. 174. emoções. Visionamento de uma entrevista à coordenadora do cancioneiro infantojuvenil – Roteiro de leitura e oralidade. Campus Universitário de Almada. Sumário: Atividades a partir de imagens: partilha dos textos elaborados com a turma. 174-175 do Manual. em • Troca dos exercícios elaborados pelos alunos e heterocorreção. conhecimentos. Competências Leitura Oralidade Conteúdos Regulamento Entrevista Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. p. • Leitura em voz alta dos textos construídos pelos alunos durante a atividade a partir de imagens. • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias e géneros textuais. folha à parte. pp. Atividades Recursos − Manual. Vídeo – entrevista à coordenadora do cancioneiro Avaliação Heterocorreção de exercícios elaborados pelos alunos. 174-175. • Interpretar processos e efeitos de construção de significado em textos multimodais. Entrevista televisiva. sobre os processos de formação de palavras.OS 105 e 106 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Realização do Roteiro de leitura do regulamento de um concurso poético. pontos de vista.

n. TPC: Passar para formato digital os textos elaborados. Atividades Recursos − Manual.o 6 Avaliação Observação direta. Jorge de Sousa Braga. 177. revisão e edição de texto. mobilizando a reflexão sobre os textos e sobre as suas especificidades. através de uma atividade de recitação. p. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. Nota: 1 Os textos produzidos poderão integrar o caderno de poesia. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. «História trágico-marítima».Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. • Partilha dos textos escritos pelos alunos. n. • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto poético. Sumário: Audição de textos em prosa poética: «História trágico-marítima» de Jorge de Sousa Braga e «Formigas» de José Emílio Pacheco. Áudio • Faixas 14 e 15 Atividades a partir de imagens. Atividades a partir de imagens – escrever em termos pessoais e criativos – a partir das ilustrações dos textos ouvidos. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Características e comportamentos de personagens Espaço Recursos expressivos Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. José Emílio Pacheco. pp. 176-177.OS 107 e 108 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Roteiro de leitura dos textos em prosa poética. • Identificar relações intratextuais. ilustração da autoria de António Jorge Gonçalves aos textos em prosa poética – atividade de escrita. • Explorar a criação de novas configurações textuais. • Aula Digital: audição da recitação dos textos em prosa poética: «História trágico-marítima» de Jorge Sousa Braga e «Formigas» de José Emílio Pacheco. • Utilizar com critério as potencialidades das tecnologias da informação e comunicação nos planos da produção. 176-177. «Formigas».O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 3 Textos/Tipologia: Prosa poética.1 • Realização do Roteiro de leitura das pp. o • Projeção da atividade a partir de imagens. 72 . 6. • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais e estéticos que perpassam nos textos.

sentimentos e pontos de vista suscitados pelos discursos ouvidos. Sumário: Atividade de Conhecimento da Língua: «Como reconhecemos o predicativo do sujeito?». p. «Velha fábula em bossa nova». 261. • Sistematizar processos sintáticos. Áudio • Faixa 16 Gramática interativa Funções sintáticas internas ao grupo verbal – predicativo do sujeito Verbo: subclasses – verbo copulativo Avaliação Nota: 1 O professor poderá explorar a imagem da página 179. p.OS 109 e 110 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. pp. 179. Exercício de escrita – autorretrato. • Sistematizar relações entre constituintes. 22. «Formiga bossa nova». Realização das atividades da p. 179. Projecto Amália. p. Atividades Recursos − Manual. • Descrição oral e discussão de ideias a partir da imagem que ilustra o poema «Velha fábula em vossa nova» de Alexandre O´Neill. Realização do Roteiro de leitura e oralidade a partir da canção «Formiga bossa nova». Alexandre O’Neill. p. − Caderno de Atividades – predicativo do sujeito. Realização do Roteiro de leitura da p. 178. mobilizando a reflexão sobre os textos e sobre as suas especificidades. • Realização do exercício da p. 73 . • Audição da canção «Formiga bossa nova» – Projeto Amália. partindo do contraste entre o tamanho da formiga e a dimensão/simbolismo do objeto que ela transporta. − Guia Gramatical: funções sintáticas – predicativo do sujeito.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 3 Textos/Tipologia: Em sequência – canção. Projeto Amália. 178-179.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. 22 do Caderno de Atividades. poema. • Sistematizar os constituintes principais da frase e respetiva composição. solicitando aos alunos que façam uma descrição da mesma. • Explorar a criação de novas configurações textuais. e do poema «Velha fábula em bossa nova» de Alexandre O’Neill. • Laboratório de língua – o predicativo do sujeito. 1791. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Assunto Autorretrato Predicativo do sujeito Verbo copulativo Descritores • Manifestar ideias.

que será terminada em TPC: Elaboração da atividade de escrita da p. O trabalho deverá ser realizado numa folha à parte para entregar ao professor. • Correção do trabalho desenvolvido a partir dos poemas. • Comparar e distinguir textos. Nota: 1 O professor poderá dividir a turma em grupos e distribuir os poemas pelos diversos grupos. 74 . p.OS 111 e 112 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Conteúdos Sonoridades Configuração gráfica Noções de versificação Sujeito poético Rima Refrão Poesia trovadoresca Interjeição Comentário • Utilizar. • Caracterizar classes de palavras e respetivas propriedades. com os de textos de outras épocas e culturas. 180-183. estabelecendo diferenças e semelhanças em função de diferentes categorias. Fernando Pessoa. enrolada. Sumário: Leitura dos poemas «Rio na sombra» de Cecília Meireles. 252. tornas».Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. Atividades de Conhecimento da Língua – a interjeição. • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais e estéticos que perpassam nos textos. 180 a 182. Gramática interativa Interjeição • Planificação da atividade de escrita da p. Natália Correia. 183 – comentário. «Rio na sombra». • Realização dos Roteiros de leitura dos poemas «Rio na sombra» de Cecília Meireles. «Onda que. tornas» de Fernando Pessoa e «Cantiga de amigo» de Natália Correia». 183 do Manual. pp. com autonomia. Durante a correção todos os alunos registam as respostas elaboradas pelos colegas e corrigidas pelo professor.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 4 Textos/Tipologia: Poema. Cecília Meireles. enrolada. TPC. 183 e respetiva correção. cantiga de amigo. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Descritores • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor. «Onda que. 183 – comentário planificado. «Cantiga de amigo». − Guia Gramatical: interjeição. pp. p. p. Realização dos Roteiros de leitura dos textos poéticos lidos1. Atividades Recursos − Manual. enrolada. tornas» de Fernando Pessoa e «Cantiga de amigo» de Natália Correia». • Realização das atividades de Conhecimento da Língua sobre a interjeição. • Identificar ideias e valores expressos em diferentes textos de autores contemporâneos. tos. estratégias de preparação e de planificação da escrita de tex• Produzir enunciados com diferentes graus de complexidade para responder com eficácia a instruções de trabalho. «Onda que. Avaliação Expressão escrita.

Áudio • Faixa 17 Gramática interativa Verbo: flexão verbal – modo conjuntivo Avaliação Expressão oral. • Laboratório de língua sobre o uso do modo conjuntivo.OS 113 e 114 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. «Aquela nuvem». selecionando estratégias e recursos adequados para envolver a audiência. p. • Formação de pares e realização da atividade de escrita e oralidade – imitação criativa e recitação a partir do poema «Aquela nuvem». • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais. Sumário: Roteiro de leitura e oralidade a partir do poema «Aquela nuvem» de José Gomes Ferreira. 75 . Atividade de escrita e oralidade – imitação criativa/recitação. 184-185. Atividades Recursos − Manual. em vários textos. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. Laboratório de língua sobre o modo conjuntivo. formais ou de sentido. Conteúdos Texto poético Assunto Imitação criativa Verbo: modo conjuntivo • Identificar relações. • Recolha dos comentários escritos elaborados pelos alunos em trabalho de casa. 184. • Audição da leitura do poema «Aquela nuvem» de José Gomes Ferreira e Roteiro de leitura. 185 do Manual e 245 do Guia Gramatical. 245. − Guia Gramatical: modo conjuntivo. pp. p. – Comparar ideias e valores expressos em diferentes textos de autores contemporâneos. • Sistematizar paradigmas flexionais regulares e irregulares dos verbos. abrindo redes intertextuais. p.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. José Gomes Ferreira. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Descritores • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor. como reação pessoal à audição ou leitura. • Projeção da atividade de Conhecimento da Língua da Gramática interativa. • Assumir diferentes papéis em situações de comunicação.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 4 Textos/Tipologia: Poema.

• Atividade de audição a partir do poema «Azul ar» de Alexandre O´Neill e realização do Roteiro de leitura oralmente.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. Alexandre O’Neill. Sophia de Mello Breyner Andresen. Sumário: Leitura do poema de Sophia de Mello Breyner Andresen «Fundo do mar» e realização do respetivo Roteiro de leitura. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Assunto Hipérbole Descrição Descritores • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais. «Que adjetivos usarias para caracterizar este cenário?». • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor. pp. • Realização em trabalho de pares do Roteiro de leitura do poema lido. • Observação da indicação biográfica relativa à poetisa na margem do manual. Áudio • Faixa 18 Avaliação Observação direta Nota: 1 O professor poderá solicitar uma descrição da imagem: «O que vês?». • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto poético. «Azul ar». • Leitura silenciosa do poema. emoções. pontos de vista. 76 . • Assumir diferentes papéis em situações de comunicação. «Que cores se destacam?». conhecimentos. 186-187. • Leitura em voz alta por um aluno voluntário do poema «Fundo do mar». 186. pp. Atividade de escrita – descrição do Mar. 186-187. • Atividade de escrita – descrição do Mar. universos no plano do imaginário.OS 115 e 116 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Exploração da ilustração do poema «Fundo do mar» de Sophia de Mello Breyner como atividade de pré-leitura1.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 4 Textos/Tipologia: «Fundo do mar». • Explorar diferentes vozes e registos para comunicar vivências. Audição da recitação do poema «Azul ar» de Alexandre O´Neill. Atividades Recursos − Manual. selecionando estratégias e recursos adequados para envolver a audiência. Descrição da ilustração da p.

− Caderno de Atividades – grafia e fonia.OS 117 e 118 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Realização das atividades de Conhecimento da Língua sobre relações de grafia e fonia. registar e resumir informação. 188. p. 256. Atividades de leitura a partir de poemas e poemas visuais. p. Gastão Cruz e Pedro Mexia. Competências Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Poesia visual Resumo Sentidos Imitação criativa Relações entre grafia e fonia Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. − Guia Gramatical: relações de grafia e fonia. • Identificar relações.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. Realização do Roteiro de leitura a partir de um artigo da enciclopédia Visual. • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias e géneros textuais. abrindo redes intertextuais.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percursos 4 e 5 Textos/Tipologia: Poema. Gastão Cruz. «Tontura». 37. 37. Artigo de enciclopédia. leitura – recolha de informação. «Leitura». «Dizei lá o que é o amor». • Leitura de um artigo de enciclopédia e compreensão textual a partir de um Roteiro de • Observação de diversos poemas visuais e identificação de imagens criadas. 190. «Chuva» – localizar. «Rotação». poema. • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto poético e dramático. Atividades Recursos − Manual. p. E. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. em vários textos. pp. M. formais ou de sentido. E. Pedro Mexia. M. 188-191. p. Gramática interativa Relações entre grafia e fonia Avaliação 77 . de Melo & Castro. • Desambiguar sentidos decorrentes de relações entre a grafia e fonia de palavras. «Eu amo». • Consolidação de conteúdos através da realização dos exercícios do Caderno de Atividades sobre grafia e fonia. p. poema visual. «Chuva». Sumário: Atividades de Conhecimento da Língua – relações entre grafia e fonia. Nuno Júdice. de Melo. • Identificação de sentidos ativados a partir da leitura de poemas de Nuno Júdice.

− Guia Gramatical: relações semânticas entre palavras. p. Exercícios sobre processos irregulares de formação de palavras: empréstimo. • Caracterizar os processos irregulares de formação de palavras e de inovação lexical. «Glossário solar». 192. 254. processos irregulares de formação de palavras. Observação do texto em prosa poética «Glossário solar» denotação e conotação. p. 33. p. sigla e acrónimo. pp. cia enquanto leitor. Gramática interativa Relações semânticas entre palavras Avaliação Expressão escrita. 192-195. 195 – elaboração de dois glossários (objetivo e pessoal).OS 119 e 120 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. 255. Atividades Recursos − Manual. Sumário: Laboratório de língua – relações semânticas entre palavras. lexicais e gramaticais. 193. • Realização da atividade «Em sequência» do percurso 5 – texto em prosa poética «Glossário solar» de Francisco Duarte Mangas e João Pedro Mésseder – conotação e denotação. • Laboratório de língua sobre as relações semânticas entre palavras. • Realização da atividade de escrita e oralidade em trabalho de pares: imitação criativa e leitura encenada. Francisco Duarte Mangas e João Pedro Mésseder. Realização de uma atividade de imitação criativa a partir de um poema e respetiva leitura encenada. • Apresentação das leituras encenadas à turma. para identificar diversos valores semânticos na frase. • Explorar efeitos estéticos da linguagem mobilizando saberes decorrentes da experiên• Determinar os significados que dada palavra pode ter em função do seu contexto de • Caracterizar relações entre diferentes categorias. TPC: Atividade de escrita da p.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 5 Textos/Tipologia: Em sequência: prosa poética. p. selecionando estratégias e recursos adequados para envolver a audiência. 78 . pp. ocorrência. − Caderno de Atividades – processos irregulares de formação de palavras. Competências Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Prosa poética Denotação Conotação Imitação criativa Glossário Relações semânticas entre palavras Empréstimo Sigla Acrónimo Sentidos e sentimentos Descritores • Explorar diferentes formas de comunicar e partilhar ideias e produções pessoais.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. 195.

pp. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação.OS 121 e 122 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias e géneros textuais. Áudio • Faixa 19 Testes interativos – Poesia – teste A. • Determinar os significados que dada palavra pode ter em função do seu contexto de ocorrência. Sumário: Realização da avaliação final de unidade: preparação para a ficha de avaliação. para identificar diversos valores semânticos na frase. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor. • Identificar relações intratextuais. • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais e estéticos que perpassam nos textos. lexicais e gramaticais. 196-199. • Caracterizar os processos irregulares de formação de palavras e de inovação lexical. • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto poético • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. 196-199. 79 . • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. C e D Avaliação Ficha de avaliação formativa. Atividades Recursos − Manual. • Desambiguar sentidos decorrentes de relações entre a grafia e fonia de palavras. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Denotação Conotação Imitação criativa Glossário Assunto Hipérbole Descrição Relações semânticas entre palavras Empréstimo Sigla Acrónimo Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. B.Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. • Caracterizar relações entre diferentes categorias.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Avaliação de unidade. • Realização da atividade de avaliação final de unidade. • Correção da atividade de avaliação formativa e esclarecimento de dúvidas. • Realização dos testes interativos. pp.

Unidade: Poesia PLANOS DE AULA N. • Desambiguar sentidos decorrentes de relações entre a grafia e fonia de palavras. lexicais e gramaticais. • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. Leitura. • Identificar e caracterizar as diferentes tipologias e géneros textuais.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Textos/Tipologia: Teste 5. 80 .OS 123 e 124 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Audição do registo áudio. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. Sumário: Realização da ficha de avaliação: Oralidade. «Música dos Deolinda». Atividades Recursos − Livro de Testes – Teste 5. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. • Caracterizar os processos irregulares de formação de palavras e de inovação lexical. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor. Música dos Deolinda • Distribuição das fichas de avaliação. • Determinar os significados que dada palavra pode ter em função do seu contexto de ocorrência. para identificar diversos valores semânticos na frase. Conteúdos Noções de versificação Sujeito poético Rima Denotação Conotação Assunto Sentidos Descrição Relações semânticas entre palavras Relações entre grafia e fonia Verbo: modo conjuntivo Glossário • Reconhecer e refletir sobre os valores culturais e estéticos que perpassam nos textos. • Realização da ficha de avaliação (Teste 5) Avaliação Ficha de avaliação. • Caracterizar relações entre diferentes categorias. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. Conhecimento da Língua e Expressão escrita.

− diversificar o vocabulário e as estruturas utilizadas nos textos. tratar e reter a informação. com autonomia. • Utilizar. TPC: Os alunos poderão preparar a leitura encenada da «Atividade a partir de imagens» em casa e apresentar na aula seguinte. − respeitar as regras da pontuação e sinais auxiliares da escrita. Sumário: Início da Unidade referente ao Teatro: realização do Roteiro de leitura a partir de um excerto da peça As obras completas de William Shakespeare em 97 minutos.o 7. 270. Atividades Recursos – Manual.OS 125 e 126 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. 202-205. Realização da atividade a partir de imagens. Competências Leitura Oralidade Escrita Conteúdos Teatro Texto dramático Indicação cénica ou didascália Falas ou réplicas Cenário Ironia Descritores • Dispor-se física e psicologicamente a escutar. • Identificar e caracterizar os diferentes tipos e géneros presentes no discurso oral. n.o 7 Avaliação Autoavaliação. n. p. • Manifestar ideias.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Unidade: Teatro Percurso 1 Textos/Tipologia: Filme/excerto dramático. com recurso ao português-padrão. Vídeo – Promoção de Shakespeare em 90 minutos e Cenas de Shakespeare em apenas 90 minutos Atividade a partir de imagens. focando a atenção no objeto e nos objetivos da comunicação. • Visualização do vídeo promocional do espetáculo As Obras Completas de William Shakespeare em 97 minutos roteiro de leitura e oralidade. 202. pp. • Atividades a partir de imagens. • Redigir textos coerentes. • Sistematização dos aspetos relevantes do modo dramático através da súmula presente no final do Manual.o 7 – atividade de oralidade em grupo. 81 . selecionando registos e recursos verbais adequados: − dar ao texto a estrutura e o formato adequados. n. Vídeo promocional e primeiro ato de As obras completas de William Shakespeare em 97 minutos. 205. Companhia Teatral do Chiado.PLANOS DE AULA N. registar. p. estratégias de preparação e de planificação da escrita de textos. • Utilizar procedimentos para clarificar. sentimentos e pontos de vista suscitados pelos discursos ouvidos. • Leitura de um excerto da peça teatral e realização do Roteiro de leitura da p.

269. 206. • Identificar relações. p. Gramática interativa Sinais de pontuação e sinais auxiliares de escrita Avaliação Autoavaliação. Teatro. pp. Atividades Recursos − Manual. • Determinar os significados que dada palavra pode ter em função do seu contexto de ocorrência. abrindo redes intertextuais.Unidade: Teatro PLANOS DE AULA N. p. formais ou de sentido. • Roteiro de leitura de um artigo de dicionário sobre a palavra «teatro». pp. Laboratório de língua – sinais de pontuação. • Respeitar as regras da pontuação e sinais auxiliares da escrita. 61 a 63. • Atividade de Conhecimento da Língua sobre a pontuação e sinais auxiliares de escrita. • Sistematizar regras de uso de sinais auxiliares da escrita. 207. Atividade de leitura a partir do artigo de dicionário para a palavra «teatro». pp. Dicionário da língua portuguesa contemporânea. − Caderno de Atividades – pontuação. em vários textos. • Correção da atividade realizada sobre o artigo de dicionário. − Guia Gramatical: sinais de pontuação e sinais auxiliares de escrita.OS 127 e 128 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. 61 a 63. Sumário: Entrega e correção dos testes relativos à unidade da poesia. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Artigo de dicionário Aceção Campo lexical Texto dramático Sinais auxiliares de escrita Descritores • Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação. TPC: Caderno de Atividades – pontuação. 206-207. • Entrega e correção dos testes relativos à unidade de poesia. 82 .O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 1 Textos/Tipologia: Artigo de dicionário. p.

• Preparação da leitura encenada de um excerto da peça de Luísa Costa Gomes. «Vanessa vai à luta».O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 2 Textos/Tipologia: Excerto dramático. Sumário: Leitura encenada de um excerto do texto dramático «Vanessa vai à luta» de Luísa Costa Gomes. adequando as estratégias discursivas às funções e aos objetivos visados. «Vanessa vai à Luta». • Laboratório de língua sobre o discurso direto e indireto. • Realização do Roteiro de leitura do excerto dramático.OS 129 e 130 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.Unidade: Teatro PLANOS DE AULA N. 270. pp. Luísa Costa Gomes. compreendendo de que modo o tipo e a intenção do texto influenciam a sua composição formal. Laboratório de língua – discurso direto e indireto. • Apresentação da leitura encenada por parte de alguns alunos. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor na construção de uma • Assumir diferentes papéis em situações de comunicação. p. p. 54 e 55. selecionar. a leitura para localizar. 208-211. 265. obra literária. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. • Distinguir modos de reprodução do discurso no discurso e sua produtividade. TPC: Caderno de Atividades – discurso direto e indireto. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Indicação cénica Espaço cénico Adereços Cena Personagens Anúncio Discurso direto e indireto Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. Gramática interativa Discurso direto e indireto Avaliação Autoavaliação. de modo autónomo. • Atividade de escrita – redação de um anúncio. Atividades Recursos − Manual. − Guia Gramatical: discurso direto e indireto. Escrita de um anúncio. • Utilizar. p. • Observação das páginas do Manual relativas ao «Modo dramático». avaliar e organizar a informação. 270. O modo dramático: sistematização de conteúdos. 83 . • Identificar relações intratextuais. 210. pp.

Debate a partir da questão «É verdade que os encarregados de educação conseguem sempre influenciar as escolhas dos seus educandos?». pp. Atividade de Conhecimento da Língua sobre o uso do infinitivo. • Atividade de Conhecimento da Língua sobre o uso do infinitivo.Unidade: Teatro PLANOS DE AULA N. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. etc… 84 . • Preparação de um debate – eleição do moderador e secretário e dos grupos em confronto verbal1. − Guia Gramatical – formas verbais não finitas. cação específicas. p.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 2 Textos/Tipologia: Banda desenhada. • Planificar o uso da palavra em função da análise da situação e das intenções de comuni• Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. • Debate: «É verdade que os encarregados de educação conseguem sempre influenciar as escolhas dos seus educandos?». Atividades Recursos − Manual. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Personagens Debate Formas verbais não finitas Descritores • Implicar-se na construção partilhada de sentidos: − debater e justificar ideias e opiniões. p. Gramática interativa Verbo: formas verbais não finitas Avaliação Observação direta. Nota 1 Os alunos podem ser convidados a assumir diferentes papéis. • Leitura de uma tira de Mafalda e realização do Roteiro de leitura e oralidade. por exemplo. professores. Preparação de um debate.OS 131 e 132 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Sistematizar paradigmas flexionais regulares e irregulares dos verbos. Sumário: Realização do Roteiro de leitura e oralidade de uma tira de BD da Mafalda. p. filhos. 246. pais. Tira de Mafalda. Quino. 212. 213. 212-213.

• Redigir textos coerentes. Rei de Helíria – cena X. Rei de Helíria. 219 -220. • Realização da atividade a partir de imagens. • Sistematizar paradigmas flexionais regulares e irregulares dos verbos. pp. n. Rei de Helíria TPC: Realização da atividade de intertextualidade – escrita com o conto «O sal e a água».o 8. pp. Competências Oralidade Leitura Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Cena Verbo: modo condicional Intertextualidade Conto tradicional Descritores • Interpretar textos com diferentes graus de complexidade. • Realização do Roteiro de leitura da cena X de Leandro. • Realização das atividades de Conhecimento da Língua sobre o modo condicional. Leandro. − Guia Gramatical – modo condicional.o 8 – Ilustração da cena X do texto dramático. Leandro. 218. n. 219. Atividades de Conhecimento da Língua sobre o uso do modo condicional. pp.OS 133 e 134 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N.o 8 Avaliação Observação direta. 221 a 222. de Alice Vieira e realização do Roteiro de leitura. com recurso ao português-padrão. Alice Vieira. pp. 245. de Alice Vieira e realização do Roteiro de leitura. • Identificar processos utilizados nos textos para influenciar o leitor. • Analisar processos linguísticos e retóricos utilizados pelo autor. Rei de Helíria. recolha de Teófilo Braga. p. Rei de Helíria. Atividades a partir de imagens. 8 – escrita e oralidade. 85 . Leandro.Unidade: Teatro PLANOS DE AULA N. o Áudio • Faixa 20 . 214-215. n. − respeitar as regras da pontuação e sinais auxiliares da escrita. selecionando registos e recursos verbais adequados: − dar ao texto a estrutura e o formato adequados. «O sal e a água». Gramática interativa Verbo: flexão verbal – modo condicional Atividades a partir de imagens.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 3 Textos/Tipologia: Cena de texto dramático. Atividades Recursos − Manual. Atividades a partir de imagens. pp. • Correção da atividade de leitura realizada. − diversificar o vocabulário e as estruturas utilizadas nos textos. Conto tradicional. 218-219. Sumário: Leitura da cena X de Leandro. n.

Testes interativos. testes A. • Realização da avaliação de unidade. • Realização dos testes interativos. 226-231. Áudio • Faixa 21 Testes interativos – Teatro. − Guia Gramatical frase ativa e frase passiva. Leandro. Sumário: Atividades de Conhecimento da Língua – a frase ativa e a frase passiva. em vários textos. pp. 262-263. abrindo redes intertextuais. • Laboratório de língua sobre a frase ativa e frase passiva – funções sintáticas do complemento agente da passiva. formais ou de sentido. • Transformar frases ativas em frases passivas e vice-versa. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. 261.OS 135 e 136 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. Rei de Helíria. pp. B. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. 86 . de Alice Vieira. Apresentação do Guião de leitura da obra dramática Leandro. Leandro. D Gramática interativa Frase ativa e frase passiva Avaliação Avaliação formativa. 226-231.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Percurso 3 Textos/Tipologia: Guião de Leitura. C. • Explicitação do Guião de leitura da obra. Realização da atividade de avaliação de unidade. • Identificar relações. o Rei de Helíria. • Determinar os significados que dada palavra pode ter em função do seu contexto de ocorrência.Unidade: Teatro PLANOS DE AULA N. • Utilizar procedimentos adequados à organização e tratamento da informação. Avaliação de unidade. complemento agente da passiva. Rei de Helíria. pp. 223-225. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Características e comportamentos de personagens Recursos expressivos Frase ativa Frase passiva Descritores • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto poético e dramático. p. Atividades Recursos − Manual.

Leitura. • Realização da ficha de avaliação (Teste 6). • Determinar os significados que dada palavra pode ter em função do seu contexto de • Sistematizar paradigmas flexionais regulares e irregulares dos verbos. 87 .OS 137 e 138 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. • Identificar relações. • Transformar frases ativas em frases passivas e vice-versa. • Distribuição das fichas de avaliação.Unidade: Teatro PLANOS DE AULA N. Áudio – Programa TSF Nota de Autor Avaliação Ficha de avaliação. em vários textos. Sumário: Realização da ficha de avaliação: Oralidade. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral. • Distinguir modos de reprodução do discurso no discurso e sua produtividade. abrindo redes intertextuais. formais ou de sentido. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos. • Respeitar as regras da pontuação e sinais auxiliares da escrita.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Teste 6. Atividades Recursos – Livro de Testes – Teste 6. Conhecimento da Língua e Expressão escrita. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Conteúdos Texto dramático Indicação cénica ou didascália Falas ou réplicas Cena Personagens Artigo de dicionário Aceção Campo lexical Discurso direto e indireto Verbo: modo condicional Frase ativa Frase passiva Sinais auxiliares de escrita Descritores • Explorar processos de apropriação e de recriação de texto dramático. ocorrência. • Audição do registo áudio – Programa TSF.

Atividades Recursos − Manual. • Apresentação da atividade n. 9 do Guião da obra Leandro. Avaliação Autoavaliação. • Autoavaliação do trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo. do Guião da obra Leandro. formais ou de sentido. • Explorar processos de apropriação e de (re)criação de texto narrativo. • Identificar relações. Conteúdos Obra integral (conteúdos implicados no teste) • Valorizar uma obra enquanto objeto simbólico. abrindo redes intertextuais. poético ou outro. o Rei de Helíria. Competências Leitura Oralidade Escrita Conhecimento da Língua Descritores • Analisar os paratextos para contextualizar e antecipar o conteúdo de uma obra. 224-225. o 88 Planos de Aula P7 . no plano do imaginário individual e cole- Sumário: Entrega e correção do teste.Unidade: Teatro PLANOS DE AULA N. em vários textos. Rei de Helíria. • Exprimir opiniões e problematizar sentidos.OS 139 e 140 Escola: ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Turma: _________________________ N. pp.O: ________________________ Data: _____________ / _____________ /_____________ Tempo: Avaliação. tivo. • Entrega e correção dos testes. Autoavaliação do trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo. Apresentação da atividade 9. como reação pessoal à audição ou leitura de uma obra integral.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful