?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!? !?!?!?!?!?!?!?!?!?!?! ?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!? !?!?!?!?!?!?!?!?!?!?! ? ! ? !Por ! ?participar de um! ? ! ? ! ? ! ? ? que ! ? ! ? ! ? projeto social? Quando se é universitário, as portas de instituições como ! ? !empresas, governo,! ? !

? ! ? ! ? !fácil ! ! ? ! ? ! ? ! ? etc, se abrem de forma mais ? possibilitando agrupar uma série de recursos humanos e ? ! materiais em prol! ?características intrínsecas? ! classe, ? ? ! ? ! ? de uma causa. Esta ! ? ! desta ?sua ! ? ! ? facilidade unida à ! garra e determinação, ! ? fazsociedade.peça importante no processo de transformação ! ! dela uma da ? ! ? ! ? ! ? ! ? ! ? ! ? ! ? ! ? ?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!? Qual é o pré-requisito para realizar um projeto ! ? ! ? ! ? ! ? ! ? social? ? ! ? ! ? ! ? ! !?! necessário é ? ! O único requisitosempre! ? acreditar na idéia?querer ! ? ? ! ? ! ? ! ? buscando? ! ?para que!o ? ! aliados ! e projeto tornar realidade, possa ter uma maior amplitude, pois com o envolvimento de ! ! ? ! ? ! ? !as? ! ? ! ?de sucesso ? ! ? ! ? ! diversas pessoas possibilidades ! ? ! são maiores. ? ! ? ! ? ! ? eu ? ! ?participando de um? ! ? ! ganho ! ? ! ? ! ? ! O que ! ? ! ? ! ? ! ? !projeto? ! ? ! ? ! ? ! ? ! ? ! social? A ? ! grandes empresas, busca!de? ! ? emplanejamento do com ? ?experiência? ! ? em trabalho ! ? ! ? ! ? ! ! ? ! adquirida patrocínio, equipe, relação projeto e articulação de recursos humanos e materiais, são habilidades ! ? ! ? ! os ! ? ! ? ! ? ! ? ! ? mercado de fundamentais para? profissionais exigidos pelo ! ! ? ! ?trabalho atual. !?!?!?!?!?!?!?!?!?!?! ?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?

Sumário

Parte 1 - Projeto Social 1. Introdução 2. O que é um projeto social? 3. Por que realizar um projeto social? Parte 2 - Como fazer um projeto social? 1. Introdução 2. A idéia 3. Desenvolvimento da idéia 4. Coletar e organizar as idéias 5. Base para o sucesso 6. Escrever o projeto 7. Patrocínio 8. Síntese 9. Conclusão 7 7 8 9 10 11 13 16 21 4 4 5

2

1. Introdução

3. A importância da atuação
Nos dias atuais, um complexo de problemas atinge a população afetando sua qualidade de vida e sua saúde social e física. Por isso, a intervenção de forma ativa na sociedade faz-se necessária em todos os planos e por toda a sociedade. Todos os níveis da sociedade são responsáveis por essa intervenção, cada um com um grau de responsabilidade, que não diminui e jamais anula a do outro. Quando se é universitário as portas das instituições, como empresas, governo, etc, se abrem de forma mais fácil possibilitando agrupar uma série de recursos humanos e materiais em prol de uma causa. Esta facilidade unida à sua garra e determinação, características intrínsecas desta classe, o faz uma peça importante no processo de transformação da sociedade.

Projeto é um trabalho com datas de início e término previamente estabelecidas, com um coordenador responsável, e com um resultado final predeterminado, no qual são alocados os recursos necessários à sua consecução. Um projeto tem um começo, um meio e um fim. É um trabalho com objetivos definidos a serem alcançados, dentro de um orçamento aprovado, e que requer pessoas trabalhando juntas com recursos humanos e financeiros comprometidos. É a concretização de idéias de forma planejada, que visa efetuar uma inovação ou alteração em um ambiente.

2. Projeto social
Conjunto de ações realizadas de forma organizada em benefício de uma comunidade, com clareza de objetivos, público alvo, investimento e resultados. O projeto social tem como principal objetivo fomentar e estimular os conceitos de responsabilidade civil e social na sociedade organizada, ou seja, na sociedade civil, porém vale destacar que o imediatismo não funciona quando se trata de um projeto social, mas sim de planejamento e estratégias para que sua execução seja eficaz e atinja as expectativas esperadas. 4 5

1. Introdução
Estamos sempre indignados com as notícias que lemos, vemos ou ouvimos em nossos noticiários jornalísticos, e após uma rápida reflexão sobre a realidade de nosso país temos sempre muitas idéias para modificarmos este quadro, mas mesmo as que achamos muito boas, e acreditamos piamente, às vezes não realizamos, não por serem inviáveis mas por falta de organização e métodos de implementação. Este capítulo do manual mostrará um roteiro de como podemos viabilizar e implementar um projeto, ou seja, como uma idéia pode virar realidade. Para exemplificar os passos abaixo, estaremos exemplificando os tópicos com um projeto de ação social nos primeiros dias de aula, ou seja, um trote com características sociais, identificados com o sinal ao lado.

2. A idéia
Depois de termos uma grande idéia, o primeiro passo é fazer uma análise rápida, e pesquisar idéias parecidas. Isso ajudará o desenvolvimento da idéia. Idéia: Fazer uma ação social no dia do trote, aproveitar esta ação que tem grande credibilidade e visibilidade para conseguir patrocinadores.

6

7

3. Desenvolvimento da idéia
Em uma reunião um grupo de pessoas pode fazer um Brain Storm, ou seja, relatar todas as idéias e premissas. O que se espera atingir, como vão captar recursos, soluções logísticas como: transporte, material necessário para desenvolvimento do projeto, etc. Neste momento a criatividade é o limite, nenhuma opinião deve ser descartada.

4. Coletar e organizar as idéias
Após todos terem exposto suas idéias e possíveis soluções, desenvolver um quadro separando as tarefas em grandes grupos para facilitar a definição do projeto.

O que fazer •Podemos fazer pedágio •Cervejada •Distribuir camisinhas •Visitar uma entidade •Fazer camisetas •Doar sangue •Doar alimentos •Doar livros •Pintar as paredes da entidade •Comprar tinta para pintar os calouros

Onde fazer •Um amigo trabalha no Hospital Universitário •Eu sou voluntário em uma escola pública daqui do bairro, podemos fazer o trote lá •Podemos fazer o pedágio na Av Principal, . pois tem um grande fluxo de carros. •O C. A. cede o espaço

Como fazer •Pedir patrocínio para a papelaria da faculdade •Pedir patrocínio do ônibus para a prefeitura •Minha mãe tem uma confecção, pode fazer um preço mais barato •O professor de filosofia trabalha na prefeitura •Uma amiga minha é professora de uma escola infantil, pode me dizer umas brincadeiras legais •O C. A. cede o freezer

Brain Storm: Podemos fazer pedágio, cervejada, o C.A. cede o freezer e o espaço, distribuir camisinhas, visitar uma entidade, fazer camisetas, doar sangue, um amigo trabalha no Hospital Universitário, doar alimentos, doar livros, pedir patrocínio para a papelaria da faculdade, pintar as paredes da entidade, pedir patrocínio do ônibus para a prefeitura, comprar tinta para pintar os calouros, minha mãe tem uma confecção, pode fazer um preço mais barato, o professor de filosofia trabalha na prefeitura, uma amiga minha é professora de uma escola infantil, pode me dizer umas brincadeiras legais, eu sou voluntário em uma escola pública daqui do bairro, podemos fazer o trote lá, podemos fazer o pedágio na Av Principal, pois tem um . grande fluxo de carros.

8

9

5. Base Para o sucesso
Para que consigamos desenvolver, implementar nosso projeto e mantê-lo com sustentabilidade, é muito importante manter os três pés do banquinho abaixo, fortes e equilibrados de tal forma que seu assento fique o mais horizontal possível. Esses três itens a seguir dão uma consistência importante para o projeto. Mensagem – O que se espera atingir com o projeto? Deixar a mensagem clara, concisa, objetiva, facilmente assimilável e entendida por todos os públicos envolvidos. Ex: Ética, Cidadania e Educação Visibilidade – Mensagem Articulação Como o projeto Visibilidade será divulgado, entendido e aceito? Uma grande visibilidade para um público corretamente determinado proporciona o envolvimento e compreensão de um maior número de pessoas. Peças como folders, cartazes, banners, etc e canais mercadológicos (mídia em geral) são fundamentais para uma maior visibilidade e disseminação da mensagem. Articulação - Com quem o projeto é desenvolvido? Quanto maior o número de pessoas e instituições que se aliam e se envolvem com o projeto, maior a chance de multiplicação e sustentabilidade da proposta. 10

Exemplo: Centro/Diretório Acadêmico, Empresa Júnior, Professores, Diretores, Reitoria, Empresas, meios de comunicação e comunidade.

6. Escrever o projeto
Sempre acreditamos muito em nossa memória, e não vemos necessidade de escrever um projeto detalhadamente. Porém, para que o projeto tenha credibilidade e possa ser feita uma boa captação de recursos é fundamental que coloquemos todas as nossas idéias de forma organizada e estruturada no papel. As empresas muitas vezes estão abertas a novas idéias, mas têm pouco tempo para analisá-las, por isso sugerimos que o projeto seja escrito de forma clara, sucinta e concisa para que a mensagem do projeto possa ser transmitida, sem consumir muito tempo da pessoa que o analisará. Para transmitir as informações necessárias em um projeto e ainda deixá-lo dinâmico sugerimos a seguinte estrutura: Apresentação Quatro parágrafos são suficientes para descrever sua intenção e os objetivos do projeto: • Apresentar sua instituição no primeiro parágrafo. • Em outros dois descrever o projeto e sua importância. • Por último colocar os objetivos de sua instituição na participação deste projeto.

11

O projeto Em uma página descrever com um certo número de detalhes o projeto e seu plano de ação. Plano de patrocínio Porque patrocinar – Colocar os conceitos do projeto Público Alvo Quais e quem são as pessoas que se quer atingir através desse projeto. Ex: Além dos universitários, atingiremos vários tipos de público, uma vez que o pedágio será realizado no centro de Campinas. Retorno Nesse momento a criatividade volta a ser o limite e o retorno disponibilizado aos patrocinadores deve ser o maior possível: de camisetas, folders, até sorteio de seus produtos na cervejada. Orçamento Fazer um levantamento das despesas, e disponibilizá-las em uma tabela de fácil entendimento. Cotas Criar cotas, ou seja, opções de valores diferentes com retorno correspondente e estar sempre pronto para receber contra propostas.

7. Patrocínio
Com o orçamento, as cotas definidas e o projeto escrito, começa a fase de busca de patrocínio ou captação de recursos. Nesta fase a comunicação interpessoal é fundamental, pois é nela que a relação com as empresas apoiadoras ou patrocinadoras fica bastante intensa exigindo uma maleabilidade e autonomia bastante grandes de decisões da pessoa que está negociando com a empresa. Trate as empresas como parceiras. Se possível envolva-as nos projetos, e não as encare apenas como simples doadoras. É interessante lembrar também que os patrocínios podem ser feitos na forma de permuta, ou seja, as empresas podem ceder produtos ou serviços, o que aumenta a possibilidade de as empresas participarem do projeto. Colocaremos abaixo alguns procedimentos que podem auxiliar este processo de captação: • Listar empresas possíveis patrocinadoras Identificar as empresas que mais se identificam com o projeto, mesmo que não tenha contato algum. Neste ponto vale a pena repetir o processo de Brain Storm.

12

13

• Contrato de Patrocínio
Ex: No caso do trote, empresas que se preocupam com o aspecto social ou que tenham interesse em divulgar seus produtos para o público universitário, e principalmente empresas como: papelarias, lanchonetes, postos de gasolina, rádios e pequenas empresas que têm como público alvo os estudantes de sua universidade em específico.

Elaborar um termo de compromisso registrando a responsabilidade de ambas instituições. Isso demonstra seriedade, compromisso e fortalece a parceria. • Feedback As empresas que participaram do evento, seja como patrocinadoras ou como apoiadoras, sempre ficam ansiosas para receber os resultados do investimento feito. Um relatório bem produzido com os resultados alcançados, e uma discussão da diferença entre os esperados, deixam uma ótima impressão e as portas abertas para participação em novos projetos. Ao final da captação atualize sua agenda de contatos, pois será útil para futuras captações.

• Enviar a proposta Depois de identificadas, levantar os telefones, endereços e os e-mails das empresas correspondentes, verificando sempre se existe algum conhecido dentro dessas empresas, que possa facilitar a chegada da proposta até o departamento de Marketing ou responsável. A proposta pode ser entregue à empresa por e-mail, correio, ou pessoalmente. Esta última forma é a mais indicada, pois pessoalmente podemos apresentar melhor e com mais detalhes o projeto, além de sanar qualquer dúvida que eventualmente possa surgir por parte dos patrocinadores.

Ex: O Trote da Cidadania conseguiu atingir 5 mil estudantes universitários, bem acima dos 3 mil esperados. Acreditamos que esse sucesso se deve ao pioneirismo desta ação e ao envolvimento de todas as classes da universidade: alunos, funcionários, professores e diretores.

14

15

8. Síntese
Idéia

Faculdade de Engenharia Agrícola Cidade Universitária Zeferino Vaz - Unicamp Campinas - São Paulo e-mail - agrolog@agr.unicamp.br - Fone : (019) 788-1046 Fax 788-1010 CGC : 68.006.709/0001-38 Inscrição Municipal 108.625

Campinas, 25 de Janeiro de 1999 A NOME DAEMPRESA

Reunir um grupo de pessoas e discutir a idéia

Assunto : Apoio ao trote social da Faculdade de Engenharia Agrícola da Unicamp de 1999 At. Sr NOME DAPESSOA Cargo Nós alunos da Faculdade de Engenharia Agrícola da Unicamp, com o intuito de mudar a concepção do ritual de entrada dos 40 novos alunos em nosso curso, estamos trabalhando, junto com a Fundação Educar DPaschoal, Fundação FEAC - Federação das Entidades Assistenciais de Campinas e Fundação Chitãozinho e Xororó de Amparo a Criança, para que seja feito um "Trote da Cidadania" despertando nos nossos calouros uma visão mais humana e completa da realidade brasileira. O primeiro "Trote da Cidadania", na Unicamp, foi realizado, com sucesso, no ano passado pela Faculdade de Engenharia de Alimentos. A idéia principal é colocar universitários em contato com a realidade do nosso país, despertando neles o espírito de cidadania. Neste ano, para alavancar esta idéia, a Fundação Educar DPaschoal e FEAC estão promovendo um concurso que premiará a faculdade que realizar o melhor "Trote da Cidadania". Haverá uma premiação para uma faculdade da Pontifícia Universidade Católica de Campinas – PUC-CAMPINAS, que até o momento conta com 8 cursos participantes e outra para uma faculdade da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp, com 9 cursos.

Levantar as necessidades do seu projeto (orçamento)

Identificar as fontes de recursos humanos e materiais disponíveis (empresas, entidades, potenciais patrocinadores e apoiadores).

Escrever detalhadamente todo o projeto Elaborar uma proposta de patrocínio (vide exemplo anexo)

A nossa participação nesse concurso tem como principal finalidade despertar uma consciência cidadã nessa pequena e poderosa parcela da sociedade formada pelos alunos universitários. Para viabilizar esta atividade, convidamos a NOME DA EMPRESA a ser nossa parceira, oferecendo diversas opções de colaboração. Antecipadamente agradecemos sua atenção e colocamo-nos à disposição para quaisquer outros esclarecimentos.

Procurar apoios institucionais que são importantes para dar credibilidade ao evento Tratar a empresa como parceira e não apenas como doadora/patrocinadora Criar contrapartidas (benefícios) e preparar-se para ouvir novas solicitações.

Atenciosamente, Assinatura Cargo-Instituição

Lembrar-se de que o patrocínio pode ser em dinheiro, materiais, apoio logístico, divulgação, etc.

CAEA
Centro Acadêmico de Engenharia Agrícola

16

17

Faculdade de Engenharia Agrícola Cidade Universitária Zeferino Vaz - Unicamp Campinas - São Paulo e-mail - agrolog@agr.unicamp.br - Fone : (019) 788-1046 Fax 788-1010 CGC : 68.006.709/0001-38 Inscrição Municipal 108.625

Faculdade de Engenharia Agrícola Cidade Universitária Zeferino Vaz - Unicamp Campinas - São Paulo e-mail - agrolog@agr.unicamp.br - Fone : (019) 788-1046 Fax 788-1010 CGC : 68.006.709/0001-38 Inscrição Municipal 108.625

O Trote da Cidadania
O "Trote da Cidadania" será realizado no dia primeiro de março de 1999 juntamente com o início das aulas, conforme a programação a seguir. Recepção dos calouros no C.B.10 Os alunos serão levados para os semáforos no cruzamento das avenidas Anchieta com rua Benjamin Constant, no centro da Cidade de Campinas onde entregarão flores, folhetos de prevenção ao câncer de mama e saquinhos de lixo, incentivando assim, o aumento da qualidade de vida da comunidade campineira. Os alunos almoçarão no restaurante II da Unicamp - Bandejão As atividades de integração serão realizadas na Fundação Chitãozinho e Xororó de Amparo à Criança, com recreações educativas unindo calouros a adolescentes carentes. A fundação tem por objetivo aprimorar a formação humana, ensinar técnicas básicas de agricultura, avicultura, pecuária, informática, serigrafia e construção rural com fabricação de tijolos, aos adolescentes carentes de 13 a 18 anos, que estejam cursando o ensino regular oficial. Serão formadas equipes de 10 pessoas, sendo alguns calouros e alguns adolescentes para favorecer as condições para maior integração durante a participação nas atividades listadas a seguir. Todas as atividades terão regras que aumentem a integração, forcem a participação de todos da equipe, fazendo com que os calouros dependam dos adolescentes e estes dos calouros para se chegar à vitória. Cada equipe escolherá um nome que deve estar ligado à preservação do meio ambiente. • Preparação da terra: Para cada equipe será definida uma área que deverá ser capinada. A equipe que realizar o trabalho com melhor qualidade e maior área será a vencedora. • Colheita de milho: Vence a equipe que colher a maior quantidade de sacos de milho. A colheita será feita sob condições adequadas para tornar a atividade mais interessante e integradora. • Gincana: Diversas atividades como corrida do saco, cabo de guerra, etc. • Você faz o show: As equipes terão que representar uma peça de teatro com temas ligados à preservação da natureza e meio ambiente. Confraternização com a distribuição de refrigerantes e cervejas para coroar o dia de integração e desejar uma boa carreira acadêmica aos novos alunos.

Patrocínio
Foi grande a repercussão alcançada na mídia no ano passado, quando um curso realizou o trote da cidadania, com matérias publicadas no Correio Popular, Diário do Povo e reportagem na EPTV. Este ano já contatamos jornais e revistas e programas de renome a fim de que façam a cobertura do evento, os quais demonstraram, desde já, grande interesse na divulgação do mesmo. Para o sucesso na realização do projeto acima especificado, estamos procurando empresas interessadas em investir na sociedade, na formação de protagonistas universitários e futuros profissionais. A divulgação dos nomes dos patrocinadores será feita em camisetas, que serão usadas por alunos da faculdade durante todo o dia do trote, faixas no ônibus, no cruzamento das avenidas do pedágio e nos saquinhos de lixo que serão distribuídos. Também serão feitas referências aos patrocinadores em eventuais entrevistas. Os nomes dos patrocinadores estarão sendo ligados a um evento de cunho social e cultural valorizando a participação dos mesmos e despertando a iniciativa deste tipo de investimento, em outros empresários.

Recepção 8h

Campanhas nos pedágios 9h às 12h

Almoço 12h às 13h30

Integração 13h30 às 17h

Público alvo
Além dos universitários atingiremos vários tipos de público uma vez que o pedágio será realizado no centro da cidade de Campinas, tendo aproximadamente duas horas de duração e em horário de grande movimento. As faixas serão colocadas no período da manhã neste cruzamento, anunciando o evento. Teremos também como público telespectadores e leitores de jornais, pois a expectativa é de que o trote da cidadania este ano tenha um espaço muito maior que o do ano passado visto o grande número de faculdades envolvidas. No dia do trote, bem como na entrega da premiação, estaremos atingindo ainda o público universitário.

Orçamento
A previsão de despesas do evento está abaixo relacionada.
Item Ônibus para locomoção dos alunos Camisetas Faixas Saquinhos de pano para lixo Latas de cerveja Latas de refrigerante Total Quantidade 1 100 4 1000 1000 500 Custo(R$) 200,00 650,00 100,00 50,00 450,00 350,00 1.800,00

Confraternização social 17h às 22h

18

Para cobertura de tais despesas estamos contando com a participação de várias empresas e estamos disponibilizando espaços em camisetas, faixas e sacos de lixo como indicados na próxima página. Há diversas alternativas à disposição dos patrocinadores e outras poderão ser analisadas.

19

Faculdade de Engenharia Agrícola Cidade Universitária Zeferino Vaz - Unicamp Campinas - São Paulo e-mail - agrolog@agr.unicamp.br - Fone: (019) 788-1046 Fax: 788-1010 CGC : 68.006.709/0001-38 Inscrição Municipal 108.625

Camisetas
As camisetas que serão usadas pelos alunos da faculdade no dia do trote terão disponibilizados os espaços abaixo indicados:
Engenharia Agrícola 99

Coordenação Geral Luís Norberto Pascoal Marcelo Resende Scharra de Oliveira Paula
6 x 10 10 x 15 25 x 25 6x6 7 x 35 8 x 15

1

3

4

2

2 5 6 8
Realização: C.A.E.A Agrológica

1 7

UNICAMP

frente

costas

Dimensões em centímetros Espaços 1, 2, 3, 4 Espaços 5, 6, 7, 8 Logo Trote Unicamp frente Logo Trote Unicamp costas Logo Engenharia Agrícola 99 costas Espaço para C.A.E.A e Agrológica

Pesquisa e Desenvolvimento Mila Shirai Vieira Colaboradores Fernando Gomes de Moraes Marcio Teruo Onodera Tânia Rios Agradecimentos A todas as pessoas que participaram do desenvolvimento deste manual e à Equipe da Fundação DPaschoal.

Faixas
Duas faixas estarão fixadas durante todo o dia do trote nas laterais do ônibus que transportará os calouros. Duas faixas permanecerão nos faróis do pedágio durante todo o dia. Após o pedágio estas faixas estarão penduradas, na Fundação Chitãozinho e Xororó, durante o dia de evento confraternização. As faixas terão a seguinte disposição:
1 3 2 4

Dimensões em centímetros Espaços 1, 2, 3 e 4

25 x 80

Saquinhos para lixo
Saquinhos para lixo, de pano, para o interior dos automóveis (em número de 1000) onde também constarão os logotipos dos patrocinadores:
Trote da Cidadania Mantenha limpa a sua cidade

Dimensões em centímetros Espaços 1, 2, 3 e 4

8x6

1 3

2 4

Engenharia Agrícola Unicamp

Opções para os patrocinadores
Opção 1 2 3 4 5 Custo(R$) 1.800,00 900,00 450,00 550,00 350,00 Camisetas Todos 1, 3, 5 e 6 2 espaços 3 espaços 1 espaços Espaços Faixas Todos 1e2 1 espaço 1 espaço 1 espaço Sacos de Lixo Todos 1e2 1 espaço 1 espaço 1 espaço

20

21