Percebemos campos eletromagnéticos?

Eu não quis participar das últimas discussões. Quero apenas dizer que nem todas nossas capacidades são conhecidas, ou melhor, não são comprovadas pela ciência *até agora*. Vejam o que me caiu nas mãos hoje sobre a glândula epífise: ... P.: Os animais possuem a epífise? Ela está relacionada à consciência? R.: Todos os animais têm essa glândula; ela orienta nos processos migratórios, por exemplo, pois ela sintoniza o CAMPO MAGNÉTICO. ... (os grifos são meus) P.: A pineal converte ondas eletromagnéticas em estímulos neuroquímicos? Isso é comprovado cientificamente? R.: Sim, isso é comprovado. Quem provou isso foram os cientistas Vollrath e Semm, que têm artigos publicados na revista científica Nature, de 1988. Perguntas feitas por Paula Calloni de Souza, da revista Espiritismo & Ciência, respondidas pelo Dr. Sérgio Felipe de Oliveira, psiquiatra, mestre em ciências pela Universidade de São Paulo, um dos maiores pesquisadores em na área de Psicobiofísica, segundo a revista, na época da publicação desta (Ano I, n.º 3 - 2001). Segundo o mesmo médico, essa glândula é um órgão cronobiológico, ou seja, é um relógio do nosso organismo, pois regula o ciclo de sono-vigília, através da secreção de hormônios. Dessa forma, ela nos dá a dimensão espaço-tempo, nos colocando em contato com a quarta dimensão. Se até os animais que são nossos irmãos inferiores (em evolução) percebem campos magnéticos, imaginem a nossa capacidade, enquanto seres humanos, que, além dessas ferramentas físicas, possuímos ainda a capacidade de julgamento!

Para encontrar mais textos como este visite o site: http://geocities.yahoo.com.br/luxcuritiba Ou entre no grupo de estudos Piramidal: http://br.groups.yahoo.com/group/piramidal

— 1 —

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful