P. 1
Livro Actifry Gourmand

Livro Actifry Gourmand

5.0

|Views: 1,097|Likes:
Published by Ana Carvalho

More info:

Published by: Ana Carvalho on Oct 26, 2011
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/25/2012

pdf

text

original

Sections

  • Creme
  • Tirinhas de frango
  • Grão salteado
  • Guisado de legumes
  • Jardineira
  • Grão refogado
  • Massa
  • Caldeirada de peixe
  • Frango guisado
  • Legumes
  • Chocos salteados
  • Atum salteado
  • Vitela guisada
  • Bacalhau
  • Asinhas de frango
  • Vitela assada
  • Castanhas assadas
  • Carne de porco
  • Chocos à algarvia
  • Lulas fritas
  • Frango
  • Guarnição
  • Batatas fritas autênticas
  • Batatas fritas
  • Maçãs- Batatas
  • Molho
  • Molho de tomate
  • Molho de cogumelos
  • Molho de mostarda

Em todo o mundo,
mais de um milhão
de unidades vendidas!

Por forma a não danificar o seu aparelho, respeite as quantidades
de ingredientes e líquido indicadas nas receitas.

www.tefal.pt

Saboreie
a diversidade

com a

Sumário

TEFAL : A Nutrição Saborosa

6

Era uma vez… ActiFry

A dieta mediterrânica e as novas técnicas de cozinhar

As regras de ouro da nutrição

12

Comer com Prazer

As 7 famílias de alimentos

Tabela dos nutrientes

Use óleos variados

A batata: Equilíbrio e prazer no dia-a-dia

O importante é o equilíbrio

20

SEMANA 1 - Exemplo de menús equilibrados

SEMANA 2 - Exemplo de menús equilibrados

Receitas

27

Tempos de cozedura

Receitas por ordem alfabética

TEFAL : A Nutrição

Inovar em prol
da sua saúde

A nutrição tem evidentemente
que ver com uma alimentação
variada e equilibrada… mas
não só, porque a nutrição é bem
mais do que os ingredientes.
A forma como eles são
cozinhados desempenha um
papel essencial na sua
transformação nutricional e
organoléptica (sabor, textura…).

Assim, e porque os aparelhos não
são todos iguais, a TEFAL
desenvolveu uma gama
dedicada à NUTRIÇÃO COM
MAIOR PRAZER: utensílios
engenhosos que preservam a
integridade nutricional e exalam
o verdadeiro sabor dos
ingredientes.

Apresentar
soluções únicas

A

investiu na
investigação para criar
aparelhos capazes de
proporcionar desempenhos
nutricionais únicos, validados
por estudos científicos.

Informar

A

é, desde sempre, o
parceiro privilegiado da sua
alimentação, ao proporcionar
rapidez, facilidade de utilização
e espírito de convívio na
preparação das suas refeições.

Dia após dia, a gama"Nutritivo
& Delicioso" da TEFAL ajuda a
partilhar o prazer de cozinhar e
o equilíbrio alimentar, ao:

• favorecer e preservar as
qualidades dos ingredientes
essenciais à sua alimentação;

• limitar a utilização de
gorduras;

• promover o retorno ao gosto
e aos sabores esquecidos;

• limitar o tempo dispendido na
preparação de uma refeição.

TEFAL : A NUTRIÇÃO SABOROSA

06 |07

Saborosa

Era uma vez…

ActiFry, a
“made in SEB”

Há 150 anos que o Grupo SEB,
"Société d'Emboutissage de
Bourgogne", constrói a sua história
na inovação permanente e na
conquista de novos mercados.

Facilitar o quotidiano das pessoas
do mundo inteiro, oferecer-lhes
produtos e soluções inovadoras e
assim proporcionar-lhes alegria e
bem-estar, esta é a sua vocação.

Foi esta combinação de espírito
inventivo, ambição e tenacidade,
aliada à atenção que prestamos
aos consumidores, que fizeram do
nosso Grupo o líder mundial no
sector

dos

pequenos

electrodomésticos.

A nossa empresa, desde sempre
implantada na Borgonha, soube
inspirar-se nos valores históricos
desta célebre região de França:
uma gastronomia reconhecida e
um património cultural único que
influenciaram fortemente o estilo
de vida dos seus habitantes. Assim,
não foi por acaso que esta região
viu nascer um processo
revolucionário de cozedura…

Hoje, para além de simplificarmos
o seu dia-a-dia, proporcionamos
momentos saborosos e muitas
outras experiências agradáveis.
Graças a produtos perfeitamente
adaptados a uma cozinha
saudável e saborosa.

ActiFry,
a Borgonhesa

Há muito tempo que a ideia de
fritar batatas com pouco óleo
germinava na mente dos
investigadores…

Foram
nomeadamente os nossos
trabalhos de investigação com
universidades francesas sobre o
processo de cozedura que nos
permitiram abordar esta
problemática segundo uma
perspectiva diferente.

Este novo conhecimento permitiu-
nos determinar com precisão o
papel do óleo na cozedura e os
seus parâmetros exactos para
obter simultaneamente uma
textura estaladiça por fora e mole
por dentro.

Uma vez conhecido e dominado
este processo, era preciso transpô-
lo para um electrodoméstico…

Foram necessárias cinco gerações
de protótipos e múltiplos testes
organolépticos para conseguirmos
alcançar a qualidade e o resultado
pretendidos.

As nossas investigações e os nossos
trabalhos de desenvolvimento
levaram-nos agora a registar
quatro patentes relativas a este
processo revolucionário. Mais de
10 anos de investigação entre a
ideia inicial e a primeira produção
em série, em Janeiro de 2007.

Resultado de um trabalho de
equipa, ActiFry é hoje fabricada em
vários milhares de exemplares por
dia, em França, no coração da
região da Borgonha!

ActiFry
a Revolucionária

ActiFry é 1 kg de verdadeiras
batatas fritas estaladiças por fora e
moles por dentro… apenas com
uma colher de óleo! Ou seja,
menos de 3% de gordura para
recuperar o sabor das batatas fritas
das nossas avós…

Utilizando óleos saudáveis que nos
fazem bem, ActiFry permite variar
os pratos e os sabores. Faz parte da
nossa gama "Nutritivo & Delicioso"
que reúne as tecnologias de ponta
e toda a experiência da TEFAL ao
serviço do prazer e da saúde.

ActiFry
a Universal

ActiFry já viajou muito, sem nunca
deixar de ser falada… O seu
talento de "cozinheira"
internacional é incontestável; ela
"passeia-se" por todos os países,
sem nunca deixar as papilas dos
seus utilizadores. Não é por acaso
que mais de um milhão de famílias
a adoptou por todo o mundo. É
também porque a saúde é
fundamental para qualquer
pessoa que ActiFry tem seduzido

os consumidores mais conscientes,
em muitos países. ActiFry é,
efectivamente, um grande sucesso
em termos nutricionais: 1 kg de
verdadeiras batatas fritas douradas
e estaladiças, apenas com uma
colher de óleo…

ActiFry sabe adaptar-se à cultura
culinária de cada país que teve a
oportunidade de visitar. Grandes
chefes de cozinha de Itália, França,
Alemanha, Turquia, Europa de
Leste, Austrália, Canadá, Rússia e
muitos outros países, puderam
recorrer a ela sem dificuldade para
aliar os requisitos nutricionais ao
prazer das deliciosas receitas locais.

ActiFry
a Mediática

Foi em França, em terras da
Borgonha, na cidade de Is-sur-
Tille, que nasceu ActiFry. Hoje são
os seus clientes, mas também
jornalistas do mundo inteiro, que
vêm visitar o seu local de
origem… Pretendem saber qual
a poção mágica que permitiu
chegar a uma tal inovação! Até os
"paparazzis" que disparam
incessantemente as suas
máquinas fotográficas sobre

ActiFry, nas nossas demonstrações
e sessões de prova com
consumidores do mundo inteiro!

ActiFry
a Ambiciosa

E isto é apenas o princípio – ActiFry
está só à sua espera para alimentar
o seu livro de receitas. Por isso, se os
seus talentos de cozinheiro
estiverem à altura do périplo de
ActiFry, visite o site www.tefal.pt ou
partilhe as suas próprias receitas
através do Clube Consumidor Tefal

clube.consumidor@pt.groupeseb.com

ActiFry

08 |09

www.tefal.pt

TEFAL : A NUTRIÇÃO SABOROSA

VIVEMOS NUM MUNDO CADA VEZ MAIS COMPLICADO,
RODEADOS DE TECNOLOGIA CADA VEZ MAIS EVOLUÍDA. MAS
DE QUE NOS SERVE TODO ESTE APARATO TECNOLÓGICO?

A dieta mediterrânica e as

A obesidade tornou-se um flagelo que afecta os países
«desenvolvidos» e as doenças associadas (diabetes,
hipertensão arterial, colesterol, doenças cardiovasculares)
não param de aumentar entre nós. Nem as nossas
crianças escapam, como mostram os números crescentes
da obesidade infantil. Temos medicamentos mais eficazes
e tratamentos inovadores, mas nem por isso a situação
parece melhorar. De facto, a OMS já declarou a obesidade
como a grande epidemia do século XXI.

Este parece ser o paradigma dos nossos tempos: quanto mais
avançamos no conhecimento das causas do excesso de peso e seus
tratamentos, mais percebemos que a adopção dum estilo de vida
saudável ainda é o melhor remédio para este sério problema de
saúde, que já afecta mais de metade dos portugueses. Estaremos
condenados a tornar-nos obesos como resultado da alimentação
que fazemos e do sedentarismo em que vivemos?

Rodrigo M. Abreu,

Nutricionista

Felizmente, a tecnologia não serve apenas para nos pôr mais tempo a trabalhar
com o computador ou para deixar os nossos filhos em frente à televisão. Pelo
contrário, a tecnologia também permite desenvolver aparelhos que nos facilitam
a vida e nos proporcionam experiências agradáveis. Aparelhos que cozinham
mais depressa, que permitem cozinhar com menos gordura ou que conseguem
conservar melhor os nutrientes essenciais para nos mantermos saudáveis. No
fundo, aparelhos que nos ensinam a tirar melhor partido das coisas boas que
temos à nossa disposição e que nos ajudam a adoptar estilos de vida mais
saudáveis.

Ao contrário das dietas restritivas que todos conhecemos ou de que já ouvimos
falar, aprender a comer é a melhor forma de ter o seu peso controlado, manter o
prazer de comer e levar uma vida mais saudável. Neste livro encontrará receitas
saborosas e equilibradas, que pode experimentar a seu gosto. Aproveite para
questionar os seus hábitos e dedicar algum tempo a explorar receitas e formas de
comer mais equilibradas. Pense naquilo que mais gosta de comer e experimente
preparar os alimentos de forma mais saudável. Verá que não é difícil equilibrar
prazer e saúde para desfrutar duma maior qualidade de vida. Coma bem, viva
melhor!

novas técnicas de cozinhar10 |11

TEFAL : A NUTRIÇÃO SABOROSA

As regras de

Comer com Prazer

1Comer com prazer; eliminar as noções de
restrição e de dietas.
2Demorar o tempo suficiente para comer com
calma, sentado e aguardar alguns segundos
entre cada garfada.
3Hidratar-se bem ao longo de todo o dia, sem
esperar que a sensação de sede se faça sentir.
Não esquecer que a água é a única bebida
indispensável.
4Comer todos os dias uma taça de legumes
verdes (cozidos e/ou crus) e uma a duas peças
de fruta da época.
5Comer 2 taças de legumes secos cozidos por
semana.
6Comer pão a todas as refeições (cerca de
200g, ou seja, aproximadamente uma

"baguette" por dia) e, três vezes por semana,
comer cereais (massas, arroz, sêmola…).
7Variar os óleos, utilizando pelo menos 3 óleos
diferentes: colza, azeitona, noz, soja… Dose
diária: 2 a 3 colheres
8Comer diariamente uma a duas porções de
carne, peixe e ovos, segundo estas indicações:
• Em quantidade inferior ao acompanhamento
de legumes e/ou farináceos;
• Peixe pelo menos 2 vezes por semana, sem
esquecer os peixes gordos;
• Os ovos são uma excelente fonte de
proteínas.
9Consumir diariamente 3 produtos lácteos
(leite, iogurtes e queijos).
125 ml de leite= 1 iogurte = 150 g de queijo
fresco = 30 a 40 g de queijo curado

AS REGRAS DE OURO DA NUTRIÇÃO

12 |13

Uma alimentação variada
ajuda-o a manter-se em forma!

Carne,
peixe, ovos

Pão, cereais,
farináceos,
legumes
secos

Frutas e
legumes

Lacticínios

Gorduras

Bebidas

"Doces"

proteínas
animais para
garantir uma
estrutura e
uma reparação
fortes (também
ácidos gordos).

glícidos de
assimilação
lenta (também
proteínas
vegetais e
fibras).

fibras para o
trânsito
intestinal,
vitaminas,
minerais e
oligo-elementos
reguladores e
protectores.

cálcio para
crescer e
manter o seu
capital ósseo
(também
proteínas).

ácidos gordos
insaturados e
ácidos gordos
saturados para
obter energia.

água, única
bebida
indispensável.

a consumir
pelo prazer,
mas com
moderação.

ouro da nutrição

As 7 famílias de alimentos

Uma alimentação equilibrada deve contemplar as seguintes 7 famílias nutritivas
para assegurar os seguintes benefícios:

Alimentos

Nutrientes

Couve-flor, pepino, espinafres, cereais,
frutos vermelhos, figo.

Queijos, iogurtes, "suissinhos", queijo fresco.

Miúdos, carnes, ostras, ovos, legumes secos
(lentilhas, feijão vermelho, grão-de-bico…),
frutos secos e oleaginosas (amêndoas, nozes…).
Frutos secos e oleaginosas, cereais integrais,
legumes secos, chocolate.

Peixe, crustáceos, mariscos de casca.

Cenouras, espinafres, agrião, manga, damascos,
natas, manteiga, gema de ovo.
Legumes (espinafres, pimento, funcho, couve)
e frutos (cassis, citrinos, kiwi, morango…).
Fígado de peixe, peixes gordos,
miúdos, gema de ovo, leite gordo, queijo.

Óleos, frutos secos e oleaginosas.

Legumes (couve vermelha, espinafres, alface),
fígado, carnes.

Legumes secos, legumes verdes, cenouras,
peixe, carne, cereais integrais, pão integral,
gema de ovo.

Fibras

Glícidos

Lípidos

Proteínas

Energia (kcal ou kJ)

Cálcio

Ferro

Magnésio

Iodo

Vitamina A

Vitamina C

Vitamina D

Vitamina E

Vitamina K

Vitaminas
do grupo B

Tabela dos

Benefícios

Regulação do trânsito intestinal,
reduz a absorção de colesterol e de glícidos.

Combustível do nosso corpo, indispensáveis
ao bom funcionamento do cérebro, dos músculos, etc.

Bom funcionamento das células (ácidos gordos).

Renovação dos tecidos e das células.

Mede as necessidades energéticas diárias.

Bom para a estrutura óssea e dentes,
a contracção muscular e previne a osteoporose.

Indispensável à formação de glóbulos vermelhos.

Participa nos mecanismos de defesa imunitária,
no crescimento e no equilíbrio do sistema nervoso.
Entra na constituição das hormonas da tiróide.
Acção sobre a pele, os cabelos e o funcionamento do cérebro.
Anti-oxidante: acção sobre o crescimento, a visão e a pele.
Ajuda na cicatrização.
Anti-oxidante: acção sobre a regeneração celular.
Favorece a absorção de ferro e estimula as defesas imunitárias.
Essencial ao desenvolvimento do esqueleto
e favorece a absorção de cálcio.
Anti-oxidante: protecção das membranas celulares,
anti-envelhecimento. Benéfico para a circulação sanguínea

Favorece a coagulação do sangue.

Bom funcionamento ao nível da pele e dos cabelos. Acção sobre
os sistemas nervoso e muscular. Acção generalizada sobre os tecidos
e os órgãos. Intervém na formação dos glóbulos vermelhos.

14 |15

nutrientes

AS REGRAS DE OURO DA NUTRIÇÃO

Use óleos variados

Existem quatro grandes famílias de óleos e gorduras vegetais:
os óleos saturados, os óleos oleicos, os óleos linoleicos e os
óleos linolénicos.

Os óleos vegetais são
compostos por ácidos gordos,
em proporções variáveis. Estes
ácidos gordos podem ser
saturados, mono-insaturados ou
poli-insaturados.

A composição de um óleo em
ácidos gordos determina o seu
aspecto, a sua reacção ao frio e
ao calor, o seu valor nutritivo e
a sua acção sobre o organismo.

Os ácidos gordos também
podem ser produzidos pelo
nosso organismo, a partir da
glicose. Os ácidos gordos mono-

insaturados permitem formar a
película de mielina que envolve
os nervos e têm um papel
regulador do metabolismo dos
lípidos e do colesterol. Reduzem
a colesterolemia, reduzindo o
LDL (a forma de colesterol que
se deposita nas paredes das
artérias) e aumentando o HDL
(a forma de colesterol que
recupera e permite a eliminação
do colesterol em excesso).
Protegem

o

sistema
cardiovascular, o tecido cerebral
e o sistema nervoso.

Os óleos "poli-insaturados"

Os ácidos gordos poli-insaturados
que constituem estes óleos não
podem ser produzidos pelo corpo
humano. O ácido linolénico e o
ácido alfa-linolénico são ambos
ácidos gordos poli-insaturados que
têm de ser obrigatoriamente
fornecidos pela alimentação, razão
pela qual se designam "óleos
essenciais".

Os óleos "mono-insaturados",
geralmente designados "oleicos":

São os óleos cujo teor em ácido
oleico é superior a 50%. Os ácidos
gordos mono-insaturados estão
presentes em grande quantidade no
azeite, óleo de girassol, óleo de
avelã, óleo de colza, óleo de
amêndoa, óleo de pistacho e óleo
de noz pecan.

Atenção aos óleos "saturados"!

São os óleos e gorduras que
contêm mais de 40% de ácidos
gordos saturados totais. Quanto
mais saturada for uma gordura,
maior a tendência para coagular à
temperatura ambiente: os óleos de
coco e de palma, a manteiga de
karité e as gorduras animais, por
exemplo, têm um forte teor em
ácidos gordos saturados.

Os ácidos gordos saturados
suportam bem o calor. Em
contrapartida, são mal assimilados
pelo nosso organismo e,
consequentemente, fazem elevar a
taxa de mau colesterol.Assim, sem
nos privarmos totalmente deles,
devemos limitar o consumo destas
gorduras que podem tornar-se
nocivas para a nossa saúde.

manteiga
banha de porco
pato
palma
amendoim
girassol oleico
azeitona
Isio 4
colza
soja
noz
girassol
grainha de uva

0 %

Teor médio em ácidos gordos
de determinadas gorduras

10 %20 %30 %40 %50 %60 %70 %80 %90 %100 %

ácidos gordos saturados
ácidos gordos mono-insaturados

ácidos gordos Omega 6
ácidos gordo Omega 3

O ácido linoleico,

precursor da família

Ómega 6

O ácido linoleico provoca
uma quebra da colesterolemia
total, com diminuição do
colesterol LDL e HDL. É
essencial à formação da
barreira impermeável da
pele e está na origem de
várias hormonas. Encontra-
se nos óleos de girassol, de
milho e de grainhas de uva.

O ácido alfa-linoleico,

precursor da família

Ómega 3

Reduz os triglicéridos
sanguíneos e permite a
síntese dos derivados que
contribuem para a fluidez do
sangue.

Encontra-se nos óleos de
linhaça, soja, noz e tremoço.
O óleo de colza é
simultaneamente um óleo
oleico e linolénico.

16 |17

AS REGRAS DE OURO DA NUTRIÇÃO

A batata:

Equilíbrio e prazer no dia-a-dia

Apesar da sua grande popularidade, a batata é vítima de muitos
preconceitos, que a acusam nomeadamente de favorecer o
aumento de peso. No entanto, ela representa um alimento
qualitativamente interessante do ponto de vista nutricional. De
facto, a batata pode contribuir para o nosso equilíbrio
nutricional, fornecendo aquilo que tende a não estar presente
na alimentação actual: vitaminas, magnésio, ferro e, sobretudo,
os açúcares complexos.

As múltiplas qualidades da batata fazem dela um alimento que pode
ser consumido por todos, em qualquer idade.

Praticamente desprovida de lípidos
(0,1%) e pobre em proteínas (2%),
a batata é composta por 80% de
água e 16% de amido, glícidos que
o nosso organismo assimila
lentamente. A batata é uma
excelente fonte de energia e o seu
teor em fibras alimentares é
interessante. Embora em pequena
quantidade numa batata
descascada (1,5 g/100 g, em
média), o seu teor em fibras não é
negligenciável, se considerarmos
que uma dose de 200 g de batatas
assegura cerca de 20% do
consumo diário recomendado. Estas
fibras facilitam o trânsito intestinal
e têm a particularidade de não
serem irritantes para o organismo.

Para além da maior parte dos oligo-
elementos, a batata fornece ainda,
em quantidade significativa:
• potássio, essencial para a boa
contracção dos músculos, entre os
quais o músculo cardíaco;
• magnésio, que desempenha um
papel essencial na manutenção
do equilíbrio nervoso – 300 g
cobrem 20% das necessidades
diárias de um adulto;
• ferro, cujo papel é vital na
formação do sangue.

A vitamina C contida na batata
permite assimilar melhor o ferro
(0,3 a 0,9mg/100 g).

Que variedade utilizar?

De uma maneira geral, para
a ActiFry aconselhamos a
utilização de batatas
especiais para fritar. Quanto
às batatas novas, ricas em
água, aconselhamos que se
deixem fritar durante alguns
minutos suplementares.

No caso das batatas
congeladas pré-fritas, não é
necessário adicionar óleo.

Como preparar as batatas
para a ActiFry?

A fim de obter os melhores
resultados, é necessário garantir que
as batatas não ficam coladas umas
às outras. Para isso, recomendamos
lavar abundantemente as batatas
inteiras e depois de cortadas, até
que a água saia limpa. Deste modo,
o máximo de amido é eliminado.
Secar cuidadosamente as batatas
sobre um pano seco muito
absorvente. As batatas devem estar
perfeitamente secas antes de serem
introduzidas na ActiFry.

Onde conservar as batatas?

Os melhores lugares para conservar as
batatas são uma boa cave ou um armário
fresco (entre 6 e 8ºC), ao abrigo da luz.

Como cortar as batatas?

O tamanho das batatas tem influência
sobre o grau de efeito estaladiço e mole.
Quanto mais finas forem, mas estaladiças
ficarão e, inversamente, quanto mais
grossas, mais moles ficarão por dentro.

Assim, consoante o gosto, prepare:

batatas finas: 8 x 8 mm

batatas normais: 10 x 10 mm

batatas grossas: 13 x 13 mm

uma

batata

contém

como uma
chávena de
arroz integral

tantas fibras

igual a 20 avelãs

teor
de magnésio

do que uma
chávena
de arroz

menos
calorias

do que uma
banana

duas vezes
mais potássio

do que uma
taça de
espinafres

mais
ferro

A que outros alimentos podemos comparar
uma batata?

18 |19

Consoante as variedades e as condições

climáticas e de cultura, a batata pode

sofrer alterações importantes: na forma,

no tamanho, na qualidade gustativa.

Cada batata possui características

próprias de precocidade, de

rendimento, de tamanho, de cor, de

qualidade de conservação e de

indicações culinárias. Os resultados da

preparação podem variar consoante a

origem e a época de colheita da batata

utilizada.

AS REGRAS DE OURO DA NUTRIÇÃO

O importante

A primeira vez que
alguém me falou
sobre a “ActiFry”
pensei numa simples
máquina de fritar
batatas com pouco
óleo, no entanto,
para minha surpresa,
vejo-me perante um
elemento de cozinha
… revolucionário!

Para além das famosas
batatas fritas, que
efectivamente são
deliciosas, existem
inúmeras possibilidades:

Salteados de carnes ou de
legumes, molhos, risottos e até
estufados, e tudo isto com
apenas uma colher de azeite!

A cozinha mediterrânea não
é concebível sem o azeite.
No entanto, o que é
verdadeiramente revolucionário
é conseguir sabores e resultados
tão bons, sem que seja
necessário utilizar toda a gordura
que habitualmente nos vemos
obrigados a usar para conseguir
esses guisados tradicionais de
que tanto gostamos. Se já eram
saudáveis, com esta significativa
diminuição de gorduras, tornam-
se imbatíveis quando se trata de
manter uma alimentação
equilibrada.

Menús equilibrados para a semana

Por Rosa Pertierra,

Chefe de cozinha de renome

20 |21

E tudo isto sem
renunciar ao mais
importante:
O SABOR!

Do ponto de vista de alguém que
como eu dedica uma grande parte
do seu tempo na cozinha, a ActiFry
tem, além disso, uma série de
vantagens acrescidas:

- Dispõe de um temporizador que
permite vigiar a cozedura
evitando que coza em demasia
ou queime, ou qualquer
incidência deste tipo, que tão
frequentemente acontece na
cozinha. Temos um perfeito
controlo do tempo de cozedura.

- Este mesmo temporizador, uma
vez terminado o tempo de
cozedura programado, mantém
a preparação quente,
permitindo servir
mais tarde.

- Dentro do aparelho existe uma
fonte de cozedura com uma pá
misturadora que mexe
constantemente não sendo
necessário abrir e fechar
constantemente, para certificar-
se que os alimentos não pegam,
e desta forma evita-se a perda de
calor.
- A tampa reduz consideravelmente
os odores típicos libertados
geralmente na cozinha.
- Esta tampa também evita
qualquer tipo de salpicos, de
modo que a limpeza da cozinha
fica reduzida à limpeza da cuba
ActiFry.
- A tampa protege ainda de
possíveis queimaduras, tão
comuns, na cozinha.

Graças à ActiFry já não é
necessário sujar tudo para
cozinhar. Acabou-se o tempo de
não jantar devidamente, porque
chegámos esgotados e não nos
apetece começar a sujar tudo,

sabendo que iremos ter de o
limpar depois. Com um mínimo de
azeite, podemos preparar um
almoço ou um jantar completo,
saudável e delicioso.
Além disso, trata-se de um
acessório perfeito para cozinhas
pequenas ou levar em viagem,
visto necessitarmos apenas de
uma tomada.
Finalmente como chefe, estou
convencida que não existe outro
instrumento de cozinha tão capaz
de preparar refeições, tão
deliciosas e com tanta facilidade
como este.

A ActiFry consegue !

é o equilíbrio

O IM

PORTANTE É O EQUILÍBRIO

Exemplo de menús

As
receitas

dos pratos
sublinhados
encontram-se
neste livro de
receitas.

Pequeno

almoço

Almoço

Jantar

Segunda-feira

DDNDM*(g)Glícidos286/Proteínas85/Lípidos62

*DAS DOSES NUTRICIONAIS DIÁRIAS MÉDIAS

Terça-feira

DDNDM*(g)Glícidos226/Proteínas93/Lípidos54

Quarta-feira

DDNDM*(g)Glícidos255/Proteínas96/Lípidos67

1 pãozinho com 1 fatia
fina de queijo ou fiambre

1 chávena de leite meio
gordo (pode adicionar-se
café e pouco açúcar)

Meio prato de salada de
alface, tomate e cebola
(temperada com 1 colher
de sopa de azeite)

Chocos à algarvia
(p71)

3 batatas cozidas de
tamanho médio

1 rodela de ananás

Sopa de legumes e
hortaliça (com pouca
batata)
6 colheres de sopa arroz
cozido
1 peito de frango
grelhado, limpo de peles
e gorduras
1 maçã

1 chávena de leite meio
gordo

8 colheres de sopa de
cereais pouco açucarados

1 kiwi

Meio prato de salada de
alface, tomate e cebola
(temperada com 1 colher
de sopa de azeite)

Asinhas de frango
(p60)

5 colheres de sopa de
arroz cozido

Meio prato de legumes e
hortaliça (temperados com
1 colher de sopa de azeite)

3 batatas de tamanho
médio
1 posta de pescada
cozida

Chá, café ou cevada
(sem açúcar)

1 pãozinho

1 fatia fina de queijo ou
fiambre

Meio prato de salada de
alface, tomate e cebola
(temperada com 1 colher
de sopa de azeite)
9 colheres de sopa de
massa
1 bife de vaca pequeno
limpo de peles e gorduras
1 banana

Meio prato de salada de
alface, tomate e cebola
(temperada com 1 colher
de sopa de azeite)

Lulas fritas (p 72)

5 colheres de sopa de
arroz cozido

Meio da
manhã

Meia banana
4 tostas ou bolachas
«secas»

1 pãozinho
1 fatia fina de queijo ou
fiambre

1 iogurte
4 tostas ou bolachas
«secas»

Ceia

1 iogurte líquido

1 iogurte magro
1 pêra

1 iogurte líquido

Meio da
tarde

1 chávena de leite meio
gordo (pode adicionar-se
café, mas sem açúcar)
1 pãozinho com um pouco
de manteiga ou margarina

1 chávena de leite meio
gordo (pode adicionar-se
café, mas sem açúcar)

1 fatia de pão com um pouco
de manteiga ou margarina

1 pêssego

1 iogurte
1 pãozinho com 1 fatia
fina de queijo ou fiambre

Media
semana

DDNDM* (g)
Glícidos 244
Proteínas 91
Lípidos 66

22 |23

O IM

PORTANTE É O EQUILÍBRIO

equilibrados SEMANA 1

MENÚS BASE 2000 KCAL

Quinta-feira

DDNDM*(g)Glícidos250/Proteínas79/Lípidos61

Sexta-feira

DDNDM*(g)Glícidos242/Proteínas97/Lípidos58

Sábado

DDNDM*(g)Glícidos225/Proteínas96/Lípidos82

Domingo

DDNDM*(g)Glícidos223/Proteínas98/Lípidos77

1 pãozinho com 1 fatia
fina de queijo ou fiambre

1 chávena de leite meio
gordo (pode adicionar-se
café, mas sem açúcar)

Meio prato de legumes
e hortaliças (temperado
com 1 colher de sopa
de azeite)

Vitela assada
com batata
assada (p63)

1 laranja

Meio prato de legumes e
hortaliça (com pouca
batata)
3 batatas de tamanho
médio
1 porção de ovas de
pescada cozidas
1 maçã cozida (sem
adição de açúcar)

1 chávena de leite meio
gordo

8 colheres de sopa de
cereais pouco açucarados

2 ameixas pequenas

Meio prato de salada de
alface, tomate e cebola
(temperada com 1 colher
de sopa de azeite)

Frango com
ananás e
amêndoas (p67)

Sopa de legumes e
hortaliça(com pouca
batata)

1 posta de corvina no
forno com 2 batatas
assadas

Castanhas
assadas (p64)

Chá, café ou cevada (sem
açúcar)

1 pãozinho

1 fatia fina de queijo ou
fiambre

Meio prato de salada
(temperada com 1 colher
de sopa de azeite)

Carne de porco à
alentejana (p68)

1 fatia de melão

Meio prato de legumes e
hortaliças (temperados com
1 colher de sopa de azeite)

9 colheres de sopa de
grão cozido
1 posta de bacalhau
cozida
1 Maçã cozida (sem
adição de açúcar)

1 chávena de leite meio
gordo. 8 colheres
de sopa de cereais pouco
açucarados
1 copo pequeno de sumo
de laranja (feito com 2
laranjas pequenas e sem
adição de açúcar)

1 maçã
4 tostas ou bolachas
«secas»

1 pãozinho
1 fatia fina de queijo
ou fiambre

1 iogurte
4 tostas ou bolachas
«secas»

4 tostas ou bolachas
«secas»

1 copo de leite MG

1 iogurte magro
Metade de uma manga

1 copo de leite MG

1 iogurte

1 chávena de leite meio
gordo (com café, mas sem
açúcar)
1 pãozinho com um pouco
de manteiga ou margarina

1 chávena de leite meio
gordo (com café, mas sem
açúcar)
1 fatia de pão com um pouco
de manteiga ou margarina
1 cacho pequeno de uvas

1 iogurte
1 pãozinho com 1 fatia
finade queijo ou fiambre
Meia banana

1 chávena de leite meio
gordo (pode adicionar-se
café, mas sem açúcar)
1 fatia de pão escuro com
um pouco de manteiga
ou margarina

Meio prato com salada de
alface e tomate
(temperada com 1 colher
de sopa de azeite)
1 bife de vaca grelhado,
sem peles nem gorduras
visíveis
1 porção de batatas fritas
feitas na ActiFry

1 sopa de legumes (com
pouca batata)
1 omeleta de vegetais e
ervas aromáticas
2 fatias de pão escuro
Metade de uma papaia
pequena

Pão: As refeições principais (almoço e jantar) são acompanhadas de 2 fatias de pão branco ou integral. Cereais: integrais sem açúcar.
Gordura: A gordura por excelência para a elaboração dos pratos será o azeite virgem extra (4 colheres de sopa ao longo do dia).
Bebida: Àgua como bebida principal. Recomenda-se entre 1,5-2 litros por dia.

Exemplo de menús

Media
semana

DDNDM* (g)
Glícidos 244
Proteínas 93
Lípidos 68

As
receitas

dos pratos
sublinhados
encontram-se
neste livro de
receitas.

Pequeno

almoço

Almoço

Jantar

Segunda-feira

DDNDM*(g)Glícidos220/Proteínas86/Lípidos61

*DAS DOSES NUTRICIONAIS DIÁRIAS MÉDIAS

Terça-feira

DDNDM*(g)Glícidos225/Proteínas87/Lípidos67

Quarta-feira

DDNDM*(g)Glícidos230/Proteínas103/Lípidos72

Leite meio gordo

Torrada com azeite

Ameixas

Sopa de aletria

Perna de perú no forno
com batatas fritas na
ActiFry

Iogurte líquido

Legumes
salteados com
tamboril (p48)

Omeleta de cogumelos

Maçã

Leite meio gordo
com cereais

Sumo de laranja

Molho de tomate
com manjericão
(p87)

Salsichas grelhadas
com alface

Melancia

Endívias com tomates
cherry

Atum salteado
com tomate e
pimentos
grelhados (p52)

Iogurte

Leite meio gordo

Pão com tomate

Tangerina

Coração de alface com
anchovas

Grão salteado
com bacon e
lagostins (p32)

Queijo fresco meio gordo

Couve-flor refogada

Vitela guisada
com leite (p55)

Kiwi

Meio da
manhã
Sumo de laranja

Banana

Chá
Torrada com compota

Meio da
tarde

Torrada com mel

Sumo de ananás

Pão com tomate

Pão com azeite

Banana

24 |25

O IM

PORTANTE É O EQUILÍBRIO

equilibrados - SEMANA 2

MENÚS BASE 2000 KCAL

Quinta-feira

DDNDM*(g)Glícidos252/Proteínas100/Lípidos67

Sexta-feira

DDNDM*(g)Glícidos246/Proteínas99/Lípidos69

Sábado

DDNDM*(g)Glícidos240/Proteínas97/Lípidos78

Domingo

DDNDM*(g)Glícidos290/Proteínas82/Lípidos57

Iogurte

Bolachas

Sumo de uva

Arroz cantonês

Frango guisado
com laranjas e
amêndoas (p47)

Maçã

Vichyssoise

Omeleta com legumes

Iogurte

Leite meio gordo
com cereais

Morangos ao natural

Batatas assadas com
cogumelos

Lombo de porco assado
com pimentos grelhados

Iogurte

Creme de courgete

Chocos
salteados com
ervilhas e
hortelã (p51)

Laranja

Leite meio gordo

Pão com doce

Ameixas

Lentilhas estufadas

Molho vinagrete
quente (84)

Banana

Beringela recheada
com atum

Peito de perú
com escarola

Iogurte

Iogurte com cereais

Sumo de pêssego

Iogurte liquido

Pão com azeite
Sumo de ananás

Kiwi

Iogurte líquido

Compota de pêra

Batido de morango caseiro
com bolo caseiro

Iogurte líquido

Nectarina

Melão com presunto
serrano

Guisado de
legumes com ovo
escalfado (p35)

Leite creme

Sopa de cebola

Truta no forno
com puré de batata

Tangerina

Pão: As refeições principais (almoço e jantar) são acompanhadas de 2 fatias de pão branco ou integral. Cereais: integrais sem açúcar.
Gordura: A gordura por excelência para a elaboração dos pratos será o azeite virgem extra (4 colheres de sopa ao longo do dia).
Bebida: Àgua como bebida principal. Recomenda-se entre 1,5-2 litros por dia.

Receitas

Valores nutricionais por dose

[ Proteínas : 13 g ~ Lípidos : 10 g ~ Glícidos : 80 g ]

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->