______________________________________________________________________

REDAÇÃO EMPRESARIAL

Apostila elaborada por Suely Marassi de Aguiar

1

______________________________________________________________________

"NADA PODES ENSINAR A UM HOMEM,

PODES SOMENTE

AJUDÁAJUDÁ-LO

A

DESCOBRIR COISAS DENTRO DE SI

MESMO".

(GALILEU GALILEI)

2

passamos a dominar um instrumento privilegiado de expressão. perder amigos. pela mesma razão que as levou ao crescimento profissional? Ou será que cresceram profissionalmente porque escrevem bem? É provável que ambas as coisas sejam verdadeiras. 3 . seja social. tudo isso por causa de um texto ruim. Podemos danificar objetos de valor. Será que escrevem bem porque são inteligentes. às vezes nos coloca diante de situações nas quais temos que expressar nossas idéias ou transmitir informações a outras pessoas. vai notar que uma boa parte delas escreve bem. Quando somos capazes de redigir com eficiência.______________________________________________________________________ FINALIDADE DA REDAÇÃO 1. isto é. causar separações de pessoas. EXPRESSAR-SE ADEQUADAMENTE A vida. e lá vem um problema. o amigo que explica a outro como fazer algo – eis algumas das milhares de situações em que a comunicação escrita poderá ajudar as pessoas – ou atrapalhá-las e gerar erros às vezes irreversíveis. vale a pena aprimorar a escrita. O médico que dá uma instrução ao paciente por escrito. Agora. um tempo verbal conjugado erroneamente. Todos conhecemos provavelmente histórias de erros e mal-entendidos derivados de uma comunicação escrita falha. uma palavra fora do contexto. Uma vírgula mal colocada. considere que todos esses problemas gerados pela má comunicação têm um custo. 2. seja econômico. perder dinheiro. o professor que orienta o aluno. CRESCER NA PROFISSÃO Se você fizer uma pesquisa entre as pessoas que se destacaram profissionalmente. Logo.

Na falta de leitura. colabora para que resolvam seus problemas. Terceiro. que os chavões e lugares-comuns desapareçam. evita erros e mal-entendidos. porque quem escreve bem influencia mais os outros. por outro lado. Segundo. porque o bom redator resolve muitos problemas com maior facilidade e torna-se uma pessoa mais eficiente. as pessoas que se expressam bem através do texto tendem a crescer profissionalmente. lembremo-nos. ainda. COMO SUPERAR AS BARREIRAS COMUNS NA LINGUAGEM É preciso que o vocabulário se amplie. orienta melhor os outros. Na falta de idéias para enriquecimento do texto. da boa colocação dos adjetivos. Temos. porque quem se expressa bem. e. seja através de uma carta. Quarto. não podemos nos esquecer da sintaxe. de buscar meios para enriquecer o texto. No desconhecimento da gramática. de um relatório ou de uma tese de doutorado. 4 .______________________________________________________________________ As pessoas inteligentes aprendem a expressar-se bem. da regência. Na pontuação inadequada. Primeiro porque. através do texto o redator projeta uma imagem e esta vai levar os outros a um julgamento a respeito dele. Onde encontramos mais dificuldades ao escrever? • • • • • Na falta de lógica (não se pode escrever sem ordenar as idéias). diz exatamente o que deve ser dito.

5 .. Prefira: Recebemos. Textos de consultas da área. Se queremos evitar estas fórmulas antigas e gastas é preciso estarmos atentos. Há palavras e expressões que nada acrescentam ao entendimento do texto. quais ferramentas deve ter à mão? A resposta é simples. Livros do tipo “tira-dúvidas” (para consulta rápida). Dicionários." Se já dissemos.. Se está anexo. "Como dissemos acima. Prefira: Apresentamos. Vejamos alguns exemplos: “A finalidade desta é apresentar”.... Os principais apoios do redator são: • • • • • Gramáticas. Manuais de redação e estilo. “Anexo segue à presente” . “Acusamos o recebimento de”. COMO SIMPLIFICAR A REDAÇÃO EMPRESARIAL A vida moderna nos leva à rapidez e a correspondência empresarial deve seguir esse rumo.. só pode ser à presente. Nós as utilizamos por questão de hábito.. por que repetir? “Damos em nosso poder a carta datada de 05/02/05”.______________________________________________________________________ BUSCANDO INSTRUMENTAL NECESSÁRIO Se você quer ser realmente um bom redator..

Prefira Atenciosamente ( para encerrar). não se exponha avisando seu simplesmente com "atenciosamente". "Limitados ao exposto". leitor. “Em mãos sua carta de 05/02/05 que nos mereceu a devida atenção”. “Rogamos” Prefira: Solicitamos. Prefira: Comunicamos.Sem mais para o momento . É desnecessário.. Se está limitado. é mentiroso dizer. “Levamos ao seu conhecimento”. não precisamos dizer e quando não é. Claro que mereceu! Você já está respondendo-a! “É evidente que”. “É desnecessário dizer que”. Prefira ser objetivo. quando é evidente.______________________________________________________________________ Prefira: Recebemos sua carta de 05/02/05.Vimos pela presente .Serve o presente para informar-lhe. termine “Passo às suas mãos”. Prefira: Conforme assunto em referência. Em geral. “Servimo-nos da presente . “Sem mais .Vimos por meio desta Vimos através desta”. Se é desnecessário. Rogar só a Deus.. “Conforme assunto em epígrafe”. não diga. Tem a presente a finalidade de . pois se não fosse pela presente seria pela ausente? Que redundância! 6 .Sem outro particular”.

faça-o com clareza. palavras técnicas e estrangeiras. porém. Cuidado com essa expressão. CLAREZA. imaginemos que uma pessoa saia e deixe um recado fixado na porta: Fui ao banco. ela é profundamente irritante ao leitor. Não queira impressionar o leitor. EXERCÍCIO – ADEQUAÇÃO E CLAREZA Quase todos nós já tivemos alguma dificuldade devido a um bilhete. Evite termos estranhos.______________________________________________________________________ "Tomamos a liberdade de". Volto logo. ficamos na dúvida: será que esperamos a pessoa voltar ou não? Voltar logo quer dizer voltar em quinze minutos ou em uma hora? Mas a que horas a pessoa saiu? Enfim. enfocando o mesmo assunto. Depois que lemos o recado. o texto mal escrito nos atrapalha. Por exemplo. SIMPLICIDADE E ADEQUAÇÃO • • • Escreva com palavras usuais. Redija um aviso. __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ 7 . termos arcaicos.

8 . sem fins lucrativos. Evite intercalação de frases longas. Procure a concisão.______________________________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ __________________________________________________ OBJETIVIDADE RECOMENDAÇÕES • • • • • Declare. o objetivo. Editora Abril Sr. Pedro Henrique dos Santos Prezado Senhor. uma entidade. Siga um plano previamente definido. que tem como objetivo promover os direitos elementares de cidadania das crianças. Evite frases muito longas e as muito curtas. Somos da Fundação_______________________. 13 de setembro de 2004. EXERCÍCIO: CORRIJA. OBSERVANDO A TÉCNICA DA OBJETIVIDADE São Paulo. trabalhando através de projetos e da articulação da Sociedade. tão logo quanto possível. especialmente da iniciativa privada. de Utilidade Pública Federal.

A Assessoria de Comunicação da ____________________foi criada especialmente para desenvolver campanhas de comunicação e divulgação. Assessora de Comunicação 9 . pedimos a doação. trabalho infantil. pela editora. edição e distribuição de diversas publicações que reforcem as ações da Fundação_______________________. Para executarmos melhor nosso trabalho. Atenciosamente. através da ação política na defesa de seus direitos e de ações exemplares que possam ser disseminadas e multiplicadas. de um exemplar do Almanaque Abril.M. educação e cultura. L. família e comunidade. Sua atuação se dá em diversas áreas: saúde e alimentação.______________________________________________________________________ A missão da Fundação______________________é mobilizar a sociedade sobre as questões da infância. promovendo o engajamento social e empresarial em propostas para a solução dos problemas das crianças.

ANTIGA ATUAL realizadas até admissões A finalidade desta é informar que As as admissões realizadas até 15/12. 2. 15/12. NÃO USE DUAS OU MAIS PALAVRAS QUANDO É POSSÍVEL TRANSMITIR A IDÉIA COM UMA APENAS..______________________________________________________________________ CONCISÃO 1. VÁ DIRETO AO ASSUNTO.. Fizemos uma investigação Investigamos Dar informação Informar Fazer declaração Declarar Ter preferência por Preferir Dar assistência /ajuda Assistir / Ajudar Haverá um aumento Aumentará Sofreu mudanças Mudou 10 ...

O presidente determinou que. 4. Tinha sido determinado pelo presidente que. Decidiram uma forma de cooperação.... 11 .. ELIMINE A REDUNDÂNCIA... REDUZA AO MÍNIMO O USO DO PARTICÍPIO PASSADO. Chegamos a um consenso de opinião Chegamos a um consenso. Decidiram uma forma de cooperação conjunta. Todo funcionário deverá.. ELIMINE ADVÉRBIOS DESNECESSÁRIOS(ENFÁTICOS). O cálculo estava completamente errado. O cálculo estava errado.. 5. Todo e qualquer funcionário deverá.______________________________________________________________________ 3.

Com uma empilhadeira apenas realizarão parte do serviço. A empresa definirá com a associada a forma de utilização de seu estoque. 12 . COMPARAÇÕES (ANALOGIAS) FALHAS Preciso ir à farmácia e comprar carne.______________________________________________________________________ EVITAR AMBIGÜIDADE: PALAVRAS QUE INDICAM POSSE (pronomes possessivos). POSIÇÃO DO ADJUNTO ADVERBIAL As empresas que investem em imóveis freqüentemente têm prejuízos. PALAVRAS QUE RESTRINGEM. LIMITAM UMA IDÉIA A divisão de Marketing só cumpriu as normas. A comissão que estava examinando o caso ontem deu seu parecer.

estando. 3. a qual foi efetuada a contragosto.A REFERÊNCIA A referência existe para facilitar a localização de uma carta. “Conforme relação junta. quer através da citação em uma resposta.de uma sigla. “Temos o prazer de comunicar a V. 2. que a comida que vem sendo servida no restaurante da Matriz tem sido muito boa. . quer do que assina a carta. CONSTA NORMALMENTE: . face a novos salários que foram decretados e ao encarecimento dos materiais e as tarifas de transporte”. Juca. deverão ficar a par da majoração havida nos preços dos móveis de nossa fabricação. AS PARTES PRINCIPAIS DE UMA CARTA 1 . 1. “Tem sido norma desta empresa procurar fazer as devidas comunicações aos interessados a respeito das novidades que surgem a cada semestre”.Sas. assegurando que tudo se deveu infelizmente a razões fortíssimas que impediram a permanência da referida pessoa em nossa empresa”.de um número seqüencial. quer através de seu arquivamento numericamente.______________________________________________________________________ EXERCÍCIOS Reescreva os textos abaixo utilizando os princípios de CONCISÃO E CLAREZA. .Sa. 4. “Pedimos escusas por não enumerar na presente os motivos que nos levaram à decisão extrema de exonerar do cargo de representante o Sr. V. portanto. quer do departamento ou setor. indivíduo 13 .do ano em que a carta é expedida. de parabéns você e todos os que cooperam para isso.

A data deve ser alinhada à esquerda. ou Referência e colocá-la na carta. para melhorar a estética. Outras vezes são incluídas na referência as iniciais do autor e as de quem digitou a carta: DRI-14/05 – SAM/fmj.14/05 . ou logo abaixo. é opcional repetir ou não esse nome ao datar a carta. O mês é escrito em letra minúscula.Indica uma carta expedida por um departamento de Relações Industriais. Algumas vezes os códigos numéricos incluem o da descrição do arquivo da própria companhia.05 do arquivo geral da empresa. 2 . A referência pode ser colocada logo acima da data. Não é necessário escrever Ref. como se preferir. Um carimbo quase sempre aparece meio torto e fica antiestético.pode indicar que a carta em questão será arquivada no setor n. que é a 14ª expedida em 2005. Costuma-se colocar primeiro a mais longa das duas. Pode ser aumentada de acordo com o tamanho da carta. Evite carimbar a referência.A DATA A distância entre a data e o logotipo no papel da empresa é normalmente equivalente a 3 linhas de texto.______________________________________________________________________ Por exemplo: DRI . Se o logotipo da empresa contém o seu endereço. 3 . Exemplo: DRI-05-14/05. Ela é auto-explicativa. com o nome da cidade.O ENDEREÇAMENTO Vem normalmente 4 linhas abaixo da data. Não é necessário acrescentar zeros aos dias de 1 a 9. Uma carta dirigida a: pode ser 14 .

dirigida à empresa. e deverá encaminhá-la a quem de direito.Assim o endereçamento seria: Sr.A introdução "À" ou "AO" (desnecessária e pouco . vai exigir providências do Sr. Ribeiro. Sr.dirigir também a carta ao indivíduo "Aos cuidados" da empresa. “Aos cuidados” significa que o Sr. É comum . C. podem aparecer no endereçamento as expressões: ATENÇÃO: Sr. embora. João Costa Ribeiro Gerente de Vendas AOS CUIDADOS: Sr. Ribeiro. Ribeiro será o portador da carta que se dirige à empresa. João Costa Ribeiro A/C Ribeiro & Costa Ltda.______________________________________________________________________ a) Uma pessoa física: Sr. João Costa Ribeiro Gerente de Vendas Ribeiro & Correa Ltda.O endereço do destinatário . Dr.Ilmo. . 15 . João Em cartas dirigidas a pessoa jurídica. João Costa Ribeiro Gerente de Vendas O que não quer dizer a mesma coisa: “Atenção” quer dizer que a carta. b) Uma pessoa jurídica: Ribeiro & Correa Ltda. gramatical).Tratamentos arcaicos e rebuscados de cortesia .que já se encontra no ser em casos de envelopes tipo "janela").e correto . Não se usa mais no endereçamento: . envelope (a não .

16 . Essa é uma espécie de "título" da carta.O ASSUNTO Muitas vezes. se o destinatário é uma pessoa dentro da empresa. abaixo da linha de "Atenção" é utilizada uma linha de "Assunto ou referência (não confundir com a referência numérica). ou "'corpo" da carta deve iniciar duas linhas abaixo da saudação. pode-se fazer referência à correspondência anterior sobre o mesmo assunto. ou PREZADO SENHOR RIBEIRO. 4 . ou Senhores. se você dirige a carta à empresa. a saudação será sempre: PREZADO SENHOR. Se desejar destacá-la. Só se aplica quando realmente é possível resumir o assunto: não se devem fazer "títulos" com várias linhas ou diversos itens. ou no máximo 3. conforme o tamanho da carta. 5 . pode-se escrever o "título" com letras maiúsculas. Aqui.______________________________________________________________________ Importante: não se sublinha o endereçamento. Os parágrafos não são mais indicados por espaços na horizontal. que indica em poucas palavras o assunto. Assim. também no caso de respostas. Não se deve sublinhar a linha de "Assunto".A MENSAGEM A mensagem. A saudação introdutória e o tratamento da carta dependem diretamente do endereçamento. deverá iniciar com: Prezados Senhores. Ao contrário.

os números indicativos dos itens são colocados na margem esquerda e os itens em si são colocados logo abaixo dos números. Lembre-se de que. Não repita a data ou o destinatário. "perdido" na primeira.Método de Correção de Falhas Nessa primeira maneira.AS FOLHAS DE CONTINUAÇÃO Não esqueça de indicar claramente que se trata de uma folha de continuação (embora não seja necessário escrever "cont. Aqui está um exemplo da primeira maneira: 1 . 1 – Considerações 2 .______________________________________________________________________ Se no corpo da mensagem. houver uma listagem de itens. quando você mudar de página. 6 .Considerações 2 . No segundo modo. Existe um bom processo para numerar cartas e relatórios longos. 17 ." para esse fim). de forma que ele se destaque do corpo do texto corrido. Repita a referência numérica da carta ou do relatório mais uma vez na margem esquerda e numere as páginas logo abaixo. são deixados alguns espaços à esquerda antes do início do item e alguns espaços a mais à direita. também na margem. podemos seguir dois métodos para destacá-la. para só passar ao seu desenvolvimento na próxima página. não deve deixar um título que é item.Método de Correção de Falhas Esse segundo modo também pode ser usado para destacar citações de livros ou palavras de alguém.

Abaixo do fechamento é conveniente indicar se há ou não anexos: isso facilita a visualização de quem recebe a carta. mas também identificará a pessoa autorizada a assinar por ele. Luiz Guimarães Diretor Não esqueça de colocar o cargo de seu chefe. na ausência dele. mas NÃO COLOQUE UMA LINHA ACIMA DO NOME DELE: ELE É PERFEITAMENTE CAPAZ DE ASSINAR SEM ELA. Quatro Cadeiras Cia. Use "Cordialmente". um exemplo: DRI . segundo adequação.______________________________________________________________________ Abaixo. Alinhe seu fechamento à esquerda: Atenciosamente. 18 .14/05 fl. lembre-se de fazer uma assinatura legível e de colocar um “P/” ANTES DO NOME DELE. "Atenciosamente" ou "Respeitosamente". "protestos de estima e consideração". Ltda. “permanecemos”. etc. Quando você assina “por” seu chefe. 2 de 15 7-O FECHAMENTO Por favor deixe de lado de uma vez por todas as fórmulas-chavão “sem mais para o momento”. Assim o destinatário não só terá a certeza de que não foi ele próprio que assinou.

______________________________________________________________________ Abaixo da linha de "Cordialmente" ou "Atenciosamente".os correios. ponto cem). Essa é uma exigência jurídica para que fique caracterizado que o assinante o faz em nome da empresa. seguidos de mais 3 números (000 ou números diferentes). Também não retire o 0 inicial quando houver. d) não coloque pontinhos no número CEP.100 (onze mil. Um CEP de São Paulo é 05413 (5 dígitos) e não 5413 (4 dígitos). A caixa postal assegura que a carta chegue mais rápido.e muito . c) não escreva a sigla CEP antes do número: as máquinas do correio sabem identificá-lo. e não em seu próprio. b) a última linha escrita no envelope deve ser a que contém o CEP. f) depois do nome da cidade. você deve digitar o nome de sua empresa. Lembre-se dos seguintes detalhes: a) nunca sublinhe o endereço no envelope. 19 . Assim 11100 (onze mil e cem) e não 11. Mas o modo de endereçá-los também pode auxiliar . e) não coloque no envelope a caixa postal e o endereço: escolha um dos dois. nos casos em que tal providência não seja seguida. não exclui a responsabilidade pessoal de quem a assina. coloque a sigla do estado (essa é uma norma a ser seguida sempre que você escrever um nome de cidade). Abaixo dessa linha nada deve ser escrito. 8 – O ENVELOPE Nosso correio padronizou os envelopes usados nacionalmente. O fato de a carta estar escrita em papel timbrado.

Nome da cidade . tirando uma cópia da folha de etiquetas mantém uma lista já pronta de pessoas a quem foi remetida uma determinada correspondência. não desperdiça envelopes e.: Sr. acrescente o nome do remetente da carta e seu departamento.______________________________________________________________________ g) dê um espaço maior entre o restante do endereçamento e a linha. CEP . Ltda. São Paulo. Você digita as etiquetas com maior facilidade. UMA INDICAÇÃO ÚTIL: quando você tiver que endereçar um número muito grande de envelopes. 1º de março de 2005. At. para que não haja problemas. use etiquetas adesivas. caso se trate de assunto confidencial ou pessoal. Marque claramente no envelope. RH-28/05 XYZ & Cia. onde já estão impressos o nome e o endereço da sua empresa.sigla do estado (isso no caso de um envelope que não tenha ainda os “quadrinhos” do envelope padronizado). h) no verso do envelope. José de Alencar 20 . Isso facilitará a devolução de eventuais correspondências extraviadas. Essas indicações podem ser feitas abaixo do local reservado para o selo.

a pessoa mais importante no processo de comunicação. Estamos igualmente abolindo uma série de chavões e frases feitas. Nada há de desagradável ou antiestético neste novo formato que já se transformou em padrão nas empresas mais atualizadas. alinhar à esquerda a assinatura. Note que os parágrafos ficam bastante destacados simplesmente com dois espaços verticais entre eles. que em nada colaboram para o bom entendimento de uma mensagem e que nada querem dizer para quem as escreve. Vamos. Pedro dos Santos Setor de Treinamento 21 .______________________________________________________________________ NOVO FORMATO DE CARTAS Este é um exemplo da nova estética adotada para cartas comerciais. que é. apenas ocupam o tempo de quem as lê. o que corresponde a uma simplificação e que resolve um problema de segurança. pois. o que economiza tempo e espaço. Atenciosamente. Recomenda-se que seja seguida por questão de economia de tempo de digitação e porque facilita a leitura pelo destinatário. Observe que foram abolidos os parágrafos marcados por tabulação. também. este procedimento evita o acréscimo de qualquer parágrafo à correspondência.

Para aqueles que utilizam o computador. Profª de Português. Esta é fundamental em qualquer tipo de redação. facilita a leitura. evita a contagem de espaços “para ver se vai coincidir no final da linha”.ESTILO BLOCO COMPACTO São Paulo. porém. a correção gramatical. Não permita que a sua mensagem pare no tempo! Cordialmente. Ana Maria Freitas Prezada secretária. Ao receber esta carta. Sra. poderá notar que ela se apresenta num estilo mais moderno.______________________________________________________________________ MODELO DE CARTA . Escreva com objetividade e clareza. 1º de março de 2005. Nosso objetivo é aperfeiçoar e introduzir novas idéias que resultem na excelência e modernização da sua redação. sugere-se o recurso justificar para alinhamento do texto (ver modelo na página anterior). preservando-se. com novo visual. 22 . Este novo estilo representa economia de tempo. Suely Marassi de Aguiar. prática tão inadequada a quem ainda necessita datilografar a correspondência.

regência e pontuação. Evite utilizar apenas letras maiúsculas. “Boa tarde!” ou com um “Olá. "Prezado Sr. Para os casos formais. tudo bem?”. Cuidado com os excessos nos pontos de exclamação e nos avisos de URGENTE. principalmente as correntes. Envie cópias apenas aos interessados e envolvidos no assunto. pirâmides. requer cuidados com a ortografia. utilize o vocativo (seguido de vírgula ou de dois pontos) "Prezado Senhor". num período de 24 horas. que é a maneira mais adequada nesse caso. pois isso é para os olhos o mesmo que gritar aos ouvidos do receptor. "Caro Cliente". Utilize a comunicação por telefone. não deixa de ser comunicação escrita e. etc. Responda todas as mensagens. É mais eficaz. Poupe o tempo do seu interlocutor. • • • • • • • • • 23 .. inicie a sua mensagem tratando o cliente pelo nome e cumprimentando-o com um “Bom dia!”. quando o assunto exigir negociação entre as partes ou houver situações conflituosas. simples. além de atrapalhar a leitura. como numa carta comercial. adequadas e concisas. irritam o receptor. que.______________________________________________________________________ CORREIO ELETRÔNICO – "E-MAIL" COMO UTILIZÁ-LO DE MANEIRA ADEQUADA E EFICAZ • Se a comunicação for de caráter informal. Lembre-se de que o correio eletrônico. enviando-lhe mensagens claras. além de deselegantes. Não envie mensagens desnecessárias. concordância. Carlos". embora seja um meio (na maioria das vezes) de comunicação informal. ainda que você não tenha uma resposta definitiva para o assunto. por isso. Isso significa respeito para com o seu cliente interno/externo.

DD. S. Suptcia. Ilmo. Engº(a) Prof. ABREVIATURAS MAIS USADAS COMERCIALMENTE Exa. escrevendo sempre o pronome de tratamento por extenso.______________________________________________________________________ Seguindo esses princípios. Observações: Excelência Excelentíssimo Ilustríssimo (em desuso) Sua Excelência Sua Senhoria Vossa Senhoria Vossas Senhorias Dona Digno. Pe. Ir.S. S. 3.Sa. V.A. Revmo. MM. Ltda. Não confundir pronome de tratamento com o título da pessoa. imperadores).Sas. Depto. Exmo. 24 . Da. Remte. pp. Dr.Exa.S. você estará capacitado a prestar um atendimento eletrônico de qualidade. S. 2.Sa. km km² kW p. não se usa abreviatura. P. S. V.(a) Drs. Em correspondência dirigida ao Presidente da República (reis. concordam sempre com a 3ª pessoa. As abreviaturas. Digníssimo Doutor(a) Doutores Meritíssimo Sua Santidade Padre Irmã Engenheiro(a) Professor Remetente Reverendíssimo Sociedade Anônima Limitada Superintendência Departamento Quilômetro(s) Quilômetro(s) quadrados(s) Quilowatt(s) Página Páginas “post scriptum” (após escrito) 1. quando são pronomes de tratamento.

) (S. Ministros. Imperadores.) (S.M. do Senado Federal.Sa. / S. Governadores.Exa.S.______________________________________________________________________ PRONOMES DE TRATAMENTO Excelência Vossa ou Sua Excelência (V.Ema.Emas. 25 ./SS.MM. Magnificência ou Excelência Vossa ou Sua Magnífico Reitor ou Magnifícência./VV.) Senhor (+função) Senhor Vossa ou Sua Senhoria (V.) Presidente da República (obrigatoriamente por Excelentíssimo Senhor (+função) extenso).Ema. Prefeitos.) (S.Exa. Diretores de Órgãos.Sas.Exa. Instituições ou Entidades.S. Deputados. Meritíssimo Meritíssimo Senhor Juiz Juizes de Direito.) Papa.) (S./V. Cardeais./V./SS./V./V.) Vossa ou Sua Majestade (V. Embaixadores.Exas. (+função) /V.Exas. Santidade Eminência Vossa ou Sua Santíssimo ou Santo Santidade (V.Sas.Exa. Senadores. Consultor Geral da República. Procuradores Gerais. do Congresso Nacional. Oficiais das Forças Armadas.M.Exas.) Eminentíssimo Senhor Vossa ou Sua Eminência (V.MM. Generais. de Tribunais. Sua Excelentíssimo Senhor Excelência (não se (+função) usa abreviatura).Sa.) Padre (S.Exas.SS.) Senhor (+função) Majestade Majestade Reis.Presidentes da Câmara dos Deputados . Excelência Vossa ou Sua Excelência (V./S. Rainhas.) Reitores de Universidades. Vossa ou Sua Excelência (V./S. Vereadores.Emas. Chefes de Serviço ou de Seção e pessoas em geral.

José Antonio/Neiva.Revmas . – Atual Editora "GRAMÁTICA ESSENCIAL DA LÍNGUA PORTUGUESA" Sacconi.Exa s. – Atual Editora 26 . é Senhor.Revas.Revmas.Revas) (S.Re Reverendísvma./ sima V.) (S. Ática “NÃO ERRE MAIS” Sacconi.Exas./S./V. Othon M. STS “GRAMÁTICA EM 44 LIÇÕES” Savioli. Luiz A. Cônegos e Superiores Religiosos.) Excelentíssimo e. BIBLIOGRAFIA “COMUNICAÇÃO EM PROSA MODERNA” Garcia. Observação: A forma de tratamento usualmente empregada e mais aconselhável. FGV “REDIGIR E CONVENCER” Rosa. Clérigos e Religiosos em geral. Luiz A. Exemplo: Senhor Presidente.Revmas./S.Exa./S.______________________________________________________________________ Vossa ou Sua Excelência Excelência Reverendíssima Reverendís(V.Revma.Reva.Revmas. Francisco Platão – Ed.Revma. por se adaptar a todas as autoridades./'V. Reverência Reverendo (+função) Sacerdotes.) Vossa ou Sua Reverência (V.Reva.) sima (S.) Vossa ou Sua Reverendíssima(V. Reverendíssimo Senhor (+função) Bispos e Arcebispos Reverendíssimo Senhor (+função) Monsenhores. – Ed. quando se desconhece a sua posição hierárquica.Revmas.Exa. Edméa Garcia – Ed.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful