Al Qaeda queria explodir Cristo Redentor.

(Washington - CNN Special)

Docume ntos mant id os em sigilo pe la Polícia Fe de ral do Brasil revelam qu e a Al Qaeda, de Osam a bin Lad en, ord eno u a e xecuç ão de u m atent ado no Brasil.

O alv o da açã o seria a est átu a do Cri sto Redent or, um dos sím bolos mai s con he cid os do Rio d e Jane iro. Bin L aden de stacou dois m uja he din s para o s eqü est ro de um aviã o que se ria lanç ado con tra a “Est át ua-s ímb olo dos in fiéis cr ist ãos" .

Hora a ho ra , a f ru straçã o... Os re gist ros da P olíc ia Federal dão con ta de que os d ois te rrorist as che gara m ao Rio no dom in go , 5 de set embro, às 21h47 m, num v ôo da Air France .

A m iss ão começo u a sof re r em bara ços já no dese mbarque , quan do a bagagem d os muçu lm anos foi e xt ra via da, se gu ind o num vôo par a o Para guai.

Apó s quase se is hora s d e pe re grinaçã o po r div ersos guichê s e dificuld ad e de comun icaçã o em vir tud e do ing lê s ruim , os d ois sa em do aeropo rto , acon se lha dos por funcion ári os da Inf raero a vo lt ar no d ia se gu inte, co m in térpr ete .

Os d ois t erroristas apa nhara m um t áxi pirata na sa íd a do aeropo rto. O mot orist a, pe rc eben do que eram estrang eir os, rod ou duas ho ras dando vol tas pela ci dad e, até ab andon á-los em lug ar ermo da Bai xad a Flu min ens e.

No traje to , ele par ou o ca rro e três cúm pli ce s os assaltara m e espa nca ram .

Ele s con se gu iram ficar com algun s dólare s que tinham escon did o em cin to s própr io s para tra nsport ar dinhe iro e pe gar am ca ron a n um ca min hã o que ent re gav a gás.

Na se gun da-f eira, à s 7h3 3m , g ra ças ao trein am en to de gu err ilha no Af egan istã o, os dois terro rist as conse gue m che gar a um hot el de Copaca bana.

Alu gar am ent ão u m car ro e voltara m ao aeroporto , dete rm inad os a se qü estrar logo um aviã o e jog á-lo be m n o meio do Cristo Re dento r.

Enf re nt am um con ge stio nam ent o mon st ro por caus a de um a manif est açã o de est ud ant es e pro fes sore s em gre ve.. .

- e fic ar am três horas para dos na Avenida Bra sil, alt ura de Mang uin hos, ond e se us relógio s s ão rou bados em um arrast ão .

Às 1 2h30m , re solv em ir par a o centro d a cid ad e e procuram um a casa de câ mb io para trocar o po uc o que sob ro u de dóla re s. Re ce bem no tas de R$ 100 falsa s, de ssas qu e s ão feitas gross eiram ente a par tir de not as de R $ 1.

Por fim , às 15h45m ch ega m ao To m J obim par a se qües trar u m aviã o. Os pilot os da VARI G est ão em gre ve por m ais salá rio e meno s trab alho .

Os con trola dore s d e v ôo também para ram ( que re m equip araçã o com os pilot os) . O único aviã o na pist a é da Trans bra sil, mas e stá se m com bustív el. F oi fre tad o pe la So le tu r.

Ae rov iá rios e p assage iros est ão ac an ton ad os no saguã o do aero porto , toca ndo pagod e e grit ando slo gans con tra o go vern o.

O B atalhã o de Choque da PM che ga bate ndo em tod os, inclusiv e no s terrorist as.

Os ára bes são cond uzido s à dele gac ia da Pol íc ia Fe deral n o Aeroport o, ac usado s de trá fico de drog as, em fac e de fla gran te forjad o pe los polic iai s, qu e " pla ntara m" pa pe lot es de cocaín a nos bo lso s d os dois.

Às 1 8 hora s, apr oveitand o o re sg ate de pre so s feito por um esquad rã o de band id os d o Com ando Verm el ho, el es co nse gue m fug ir da de lega cia em meio à con fusã o e ao t iro te io.

Às 19h05m , o s mu çu lm anos, aind a ensa ngüe ntad os, se dirig em ao balc ão da VASP para com pra r as passage ns.

Ma s o fun cion ário que lhe s vend e os bilhe tes om ite a inform açã o de que os v ôos da co mpanhia e stã o su spen sos por tempo determin ad o. Assim com o as aeron av es.

Ele s, então, disc ute m entre si: começam a fic ar em d úv id a se dest ruir o Rio d e Jane iro, no fim d as cont as, é um ato t errorist a ou um a ob ra de carid ade.

Às 23 h30m , s ujo s, dolorid os e morto s d e fom e, decid em com er algu ma coisa n o re st aura nte do ae ropo rto.

Pe dem s anduíche s de churr asqu inho com que ijo de coalho e lim on ad as.

Só na terça-f eira, à s 4h35m , con se gue m se re cupe ra r da in to xicaçã o alim ent ar de pro porçõe s eqüinas, decorre nte da in ge st ão d e ca rn e est ra gada usad a nos sand uíc he s.

Fo ra m le vado s pa ra o H ospi tal Migu el C out o, depois de te re m espe rad o trê s horas para que o socorro ch egasse e percorre sse os hospi tai s da re de púb lic a até e ncontrar vaga. No H MC foram at end id os po r uma enf erm eira f eia, gross a, gord a e mal-hum ora da.

Ele s te riam d e esperar dois dia s par a se re m examin ados, se não foss e pelo cóle ra ca usa do pela lim on ada feita com á gua con tamin ada por colif orm es feca is . De bilitad os , só terã o alta ho spi tala r no dom ingo .

Domin go , 1 8h20h: os homens de b in Laden sae m d o hospital e che gam perto do est ádio do Mara ca nã.

O F lame ngo acabara d e perd er pa ra o Par an á Clu be, por 6x 0.

A t orcid a rub ro- ne gra conf unde os te rrorist as com int egrant es da gale ra ad versá ri a (que hav ia id o de Ko mbi ao R io) e lhe s dá uma surra sem pre cede ntes.

O ch efe da torci da é u m tal de "Pé de Me sa ", que ab usa s exualm ent e dele s.

Às 19h45m , f in alm ente, são deix ados em paz , com dores t errív eis pe lo corpo, em espe ci al na áre a proct oló gic a.

Ao v ere m um a barrac a d e ve nda de bebid a n as pro xim id ad es, decid em se embriagar uma vez na vida ( m esm o que se ja pecad o, Alá que s e f oda ) !! !

To mam ca cha ça adult erad a com metan ol e pre ci sam volt ar ao Migue l Cout o. Os m éd ic os tam bém diagn ost ic am go no rréia no ra bo in chad o ( “ Pé de Me sa” nã o pe rd oa ) !

Se gun da-feira, 23h42m : os do is te rrorist as f oge m do Rio escon did os na tra se ira de um camin hã o de ele trod omést ic os, as salt ado hora s d epo is , n a Se rra das Arar as.

Desno rtead os, fam int os, se m pod er andar e se ntar , ele s sã o le vad os pe la v an de u ma On g liga da a direit os hu manos pa ra Sã o Pau lo.

Via jam deitad os de lad o. Na cap it al pa uli sta, peram bulam o dia tod o à cat a de com id a.

Cans ados, acabam ad orm ecendo debaixo da marquise de uma loja no Cen tro.

A Polícia Fede ral ain da não re ve lo u o hospit al ond e os do is fora m in te rn ados em est ad o grave , depois de espa ncad os qu ase até a morte por um gru po de mata-m endigos.

O po rta-v oz da PF declarou qu e, d epo is qu e os do is saír em da UTI , se rão re colh id os no s eto r de im igra ntes ile gais, em Brasília ,

on de pe rm ane ce rão até o Minist ério da Just iça auto ri zar a deport açã o dos dois in feli zes, s e t iv er verba, é clar o.

Os dois fica ram t ão ap av ora dos com o Brasil que só pe nsam e m ir e mb ora , mas fala ram e m arr umar um con vênio pa ra m an dar o pe ssoal da Al Qaeda, t re inar aqui !!!

nilsonhussar@yahoo.com.br