You are on page 1of 7

UNIDADE ESCOLAR SANTA INÊS.

Por que a freqüência de mulheres hemofílicas é muito baixa na população? PROFª. DIANA COSTA. a) Porque todas morrem durante a primeira menstruação.

DISCIPLINA: BIOLOGIA / ENSINO MÉDIO. ALUNO(A):______________________________________Nº________ . EXERCÍCIOS DE REVISÃO DE CONTEÚDO.

01- Por que a freqüência de mulheres hemofílicas é muito baixa na população? a) Porque todas morrem durante a primeira menstruação. b) Porque a hemofilia é restrita ao sexo masculino. c) Porque para serem hemofílicas devem apresentar alelos da doença vindos do pai e da mãe. d) Porque apenas com a trissomia do cromossomo 21 tornam-se hemofílicas.

02- A síndrome de Turner está relacionada a indivíduos: a) X0 b) XXX c) XXY d) XYY 03- Supondo um organismo 2n=36, quantos cromossomos serão encontrados no gameta? a) 36. b) 72. c) 18. d) 9. 04- UFPI - Atualmente, nos processos de elucidação de parentescos filogenéticos de animais silvestres, ou de seres humanos, é comum o uso de técnicas moleculares utilizando o DNA mitocondrial (mtDNA). Porém, sabe-se que as mitocôndrias são heranças maternas, porque: a) não existem no sexo masculino, portanto, não são repassadas. b) aquelas, repassadas pelo espermatozóide, não apresentam capacidade de duplicação no embrião. c) sofrem mutações em cada indivíduo, perdendo o alelo Y e mantendo somente o alelo X. d) aquelas, oriundas do espermatozóide, não realizam suas funções no embrião e são descartadas pelo corpo. e) aquelas, oriundas do pai, são perdidas juntamente com a cauda e a peça intermediária do espermatozóide, no momento da fecundação 05-O heredograma abaixo mostra homens afetados por uma doença causada por um gene mutado que está localizado no cromossomo X.

Considere as afirmações: I. Os indivíduos 1, 6 e 9 são certamente portadores do gene mutado. II. Os indivíduos 9 e 10 têm a mesma probabilidade de ter herdado o gene mutado.

III. Os casais 3-4 e 5-6 têm a mesma probabilidade de ter criança afetada pela doença. Está correto apenas o que se afirma em: a) I b) II c) III d) I e II e) II e III 06- À dificuldade em diferenciar cores nos humanos dá-se o nome de daltonismo, uma doença genética. Abaixo consta um possível heredograma para o daltonismo.

Assinale a alternativa correta. a) As células da retina capazes de enxergar cores são os bastonetes. b) O genótipo do indivíduo 1 é XDY. c) O albinismo tem o mesmo padrão de herança do daltonismo. d) Para que uma criança seja daltônica é necessário que, durante a mitose, o alelo para daltonismo vá para o espermatozóide que irá gerá-lo. e) O indivíduo 2 tem 25% de chance de ser heterozigoto. 07- (UEMG) O heredograma a seguir apresenta um caso familial de daltonismo, herança determinada por um gene recessivo localizado no cromossomo X.

Pela análise das informações contidas no heredograma e de outros conhecimentos que você possui sobre o assunto, só se pode afirmar CORRETAMENTE que: a) o indivíduo II.1 tem 50% de chance de apresentar o gene para o caráter. b) todas as filhas do indivíduo II.2 serão daltônicas. c) qualquer descendente de II.4 receberá o gene para daltonismo. d) o indivíduo II.2 herdou o gene de qualquer um dos genitores. 08- (UEL) A hemofilia é uma doença hereditária recessiva ligada ao cromossomo sexual X, presente em todos os grupos étnicos e em todas as regiões geográficas do mundo. Caracteriza-se por um defeito na coagulação sanguínea, manifestando-se através de sangramentos espontâneos que vão de simples manchas roxas

(equimoses) até hemorragias abundantes. Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar: a) Casamento de consangüíneos diminui a probabilidade de nascimento de mulheres hemofílicas. b) Pais saudáveis de filhos que apresentam hemofilia são heterozigotos. c) A hemofilia ocorre com a mesma freqüência entre homens e mulheres. d) As crianças do sexo masculino herdam o gene da hemofilia do seu pai. e) Mulheres hemofílicas são filhas de pai hemofílico e mãe heterozigota para este gene. 09- (UFMG) Um casal normal para a hemofilia – doença recessiva ligada ao cromossoma X – gerou quatro crianças: duas normais e duas hemofílicas. Considerando-se essas informações e outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que a) a mãe das crianças é heterozigótica para a hemofilia. b) a probabilidade de esse casal ter outra criança hemofílica é de 25% . c) as crianças do sexo feminino têm fenótipo normal. d) o gene recessivo está presente no avô paterno das crianças. 10- (UFMS) Uma mulher de visão normal, cujo pai é daltônico, casou-se com um homem também de visão normal. Lembrando que o daltonismo é uma doença de herança ligada ao sexo feminino, a probabilidade é de que a) um quarto das filhas do casal seja daltônico. b) metade dos meninos, filhos do casal, seja daltônica. c) metade dos meninos e metade das meninas, filhos do casal, sejam daltônicos. d) um quarto dos meninos, filhos do casal, seja daltônico. e) um oitavo de todos os filhos do casal, tanto meninos quanto meninas, seja daltônico. 11- (PUC-RJ) Uma característica genética recessiva presente no cromossomo Y é: a) poder ser herdada do pai ou da mãe pelos descendentes do sexo masculino e do feminino. b) só poder ser herdada a partir do pai por seus descendentes do sexo masculino. c) só poder ser herdada a partir do pai por seus descendentes do sexo feminino. d) só poder ser herdada a partir da mãe por seus descendentes do sexo masculino. e) só poder ser herdada a partir da mãe por seus descendentes do sexo feminino. 12- (UFSM) Considerando-se indivíduos hemofílicos do sexo masculino, pode-se afirmar que suas células somáticas e gaméticas, respectivamente, possuem a) 46 autossomos - 23 alossomos. b) 44 alossomos + XX - 22 alossomos + X ou X. c) 44 alossomos + XY - 22 alossomos + X ou Y. d) 46 autossomos + XX - 23 autossomos + X ou X. e) 44 autossomos + XY - 22 autossomos + X ou Y. 13- (UFF) Considere o heredograma:

Sabe-se que o pai, o marido, os cinco irmãos homens e um sobrinho de Joana são normais. Entretanto, Joana teve um filho que apresentou síndrome hemorrágica caracterizada por baixo nível plasmático do fator VIII da coagulação. A probabilidade genética de serem portadoras do gene para a hemofilia A, neste caso, é:

a) 100% para todas as mulheres da família b) 100% para Joana, sua mãe e sua filha c) 100% para Joana e 50% para sua filha d) 100% para Joana e 50% para as outras mulheres da família e) 100% para Joana e 25% para sua filha 14- (UEL) Em drosófilas, a cor amarela do corpo é determinada por um gene recessivo localizado no cromossomo X, e a cor cinza pelo alelo dominante. Assinale a descendência esperada a partir do cruzamento entre uma fêmea amarela e um macho cinzento. a) machos: 100% amarelos - fêmeas: 100% cinzentas. b) machos: 100% cinzentos - fêmeas: 100% amarelas. c) machos: 100% amarelos - fêmeas: 50% cinzentas e 50% amarelas. d) machos: 50% cinzentos e 50% amarelos - fêmeas: 100% cinzentas. e) machos: 50% cinzentos e 50% amarelos - fêmeas: 50% cinzentas e 50% amarelas. 15- (UNESP) O daltonismo é comumente entendido como a incapacidade de enxergar as cores verde e/ou vermelha. A percepção de cores é devida à presença de diferentes tipos do pigmento retinol nos cones da retina. Nos indivíduos daltônicos, alguns desses pigmentos não estão presentes, alterando a percepção das cores. Os genes que participam da síntese desses pigmentos localizam-se no cromossomo X. O daltonismo é um caráter recessivo. Um homem daltônico casou-se com uma mulher de visão normal em cuja família não havia relatos de casos de daltonismo. Este casal teve dois filhos: João e Maria. a) Qual a probabilidade de João ter herdado do pai o gene para daltonismo? Qual a probabilidade de Maria ter herdado do pai o gene para daltonismo?

b) Por que é mais freqüente encontrarmos homens daltônicos que mulheres daltônicas?

16-(UERJ) Um homem pertence a uma família na qual, há gerações, diversos membros são afetados por raquitismo resistente ao tratamento com vitamina D. Preocupado com a possibilidade de transmitir essa doença, consultou um geneticista que, após constatar que a família reside em um grande centro urbano, bem como a inexistência de casamentos consangüíneos, preparou o heredograma abaixo. Nele, o consultante está indicado por uma seta.

a) Sabendo que a doença em questão é um caso de herança ligada ao sexo, formule a conclusão do geneticista quanto à possibilidade de o consultante transmitir a doença a seus descendentes diretos.

b) Calcule os valores correspondentes à probabilidade de que o primo doente do consultante, ao casar com uma mulher normal, gere filhas e filhos afetados pela doença.

17- (FASP) No diagrama abaixo está representado o casamento entre um homem normal e uma mulher normal, filha de um homem hemofílico. Sabendo-se que a hemofilia é uma doença determinada por um gene recessivo e ligado ao sexo, deste casamento poderão nascer crianças hemofílicas na proporção de :

a) 0 % b) 25% c) 50% d) 75 % e) 100%

Hemofílico

Normal

18- (UFBA) Em gatos, a determinação da cor do pêlo é um caso de herança ligada ao cromossomo X. Assim, o pêlo malhado, que é a manifestação de um genótipo heterozigoto em ausência de dominância, só é encontrado normalmente nas fêmeas. 0 aparecimento excepcional de machos malhados é explicado a partir da seguinte constituição sexual cromossômica: a) XY b) XX c) XXY d) XYY e) XXX 19- (UnB-DF) 0 daltonismo é um caráter ligado ao sexo. 0 cromossomo X transporta um gene recessivo para o daltonismo, não havendo alelo correspondente no cromossomo Y. Isto explica porque: a) existem muito mais homens daltônicos que mulheres daltônicas. b) existem muito mais mulheres daltônicas que homens daltônicos. c) o número de homens e mulheres daltônicas é aproximadamente o mesmo. d) o daltonismo depende do fenótipo racial. e) o daltonismo, embora de caráter genético, é influenciado pelo meio ambiente 20- (UFPA) A hipertricose na orelha é condicionada por um gene localizado na parte não homóloga do cromossomo Y (gene holândrico). Um homem, cujo avô paterno tinha hipertricose, casa-se com mulher normal e sem hipertricose na família. Esse casal tem descendentes com os seguintes fenótipos: a) Todas as mulheres são portadoras e todos os homens apresentam hipertricose. b) Todas as mulheres são normais e todos os homens apresentam hipertricose. c) 50% das mulheres e dos homens apresentam hipertricose. d) 100% das mulheres são normais, enquanto 25% dos homens apresentam hipertricose. e) Toda a descendência de ambos os sexos é normal. 21- (UFBA) A análise do heredograma a seguir permite supor que a característica apresentada pelos indivíduos é: a) ligada ao cromossomo X. b) ligada ao cromossomo Y. c) autossômica dominante.

d) autossômica recessiva e) letal na primeira infância. 22- (UFPA) A calvície é determinada por um gene autossômico cuja dominância é influenciada pelo sexo, comportando-se como dominante no homem e como recessivo na mulher. Simbolizando-se o gene que causa a calvície por C e o seu alelo selvagem por c, indique o genótipo dos indivíduos (1), (2), (4) e (5) da genealogia abaixo, na qual estes genes estão segregados. a) Cc, CC, CC, Cc b) Cc, cc, cc, Cc c) CC, cc, cc, Cc d) CC, Cc, Cc, Cc e) Cc, CC, CC, cc
calvos

Não-calvos

23- (PUC-SP) Um casal normal para a visão das cores e para a coagulação tem uma filha normal e um filho daltônico e hemofílico. Sendo os dois caracteres recessivos e ligados ao sexo, pode-se afirmar corretamente que: a) tanto o pai quanto a mãe são portadores dos dois genes recessivos. b) apenas o pai é portador dos sois genes recessivos. c) apenas a mãe é portadora dos dois genes recessivos. d) o pai é portador do gene para daltonismo e a mãe é portadora do gene para hemofilia. e) o pai é portador do gene para hemofilia e a mãe é portadora do gene para daltonismo. 24- (UFBA) Uma característica recessiva determinada por gene ligado ao cromossomo X condiciona que: a) as fêmeas tenham maior probabilidade de serem afetadas. b) os machos tenham maior probabilidade de serem afetados. c) apenas as fêmeas transmitam o gene. d) apenas os machos transmitam o gene. e) os machos só transmitam o gene aos descendentes machos 25- Uma mulher com síndrome de Turner é cromatina negativa (sem corpúsculo de Barr) e daltônica. Sabe-se que é filha de pai daltônico e mãe normal, homozigótica para a visão das cores. 0 responsável pelo gameta cromossomicamente anormal foi: a) o pai, pois ele é daltônico e deu-lhe o cromossomo X. b) a mãe, pois ela é normal e homozigótica. c) o pai, pois ele deu-lhe o cromossomo Y. d) a mãe, pois ela deu-lhe o cromossomo X. e) o pai ou a mãe, pois ambos apresentam, no gameta, o cromossomo X.
26- (FUVEST-SP) Um gene recessivo localizado no cromossomo X é transmitido pelas mulheres heterozigotas a: a) metade de suas crianças b) apenas suas crianças de sexo masculino c) apenas suas crianças de sexo feminino d) 1/4 de suas crianças e) todas as suas crianças

BOM ESTUDOS!