Equipamento de Protecção Individual

þÿ
Muito embora o equipamento de protecção individual (E.P.I.) deva ser encarado como medida de recurso para o controlo de riscos, na prática as características da organização do trabalho da Construção Civil por um lado, e a eficácia e adaptabilidade dos equipamentos de protecção colectiva, por outro, tal como os conhecemos hoje em dia obrigam com frequência ao recurso dos E.P.I.'s, se não como medida de protecção única, pelo menos como elemento supletivo de protecção. Existe no mercado uma grande quantidade de tipos de E.P.I.'s que cobrem a generalidade dos riscos presentes nos trabalhos de Construção Civil. Por este motivo, e ainda porque se assiste hoje em dia a uma constante evolução no que diz respeito às suas características e especificações, optamos por referir aqui somente os aspectos gerais deste meio de protecção. Em face de uma necessidade específica, e após uma análise técnica da situação, dever-se-á consultar o mercado no sentido de eleger o E.P.I. que melhor responda ao controlo do risco identificado. Considerações gerais: - Ao identificar um risco só recorrer à solução E.P.I. depois de esgotadas todas as possibilidades de o eliminar ou controlar através de outras medidas técnicas e/ou organizacionais. Obs: Preferencialmente os E.P.I.'s deverão ser utilizados para colmatar os riscos remanescentes detectados pela análise de risco efectuada após a implementação da protecção colectiva. - Alguns equipamentos de protecção individual interferem com a mobilidade ou capacidade de trabalho, pelo que tal facto deve ser tido em conta na análise de rendimentos. - A eficácia dos E.P.I.'s é geralmente limitada e, ao contrário do que se passa com a protecção colectiva, não admite normalmente soluções de reforço. - Tratando-se, como o nome indica, de equipamento individual, os E.P.I.'s deverão adaptar-se às características morfológicas dos seus utilizadores. - Ao optar pelo controlo de um risco através da utilização de E.P.I. ponderar muito bem se, dada a natureza das tarefas, as condições da envolvente, as características particulares do utilizador e os condicionalismos do equipamento, tal facto não vai agravar, ou mesmo criar um outro risco potencialmente mais perigoso que aquele que se pretende combater. - A eficácia da protecção individual passa pela adesão activa à sua utilização por cada indivíduo exposto ao risco. Por tal motivo, é essencial que cada utilizador seja alvo de formação e informação eficaz quer sobre a natureza do risco quer sobre o equipamento a utilizar para se proteger. Voltar Topo

Obs: É na motivação para a utilização dos E.P.I.'s que a sinalização de segurança faz grande sentido. Os pictogramas a utilizar deverão evidenciar de um modo explícito o risco ou riscos em presença e o tipo de equipamento a utilizar para o combater. - Dada a complexidade dos parâmetros a ter em conta na aquisição de muito do equipamento de protecção e de toda a conveniência que na definição das características do material intervenham quer o futuro utilizador quer um especialista em Prevenção de Riscos Profissionais, conhecedor da realidade das tarefas que estão na origem do risco. - Actualmente existe, quer a nível internacional quer mesmo a nível nacional, normalização referente à generalidade dos tipos de E.P.I., pelo que a aquisição deverá recair sobre a gama de equipamentos normalizados. - A gestão de stocks em obra deverá assegurar a disponibilidade dos E.P.I.'s em tempo útil e ao mesmo tempo respeitar os prazos de validade inerentes a alguns tipos de equipamentos . Obs: O desgaste dos E.P.I.'s está muito relacionado com as características do trabalho em que são utilizados. Sendo que as características da industria da construção obrigam a uma grande polivalência torna-se

24 meses Protectores auriculares.Algumas condições de armazenagem interferem significativamente com a conservação dos E......... .8 dias Botas de protecção mecânica...I.. Alguns E...... como sejam máscaras ligeiras anti-poeiras... . mas também um uso indevido ou inadequado e... além de tudo...'s por algumas funções........P...P.... Voltar Topo Obs: A recolha e sistematização dos dados referentes à distribuição e consumo de E.....1 mês Óculos de protecção mecânica (armação)....... cintos de segurança.... A título de exemplo junta-se uma série de fichas com a distribuição dos E.. ...... uma situação de risco agravado.... a sua aquisição seja feita de um modo centralizado e depois distribuído por cada obra de acordo com as necessidades..6 meses Luvas de protecção mecânica.P.I.'s por funções pode contribuir decisivamente para a optimização da sua gestão.......P..P..P...'s mais utilizados em obras de construção civil que poderá servir como indicador...É muito difícil prever e controlar os consumos de E....difícil estipular a vida média dos equipamentos e consequentemente efectuar uma boa gestão de stocks.... estabelecer um tempo de vida útil significativo por os consumos oscilarem muito de obra para obra. Função: Carpinteiro de Limpos Equipamento Capacete Permanente Eventual x Duração do Equipamento 4 Anos Observações Em obra .........Efectuar um controlo eficaz da distribuição dos E...... Com base nos consumos de várias obras de construção de edifícios estabelecemos uma lista meramente indicativa da vida média dos E....I.'s deverá ser analisado com rigor já que tal facto pode não só evidenciar falta de qualidade ou condições de utilização severas.... ao mesmo tempo que se entrega a documentação disponível destinada a complementar a informação sobre o equipamento distribuído.. etc.......... Por tal motivo..15 dias Luvas de protecção química. ...........I....12 meses Voltar Topo A duração média foi calculada tendo em conta o número de trabalhadores que usam normalmente o equipamento..... características...I.. .. ... Capacete de protecção... 2 meses Óculos de protecção mecânica (óptica).....I.P..... modo de manutenção.............. Nesse caso deverá existir uma pessoa responsável devidamente instruída e dispondo de meios adequados para executar tal tarefa..'s............ ao mesmo tempo que constitui uma base de dados relativamente fiável para a orçamentação........... o modelo a adoptar na empresa... limites de utilização. deverão ser armazenados nas embalagens originais e respeitadas as indicações dadas pelo fabricante...I. Implementar ainda um sistema de controlo das revisões periódicas e listas de verificação..'s.......I.... Por tal motivo é mais aconselhável fazer estimativas tendo por base a carga provisional dos recursos humanos e a sua distribuição por funções...'s também vulgarmente usados na construção civil.................. para o aprovisionamento do armazém................ Convém portanto que na orçamentação da empreitada seja prevista uma verba estimada para cobrir os custos com aquele material.... .'s não seja muito oneroso o facto de se tratar de equipamento individual e sendo muitas vezes de desgaste rápido faz com que seja significativo o dispêndio feito pela obra na sua aquisição... Esta prática permite.I..Alguns equipamentos de protecção necessitam de manutenção e verificação regulares que nem sempre o utilizador pode executar.... embora grosseiro.. Preferencialmente no acto da entrega deve ser pedido ao trabalhador que assine um termo de recepção..O desgaste ou deterioração anormal dos E. pela amostra tratada....'s numa obra tendo por base as operações planeadas dada a sua multiplicidade e a diversidade das condições em que são executadas.. normas de armazenagem... elaborar para cada tipo de equipamento uma ficha técnica em que se divulgue a finalidade..I.. No entanto os dados nelas referidos não podem constituir mais que meras indicações que deverão ser aferidas para cada tipo de obra e organização..... consequentemente..P....P. etc. controlo de custos e operacionalidade de gestão de stocks é aconselhável que depois de definido para cada tipo de E...Por imperativos de qualidade..... não foram referenciados já que não foi possível..P..Muito embora o custo unitário da generalidade dos E.

Tampões para Ouvidos Protectores Auriculares Máscara para Soldadura Máscara para Filtros Físicos Máscara para Filtros Químicos - x - Variável - Na oficina quando o ruído for superior a 85 db (A) Corte e polimento madeiras exóticas http://www.html .pt/manual/cap29.aecops.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful