Usando Comandos Embutidos

:

1. Eu não lhe diria _________, porque … De qualquer forma já estou dizendo, porém, minha negativa inicial quebra a resistência, e a palavra mágica “porque” atribui autoridade ao que digo ao mesmo tempo em que desvia a atenção do comando embutido. Exemplo: Eu não lhe diria faça seu pedido agora, porque você já sabe que este é o melhor momento. 2. Eu poderia lhe dizer que________, mas … Você não pode colocar nenhuma objeção, já que eu apenas estou comunicando o que posso fazer. O “mas” desconsidera o dito e engana a atenção consciente. Exemplo: Eu poderia lhe dizer que o cuidado com os cabelos é fundamental para a saúde, mas prefiro que você descubra por si mesmo. 3. Mais cedo ou mais tarde, … Este padrão é um verdadeiro facilitador de comandos embutidos, no que pressupõe a inevitabilidade dos mesmos. Exemplo: Mais cedo ou mais tarde, você vai perceber mais profundamente as vantagens desta escolha. 4. Algum dia (ou em algum lugar)… Mesmo caso do anterior. Pressupõe-se que algo inevitavelmente irá acontecer, algum dia ou em algum lugar. Então é melhor que você já comece imaginar isto agora e deixe acontecer. Exemplo: Algum dia, você vai rir das preocupações atuais. 5. Tente resistir … A pressuposição é de que qualquer resistência será inútil. Este padrão contém um duplo vínculo: ou o cliente tenta resistir, obedecendo ao comando direto ou não resiste, atendendo ao comando indireto. Não há como não obedecer a você. Exemplo: Tente resistir a este novo modelo do carro. 6. Estou me perguntando se você _______ … ou não. Pergunta embutida, seguida de comando embutido. O “… ou não” do final é optativo e serve para uma possível retirada estratégica. Exemplo: Estou me perguntando se você gostaria de experimentar este produto por uma semana sem compromisso… ou não 7. Talvez você não tenha… , ainda. O “ainda” é outro pressuposto de inevitabilidade. O “talvez” funciona como suavizador. O “não” produz a imaginação do que está sendo negado. A meta-mensagem é “faça logo”. Exemplo: Talvez você não tenha decidido a nos acompanhar nesta parceria ainda.

“________” Você transmite seu comando ou sua mensagem através da citação de outrem. Exemplo: É fácil negociar quando as duas partes querem o acordo. Alguém pode __________. reforçada pelo padrão “lógica sem lógica”. Após uma série de afirmações comprováveis fisicamente. . Exemplo: Meu pai me disse uma vez que. A cláusula temporal “primeiro” contida nesta pergunta embutida faz pressupor que ambas as escolhas vão ocorrer de qualquer jeito. disfarça um comando. ouve o som da minha voz e sabe que eu não o enganaria numa transação. na minha frente. e… Uma das seqüências eficazes de condução hipnótica.8. … me disse uma vez. ou você vai _______? A multiplicidade de escolhas disfarça a pressuposição de que a escolha é inevitável. Observe. Neste padrão. não é? 15. Estou me perguntando o quê você gostaria de fazer primeiro. enriquecido com a adição de metáforas. infelizmente. Sem sombra de dúvida (ou com certeza) … Os advérbios de modo como felizmente. com um passo após o outro. obviamente. 12. Eu não sei se _________. vale a pena investir neste negócio. É uma forma . … disse (ou dizia) _____. porque … O uso da confusão. 14. . Exemplo: Você vai garantir esta troca agora. fazem pressupor que a afirmação que lhes segue é necessariamente verdadeira. reforçando assim os comandos embutidos. a negação disfarça uma pergunta que. você faz uma sugestão que. “_______” Mesmo padrão anterior. Exemplo: Estou me perguntando o quê você gostaria de fazer primeiro: tomar mais um cafezinho ou assinar o pedido. Você vai ______ agora. que o cérebro do ouvinte vai ter que inventar uma ligação de causalidade lógica entre as duas orações da sentença. . oferecendo a opção do contrário. ou você vai fazer o pedido de reserva para depois? 11. 10. indiscutivelmente. 9. embora não comprovável. etc. Exemplo: Já dizia meu avô: “quem não arrisca não petisca”. pelo exemplo. É fácil ________. Exemplo: Você está sentado nessa cadeira. 16. O consciente é desviado pela preocupação com a ordem em que vão ocorrer. pode ver o meu rosto e as minhas mãos. porque você conhece a satisfação íntima de recuperar a vontade de vencer. 13. terá alta chance de ser incorporada às demais. não é? O mágico “não é?” final transforma o comando em uma pergunta e contorna a resistência. Exemplo: Alguém pode sentir-se aliviado e tranqüilo. você chega aonde quiser. Exemplo: Sem sombra de dúvida. por sua vez.

não pode? O que distingue este padrão é o “não pode?” final. há também a pressuposição de que o cliente vai comprar o aparelho. O ouvinte é conduzido a colocar em ação seu sistema de busca para verificar seu conhecimento do que é afirmado. .portalcmc. 17.htm FENÔMENOS TRANSDERIVACIONAIS Essa classe de padrões ativa os processos inconscientes de associação usando palavras genéricas. Quem sabe você gostaria de _________? Treine o uso sistemático de suavizadores. No exemplo a seguir. Estou curioso para saber se … Forma indireta de fazer a pergunta. 19. enquanto o inconsciente capta a mensagem do comando embutido. você estará deixando para a pessoa a especificação. porque ela empresta credibilidade emocional a tudo o que se diz antes dela”. não pode? 18. Você pode entender como ele suaviza o comando e cria fatores de rapport com o ouvinte.indireta de se chegar ao inconsciente. não pode? Exemplo: Você pode se colocar alguns instantes no meu lugar. Exemplo: Quem sabe você gostaria de experimentar o aparelho antes de comprá-lo? 20. que vai embutida. Você provavelmente já sabe … Forma excelente e elegante de suavizar o comando indireto que se segue.br/hiptec2. Robert Anue . 21. sendo que ela faz sempre a melhor escolha para si mesma. Este padrão contém dois. Você pode _______. Exemplo: Você provavelmente já sabe como identificar um produto de boa qualidade. A gente pode ________ porque … ” ‘Porque’ é uma palavra mágica. Exemplo: Estou curioso para saber se você vai estudar minha proposta com o carinho que ela merece. 1Índice Referencial não especificado Não especificando o Índice Referencial.com. Exemplo: Eu não sei se esta é a grande oportunidade que vai mudar sua vida. (Robert Anue) Exemplo: A gente pode gastar algum tempo analisando o assunto porque você sabe que esta é uma forma de se chegar a um acordo mais seguro.Baralho Zebu (Adaptado por Walter De Biase) Fonte: www.

realização. movimentos etc) você pode se utilizar de uma Execução Perdida. “. Você pode estar se perguntando..”.. .. “Trazendo grande entusiasmo... “Você vai entrar num estado apropriado.. conhe cimento etc). Leitura Mental “Adivinhar” estados internos da pessoa fará com que você fortaleça seu “Rapport”...” 2- Omissões Quando você omite uma parte da informação..Muito bom. passada e.verbos que não especificam o Sistema Representacional. Isso quase sempre ocorre com a total omissão de algum índice referencial.” 6. “O conforto da sabedoria e da clareza..... “Você deve estar curioso sobre o que vai acontecer. “Está bem.. Nominalizações (satisfação.”. Referindo-se a EVENTOS.”.”. “Você pode se lembrar do tempo em que.. O processo lingüístico que transforma um verbo em evento.” 5. e você pode sentir as sensações. Utilize algum comportamento da pessoa para intensificar o transe. Verbos Inespecíficos Neste caso consideramos verbos inespecíficos como sendo: a .. As uniões não precisam ser lógicas ou válidas. conforto.verbos que não especificam como a ação é executada b ... “Fazendo com que você relaxe.. “A satisfação da compreensão..... consciência.” 4.” RELAÇÃO CAUSAL É o processo de fazer conexões causais entre partes facilmente verificáveis da experiência do cliente e o estado desejado. “... “. “Está certo. e você quer e necessita... e pode ser tão satisfatório.. caberá à própria pessoa completá-la... você permite que a pessoa se utilize dos próprios PROCESSOS para compreendê-lo..... descontração muscular.‘É “Uma fácil pessoa para as pessoas sentou-se nesta cadeira entrarem a semana em transe”.”. curiosidade.. evolução.”. “.. e sim combinadas com a experiência subjetiva da pessoa a nível consciente e inconsciente.. “Quero que observe a imagem.. “.. Execução Perdida Ao observar alguma alteração no estado da pessoa (como respiração.”...”.”..”.” 3.

.. Você poderá usar qualquer coisa. durante. bCAUSATIVO IMPLÍCITO: assim como. “Você pode ouvir minha voz e se sentir mais relaxado”. “Quanto mais tensos estiverem seus músculos.” “Quanto mais barulho você ouvir na outra sala. Embuta este comando em uma frase mais longa: “Acho muito importante que você SE SINTA CONFORTÁVEL enquanto. desde que.Existem 3 maneiras de fazer a ligação entre declarações. como. inspirando e expirando. mais ele fará o que você quer que ele faça. e pode começar a notar o relaxamento que já está se espalhando pelo seu corpo”. “Assim como você está me olhando e ouvindo o som da minha voz.. Já que se trata de uma forte ligação.. cCAUSA E EFEITO A forma mais poderosa de ligação usa palavras de Causa-Efeito do tipo: “faz. é a que tem mais chances de ser incompatibi lizada com a experiência do seu cliente. Transforme este resultado num comando simples: “sinta-se confortável”. para que a pessoa possa “deslizar” facilmente para a experiência em direção a qual você a está guiando. enquanto. ou. olhando para mim. 1- ESTRUTURAS IMPLÍCITAS (Verbais) Comando Embutido É uma maneira de verificar quão responsiva está a outra pessoa. 2- Perguntas Embutidas Este padrão é muito útil para obter informações de maneira indireta ou quando se quer ajudar alguém a alcançar um estado. aCONJUNÇÃO: e... sentir a temperatura da sua pele. assim etc.. Use Causa-Efeito quando a pessoa já estiver em transe mais profundo e possa responder bem..”. “Você está respirando.. Uma variação da Causa-Efeito é o padrão “quanto mais. exige” etc. você pode facilmente se sentir mais curioso sobre o que você vai aprender”. mais. quando acompanhada de Marcação Analógica.. Algumas pessoas reagirão melhor a um tipo de ligação do que outras. antes. é possível que você tenha curiosidade sobre sua habilidade de aprender e aprenda com facilidade”.. A eficiência do Comando Embutido fica drasticamente acentuada. até as consideradas como “resistência” e dizer que quanto mais X houver. então. força.” “Enquanto você está processando o que eu estou dizendo. “Você pode ouvir o som da minha voz.. mais rapidamente você poderá se relaxar e entrar em transe”. . depois. mais você estará propenso a entrar em um estado de devaneio profundo.. Para construir um comando embutido: abcEscolha um resultado simples: quero fazer com que ela se sinta confortável. causa. enquanto entra cada vez mais fundo em transe”.

Pode-se fazer uma indução inteira de transe usando-se aspas: “Eu fui ver Milton Erickson e a primeira coisa que ele me disse foi: . “Nem pense em sair daqui. Observe o que acontece quando você usa este tipo de comando.. volume. pensar mais criativamente”. quero ter certeza de que você me dará a mão agora”. a pessoa responderá como a uma pergunta. Mesmo sendo uma afirmação. “Eu estava lá fora no hall e alguém veio na minha direção e disse bem alto: .. vai mudar alguma coisa”. cinestesicamente. ." 5Marcação Analógica É a marcação de um comando simples analogicamente: com o tom de voz. Não se DIVIRTA.”.: objetivo do sujeito) Pense em uma pergunta para conseguir a informação (“O que você quer ganhar com a hipnose?”) Acrescente uma palavra de percepção no início e transforme a pergunta em uma declaração.Também dá a você uma maneira de embutir uma pergunta dentro de uma afirmação. “Não me incomode!”.” 4Citações Dão a possibilidade de fazer uma afirmação e atribuir a responsabilidade dessa afirmação à outra fonte (ou pessoa). Citações são um ótimo padrão quando se quer tentar algo novo. De maneira geral. até. “Para que eu levante meu ânimo. Frase Chave “Eu estou imaginando se você pode “Eu estou curioso em saber se você “Eu me pergunto se você “Eu fico pensando se você pode Questão embutida me dizer o que você quer”. (“Estou curioso em saber o que você quer ganhar com a hipnose. (levante a mão agora). 3- Comando Negativo Dar um comando negativo pode gerar uma resposta à parte afirmativa do comando. “Não ouse fazer isso!”. fazendo a marcação destes comandos analogicamente. abcSelecione a informação ou estado ao qual se quer ter acesso (ex.Eu estava numa situação similar e um amigo me disse que eu poderia utilizar minha habilidade para aprender e aproveitar mais. "Eu sei de uma pessoa que descobriu como sentir curiosidade sobre sua própria habilidade de aprender e melhorar sua qualidade de vida. “Não se esqueça de. quer mesmo fazer isso”. Você pode combinar os comandos negativos com comandos embutidos. as pessoas responderão como se você tivesse feito a pergunta.”.”) Isto fará com que a atenção fique concentrada no processo mental da pessoa que faz a pergunta. enquanto aprende os comandos negativos. visualmente e.Feche os olhos”.Vá embora”. “Não sinta prazer demais praticando comandos negativos. enquanto pressupõe a pergunta que você está fazendo.

“observar” etc. “estar consciente”. Você gostaria de sentar nesta cadeira ou naquela? Você pode entrar em transe agora ou mais tarde. você está gostando de aprender o Modelo de Milton. Geralmente terminam em “mente”.1- PRESSUPOSIÇÕES Palavras de consciência “saber”. “se dar conta”. “ainda”.. “continue”. Você pode APRECIAR. “durante”. Antes de você decidir o carro que quer. tudo que vem a seguir é pressuposição. 3- Adjetivos e Advérbios São palavras que atribuem qualidades e avaliações. Você quer me ajudar a apagar as luzes antes de ir para a cama? Use. enquanto”. você poderá começar logo o exercício. reexperimentar este recurso de maneira PLENA. “Então esta é a SEGUNDA vez que você vai assistir a este filme” (pressupõe que você já assistiu ao filme uma vez). ou lavar os pratos? Você quer ir para a cama com o seu ursinho ou com a sua girafa? Você gostaria de comprar um carro vermelho ou um marrom? Na sua casa ou na minha? 5Numerais “É a PRIMEIRA vez que você entra em transe?” (Isto pressupõe que você esteja em transe agora e que você irá entrar em transe de novo. “já”. Você prefere levar o lixo para fora. Felizmente. “depois”. “notar”. 4- ‘OU” Ao utilizar a conjunção “OU” você desvia a atenção do consciente da pessoa para a escolha e pressupõe a ação desejada. “fim”. você ainda não praticou o suficiente. Ao usar essas palavras de avaliação e qualidade. Obviamente. Naturalmente. deixe-me falar sobre os nosso tipos de financiamento. no futuro). as palavras de tempo: “começo”. . “desde que”. Você já se deu conta de que começou a usar as pressuposições de uma maneira mais sistemática? 2- Palavras Temporais “antes”. “quando” etc. também. “pare”. Você pode continuar a Você já começou a aprender matemática? sonhar com esta casa. “não mais”. Enquanto você está entrando em transe..

catalogando — possui uma vasta reserva de aprendizados. Elas são muito úteis para desfazer as respostas de polaridade. Exemplos: E enquanto o telefone toca. sonhos. tais como “Sim. categorizando. você pode entrar mais profundamente em transe..1- ESTRUTURAS ADICIONAIS Perguntas-finais Você sabe o que são perguntas-finais. não é? “Você consegue se sentir confortável. DISSOCIAÇÃO CONSCIENTE / INCONSCIENTE — SUA MENTE CONSCIENTE está ouvindo e escutando minhas palavras LIGAÇÃO CAUSAL SUA MENTE INCONSCIENTE — está fazendo algo diferente — está interessada em aprender algo — está interessada no que é relevante tem aquela dúvida — está curiosa — não vai fazer nada muito interessante — está concentrada naquele ponto — não sabe como as coisas vão se desenvolver — está desenvolvendo uma linha de pensamento pensa globalmente — é capaz de aprender de uma maneira diferente — está fazendo muito por você — sabe mais que você — está organizando.. capacidades. mas. para aprofundar o transe. esperanças.. recursos e memórias . não é?”. Perguntas-finais são negações ou reversão no final da frase..” 2Utilização e Incorporação É a utilização de qualquer evento do ambiente e/ou comportamento da pessoa.

pensa linearmente — pode estar pensando em muitas coisas — vai aprender muito pode deixar seu consciente saber depois — se distrai facilmente opera em seu próprio nome — percebe uma coisa de cada vez — é atemporal — — passeia por lugares agradáveis compreende o contexto — pode fazer o que for necessário .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful