Padrões de Qualidade de Água

Considere-se inicialmente o abastecimento doméstico cujas regras estão definidas dentro de um Padrão de potabilidade. • Critérios essencias de potabilidade devem garantir a proteção contra a contaminação por microorganismos patogênicos e contra a poluição por substâncias tóxicas ou venenosas.

• Existem também critérios complementares de potabilidade da água e dizem respeito ao aperfeiçoamento da água em aspectos estéticos. econômicos etc. que embora desejáveis. não são essenciais à proteção da saúde pública: – – – – – – Cor Sabor Odor Turbidez Dureza Corrosividade • Estabelecimento de normas – via OMS .

gustação e olfato • Hoje: – uso de análises químicas. . biológicas e radiológicas aprimoramento dos padrões de potabilidade da água para o consumo humano. físico-químicas.Evolução das normas de potabilidade • Passado: – função da avaliação dos sentidos da visão.

Qualidade ambiental • Estabelecer a qualidade ambiental é fundamental à saúde pública • Padrões de qualidade são aperfeiçoados à medida que as pesquisas e técnicas analíticas permitem estabelecer formas mais precisas de controle ambiental .

Brasil: Padrão de potabilidade segundo Resolução CONAMA 357 de 31/03/05 • Águas doces: – Salinidade igual ou inferior a 0.5 e 30º/00 • Água salina: – Salinidade igual ou superior a 30º/00 .5º/00 • Água salobra: – Salinidade variando entre 0.

Classificação das águas doces • Classe especial – ao abastecimento para consumo humano. – à preservação do equilíbrio natural das comunidades aquáticas. com pele – à proteção das comunidades aquáticas em Terras Indígenas. – à preservação dos ambientes aquáticos em unidades de conservação de proteção integral. esqui aquático e mergulho) – Irrigação de hortaliças e frutas ingeridas cruas. . esqui aquático e mergulho) – Irrigação de hortaliças e plantas frutíferas – Aquicultura ou atividade de pesca. • Classe 2 – Uso humano após tratamento convencional – Proteção de comunidades aquáticas – Recreação primária (natação. • Classe 1 – Uso humano com tratamento simplificado – Proteção de comunidades aquáticas – Recreação primária (natação. com desinfecção.

• Classe 3 – Uso humano. cerealíferas e forrageiras – Pesca amadora – Recreação de contato secundário – Dessedentação de animais • Classe 4 – Navegação – Harmonia paisagística . com tratamento convencional – Irrigação de culturas arbóreas.

Classificação das águas salinas • Classe especial – à preservação dos ambientes aquáticos em unidades de conservação de proteção integral. . • Classe 2 – à pesca amadora. – à proteção das comunidades aquáticas. e – à aqüicultura e à atividade de pesca. • Classe 1 – à recreação de contato primário. • Classe 3 – à navegação. e – à recreação de contato secundário. – à preservação do equilíbrio natural das comunidades aquáticas. e – à harmonia paisagística.

• Classe 1 – à recreação de contato primário. . e à irrigação de parques.e. – à preservação do equilíbrio natural das comunidades aquáticas. – à proteção das comunidades aquáticas. jardins. – à aqüicultura e à atividade de pesca. campos de esporte e lazer. – ao abastecimento para consumo humano após tratamento convencional ou avançado. e – à irrigação de hortaliças que são consumidas cruas e de frutas que se desenvolvam rentes ao solo e que sejam ingeridas cruas sem remoção de película.Classificação das águas salobras • Classe especial – à preservação dos ambientes aquáticos em unidades de conservação de proteção integral.

.Classificação das águas salobras • Classe 2 – à pesca amadora. e – à recreação de contato secundário. • Classe 3 – à navegação. e – à harmonia paisagística.

Poluição .

000 a. – Revolução industrial – – – – 1% do tempo do homem na terra Fixação das populações e agricultura Extração de minérios e manufatura de ferramentas Pode ter havido fenômenos locais de poluição .Breve Histórico Pode-se distinguir 4 períodos relacionados à poluição causada pelo homem • ~1.000 – 10.C. – 98.8% do tempo do homem na terra – Nomadismo e atividades extrativistas – Ausência de poluição • 10.000 a.000.C.

1% do tempo do homem na terra Crescimento populacional e da expectativa de vida Crescente demanda por combustíveis e alimentos Início da regulamentação e controle de emissões . XX – Dias atuais – – – – 0.Breve Histórico • Revolução industrial – Início do séc. XX – 0.1% do tempo do homem na terra – Aumento rápido da densidade populacional – Marcado pela exploração da natureza • Início do séc.

ocasionando redução da qualidade de vida. acarretando em efeitos deletérios. . como danos aos recursos vivos. à saúde humana. pelo homem. às atividades humanas.Poluição Introdução. de substâncias ou energia no ambiente.

: temperatura elevada – Agricultura • Ex. .Conceito de água poluída • Depende de sua aplicação: – Psicultura • Ex. eutrofização – Engenharia sanitária • Ex.: reduzido teor de O2. substâncias tóxicas e/ou radioativas.: ameaça à saúde pública.: teor excessivo de sódio – Ecologia • Ex. com organismos patogênicos.

Origem espacial da poluição • Pontual – Fonte concentrada numa pequena superfície.: poço tubular ou escavado – Contaminação em pluma de alta concentração que pode permanecer estratificada em um aquífero . • Ex.

Origem espacial da poluição • Difusa – Fonte de contaminação é uma grande área • Ex. .: áreas de irrigação ou áreas urbanas. – Contaminação difusa tende a criar uma estratificação regionalizada de modo que os mananciais de superfície e os poços produzem uma mistura contaminada e não contaminada. • Linear – Fonte de contaminação é um rio ou canal.

Poluentes • Não conservativos – Substâncias passíveis de degradação microbiana – Caracterizado pelo baixo tempo de residência • Esgoto orgânico • Rejeitos agrícolas .

Poluentes • Facilmente dissipáveis – Vários resíduos e/ ou subprodutos de atividades industriais – Caracterizado pela rápida perda de toxicidade • Ácidos e bases inorgânicas • Calor .

Poluentes • Conservativos – Não são susceptíveis à degradação bacteriana – Alto tempo de residência no ambiente • Metais tóxicos • Pesticidas • Radioatividade .

Poluentes • Resíduos Sólidos – Grande variedade de rejeitos humanos e partículas – Podem afetar a respiração • Plásticos • Náilon • Partículas em geral .