Moção

Os professores do Agrupamento de Escolas Coura e Minho – Caminha, abaixo assinados, em Reunião Geral de Professores realizada em 13 de Novembro de 2008, pelas 17 horas e 45 minutos, tendo em consideração:

1. A falta de resposta por parte do Ministério da Educação ao seu pedido de suspensão da aplicação deste modelo de avaliação, inscrito em abaixo-assinado datado de 29 de Outubro e subscrito pela grande maioria dos professores deste Agrupamento, cujos considerandos mantêm na íntegra; 2. O repúdio generalizado da classe docente a este modelo de avaliação, bem evidente no passado dia 8 de Novembro na manifestação nacional de 120 000 professores, pedindo a suspensão do processo de Avaliação do Desempenho Docente, com base em pressupostos semelhantes aos enunciados no abaixo-assinado apresentado pelos professores deste Agrupamento; 3. As deliberações tomadas nas reuniões do Conselho Pedagógico do Agrupamento de 29 de Outubro e 12 de Novembro, com as quais se congratulam.

Decidem suspender, de facto, enquanto avaliados, a participação no processo de avaliação do desempenho docente decretado pelo governo, não realizando por conseguinte qualquer acto relacionado com o mesmo. Mais, reafirmam o seu desejo de serem avaliados através de um processo transparente e desburocratizado e que promova a efectiva aquisição de competências conducentes a uma melhor prática lectiva e profissional. Esperam, com esta tomada de posição, que será reavaliada no início do segundo período, contribuir para a emergência desse novo modelo.

Caminha, 13 de Novembro de 2008