RefúgionoVietnã

Ilha de Phu Quoc é uma joia ainda pouco visitada
Pág. 6 Pág. 3
Parada obrigatória
http://www.estadão.com.br
Herança. Prédiodo InstitutoNacional
de Cultura, no Casco Viejo: cenário para
James Bond em‘Quantumof Solace’
Entrecalabouçosegalerias
EmLondres, sustos e arte (como a de Damien Hirst)
Panamá
REUTERS
Mais conhecido por ser conexão fácil de voos rumo ao Caribe, país quer mostrar seus próprios
atrativos, que incluem centro histórico, praias convidativas e tentadoras opções de compras
BRUNO DEIRO/AE
%HermesFileInfo:V-1:20120221:
V1 TERÇA-FEIRA, 21 DEFEVEREIRODE2012 Nº 2375 O ESTADO DE S. PAULO
É carnaval!
Entre no clima de festa no site
do Estadão. Bolamos um jogo
interativo para você encontrar
divertidos ícones cariocas cur-
tindo o carnaval: tem mulata
de avenida, biscoito Globo, tu-
rista vermelho de sol... Acesse
http://tinyurl.com/folia1.
MR. MILES
OHOMEMMAISVIAJADODOMUNDO
facebook.com/viagemestadao
N
osso entusiasmado viajan-
te permanece, ainda, na
ilha de Santa Lúcia, no Ca-
ribe, onde, embora em via-
gem, resolveu conceder-se um pe-
ríodo de férias. “É claro, my friends,
que um viajante tira férias viajando.
A diferença, nesses casos, é que es-
colho, usually, um lugar pequeno e
pacífico para ler, nadar, comer bem
e aproveitar longas happy hours.
Pensando melhor, é isso o que faço
o ano todo. Ou seja: talvez eu não es-
teja mesmo de férias, mas isso não
faz a menor diferença. Ou faz?”
A seguir, o viajante responde a
duas cartas:
●Mr. Miles: por que o Dia dos Namo-
rados é comemorado, emoutros paí-
ses, no dia 14 de fevereiro? E quais
são, na sua opinião, os melhores luga-
res do mundo para namorar?
Marta Guimarães, por e-mail
“Well, my dear: em quase todo o
mundo cristão, comemora-se o Dia
dos Namorados em 14 de fevereiro
em homenagem a São Valentim. Ele
ainda era um bispo quando um cer-
to imperador na Idade Média proi-
biu todos os casamentos, acreditan-
do que os solteiros, believe me, eram
melhores guerreiros. O bispo insur-
giu-se contra o soberano e conti-
nuou celebrando matrimônios (inclu-
sive o seu próprio, em segredo). Des-
coberto, o pobre casamenteiro foi pre-
so e condenado à morte. Aguardando
o cadafalso, Valentim recebeu bilhe-
tes de muitos jovens que diziam ainda
acreditar no amor. Tornou-se popular
e, my God, ainda teve tempo de se apai-
xonar pela filha cega de seu próprio
carcereiro. Consta que conseguiu até
mesmo curá-la da cegueira. No dia em
que foi executado, escreveu um bilhe-
te de despedida e assinou com a frase:
‘De seu namorado Valentim’. Nascia,
therefore, o mito do Valentine’s Day.
Já no Brasil, darling, foi a popularida-
de de Santo Antônio, o casamenteiro,
que conduziu a celebração para o dia
12 de junho, do qual é padroeiro.
Quanto à sua questão sobre os me-
lhores lugares do mundo para namo-
rar, well, temo que a resposta não pos-
sa ser precisa como uma equação ma-
temática. Na verdade, dear Marta, há
lugares sublimes para namorar, mas
muito mais do que o cenário, importa
o parceiro (ou parceira).
Se você estiver totalmente apaixona-
da, um rendez vous em Osasco pode
ser mais inesquecível do que um beijo
em Veneza sem a mesma intensidade
de sentimentos. In other words: em mi-
nha modesta opinião, esse é um caso
em que a companhia vale mais do que
o destino. However, o melhor dos mun-
dos é ter a sorte de juntar a melhor
companhia com o melhor destino.
Uma escolha que cabe, of course, a vo-
cês dois.”
●Prezado mr. Miles, como assinante
do jornal e leitor assíduo de sua colu-
na, gostaria de obter informações so-
bre a temporada de inverno emBarilo-
che neste ano de 2012. Tenho duas
filhas e, como já estive naquela cida-
de, penso ser possível passar uma
semana semmaiores contratempos.
Ocorre que é difícil obter notícias so-
bre as cinzas do vulcão chileno, se o
aeroporto está aberto, se os hotéis
estão fazendo reservas, etc. Onde ob-
ter tais informações, já que os hotéis
não retorname-mails? Homero Cam-
pello de Souza, por e-mail
“Well, mr. Campello, é difícil, indeed,
controlar as forças da natureza. Ain-
da mais por antecipação, como o se-
nhor me solicita. É evidente que to-
dos os envolvidos na operação turís-
tica – operadoras, companhias aé-
reas, hotéis e agências de viagem –,
torcempara que a próxima tempora-
da não repita os problemas da ante-
rior. However, também é compreen-
sível que eles sejam mais cautelosos
para evitar prejuízos. Contate uma
operadora especializada no destino
e pergunte como deve proceder. O
vulcão já não está tão ativo e nem
causa problemas no tráfego aéreo
da região. Vamos torcer para que
ele se cale e mantenha o pacífico si-
lêncio que guardou por séculos.”

É O HOMEM MAIS VIAJADO DO MUNDO.
ELE ESTEVE EM 183 PAÍSES E
16 TERRITÓRIOS ULTRAMARINOS
Facebook. Reportagens
online e galeria de fotos
Blog. Dicas e bastidores das
viagens da nossa equipe
Você no Viagem. Mande sua
dúvida, foto e sugestões
Twitter. Notícias emtempo
real do mundo turístico
Praga é uma das capitais euro-
peias em que dá para ficar uma
semana sem repetir programa –
ou com folga na agenda para
voltar aos lugares favoritos, se
esse for o seu estilo. Como bate-
voltas, as cidades de Cesky
Krumlov, patrimônio da
Unesco, e Karlovy Vary, repleta
de fontes termais, são escolhas
certeiras. Para planejar a visita:
www.praguewelcome.cz/en.
Cidade Velha
As ruazinhas e construções medie-
vais da staré mesto – cidade ve-
lha em checo – fazem pensar em
um bairro cenográfico, de tão boni-
tas e fotogênicas. O coração turís-
tico da região é a Praça da Cidade
Velha: estão lá a prefeitura antiga,
sua torre de quase 70 metros on-
de vale a pena subir para fotogra-
far as pontiagudas torres góticas
da Catedral de Tyn, e o performáti-
co relógio astronômico.
Ponte Carlos
Do século 14, a ponte é a mais
antiga sobre o Rio Vltava – que
está para Praga assim como o
Sena para Paris. Enfeitada com
esculturas seculares e cadeados
atados ali por casais apaixonados,
a ponte tem 515 metros de exten-
são acessíveis apenas a pedes-
tres. É considerada o ícone máxi-
mo do amor na cidade que já tem,
ela mesma, fama de romântica.
Malá Strana
Espremido entre a Ponte Carlos
e o Castelo de Praga está o lindo
bairro de Malá Strana. Cheio de
ladeiras sinuosas e beneficiado
pela proibição de novas constru-
ções, que vigora desde o fim do
século 18, preserva uma atmosfe-
ra tranquila. Entre casas com
emblemas na fachada há restau-
rantes e lojas que vendem ar-
tesanato mais interessante do
que os itens amontoados no
centro antigo.
Castelo
A monumental construção no
ponto mais alto de Malá Stra-
na é mais que um castelo: tra-
ta-se de uma minicidade den-
tro dos muros, um complexo
com edifícios religiosos, fortale-
zas, residências e prédios de
escritórios. Tudo isso começou
a ser erguido no século 9 e
vem sendo constantemente
aumentado desde então. Ponto
alto da visita, a Catedral de
São Vito é a dona das deslum-
brantes torres góticas que po-
dem ser vistas de vários pon-
tos de Praga. Vale ao menos
uma tarde inteira – mas você
fará ótima escolha se decidir
subir até lá no fim da manhã
para almoçar nos restaurantes
do entorno do castelo.
/ MÔNICA NÓBREGA
miles@estadao.com.br
blogs.estadao.com.br/viagem
estadão.com.br
o básico
● Emuma viagempara Puerto Iguazu, na Argentina, a leitora Diana Lopes fez uma trilha que incluía uma parada praticamente no meio do
nada, onde só havia uma banca de frutas. “Ovendedor de melancias parecia articulado, mas às vezes ficava sério, calado. Ao fundo, os
meninos aparentavamestranhar tanta gente ao redor. Oque me fez perceber que ali há bemmais do que as cataratas”, diz.
twitter.com/EstadaoViagem
DIANA LOPES/ARQUIVO PESSOAL
viagem.estado@grupoestado.com.br
foto do leitor
SantoAntônioXSãoValentim
milhões de voos
foram operados por empresas
aéreas norte-americanas em
2011. Trata-se do menor número
de decolagens em dez anos
Você sabia...
6,08
As atrações mais
fotogênicas de Praga
Na web
Na semana passada,
Barack Obama prometeu
financiamento de US$ 63
milhões nas operações de
tráfego aéreo até 2015
CARLINHOS MÜLLER/AE
Envie sua dúvida ou foto para
viagem.estado@grupoestado.com.br
Para mais detalhes e outros roteiros, consulte sempre o seu agente de viagens!
São Paulo 11 3217.7600 | www.queensberry.com.br
D
o
o
r
s
MARAVILHAS DA INDOCHINA
Bangkok, Luang Prabang, Vientiane, Hanói, Halong, Hoi An,
Hue, Ho Chi Minh e Siem Reap.
Saídas 2012: Diárias
(terrestre, válido Abr. 16 a Set. 15)
O MELHOR DA INDONÉSIA
(*)
Bali, Sumba Island e Cingapura.
Saídas 2012: Sábados
(aéreo+terrestre, válido Mar. 24 a Jun. 09)
SRI LANKA ESSENCIAL
Colombo, Pinnawala, Kurunegala, Dambulla, Kandalama,
Sigiriya, Polonnaruwa, Minneriya, Matale, Peradeniya, Kandy,
Plantação de chá, Nuwara Eliya, Kandapola e Kitulgala.
Saídas 2012: Diárias
(terrestre, válido Abr. 23 a Jul. 14)
JAPÃO PREMIUM
Tóquio, Hakone, Quioto, Osaka e Nara.
Saídas 2012: Sextas
(terrestre, válido Mar. 02 a Dez. 07)
ÍNDIA CLÁSSICA
Delhi, Agra, Fathepur Sikri e Jaipur.
Saídas 2012: Diárias
(terrestre, válido Abr. 01 a Set. 25)
o melhor da vida é viver
16 NOITES
a partir de
R$ 9.595 ou
5x R$ 1.919
12 NOITES
a partir de
R$ 14.900 ou
5x R$ 2.980
07 NOITES
a partir de
R$ 4.490 ou
5x R$ 898
TEMOS UMAEQUIPE DE ESPECIALISTAS E 40 ANOS DETRADIÇÃONOATENDIMENTOAVIAGENS PERSONALIZADAS.
Preços por pessoa em apto duplo. (*)Inclui parte aérea em classe econômica. Não inclui taxas de embarque.
Mínimo 02 pessoas. Sujeitos a disponibilidade no ato da reserva e alteração sem aviso prévio. Financiamento é
exclusivo em Credi-Cheque por tempo limitado. Imagens meramente ilustrativas. Viagens calculadas com base no
câmbio de US$ 1.00 = R$ 1,84 em 16/02/12 e serão recalculados na data do pagamento. Esta coluna é semanal.
07 NOITES
a partir de
R$ 21.935 ou
5x R$ 4.387
06 NOITES
a partir de
R$ 1.685 ou
5x R$ 337
ÁSIA
Surpreenda-se por esta misteriosa parte do mundo! Os templos de
Angkor no Camboja, a gastronomia do Vietnã, os monges do Laos,
as belas praias na Indonésia, a terra do chá - Sri Lanka, as cidades
futuristas do Japão e o caos fascinante da Índia.
Destaques.
Catedral
de Tyn
e torre da
prefeitura
DIVULGAÇÃO
REPRODUÇÃO
%HermesFileInfo:V-2:20120221:
V2 Viagem TERÇA-FEIRA, 21 DEFEVEREIRODE2012 O ESTADO DE S. PAULO
Sustos
naregião
quevirou
tendência


ANA
GASSTON
T
odos os dias deze-
nas de turistas fa-
zem fila na porta
do The London
Dungeon, aoladodaestação
LondonBridge, paraumpas-
seio pelo lado sombrio da
históriadacapital. Ali, cenas
eeventosdopassadosãore-
criados coma ajuda de efei-
tos especiais, enquantoato-
res, na pele de torturadores
eassassinoscomoJack, oEs-
tripadoreSweeneyTodd, in-
teragem com o público. A
atração faz tanto sucesso
que tem até um concorren-
te na mesma rua.
Para quem gosta de arre-
pios de verdade, recomen-
do driblar zumbis e fantas-
mas, que perambulam pela
área para carregar ovisitan-
te para masmorras e cala-
bouços, e seguir emdireção
ao Guy’s Hospital, do outro
lado da estação, na St. Tho-
mas Street. Na frente dele,
notopodeumaigreja, estáo
Old Operating Theatre
(www.thegarret.org.uk),
uma das salas de cirurgia
mais antigas domundo.
Construída em 1822, an-
tesdainvençãodaanestesia
e dos antissépticos, tem o
formatodeumteatrodeare-
na, onde médicos iam para
assistir aos procedimentos,
que eram rápidos – cirur-
giões podiam realizar uma
amputação em menos de
umminuto. Omuseu ao la-
domostraobjetosdaépoca.
Interessante e assustador.
Devoltaaoséculo21, ého-
ra de conhecer uma das
áreasqueestãovirandomo-
da. Saia do museu, passe o
TheShard, oprédiomais al-
to da cidade, e caminhe por
doisatrêsquarteirõesnaSt.
Thomas Street. O lugar é
mesmo um tanto deserto,
masnãodesista. Vireàdirei-
ta na Bermondsey Street,
rua graciosa que tem atraí-
donegócios e moradores.
Uma das mais recentes e
importantesadiçõeséagale-
ria de arte contemporânea
White Cube (whitecube.
com), que tem outros dois
endereçosnacidadeeobras
de importantes artistas bri-
tânicos, como Tracey Emin
eDamienHirst, einternacio-
nais, como Gabriel Orozco,
Doris Salcedo e Miroslaw
Balca. Para compras, passe
naLovelyandBritish(lovel-
yandbritish.com), que ven-
de objetos de decoração,
roupas, joias e lembranci-
nhas perfeitas da viagem.
Para comer bem, o The
Garrison (thegarrison.co.
uk) prepara pratos delicio-
sos comingredientes da es-
tação. O pub tem uma sala
de cinema no andar de bai-
xo. Já o The Woolpack
(woolpackbar.com), apesar
de não ser tão bonito, tem
um jardim que é uma gran-
de vantagemnoverão.
* Éjornalista, paulistana e
vive emLondres há 10anos
RUMOA
LONDRES
2012
Visita. Sala de cirurgia
ANA GASSTON/AE
Costa Brasilis Resort 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 119,80
À vista R$ 1.198,
Arraial d’Ajuda 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 99,80
À vista R$ 998, Hotel Arraial Sol
Ilhéus 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 99,80
À vista R$ 998, Hotel Village Back Door
Itacaré 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 99,80
À vista R$ 998, Pousada Raisis
Costa do Sauípe 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 259,80
À vista R$ 2.598, Hotel Sauípe Fun
com sistema Tudo Incluído
Salvador 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 89,80
À vista R$ 898, Hotel Sol Plaza Sleep
Porto de Galinhas 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 129,80
À vista R$ 1.298, Pousada Lusitana
João Pessoa 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 119,80
À vista R$ 1.198, Hotel Netuanah
Aracaju 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 109,80
À vista R$ 1.098, Aracaju Praia Hotel
Belém 5 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 129,80
À vista R$ 1.298, Hotel Solft Inn Batista
Natal 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 119,80
À vista R$ 1.198, Hotel Residence Praia.
Fortaleza 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 113,80
À vista R$ 1.138, Hotel Iracema Travel.
São Luís 5 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 118,80
À vista R$ 1.188, Holiday Inn
Canoa Quebrada 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 177,80
À vista R$ 1.778, Hotel Confort Fortaleza
e Pousada Tranquilandia Village
Manaus 5 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 166,80
À vista R$ 1.668, Tropical Manaus Resort.
Bonito 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 149,80
À vista R$ 1.498, Lucca Hotel Pousada
Viagens aéreas com saídas diárias o ano todo.
Inclui: passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto, diárias com café da manhã e equipe CVC à sua disposição para atendê-lo a qualquer momento.
VIAJE PELO
BRASIL
APROVEITE O VERÃO
COM DESCONTOS
IMBATÍVEIS
E o melhor, tudo em até
10x sem juros e sem entrada
A CVC tem mais de 700 lojas em todo o País:
perto da sua casa e nos melhores shoppings e hipermercados.
Por que você pode conquistar
o mundo com a CVC?
Consulte seu agente de viagem ou passe numa loja CVC.
Quer saber a mais perto de você? Acesse cvc.com.br/lojas
ou fotografe o código ao lado com seu celular.
/cvcviagens
Prezado cliente: Os preços publicados são por pessoa em apartamento duplo. As taxas de embarque não estão incluídas e deverão ser pagas por todos os passageiros. Preços, datas
de saídas e condições de pagamento sujeitos a reajustes e mudanças sem prévio aviso. Ofertas válidas para compras realizadas até 1 dia após a publicação deste anúncio. Imagem
meramente ilustrativa. Condições para pagamento: 10 vezes sendo 1 + 9 no cheque ou no boleto. Saídas nacionais: Porto Seguro: 24/março; Salvador: 3, 4, 10 e 11/março; Aracaju, João
Pessoa, Gramado, Itacaré e Ilhéus: 10 e 11/março, São Luis: 10 e 17/março; Arraial D´Ajuda, Costa Brasilis: 10/março; Porto de Galinhas e Maceió: 31/março; Caldas Novas: 15/março;
Manaus, Belém e Vitória: 11/março; Florianópolis: 11/março; Fortaleza, Canoa Quebrada com Fortaleza: 24/março; Natal :10/março; Foz do Iguaçu: 14/março; Balneário Camboriú: 15 e
22/março; Bonito: 18/março; Costa do Sauípe: 28 e 29/abril.
Pousada Cabrália
Saídas diárias
Somente a CVC oferece a mais completa
estrutura turística de Porto Seguro, com
10 hotéis exclusivos, loja no aeroporto,
45 guias, mais de 300 colaboradores
supertreinados, barcos e frota de ônibus
exclusivos. Aconchegante hotel localizado
em Santa Cruz Cabrália. À vista 738,
Porto Seguro
10x R$ ,80 73
sem juros e sem entrada
10x R$ ,80 69
sem juros e sem entrada
Maceió 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 127,80
À vista R$ 1.278, Hotel Marinas
Vitória 5 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 86,80
À vista R$ 868, Hotel Quality
Aeroporto
Gramado 8 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 99,80
À vista R$ 998, Hotel Alpenhaus
Foz do Iguaçu 4 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 71,80
À vista R$ 718, Hotel Best Western Tarobá
Express
Camboriú 4 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 62,80
À vista R$ 628, Hotel Ryan
Florianópolis 5 dias
Saídas diárias
A partir de 10x R$ 78,80
À vista R$ 788, Rio Branco Apart Hotel
Caldas Novas
4 dias - Saídas diárias
À vista R$ 698, Hotel Golden Dolphin Express
%HermesFileInfo:V-3:20120221:
O ESTADO DE S. PAULO TERÇA-FEIRA, 21 DEFEVEREIRODE2012 Viagem V3
BATE-VOLTA
●Playa Blanca
Fica no litoral caribenho, a 120
quilômetros (percorridos em2
horas) da Cidade do Panamá.
Apesar de grandes hotéis e re-
sorts teremocupado espaço
por ali nos últimos anos, é uma
praia tranquila, comáguas cal-
mas que convidamao banho de
mar e longa faixa de areia agra-
dável para uma caminhada sem
pressa. Para quemgosta de
apreciar as belezas subaquáti-
cas emum nado comsnorkel,
há lanchas que levamà Ilha
Farallón em15 minutos.
●Coiba IslandNational Park
Lar do segundo maior recife de
corais do Pacífico Oriental, a
ilha é considerada umdos me-
lhores pontos de mergulho do
mundo – a visibilidade chega a
20 metros de profundidade.
Alémda variedade de peixes e
tartarugas, orcas e golfinhos
são comuns na região. O par-
que preserva cerca de 80%da
mata original e a diversidade de
pássaros tambémé umatrativo
turístico. Para chegar lá, são
245 quilômetros a partir da Ci-
dade do Panamá.
Praias coma típica fórmula caribenha
Mais que uma escala
Moradores recebemvisitantes comalegria na Cidade do Panamá, onde o casario do
século17 contrasta comos arranha-céus que renderama alcunha de ‘Dubai Latina’
Bruno Deiro / CIDADE DO PANAMÁ
Pontodeconexãopara
diversas ilhas caribe-
nhas, o Panamá des-
ponta como um desti-
no a ser notado. Como controle
dofamoso canal transferido dos
Estados Unidos para o governo
local há 12anos, opaís temexpe-
rimentado uma nova era de oti-
mismo e orgulho que é sentida
nas ruas – basta uma conversa
rápida com qualquer paname-
nhopara que o assuntoseja logo
levantado. E se desenvolve a
olhos vistos, com um crescente
boom imobiliário e investimen-
tos no turismo, que se apoia em
compras baratas, vida noturna
empolgantee, claro, naobrigató-
ria visita ao Canal do Panamá.
O país tem apostado na voca-
ção de servir como um comple-
mento a quem retorna do Cari-
be. Para estimular os turistas a
dormir um ou dois dias na capi-
tal antes de seguir viagem, o go-
verno oferece facilidades como
seguro médico grátis válido por
30 dias, entregue no aeroporto.
Apartir daí, aescolhaficaagosto
dofreguês: aexperiênciapodein-
cluir o agito da parte moderna,
as boas opções de passeios ou
uma incursão à história da mais
antiga colônia espanhola na
América. O ideal? Combinar os
três roteiros.
A capital, Cidade do Panamá,
ainda tenta superar problemas
comofaltadesegurançaetrânsi-
tocaótico, mas compensa coma
receptividade de seus morado-
res. Acostuma-
dosàocupação
norte-america-
na por mais de
meio século,
os paname-
nhos aprende-
rama valorizar
os turistas e
contam com
ótima estrutu-
ra hoteleira e
gastronômica.
Bastapercor-
reraCintaCos-
teira, larga avenida às margens
daBaíadoPanamá, paraseobser-
varaexpansãoeconômicavivida
pelopaís. Portodaaparte, osmo-
dernos arranha-céus que vêm
sendo erguidos na capital expli-
camoapelido, umtantoexagera-
do, de “Dubai
Latina”.
Noritmo. Ape-
sar disso, o es-
pírito caribe-
nho se man-
tém nos rit-
mos musicais,
ouvidos em
boa altura e
emtoda parte,
e no colorido
dos diablos ro-
jos, ônibus de-
corados comdesenhos chamati-
vos produzidos por artistas lo-
cais – o transporte coletivo, po-
rém, não funciona bem e deve
ser evitado. Por sorte, os táxis
são baratíssimos e têmmotoris-
tasprestativos. Mas, semtaxíme-
tro, é melhor negociar o preço
antes de embarcar.
Entre os melhores bairros pa-
ra umpasseioestãoEl Cangrejo,
no centro, e Punta Paitilla, área
dos restaurantes e shoppings
mais modernos. A diversidade
de etnias fez bemà vida noturna
local: as opções vão desde casas
para dançar salsa e merengue a
pubs irlandeses.
Uma boa dica é passear pela
animada Calle Uruguay ao anoi-
tecer e escolher um lugar para
jantar – o La Posta, especializa-
doemfrutos domar, éótimaop-
ção. Se quiser esticar a noite, lo-
goaoladoestãoosprincipais ba-
res e baladas da cidade, comagi-
to a partir das 20 horas. Para
quem gosta de se aventurar nos
cassinos, oVenetoHotel &Casi-
no está ali pertinho.
Dois dias serãosuficientes pa-
raconhecerasatraçõesmaisfun-
damentais da cidade. Mas é pro-
vável que você sinta vontade de
ficar mais. Se sobrar tempo, um
roteiro cultural pode incluir os
teatros (La Quadra e TeatroNa-
cional), as exposições e museus
locais. OMuseo de Arte Religio-
soColonial éumdos mais famo-
sos, com acervo de mais de 200
peças dos séculos 17 e 18.
Cercada por florestas tropi-
cais, a capital mais moderna da
América Central ainda está lon-
gedeser umagrandemetrópole.
Mas já oferece atrativos capazes
de convencer os turistas de que
o Panamá pode ser mais do que
apenas uma escala antes de um
grande destino.
CIDADE DO PANAMÁ
De um lado, o Oceano Pacífico.
De outro, o Mar do Caribe. Pou-
comaisde80quilômetrosdeter-
ra separa ambos – e não faltam
boas opções de praias. Mas, para
aproveitar as mais bonitas, que
ficam (como se pode supor) no
trecho caribenho, é preciso se
afastar da capital.
Localizado a 32 quilômetros
da fronteira coma Costa Rica, o
arquipélago de Bocas del Toro é
um paraíso natural ainda pouco
explorado pelo mercado turísti-
co. Alémdaáguaquenteecrista-
lina, marca registrada das praias
caribenhas, destaque para a bio-
diversidade – seu extenso recife
decoraiséumconviteaomergu-
lho. Um dos principais cartões-
postais do Panamá, o arquipéla-
go mantém o charme de um pe-
queno vilarejo.
Outra boa opçãoéSanBlas Is-
land, jánas proximidades daCo-
lômbia. Formada por mais de
350 ilhas, tem como atrações as
lindas praias e uma forte cultura
indígena. Commelhor estrutura
do que Bocas de Toro, conta
comhotéis all-inclusive.
Do lado do Pacífico, a melhor
opção é a sequência de praias a
oestedaCidadedoPanamá: Pun-
ta Chame, Gorgona, Coronado,
RíoMar, SantaClaraePlayaBlan-
ca. Omarrevoltoegeladoéapre-
ciado pelos surfistas.
NoGolfodoPanamá, a50qui-
lômetrosdacosta, oarquipélago
de Las Perlas temnos resorts da
Ilha Contadora ótimos refúgios.
Cercadopor mansões, temaero-
portopróprioe ganhou notorie-
dadeporreceberasfilmagensdo
reality show norte-americano
Survivor, que deu origem ao No
Limite, da TVGlobo.
Na própria capital, uma alter-
nativa às praias é uma visita pe-
lasilhasdeFlamenco, NaosePe-
rico, a 20minutos docentro. Lá,
épossível alugar bicicletasepra-
ticar esportes com vista privile-
giada dos navios que entram no
Canal do Panamá. Na marina da
Ilha de Flamencohá lojas e bons
restaurantes. / B.D.
Panamá
●Na cabeça
Apesar do nome e da
fama, chapéus panamá
foram criados no Equador
%HermesFileInfo:V-4:20120221:
V4 Viagem TERÇA-FEIRA, 21 DEFEVEREIRODE2012 O ESTADO DE S. PAULO
Pechinchas
Os shoppings espalhados
pela Cidade do Panamá de-
safiam os limites de seu car-
tão de crédito. Os mais sofis-
ticados e badalados são o
Multiplaza Pacific e o Multi-
centro. Mas o maior e mais
tentador é o Albrook Mall,
com mais de 500 lojas. É
quase impossível de ser per-
corrido em um dia – vá de
tênis. Eletrônicos, roupas e
perfumes das melhores
marcas têm preço seme-
lhante ao dos EUA
Lista de compras
Você vai enlouquecer com
os preços, pode apostar.
Leve daqui uma lista com
itens essenciais para tentar
não se desviar (tanto) dela.
E fique atento aos limites da
Receita Federal
Kit verão
Além de traje de banho e
protetor solar, calçado con-
fortável para caminhadas
no centro (e nos shoppings).
Deixe o chapéu (panamá,
claro) para comprar lá
Entre muros, umbairro
à prova de piratas
Mais de 2 milhões de pessoas visitaram o
Panamá em 2011 – um aumento de 10% em
relação ao ano anterior. Desse total, cerca
de 50 mil eram brasileiros
● Aéreo: a Cidade do Pana-
má serve como hub da Copa
Airlines (copaair.com) para
voos ao Caribe e aos Estados
Unidos. Em voos diretos, ida
e volta saindo de São Paulo,
custa a partir de R$ 1.549,69
pela Copa e US$ 863 (cerca
de R$ 1.483) pela Taca
(taca.com)
● Moeda: o país usa o dólar
americano como sua moeda
oficial
● Clima: a estação seca (e a
alta temporada turística) vai
de dezembro a abril
● Vacina: é exigida a contra
febre amarela – leve o certifi-
cado internacional
● Day use: para quem tem
pouco tempo e procura
praias próximas à Cidade do
Panamá, a solução é pagar
por um day pass em hotéis –
passes que permitem aprovei-
tar a estrutura hoteleira du-
rante um dia. Na Playa Boni-
ta, a cerca de 45 minutos da
capital, o Hotel Intercontinen-
tal (ichotelsgroup.com) inau-
gurou em setembro o servi-
ço, que inclui o uso das de-
pendências, piscina e almo-
ço, por US$ 65
Basta desembarcar no Aeroporto de
Tocumen, na capital, para o viajante se ver
tentado pelo consumismo: são inúmeras
lojas duty free, que vendem de tudo um pouco
● O Canal do Panamá, aquele de
que todo mundo ouviu falar na
escola, é o orgulho dos morado-
res. Uma das maiores obras de
engenharia da humanidade, de
1914, liga os oceanos Atlântico e
Pacífico e foi o responsável por
colocar o país no mapa. Reservar
duas horas para visitar a eclusa
de Miraflores, a 20 minutos do
centro, é indispensável para que
a viagemseja completa.
Aberto 24 horas nos 365 dias
do ano, o Canal do Panamá movi-
menta cerca de 5%do comércio
mundial. EmMiraflores, é possí-
vel ver de perto a passagemdas
embarcações. Se der sorte, o visi-
tante pode acompanhar umgran-
de navio acionar a eclusa, que
comporta barcos de até 32,3 me-
tros de largura – commeio me-
tro de “folga” emcada lado. Por
ano, entre 12 mil e 14 mil navios
usamo canal.
Ao longo dos 79,6 quilômetros
de extensão há mais duas eclu-
sas (Gatún e Pedro Miguel), usa-
das para as embarcações atra-
vessaremo istmo pelo Lago Ga-
tún. Miraflores está aberta todos
os dias, das 9 às 17 horas, por
US$ 8, comapresentações. Você
pode optar por ver apenas o terra-
ço (US$ 5) e deixar a parte históri-
ca para o Museo del Canal Intero-
ceánico, no Casco Viejo.
No caminho para Miraflores,
peça ao taxista para percorrer as
ruas de Balboa. Obairro, que anti-
gamente era reservado às famí-
lias dos norte-americanos que
trabalhavamno canal, hoje é o
centro educacional do Panamá,
comprédios de universidades e
escolas tradicionais. / B.D.
FOTOS BRUNO DEIRO/AE HENRY ROMERO/REUTERS – 6/12/2011
Passagem
entreoceanos, o
orgulhonacional
CIDADE DO PANAMÁ
Olugar mais charmoso da Cida-
de do Panamá é também o mais
tradicional. Nãoesqueçaacâme-
ra fotográfica ao passear pelas
ruas estreitas do Casco Viejo,
bairroconstruídohá340anospa-
ra proteger a capital da pirataria
e que abriga os principais pré-
dios coloniais da cidade. Alguns
preservados, outros nemtanto.
Entreasantigasigrejasesedes
degoverno, váriasopçõesderes-
taurantes, bares e pequenas lo-
jas. Emalgunstrechos, sonscari-
benhos sãoreverberados emvo-
lume máximo e surgem roupas
penduradas na janela. Éali que a
capital panamenha ganha cara
deAméricaCentral –nãoporaca-
so, o lugar foi locação de filmes
como O Alfaiate do Panamá
(2001) e Quantum of Solace
(2008), do agente 007.
Para entrar no clima, compre
umlegítimochapéupanamá, ven-
didosentreUS$20aUS$300. De
quebra você ganha uma aula grá-
tis para aprender a dobrá-lo. Se a
ideiaforsófazergraça, hánascal-
çadas modelos baratos, de quali-
dadeduvidosa. Alémdelembran-
cinhas, as lojas oferecem charu-
tos e cigarros de qualidade.
Ocentrodobairroéa Plaza de
La Independencia, com restau-
rantes e bares ao ar livre que lo-
tamsó no fimda tarde. Na Plaza
de Francia, em frente ao belo e
imponenteprédiodaembaixada
francesa, o mirante com a me-
lhor vista do skyline da cidade.
Caminhe sem pressa, mas não a
esmo: aoladodoCasco Viejoes-
tá El Chorrillo, uma das áreas
mais perigosas da capital.
A revitalização do bairro é a
maior apostadaCidadedoPana-
máparaatrairturistas–eganhou
forçaapósaUnescotê-lodeclara-
do Patrimônio da Humanidade,
em1997. EstiqueavisitaatéoMu-
seodel Canal Interoceánico(mu-
seodelcanal.com), comosprinci-
pais registros da construção do
canal e a luta dos panamenhos
pela soberania nacional.
Memória. Nos arredores da ci-
dade, PanamáViejo, fundadoem
1519, deuorigemà Cidade doPa-
namá. Destruído por um incên-
dio em 1641, o vilarejo era cons-
tantemente atacado por piratas
– hoje, suas ruínas guardam um
poucodoiníciodaexploraçãodo
ouro na América Latina. Depois
de sua destruição, os espanhóis
levantaramasmuralhasparafun-
dar o Casco Viejo. / B.D.
Construído há 340
anos para proteger
a capital, Casco Viejo
abriga os principais
prédios coloniais
Saiba
mais
Oquelevar Oquetrazer
Fundamentais. Emsentido horário: praça na região histórica, centro financeiro, o famoso canal e faixa de areia urbana
Aposta. Patrimônio da Unesco, área começa a ser revitalizada
0 500 km
Cidade
do Panamá
PANAMÁ
COLÔMBIA OCEANO
PACÍFICO
Ilhas de
San Blas COSTA
RICA
MAR DO
CARIBE
Bocas
del Toro
N
%HermesFileInfo:V-5:20120221:
O ESTADO DE S. PAULO TERÇA-FEIRA, 21 DEFEVEREIRODE2012 Viagem V5
TURISTA
PROFISSIONAL
Phu Quoc, a uma hora
de voo de Ho Chi Minh,
é a escapada ideal,
com resorts, mergulho
e paisagens paradisíacas
Reservadehotel:
trêsmeseséa
antecedênciaideal
De moto na isolada ilha vietnamita
●Berlim, Amsterdã, Barcelona, Paris, Ro-
ma e Viena nummochilão de 30 dias. Qual
a melhor ordem? (Antonio, São Paulo)
O número de cidades está adequado,
mas as distâncias, não. O único trecho
óbvio de tremé Amsterdã–Paris (3h20).
Caso você resolva os trechos intraeuro-
peus em low-costs, o que vai ditar a or-
dem é o preço que você conseguir nos
voos. Resolva o quebra-cabeça em skys-
canner.net.
●Família de cinco (dois filhos crescidos,
mãe de 69 anos) emNova York. Vinte dias
é muito? (Cássia, São Paulo)
Nova York é inesgotável. O ideal para
vocês seria alugar um apartamento (ve-
ja emsites como nyhabitat.com ou airb-
nb.com) e aproveitar a longa tempora-
da para curtir a cidade como morado-
res. Filadélfia é um bate-volta factível.
Dá para fugir num fim de semana para
Washington ou Boston.
Viaje na pergunta
Hotéis
CALDAS NOVAS 3
V
ocê quer as melhores tarifas
dehotel emqualquer época?
A dica é bater o martelo fal-
tando três meses para a sua
viagem. Éa 90dias da data que os ho-
téis costumam oferecer tarifas des-
contadas – em seus próprios sites ou
em agências virtuais. Nem todas as
ofertasficamdisponíveis emtodos os
canaisdedistribuição, entãoébomfazer
comparações. Cada vez mais as tarifas
apetitosas requeremdébitoimediato–e
muitas não são reembolsáveis. Se você
tem sangue frio e vai para lugares com
rede hoteleira superdimensionada, co-
mo Las Vegas, Cancún ou Punta Cana,
pode esperar as ofertas de última hora,
quenormalmentesãoasmelhores–mas
sóse sobraremapartamentos vagos.
Acompanheocaminhodocolunistaemviaje-
naviagem.com. EstasemanaRicardoFreire
está emSão Paulo
Vista da Big Apple
desde o Empire
State Building
BRAGANÇA PAULISTA 3
ESTÂNCIA SERRA NEGRA 3
SOCORRO 3
Brienne Walsh / PHU QUOC
THE NEW YORK TIMES
Foi minha primeira vez condu-
zindo uma moto. Mesmo assim,
segurei aHondacomaconfiança
deuma veterana eencarei os bu-
racos das ruas de barro verme-
lho, acompanhadadomeunamo-
rado. Depois de uma noite de
tempestade, a manhã estava nu-
blada. Mas estávamos determi-
nados a passar as horas de sol
que se aproximavam em Sao
Beach, o paraíso de areia branca
quesabíamosestarentreosmais
belos locais de Phu Quoc, uma
ilha a 50 quilômetros da costa
oeste do Vietnã.
Em algum lugar perto de um
mercadoquevendiaprodutostí-
picos – pimenta preta, molho de
peixe e pérolas de água salgada –
pegamosocaminhoerradoeaca-
bamos voltando ao Parque Na-
cional PhuQuoc, cujas florestas,
montanhas e praias cobremcer-
ca de 70% dos 222 quilômetros
quadradosdailha. Emumtrecho
complicado, a moto caiu por ci-
mademim, eacabei nochãocom
umprofundo corte no joelho.
A parada no hospital e os três
pontos foram inevitáveis, mas
voltei para cima da moto. Sim-
plesmentenãopodiaperdertem-
poali, ondeooceanoéumamiría-
de de tons verdes e montanhas
densamente arborizadas che-
gama tocar as areias brancas.
SórecentementePhuQuocvi-
roudestinoturístico. Otranqui-
lovilarejode pescadores foi alvo
de disputas entre Camboja e
Vietnã no fim do século 20. Du-
rante a Guerra do Vietnã, a ilha
foi usada comocampode deten-
ção para soldados norte-vietna-
mitas – hoje, o presídio é monu-
mento histórico. Atualmente,
comcercade50hotéiseumainfi-
nidadedespas, bareserestauran-
tesàbeira-mar, temconfortopa-
ra uma escapada de luxo, a uma
hora de voo de Ho Chi Minh.
A maioria dos resorts está em
Long Beach e Lang Ong Beach,
onde corais protegidos por ban-
cosdeareiaaguardamos mergu-
lhadores. Nóshavíamosexplora-
do essas águas no dia anterior.
Por horas, mergulhamos por re-
cifes coloridos, repletos de pei-
xes, tartarugas e ouriços domar.
Paramos apenas para almoçar
no barco de pesca que nosso
guia, Conrad, haviaancoradoem
uma faixa deserta de areia.
“Os russos estão chegando”,
disseoguia, enquantosaboreáva-
moslulasgrelhadas, rolinhospri-
mavera, saladademangaeomo-
lhodepeixequeéoprincipal pro-
duto de exportação. Um novo
porto será construído para aco-
modar iates russos e, segundo
ele, nas escolas, o idioma já é o
terceiro mais ensinado, atrás do
vietnamita e do inglês. Reflexo
doaumento donúmerode abas-
tados turistas da Rússia que a
ilha recebe.
Contemplação. No caminho
até Sao Beach, qualquer desvio
naestrada levavaaoencontroda
tradiçãolocal: umgrupodemeni-
nascomuniformesescolarespe-
dalavaparacasa; pescadoresdes-
cansavamsobpalmeirasouaola-
dodeseus barcos. Atravessamos
montanhaspoucopovoadas, on-
defazendasdepimentasedesta-
cavam de um lado, enquanto o
outroera tomado por publicida-
des de futuros resorts e shop-
ping centers.
Finalmente, depoisdemaistre-
chos esburacados, avistamos a
placa de SaoBeach. Apraia emsi
não guarda nenhum segredo. O
quea tornaumtesouroéarelati-
va inacessibilidade. Deixamos as
motos na entrada da praia e, de
repente, todos os sons desapare-
ceram, excetooruídodas ondas.
Havia areia branca em todas as
direções, parecendo se fundir
com o céu nublado que exibia
tonsdemarfimecreme. Esóoca-
sionalmente o brilho etéreo era
quebradoporsilhuetasdebanhis-
tas solitários nas águas rasas.
Era este o paraíso que Phu
Quoc havia prometido. Ede fato
nos entregou.
Envie sua pergunta para viagem.estado@grupoestado.com.br
NOVAYORK
•••
ÁGUAS DE LINDÓIA
BROTAS 3
águas de lindóia
M
C
M

P
R
O
E
S
P
0800 701 0408 • (19) 3924.8080
www.hotelguarany.com.br
UM HOTEL FORA DO COMUM, NUMA
LOCALIZAÇÃO DELICIOSA.
PISCINA CLIMATIZADA. PISCINA COBERTA
AQUECIDA COMHIDRO. SOLARIUM. FITNESS.
BRINQUEDOTECA. PIZZARIA. CAFETERIA. CINEMA.
hotel guarany hotel guarany
Grande Hotel Glória
Localização Nobre,
junto ao Balneário.
(19) 3824.8484
www.grandehotelgloria.com.br
Grande Hotel Glória
O charme das
montanhas de
Águas de
Lindóia, com
tarifas muito
atraentes.
LOCALIZAÇÃO IDEAL PARA
CURTIR A CIDADE. E ÁREA
CAMPESTRE EXCLUSIVA, PARA
CURTIR A NATUREZA!
VEJA NO SITE OS PACOTES TEMÁTICOS E PROMOÇÕES.
(19) 3824.1411 • www.plazzahotel.com.br
O hotel que vale
por dois!
www.aguasdelindoia.com.br
águas de lindóia
Reservas: (19) 3924.9200 - (11) 4063.7481 - (13) 4062.9347 - (21) 4062.7004 - (31) 4062.7008
Garagens Cobertas, 4 Saunas, 4 Quadras de Tênis, 2 Quadras de Squash, Sala de Ginástica,
Quadras de: Voley, Basquete, Futebol de Salão e Peteca, Salas de: Jogos, Carteado, Leitura
e Estar, 2 Restaurantes, Bar “Pub-Inglês”, Equipe de Recreação, Play-Ground, Música ao Vivo,
Apartamentos com Instalações Completas, Vista Panorâmica da Praça Projetada por Burle Marx.
9 PISCINAS, 3 AQUECIDAS E COBERTAS
www.montereal.com.br
PÁSCOA 2012
Lazer, Diversão e Alegria p/sua Família
HOTEL MONTE REAL RESORT
ADRIANA MOREIRA/AE
Todo sábado
no Estadão.


RICARDO
FREIRE
é
Prof.liberais
MONTE VERDE-MG
Green Mountains Hotel. Preços
promocionais. Chalés c/lareira. Vi-
si te: www. greenhotel . com. br
¤( 11) 3258- 9898 - F a x :
(11)3256-0287/(35)3433-5518
reservas@greenhotel.com.br
COSTA RICA PARA
PAISAGISTAS
Com Raul Cânovas. Contemple
durante 7 dias a flora mais rica do
planeta e aprenda com mestres.
De 11 a 18 de março. Informa-
ções: www.raulcanovas.com.br
Reservas: Nascimento Turismo com
Beatrice ¤(11)3156-3356
Hotéis
BAHIA - SALVADOR! É NO
MAR HOTEL R$129,00
Frente Praia Rio Vermelho. Café da
manhã e noite. 08000714440
www.marhotelbahia.com.br
ILHA COMPRIDA SP
SAMBURA POUSADA
Chalés mob. p/4 pes, piscina c/
toboágua, futebol, volei, bocha, play
gr, churr, sala TV, jogos, aparelhos
ginástica, lanchonete, estacionam.
R$109, p/2 pes (11) 4195-0777
www.samburapousada.com.br
[19) [11) 3895·2626 º 3895·7742 º 3064·3697
WWW.hoteIrecaatocachoeIra.com.hr
Exclusividade. Difícil acesso é maior trunfo de Sao Beach
BRIENNE WALSH/NYT
POÇOS DE CALDAS 3
%HermesFileInfo:V-6:20120221:
V6 Viagem TERÇA-FEIRA, 21 DEFEVEREIRODE2012 O ESTADO DE S. PAULO