You are on page 1of 1

Texto livre:

“Um sorriso”

Naquele dia, ia eu sozinha na rua quando me deparei com uma


cadelinha abandonado. Como eu não gosto que tratem mal os
animais nem que os abandonem sorri para ele e o pobrezinho veio ter
comigo.
Era meigo, fofinho, mesmo muito querido nunca tinha visto um
cãozinho assim como aquele. Fiquei tão feliz que nesse dia não parei
de sorrir porque já tinha um amiguinho com quem podia desabafar,
brincar e passar algum tempo.
Aquele amiguinho sim, fazia-me transbordar de alegria, pois
sabia que nunca me ia desiludir acontecesse o que acontecesse.
Passados alguns dias de o ter encontrado apercebi-me que a tal
cadelinha ia ter filhotes, fiquei tão feliz mas tão feliz que nesse dia
ninguém me conseguiu tirar o sorriso enorme que tinha no rosto.
Neste caso pode afirmar-se que um sorriso vale mais que mil
palavras, pois só com um sorriso fiquei com um amigo para o resto da
vida. E tenho a firme certeza que arranjei um amigo bestial com
quem me posso divertir.