P. 1
Missa ao Beato Giácomo Cusmano

Missa ao Beato Giácomo Cusmano

|Views: 416|Likes:
Published by ServosdosPobres

Missa ao Beato Giácomo Cusmano

Missa ao Beato Giácomo Cusmano

More info:

Published by: ServosdosPobres on Mar 14, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/17/2013

pdf

text

original

Giácomo Cusmano nasceu em Palermo a 15 de março de 1834.

Tendo se formado médico, dedicou-se, gratuitamente, ao cuidado dos doente pobres. Acolhendo depois o chamado divino, foi ordenado sacerdote a 22 de dezembro de 1860, dedicando-se com maior e irrefreável ardor à caridade. Consumiu sua vida procurando providenciar o necessário para aqueles aos quais tudo faltava, preocupando-se não somente em saciar os corpos, mas sobretudo em alimentar também o espírito com as palavras de vida eterna e a ação sacramental. Instituiu a Associação do “Bocado do Pobre”, a Congregação das Irmãs Servas dos Pobres e dos Missionários Servos dos Pobres. Após uma vida infatigável a serviço dos mais pobres, morreu em Palermo a 14 de março de 1888. O Sumo Pontífice João Paulo II, a 30 de outubro de 1983, declarou-o Bem-aventurado. 1. Antífona da entrada Cel.: O Espírito do Senhor está sobre mim, porque me ungiu; e enviou-me para anunciar a boa nova aos pobres, para sarar os contritos de coração. 2. Coleta Ó Deus onipotente e misericordioso, que fizestes resplandecer no Beato Giácomo Cusmano, sacerdote, uma caridade sem limites em prol dos pobres e míseros, concedei a nós, por sua intercessão, que inflamados pelo mesmo ardor de caridade sejamos sempre alegres em doar a vida para a glória do vosso nome e a serviço dos irmãos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus, e vive e reina convosco, na unidade do Espírito Santo. Amém. 3. Liturgia da palavra

I Leitura (Is 58,6-11) Reparte o pão com o faminto.

Leitura do livro do Profeta Isaías. Assim fala o Senhor: “O jejum que prefiro, acaso, não é outro:  quebrar as cadeias injustas, desligar as amarras do jugo, tornar livres os que estão detidos, enfim, romper todo tipo de sujeição? Não é repartir o pão com o faminto, acolher em casa os pobres e peregrinos? Quando encontrares um nu, cobre-o, e não desprezes a tua carne. Então, brilhará tua luz como a aurora e tua saúde há de recuperar-se mais depressa; à frente caminhará tua justiça e a glória do Senhor te seguirá. Então invocarás o Senhor e ele te atenderá, Pedirás socorro, e ele dirá: “Eis-me aqui”. Se destruíres teus instrumentos de opressão e deixares os hábitos autoritários e a linguagem maldosa; se acolheres de coração aberto o indigente e prestares todo

socorro ao necessitado, nascerá nas trevas a tua luz e tua vida obscura será como o meio-dia. O Senhor te conduzirá sempre e saciará tua sede na aridez da vida, e renovará o vigor do teu corpo; será como um jardim bem regado, como uma fonte de águas que jamais secarão”. Palavra do Senhor.

Salmo Responsorial (Sl 111,1-2.3-4.5-7a.7b-8.9)

R.: Feliz o homem que respeita o Senhor  Feliz o homem que respeita o Senhor* e que ama com carinho a sua lei!  Sua descendência será forte sobre a terra,* abençoada a geração dos homens retos!  Feliz o homem caridoso e prestativo,* Que resolve seus negócios com justiça.  Porque jamais vacilará o homem reto,* sua lembrança permanece eternamente!  Ele não teme receber notícias más:* Confiando me Deus, seu coração está seguro.  Seu coração está tranqüilo e nada teme,* e confusos há de ver seus inimigos.  Ele reparte com os pobres os seus bens, † permanece para sempre o bem que fez,* e crescerão a sua glória e seu poder.

Segunda Leitura (I Jo 3,14-18) Também nós devemos dar a vida pelos irmãos.

Leitura da Primeira Carta de São João.

Caríssimos, nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama, permanece na morte. Todo aquele que odeia o seu irmão é um homicida. E vós sabeis que nenhum homicida conserva a vida eterna dentro de si. Nisto conhecemos o amor: Jesus deu a sua vida por nós.

Portanto, também nós devemos dar a vida pelos irmãos. Se alguém possui riquezas neste mundo e vê o seu irmão passar necessidade, mas, diante dele fecha o seu coração, como pode o amor de Deus permanecer nele? Filhinhos, não amemos só com palavras e de boca, mas com ações e de verdade! Palavra do Senhor.

Aclamação ao Evangelho (Jo 13,34)

R.: Aleluia, Aleluia. V.: Dou-vos um novo mandamento, diz o Senhor, que vos ameis uns aos outros, como eu vos amei.

Evangelho (Mt 25,31-46) Todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo Segundo Mateus Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: “Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. Então o rei dirá aos que estiverem à sua direita: „Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! Pois eu estava com

fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar‟. Então os justos lhe perguntarão: „Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber? Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos? Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?‟ Então o rei lhes responderá: „Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!‟ Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: „Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. Pois eu estava com fome e não me destes de comer; eu estava com sede e não me destes de beber; eu era estrangeiro e não me recebestes em casa; eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar‟. E responderão também eles: „Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou nu, doente ou preso, e não te servimos?‟

Então o Rei lhes responderá: „Em verdade eu vos digo, todas as vezes que não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!‟ Portanto, estes irão para o castigo eterno, Enquanto os justos irão para a vida eterna”.

Palavra da Salvação.

4. Oração dos Fiéis

Cel.: Irmãos e irmãs, na alegria de estarmos reunidos ao redor do altar nesta celebração eucarística em honra ao Beato Giácomo Cusmano, Pai dos Pobres, que Deus nos deu como um exemplo a seguir e que nos precedeu na glória do Céu, dirijamos a Deus a nossa oração confiante, a fim de que também nós possamos caminhar sob as pegadas de Padre Giácomo e gozar da sua intercessão junto a Deus Onipotente.

1. Pelo Santo Padre, o papa João Paulo II, Pastor Universal da Igreja e defensor incansável dos direitos humanos, que o Senhor torne sempre mais fecunda sua luta e seu amor pela verdade, pela justiça e pela paz, rezemos ao Senhor Todos: Senhor, atendei à nossa prece. 2. Por todos os cristãos, para que a felicidade do céu seja um dia a recompensa do seu zelo a serviço dos pobres, nos quais reconheceram o Cristo pobre e sofredor, rezemos ao Senhor. 3. Pelos dirigentes das nações, a fim de que os seus esforços em favor da justiça, da cultura e da paz produzam frutos numerosos para o bem de todos os homens, rezemos ao Senhor. 4. Pelos aflitos, para que sejam consolados; pelos ignorantes, para que sejam instruídos; por aqueles que têm fome de pão e de justiça, para que sejam saciados; pelos pobres, os órfãos, os esquecidos, os desprezados, para que encontrem 5. Pelos pais e pelos educadores, para que reavivam sempre mais no coração dos jovens o amor a Deus e aos irmãos, incutam-lhes o senso da responsabilidade e a coragem de lutar pelos seus semelhantes, rezemos ao Senhor. 6. E por todos nós aqui reunidos, para que a vida divina que recebemos no nosso Batismo floresça em autêntica santidade, a serviço da Igreja e do mundo, rezemos ao Senhor. Cel.: Senhor, olhai para a vossa Igreja em oração: conceda-lhe a proteção do Beato Giácomo Cusmano, cuja honra e memória hoje festejamos. A sua intercessão nos assegure sempre os benefícios e graças que esperamos de Vós. Por Jesus Cristo, o Vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amém. 5. Oração sobre as Oferendas

Acolhei os nossos dons, ó Pai, neste memorial do infinito amor do Vosso Filho, e pela intercessão do Beato Giácomo Cusmano, confirmai-nos na generosa dedicação a Vós e aos irmãos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém. 6. Antífona da Comunhão (1 Cor 10,17)

Um só é o pão e nós, mesmo sendo muitos, somos um só corpo; todos, de fato, participamos do único pão.

7. Oração depois da Comunhão

Ó Deus que nos fizestes experimentar a doçura do pão da vida, concedei a nós, vossos fiéis, a exemplo do Beato Giácomo Cusmano, progredir no caminho da caridade para possuirmos a herança eterna. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

8. Hino ao Beato Giácomo Cusmano

Apóstolo do bem / que aqui reluz ainda aliviando as dores / com fé e humildade. O orgulho desprezou / falou de Deus ao mundo e se sentiu feliz / sozinho na pobreza depositou com amor / fecunda de virtude do Senhor a semente / nos sulcos desta vida.

E com paterno amor / nos seus braços acolheu da dor os vencidos / viveu de caridade; deu também as riquezas / pr‟os asilos florescer enfrentou asperezas / com mui serenidade como soldado invicto / lutou contra o erro e foi do abandonado / o grande protetor.

Do céu onde ele está / junto a Deus soberano vê fecundar aqui / a humana caridade. Ele feliz lá do alto / sabe que a antiga semente que atirou pelo mundo / rebentos faz surgir. Ó pai dos infelizes / ó Giácomo Cusmano a todos abençoai / Em nome de Jesus.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->