TEORIA – MDS / MC – FABIO LUCIO

TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO - Desenho de Cargos e Tarefas Especificava-se o conteúdo do cargo, ou seja, as suas tarefas, como executá-las Taylor - Escola de Administração Científica (ênfase nas tarefas). No 1o período de sua obra, Taylor dedicou-se à racionalização do trabalho operário através do Estudo dos Tempos e Movimentos. Concluiu que a remuneração deveria estar ligada à produtividade, pagando melhor quem mais fizesse. - Conceito de Homo Economicus Considerava-se que as pessoas eram profundamente influenciadas por Características: - Pagamento aos operários era feito por tarefa. - Análise e decomposição das tarefas de cada operário. - Racionalização do trabalho. - Pagamento baseado na produtividade. O 2o período caracterizou-se pela definição dos princípios de administração que poderiam ser aplicados a todas as situações da empresa. Taylor considerava o empregado vadio, negligente e irresponsável; entre outras coisas, defendia a racionalização do trabalho operário e, em função disto, a reestruturação geral da empresa.
o

e a relação com os demais cargos.

- Incentivos Salariais e Prêmio de Produção Remuneração baseada na produção individual.

recompensas salariais, econômicas e materiais.

- Condições de Trabalho Adequação de instrumentos e locais de trabalho, garantindo o bem estar físico do trabalhador, diminuindo-lhe a fadiga.

- Padronização De tudo - dos procedimentos, passando pelas pessoas, indo até a matéria prima. O objetivo era obter a uniformidade e reduzir custos.

- Supervisão Funcional Supervisores especializados em diferentes áreas, afim de efetivar o controle do

Dito de outra forma: no 2 . período houve a aplicação da racionalização do trabalho com a finalidade de evitar os problemas administrativos da época:

operário.

Princípios da Administração Científica a) vadiagem ocasionada por: - medo de perder emprego; - pagamento por tarefa; - métodos ineficientes. - Princípio de Preparo b) desconhecimento pela gerência dos tempos de produção. Prepara - no sentido de seleção e treinamento - os operários, as máquinas e os instrumentos. c) diversidade de técnicas de trabalho - falta de método uniforme. - Princípio do Controle Os principais aspectos da Organização Racional do Trabalho (ORT) são: - Princípio da Execução - Análise do Trabalho e Estudo dos Tempos e Movimentos Decomposição da tarefa e de cada operação da tarefa em uma série de movimentos simples e eliminação dos movimentos inúteis. Muitas são as críticas a Administração Científica de Taylor. Começa pelo seu mecanicismo, pois compara a organização a uma máquina, à “um arranjo rígido e estático de peças”, dando-se pouca atenção ao elemento humano. (Katz & - Estudo da Fadiga Humana Fadiga considerada como redutor da eficiência; os movimentos relativos ao corpo, ao lay-out e aos instrumentos de trabalho deveriam ser racionalizados eliminado aqueles que produzissem fadiga. A superespecialização do operário tira-lhe o sentido de suas realizações, privando-lhes de satisfação no trabalho, violando-lhes a dignidade. Isto leva a uma visão microscópica do homem, ignorando que é um ser humano e social e - Divisão do Trabalho e Especialização do Operário “... o trabalho de cada pessoa deveria, tanto quanto possível, se limitar à execução de uma única e simples tarefa predominante...” propiciando a especialização. Um outro aspecto importante dessas críticas é a ausência de comprovação científica, pois “os engenheiros americanos utilizaram pouquíssima pesquisa e
Sugestões, questões de prova e auxilio em seus estudos: fabiolucio@fortium.com.br SUCESSO PROFISSIONAL!!!

- Princípio do Planejamento Substituição do improviso pelo método científico.

Kahn, citados por Chiavenato, 1993)

sua “principal virtude é a obediência a ordens.” (Chiavenato, 1993)

1

. limitada ao campo da fábrica. conseqüentemente. do tipo prescritiva e normativa.” (Fayol. transformação.. na Administração Pública ou Privada. na oficina. compreendemos o fordismo como o processo de trabalho que. Função Comercial: Compras. É condição essencial para o êxito de uma Em todos os tipos de atividade existe a necessidade de bons chefes seja na família. sem receitas há falência. A definição que ele mesmo dá à sua doutrina é esta: “Pode-se dizer que até agora o empirismo tem remado na administração dos negócios.o fayolismo pressupõe que toda administração significa Planejamento. com a ajuda de financiamento e passou a produzir um carro com preços populares com um bom plano de vendas e assistência técnica. sem capital. o símbolo do seu poderio industrial. Foi ele quem aplicou na prática os conceitos da produção em massa “. através da linha de montagem e de produtos mais homogêneos. recolher. Se não há vendas. Comprar e vender são tão importantes quanto fabricar bem. melhorias de produto. aquisição de imóveis. 2000) Elementos de Administração . Definição de Administração (PO3C). Isto acontece em função de alguns pontos. sem mercados. de processo. Instituir experiências. convergência de esforços. o capital é imprescindível. é uma capacidade administrativa. Sugestões. autoridade. Muitas vezes essa função é excessivamente valorizada dentro de uma empresa em detrimento das outras. Princípios Gerais de Administração: divisão do trabalho. Comando Coordenação e Controle Em 1908 fundou a Ford Motor Co. É também uma abordagem incompleta da organização. sem garantias. funções especiais que são interdependentes. design . 1995) Grifo do original. Em 1913 fabricava 800/dia. estabilidade de pessoal e remuneração adequada às capacidades. Impor regras. o objetivo da doutrina é facilitar a gerência de empresas de O grande objetivo era aumentar a produtividade através do melhor desempenho dos operários. em 1914 repartiu lucros com empregados.Teoria Clássica da Administração (ênfase na estrutura e no funcionamento da organização). Habilidade comercial implica num profundo conhecimento do mercado e Teoria Clássica da Administração dos concorrentes e em grande planejamento. disciplina. de qualquer tamanho... É preciso lembrar aqui da interdependência das funções e que a técnica não poderia existir sem matérias primas. Passando por salários. Por isso a ênfase na análise e divisão do trabalho e. necessidade de organização surgiu em função da 1a Grande Guerra.. Em 1926 possuía 88 usinas. unidade de mando. o ensino quase que exclusivamente técnico ministrado nas instituições. predominou na grande indústria capitalista ao longo deste século.baixo custo). real ou potencial e a condição-chave para a produção em massa é a simplicidade (padronizar produto. material.Taylorismo. possui seis grupos de operações ou Importante: para que haja produção em massa é necessária a capacidade de consumo em massa.. mãode-obra. Aceleração da divisão do trabalho (pensar/fazer) . isto é. De 1900 a 1950 – Consolidação da Administração Científica do Trabalho. Segundo o autor. (. junto com o taylorismo.entendemos o fordismo fundamentalmente como a forma pela qual a indústria e o processo de trabalho consolidaram-se ao longo deste século. e às oportunidades oferecidas a estes profissionais.. uma vez que omite a organização informal e os aspectos humanos. 1970) responsabilidade.” (Antunes.). todo e qualquer produto sai geralmente das mãos do técnico. sem previsão. Essa profunda empresa ter sempre à vista a sua situação econômica. qualquer tipo. etc. . questões de prova e auxilio em seus estudos: fabiolucio@fortium.. Função Financeira: Implica em procura e gerência de capitais. dividendos. sem se preocupar em saber se há leis que regem a matéria. classificar e interpretar os fatos. sendo este o princípio geral da Doutrina Administrativa de Fayol ou fayolismo. Necessário tornava-se a especialização do trabalhador. cujos elementos constitutivos básicos eram dados pela produção em massa.” (Moreira.com.. Função Técnica: Ligada à produção. vendas e trocas.br SUCESSO PROFISSIONAL!!! 2 .. fabricação. definido e separando com cuidado o chefe e sua função direcional “das atividades diversas com as quais anda sempre misturada e freqüentemente confundida. não há receitas. “a capacidade essencial dos agentes inferiores é a capacidade essencial dos grandes chefes. típica do sistema fechado. no método.TEORIA – MDS / MC – FABIO LUCIO experimentação científica para comprovar as suas teses. quais sejam: o fato de “.que foi e continua sendo a marca registrada dos Estados Unidos.. Organização.” 1970) Fayol . através do controle dos tempos e movimentos pelo cronômetro fordista e produção em série taylorista.” (Fayol. empregava 150 mil pessoas e fabricava 2 milhões de carros/ano. estabeleceu salário mínimo em 5 dólares/dia e jornada de 8 horas diárias (na Europa ficava entre 10 e 12 horas/dia). Henry Ford (Fordismo) talvez seja o maior precursor da moderna Administração Científica. movimentos e tempo-padrão. Qualquer empresa. em qualquer organização. Cada chefe dirige à sua maneira. É Resumindo necessário introduzir o método experimental. observar.

experiência.” (Grifo do original) É preciso saber servir-se dos princípios. custos. o autor. a posição e o rumo do negócio. tendo em vista os fins visados. Administrar é planejar. proveito do indivíduo e da coletividade.” No entanto. pode ser classificado como princípio. estatísticas. o executivo deve dirigir a empresa. “Dirigir é conduzir a empresa. cultura geral e específica e experiência).. porém. Reconhecia que esta era a melhor forma de obter o máximo Na visão de Fayol. isto constitui-se numa arte difícil. devendo relatar a qualquer momento. a principal capacidade do diretor é a administrativa. “. Assim como modificações na estrutura das situações também pode determinar uma alteração do princípio que foi gerado a partir desta situação. aplicando-se a todos os tipos de trabalho. Assim sendo. toda a idéia de rigidez que esta palavra possa ter. técnica. O órgão e instrumento da função administrativa é o corpo social da Função Administrativa: (Aqui estão os elementos de administração) organização. entre a cabeça e os membros do corpo social. de distúrbios sociais. esta função administrativa ocupa um lugar bastante grande nas atividades dos altos executivos. mais diminui a importância da técnica e aumenta a administrativa.” Para ele. Como resultado.” Para ele. intelectuais. Assim. “A exata avaliação das coisas. A divisão de tarefas reduz o número de objetivos que necessitam de esforço e concentração. No entanto. devendo-se 5. comandar. enfim. administrativa. é uma das principais qualidades do administrador. questões de prova e auxilio em seus estudos: fabiolucio@fortium. Qualquer prática ou instrumento que venha facilitar e fortalecer o corpo social. matéria administrativa. procurando obter as maiores vantagens possíveis de todos os recursos de que ela dispõe. a administração não é nem privilégio exclusivo nem encargo pessoal do chefe ou dos dirigentes da empresa. 1o na escola e depois na prática. A mudança de ocupação ou de tarefas implica num esforço de adaptação que diminui o rendimento. homens igualmente variáveis e diferentes e muitos outros elementos também variáveis. os princípios estabelecidos por Fayol são maleáveis. com o mesmo esforço.com. decisão e comedimento. exigindo inteligência. de greves. balanços. quando mais a pessoa se eleva na escala hierárquica. Para que este corpo social funcione bem. assegurando a marcha das seis funções.” (Ibidem) mais segurança. tudo nela é uma questão de medida. Prever é traçar o programa de ação. “Não existe nada rígido nem absoluto em 2. “a divisão do trabalho tem suas limitações que a experiência e o senso da medida ensinam a não ultrapassar. por esse motivo. cujo ritmo é assegurado pela direção. precisão. 1o Divisão de Trabalho: “A divisão do trabalho tem por objetivo produzir mais e melhor. que possam comprometer a empresa em algum momento. Como foi dito antes. Quase nunca se aplicará o mesmo princípio duas vezes em condições idênticas: é necessário ter 3. fruto do tato e da experiência. Para ele. E esta capacidade pode ser adquirida. Fayol coloca alguns princípios que aplicou com mais freqüência. Para 6. o número de princípios não é limitado. são necessárias algumas condições que o Fayol (1970) preferiu chamar de princípios. inclusive a administrativa. harmonizar todos os atos e todos os esforços. coordenar e controlar. assim como a técnica. em conta circunstâncias diversas e variáveis. adaptar às diferentes circunstâncias e. restringindo-se somente ao pessoal. o que não é verdade. Importante: a função administrativa NÃO deve ser confundida com a direção. Isto pode nos levar a pensar que as obrigações deles estão exclusivamente ligadas à função administrativa. A administração não é senão uma das seis funções. cada uma destas funções corresponde a uma capacidade especial (capacidade financeira. Instrumento fundamental de direção.TEORIA – MDS / MC – FABIO LUCIO Função de Segurança: Trata-se da proteção de bens e pessoas de calamidades. é assegurar a marcha das seis funções essenciais. a principal capacidade do operário é a capacidade técnica. Tem por objetivo dar “à empresa segurança e ao pessoal a tranquilidade de espírito de que tanto precisa. aumentando o rendimento.” (Grifo do original) 4. Coordenar é ligar. Função de Contabilidade: Constitui-se de inventários. PRINCÍPIOS GERAIS DE ADMINISTRAÇÃO 1. é uma função que se reparte. com informações claras e precisas. etc) e cada capacidade corresponde a um conjunto de qualidades (físicas. faz com que as pessoas adquiram mais habilidade. a repetição diária da mesma peça ou dos mesmos procedimentos. Controlar cuidar para que tudo ocorra conforme o estabelecido e as ordens dadas. Organizar é constituir o aspecto material e social da empresa. Comandar é dirigir o pessoal. morais. afastando. unir.br SUCESSO PROFISSIONAL!!! 3 . Em seu livro. como as outras funções essenciais..” (Grifo do original) Sugestões. organizar. surge a especialização das funções e a separação dos poderes.

9o Hierarquia: Hierarquia é a ‘serie de chefes que vai da autoridade superior à inferior.convênios o mais claros e equitativos possível. 3 Disciplina: Para o autor. Estes acordos devem “continuar sendo uma das principais preocupações dos chefes de empresas. entre categorias e agentes de uma mesma organização. o 5o Unidade de Direção: “Um só chefe e um só programa para um conjunto de operações que visam o mesmo objetivo. de uma época para outra. sendo este tipo de autoridade elemento indispensável para um bom chefe. “às vezes é desastrosamente longo nas empresas muito grandes. assiduidade. É preciso que os chefes sejam Sugestões. solicita-lhe diretamente o que quer sem passar pelo outro chefe). na atividade. pois há coisas que não se pode evitar como aposentadoria. tanto é mais complicado à medida em que se sobe na escala hierárquica. pois a responsabilidade é uma decorrência natural da autoridade. é possível que todo sentimento de responsabilidade desapareça da empresa. É preciso considerar um importante aspecto da disciplina: a natureza dos acordos feitos entre patrões e empregados.” Se há alguma falha na disciplina ou na harmonia grupal. que a responsabilidade é tão temida quanto a autoridade é cobiçada. 7o Remuneração do pessoal: A remuneração é o prêmio pelos serviços prestados. Assim sendo. não se concebe a 1 que está sob as ordens de outro. morte. a “A autoridade se ressente. Advém de sua inteligência. A liberdade de propor e de executar são elementos da iniciativa. valor dos agentes e modo de retribuição adotado. questões de prova e auxilio em seus estudos: fabiolucio@fortium. Ela depende da situação econômica do país e da empresa. 8o Centralização: Centralizar ou descentralizar é uma questão de medida. É bom lembrar. sem a 2a. valor moral da aptidão de mando. Treinar uma pessoa adequadamente implica em custos. na presença e admite que estes ítens diferem de uma empresa para outra. a estabilidade periga.bons chefes. Fora destas condições.” 6o Subordinação do interesse particular ao interesse geral: Os interesses de um grupo ou pessoa não devem prevalecer sobre o interesse da empresa. Relaciona-se com a realização das convenções estabelecidas.” 10o Ordem: Um lugar para cada pessoa e cada pessoa em seu ligar.atividade e os sinais exteriores com que se manifesta o respeito. 13o Iniciativa: Iniciativa é descrita pelo autor como sendo a capacidade de conceber um plano e assegurar-lhe o sucesso.sanções penais judiciosamente aplicadas. principalmente no Estado.” Então. Os meios mais eficazes para se manter a disciplina são: .” Aqui o autor ressalta que é possível afastar-se da linha hierárquica. a questão disciplina é fundamental. No entanto. etc. No entanto. oferta de mão de obra. . 11o Equidade: Ou justiça. a disciplina se compromete. Quando dois chefes exercem autoridade sobre um mesmo homem ou serviço. 12o Estabilidade do Pessoal: O ‘entra e sai’ de pessoas de uma mesma função impede que ela seja desempenhada satisfatoriamente. A penalidade é estabelecida com base no grau de responsabilidade. Fazse necessária a sanção (baseada num sentimento de justiça). Para ele.com. disciplina é o respeito aos convênios estabelecidos que têm por objetivo a obediência. a responsabilidade é quase sempre dele. as circunstâncias que o rodeiam e a repercussão que possa ter. 4 . tornando-se “cada vez mais difícil identificar o grau de influência do ato inicial da autoridade no efeito produzido e estabelecer o grau de responsabilidade do chefe. aparece um mal-estar. deduz-se que a sanção é algo convencional: “quem a estabelece deve ter em conta o ato em si. O organismo social não se adapta à dualidade de mando. Se definir a sanção para um operário é relativamente fácil.TEORIA – MDS / MC – FABIO LUCIO 2 Autoridade e Responsabilidade: Autoridade: direito de mandar e o poder de se fazer obedecer. imparcialidade e firmeza. pois “é preciso incentivar as ações úteis e conter as que não têm esse caráter. e que mais tarde abordará o assunto. saber. Autoridade pessoal: inerente à pessoa. o 4o Unidade de Mando: Regra da unidade de mando: “Para a execução de um ato qualquer. a ordem se perturba. dos serviços prestados. A ordem material relaciona-se com a disposição de materiais e objetos com o objetivo de evitar a perda desses materiais e de tempo. também.” O organismos social adoece e faz-se necessário o afastamento de um dos chefes. um agente deve receber ordens somente de um chefe.br SUCESSO PROFISSIONAL!!! assiduidade.” Isto exige alto valor moral. (É o caso de um chefe que necessita dos serviços de um funcionário Autoridade está profundamente ligada à responsabilidade. uma vez que esta dualidade produz maus resultados. a questão é encontrar o ponto que dê o melhor rendimento à empresa. é preciso equilíbrio. afirma que “o estado de disciplina de um corpo social qualquer depende essencialmente do valor dos chefes. A ordem social subentende-se pelo lema ‘o homem certo no lugar certo’. .” Autoridade estatutária ou regimental: inerente à função. disciplina é essencialmente obediência. Nem sempre é o caminho mais rápido. incapacidade.

as etapas a vencer e os meios a empregar. “Provido dos recursos materiais necessários. . Atividade 3.br SUCESSO PROFISSIONAL!!! 5 . maior a precisão. é preciso fazê-lo funcionar: eis a missão do comando.“Prever. cuidar para que o programa de ação seja cuidadosamente preparado e executado. entretanto. é. Possui alguns caracteres gerais. este instrumento não é mais amplamente utilizado porque requer um certo número de condições e qualidades bastante difíceis de reunir. “a primeira condição inerente ao chefe de uma grande empresa é a A flexibilidade é indispensável para que se adapte à diferentes situações que aparecerem.conhecer bem os acordos coletivos que regem as relações dentro da empresa. Este programa constitui-se de um resultado visado. Organizar é constituir o aspecto material e social da empresa. os assistentes.fazer reuniões com colaboradores. mais difícil e mais importantes. agir. São órgãos ou membros desse corpo os acionistas. . 2o Organização .” Antes de tudo. então. Sua forma depende quase que exclusivamente do número dos agentes da empresa. descendo todas as escalas da hierarquia. Para o autor. a iniciativa e o devotamento). estabelecer direção única.. Este tem forma.não se deixar absorver por detalhes. elementos constitutivos. . recrutamento e treinamento. deve ser capaz de cumprir as seis funções essenciais.”. Na opinião de Fayol. Experiência profissional . é indispensável que se saiba o que se pode e o que se quer fazer. 1970) O corpo social é constituído por semelhanças.” (Fayol. Como já foi dito. atribuições. constitutivos. . “A forma e as proporções do corpo social dependem do valor dos agentes disponíveis. analogias e pelo fator individual. executar todas as operações que a empresa comporta. os secretários adm e técnicos.fazer inspeções periódicas no corpo social. Estabilidade (principalmente dos dirigentes) 5. Aparecem.com. O autor trata apenas do 2o aspecto.Como já foi dito. seu instrumento mais eficaz (para Fayol. descritos a seguir. Neste último item (direções regionais e locais) entra o que Fayol chama de Sistema Taylor (adm científica). o pessoal. para uma só pessoa. Coragem moral 4.ter um conhecimento profundo de seu pessoal. direções regionais e locais. uma linha de ação.. órgãos. controlar. Aqui entra o papel do chefe que. os de menor duração devem ser frações deste. de ser bom adm. direção geral.” (Grifo do original) A previsão manifesta-se de diversas maneiras em muitas e diferentes ocasiões. Esse corpo social tem a desempenha a missão administrativa que compreende.” Para facilitar o comando o chefe deve: 1. Quanto maior a org. ou corpo social. 3o Comando .. Concluindo: dentro do aspecto ‘organização’ temos o corpo social. 1970) é o programa de ação. Segundo a compreensão de Fayol a respeito da obra de Taylor. Além da forma e dos órgãos. as funções diretivas. significa ao mesmo tempo calcular o futuro e prepará-lo.“Constituído o corpo social. É bom que o programa seja anual. Competência profissional 6. é muito importante que possua capacidade adm (PO3C). Arte de lidar com pessoas 2. Há dois perigos a evitar: interpretar erradamente o ditado ‘dividir para reinar’ e o abuso das comunicações escritas. coordenar esforços.. o corpo social tem seus agentes ou elementos É preciso unidade de programa. 14o União do Pessoal: É de vital importância para uma org a harmonia e união de seu pessoal. na empresa rudimentar. isto é. O que difere o programa de ação de uma aventura é a sua precisão. . questões de prova e auxilio em seus estudos: fabiolucio@fortium. aqui. manter disciplina. A continuidade deve ser assegurada de forma que um 2o programa suceda o 1o .” Além de saúde.excluir os incapazes. desde logo. etc. Aqui no corpo social ainda entram recrutamento e treinamento de pessoal. o conselho de adm. cada indivíduo tenha o mínimo possível de atribuições. Quanto mais próximos os objetivos. Sugestões. vigor intelectual e moral. . mistura execução e direção.) a segunda é possuir uma profunda competência na função característica da empresa. definir ELEMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO 1o Previsão (ou Planejamento) .TEORIA – MDS / MC – FABIO LUCIO suficientemente superiores afim de encorajarem esta prática entre seus subordinados. (. entre outras coisas. “A direção administrativa consiste em dividir o trabalho de direção de tal maneira que.dar bom exemplo (que motiva a atividade. isto não impede que ele seja subdividido (desmembramentos do programa inicial). etc. etc. desde o diretor adjunto. e assim por diante.

seção. as ordens dadas e os princípios admitidos. (Jucius. (. Quando se torna muito complexo e grande o número de operações. etc) aos fins. não há comprovação científica de seus princípios. da direção e do controle de todas as atividades diferenciadas pela divisão de trabalho que ocorram dentro de uma org.“. .” .função comercial (compras. convergência de esforços. seja ela lucrativa ou não-lucrativa. fabricação. A definição que ele mesmo dá à sua doutrina é esta: “Pode-se dizer que até agora o empirismo tem remado na administração dos negócios. Aqui assegura-se: que cada serviço caminhe de acordo com os outros. Administrativamente. recolher.“..” Continua o autor dizendo que “A administração nada mais é do que a condução racional das atividades de uma organização. Organização. Comando Coordenação e Controle (PO3C). observar. financeiro. Prever é traçar o programa de ação.função administrativa (aqui estão os elementos de adm. disciplina. Instituir experiências. 5o Controle . Entre elas. técnicos. consiste em verificar se tudo corre de acordo com o programa adotado.” Nos trabalhos desenvolvidos por Taylor e Fayol desenvolveu-se o que hoje conhecemos como a Abordagem Clássica da Administração. a iniciativa e o devotamento. unir. estatísticas). Administrar é planejar.).. Fayol coloca que qualquer empresa. responsabilidade. comandar... É adaptar os meios (sejam financeiros. Sugestões. lança-se mão de agentes especiais . autoridade.. é estabelecer a harmonia entre todos os atos de uma empresa. A Administração trata do planejamento. contábil e de vigilância. vendas e trocas). transformação). (. É necessário introduzir o método experimental. balanços.. sem se preocupar em saber se há leis que regem a matéria.função técnica (ligada à produção.função de segurança (trata-se da proteção de bens e pessoas).TEORIA – MDS / MC – FABIO LUCIO . estabilidade de pessoal e remuneração adequada às capacidades. que cada divisão. . definido e separando com cuidado o chefe e sua função direcional “das atividades diversas com as quais anda sempre misturada e freqüentemente confundida. fazendo com que a org atinja seus objetivos.função financeira (implica em procura e gerência de capitais). harmonizar todos os atos e todos os esforços. possui seis grupos de operações ou funções especiais que são interdependentes: A Administração é reconhecida como ciência. isto é. 1960) abordagem muito simplificada da org formal e esquecimento da org informal. Impor regras.. abordagem mecanicista. Resumindo Críticas também são feitas à Teoria Clássica. .com. .). a atividade. unidade de mando. da organização (estruturação). conhecimento humano que se ocupa do estudo das organizações em geral. Segundo Chiavenato (1993). estende-se aos aspectos comercial. fiscaliza o ‘PO2C’. A falta deste procedimento leva à descoordenação (desastrosa para a empresa). Coordenar é ligar.) trata do estudo da Administração das orgs.” (Grifos do original) Ao definir Administração. questões de prova e auxilio em seus estudos: fabiolucio@fortium. ainda que admita-se que a maior parte de suas leis não tenham sido descobertas e que as precisas técnicas das ciências exatas não possam ser prontamente aplicadas às ciências sociais. custos.” E a “A Teoria Geral da Administração (TGA) é o campo do conhecimento humano que se ocupa do estudo da Administração em geral.br SUCESSO PROFISSIONAL!!! 6 . de qualquer tamanho.os controladores ou inspetores. e que seus programas de ação estejam em harmonia com os demais. (Motivação) 4o Coordenação . Comandar é dirigir o pessoal.” Organizar é constituir o aspecto material e social da empresa. de maneira a facilitar o seu funcionamento e o seu sucesso. suprimentos.” Elementos de Adm . pode-se citar a Doutrina Administrativa de Fayol ou fayolismo. organizar. classificar e interpretar os fatos. incompleta e fechada da organização.PO3C: o fayolismo pressupõe que toda adm significa Planejamento. coordenar e controlar. . técnico.incentivar no pessoal a união. saiba o que lhes cabe.. Controlar cuidar para que tudo ocorra conforme o estabelecido e as ordens dadas. “A Teoria das Organizações (TO) é o campo do Princípios Gerais de Adm: divisão do trabalho.função de contabilidade (constitui-se de inventários. Cada chefe dirige à sua maneira.

O adm precisa ter consciência de que deve trabalhar através de pessoas. e outros recursos necessários.TEORIA – MDS / MC – FABIO LUCIO Ao longo de seu processo histórico apareceram diferentes abordagens para esta ciência ainda nova e. seja como ponto de partida seja como crítica para tentar uma posição diferente. dirigir e controlar. Chandler.Ecletismo Apesar da base ser a Teoria Clássica. mas a ela relacionada intimamente. vendas. questões de prova e auxilio em seus estudos: fabiolucio@fortium. 1993) Planejamento: Define metas. necessitando de conhecimentos e técnicas de pessoal e Apesar de toda crítica aos postulados clássicos da administração. funcional e linha-staff. material. organização direção e controle. segundo Jucius (1960) são planejar. permitindo a coordenação dos diversos executivos e subordinados.” É preciso ter claro que a função administrativa tem a finalidade de tornar mais eficientes as funções técnicas e de pessoal. de modo que possamos compreendê-las. São estabelecidos sistemas e normas para execução. Para este autor.” (Chiavenato. eles nunca foram substituídos.Reafirmação Relativa dos Postulados Clássicos Resposta ao movimento humano.Ênfase nos Objetivos e nos Resultados É em função destes que a org deve estar orientada. procura-se Possui as seguintes características: pessoal. instrumentos. distribuição. . etc. Jucius. foram elaboradas diferentes Teorias Administrativas dentro de cada abordagem. “Devido a esse ecletismo é que consideramos a Teoria Neoclássica como uma Teoria Clássica atualizada com os conceitos da Administração moderna e dentro do figurino eclético que apresenta a formação do administrador de hoje.Ênfase nos Princípios Gerais de Administração Os princípios são mais ‘elásticos’ para a busca de soluções.br SUCESSO PROFISSIONAL!!! 7 .” (Jucius.com. conseqüentemente. que possam ser utilizados na prática. organizar. um administrador não pode especializar-se somente em planejamento. organizar. os neoclássicos lançam mão de quase todas as outras teorias administrativas. Nesta fase operacional. Definidos como planejar. A teoria neoclássica é. redimensionando os princípios clássicos: org tipo linear.” (Chiavenato. A primeira delas é a área técnica . fundamentalmente. Para Jucius (1960). (Define) Organização: estabelece a estrutura organizacional através da qual se fará a Teoria Neoclássica da Administração execução do plano. A terceira é a área das funções administrativas. Koontz & O’Donnell.Ênfase na Prática da Administração Conceitos práticos e utilizáveis. dirigir e controlar (área das funções adm)..” (Executa) Controle: regula e restringe as atividades. etc. Aqui há duas tarefas: “assegurar que todas as atividades sejam desempenhadas de acordo com os planos e interpretar os resultados obtidos. “O ponto fundamental da Teoria Neoclássica é o de considerar a Administração uma técnica social básica”. direção e controle. Deve saber planejar. pois se administra através das pessoas. 1993) relações humanas. Estas teorias administrativas procuram conceituar a organização. organizar. organização. dirigir e controlar. “.. “a administração empenha-se em dirigir e motivar a organização à medida que esta procura ativamente converter os planos em resultados. . . são funções administrativas: planejamento. o executivo deve saber atuar dentro destas três grandes áreas.” (Chiavenato.” (Controla) departamentalização. administrativa. deve ser especializado em algum campo como produção. E cada uma dessas teorias procura ser o fundamento conceitual de uma Teoria das Organizações.o “administrador deve conhecer alguma coisa das técnicas do campo em que ele é o líder. Sugestões. (Organiza) . determinando antecipadamente o quê e como o grupo de indivíduos deve fazer para atingir as metas estabelecidas. Ansoff. métodos e os recursos necessários. etc (área .” As funções administrativas. autoridade e responsabilidade. Abordagem Neoclássica da Administração A outra é a área humana. O planejamento é o 1o passo para a tomada de decisão São colaboradores dessa corrente: Drucker. 1993) Segundo Chiavenato (1993). “Todas as teorias administrativas se assentaram na Teoria Clássica. 1960) técnica) e deve saber lidar com pessoas (área humana). Assim. etc. “colocada no figurino das empresas de hoje. os administradores possuem três grandes áreas de atividade. a teoria clássica em ‘nova edição’. Direção: refere-se ao ato de gerir a org ao longo do processo de execução do plano.

Temos que lembrar também do fator humano. o sistema de responsabilidade.: Um escritório contábil recebe 10. A eficiência melhora quando utilizamos racionalmente os recursos empresariais. da melhor maneira possível. 10. a competitividade. seções. Eficácia = significa o alcance dos objetivos propostos. Produção e Venda são as Atividades Fim de uma organização. necessitam de estrutura e organização? Que há vários tipos de estruturas organizacionais. precisam melhorar a produtividade.tipos de organização (linear. pois quanto mais eficiente a produção. redução de estoque (análise de processos e arranjo físico). do ambiente externo. E a produtividade melhora quando se tornam mais eficientes.000 para a produção destes. Sugestões. que sejam competitivas.por produto.000 Aumentar a produtividade é aumentar o volume de produção utilizando os mesmos recursos. ao tipo de negócio. etc. Para serem competitivas. sistema de decisões. A sobrevivência de uma empresa é decorrência da sua competitividade. tudo isso se organiza e aparecem os departamentos. nós a vemos por inteiro. ao processo e localização geográfica? Na verdade. muitos acidentes de trabalho. Produtividade = produção > ou = 1 custos Ex. das menores às grandes companhias. Assim. etc) A ORGANIZAÇÃO E O OS&M Você sabia que toda e qualquer sociedade precisa de organização? Que as empresas. qualidade. analisar os ambientes – micro e macro – e a melhor estrutura que permita que esses objetivos e metas sejam alcançados. entre outras coisas. para viver e para morrer. por processos. isto é. uma vez que ele é a ‘fotografia’ da estrutura organizacional. a produtividade. Mas a organização também possui sistemas internos que formam a sua estrutura. Assim. nós a vemos por inteiro. Uma empresa é competitiva em relação à outra quando produz produtos de melhor qualidade com custos reduzidos. Vou falar com mais detalhes somente de um sistema da estrutura organizacional: o Sistema de Responsabilidade. ‘vivemos numa sociedade de organizações’. sistema de comunicações.br SUCESSO PROFISSIONAL!!! 8 . maior o nível da produtividade. sistema de autoridade. As atividades meio dão suporte. alguns aspectos da dinâmica organizacional. e não faltam exemplos (no futebol e nas organizações). diretorias. através da racionalização. Com relação aos outros. Do mesmo modo. Mecanização. Novas tecnologias de produção (realização de compras públicas via pregão eletrônico). OS&M é um instrumento que auxilia no diagnóstico da realidade organizacional. melhoria contínua. Nós não vemos mas sabemos que a pessoa possui muitos órgãos e sistemas internos que. linha-staff. etc. Uma empresa existe (fica de pé) não só por causa dos seus departamentos. essa unidade começa abordando os objetivos e estruturas organizacionais das empresas.000 por mês pelos seus serviços e gasta 7. mas PRIMEIRO (e principalmente) por causa de coisas mais sutis como a estrutura formal e informal.000 = 1. melhor utilização de mão-de-obra (análise de rotinas e QDT). significa fazer as coisas que são importantes para alcançar um objetivo. do sistema de objetivos e estratégia e da tecnologia. cada uma adequada ao tamanho da empresa. Mas qual a diferença entre eficiência e eficácia e onde entra OS&M? Vamos lá! Eficiência = adequada utilização dos recursos empresariais. é necessário. Esses problemas são aqueles problemas relacionados à utilização dos recursos empresariais. E então. Como? Através da: Quando nós olhamos para uma pessoa. compreender e alterar. Automação. Mas o importante para nós agora é lembrar que a eficiência pode ser aumentada através da racionalização. (LEMBRETE: uma empresa existe para produzir e vender alguma coisa. A competitividade é uma excelente vantagem em relação à concorrência. funcional.: Eficiência = jogar futebol com arte Eficácia = fazer gols e ganhar a partida É possível ser eficiente sem ser eficaz? E vice-versa? Evidentemente. aos seus músculos. Portanto. evidencia-se um tipo de departamentlização . a disciplina de OS&M nos fornece subsídios para conhecer. identificando os problemas existentes. se necessário. que garanta a sobrevivência da empresa. Dizendo de outra forma: O&M é uma ferramenta que nós podemos utilizar para melhor visualizar os métodos e processos de trabalho. vocês irão fazer um exercício que está no final da apostila. encontrar alternativas que melhorem a eficiência. A produtividade é uma decorrência da eficiência. Racionalização é uma técnica que busca melhores métodos e processos de trabalho (OS&M). Assim. é de extrema importância. Por exemplo: uma pessoa fica de pé graças ao seu esqueleto. etc.TEORIA – MDS / MC – FABIO LUCIO São decorrências desta teoria: a) b) .) Estrutura Organizacional Ex. como as organizações desejam sobreviver neste mercado que está posto. por função. comissões). podemos perceber a importância de um desempenho organizacional que seja eficiente e eficaz. nós podemos. Ela produz e vende. A competitividade é uma decorrência da produtividade. DEPOIS. nós podemos desenhar o organograma. precisamos delas para nascer. Robotização. Após identificado o problema. chega-se a menores custos e menores tempos de produção (análise de processos e fluxos de trabalho). garantindo a sobrevivência da empresa. baixa produtividade dos funcionários. seja um serviço ou um produto concreto. do ponto de vista micro.com. quando olhamos para a organização. auxiliam a concretização das atividades fim. por área geográfica. questões de prova e auxilio em seus estudos: fabiolucio@fortium. . Os objetivos e metas são essenciais para qualquer corporação. Só então. se não estivessem lá. todas as demais atividades compõem o que chamamos de Atividade Meio. São problemas com espaço físico mal utilizado. viabilizada pelos conhecimentos em OS&M)).. E para melhorar qualquer método ou processo de trabalho é preciso ANTES conhecer esses métodos e processos. c) d) e) f) Racionalização (técnica comentada acima. aos seus tecidos entre outras coisas.departamentalização (em função da especialização vertical ou horizontal. Treinamento. Racionalizando o trabalho (com a ajuda dos conhecimentos em OS&M). significa fazer as coisas corretamente.3 7. talvez determinassem sua morte.

sistema de objetivos e estratégia e tecnologia). os diferentes tipos de estrutura organizacional são resultado dos diferentes tipos de departamentalização.com. por exemplo. nas áreas do Direito. departamentalizar é agrupar por semelhança as atividades e os seus respectivos recursos. fazendo-se necessária a assessoria numa dessas áreas. pois cada parte da empresa deve ter a estrutura que melhor atenda às suas necessidades.TEORIA – MDS / MC – FABIO LUCIO Sistema de Responsabilidade Composto pelos seguintes aspectos: a) Linha e Assessoria b) Departamentalização c) Atribuições das unidades organizacionais (não será abordado) Linha e Assessoria As atividades de ‘linha’ são aquelas que têm ação de comando e as atividades de assessoria são atividades de aconselhamento e não têm ação de comando. sistema de comunicações.br SUCESSO PROFISSIONAL!!! 9 . é a ‘fotografia’ da estrutura formal da organização em um determinado momento e seus objetivos são: dividir o trabalho evidenciar a relação superior/subordinado permitir a análise organizacional Sugestões. Nas organizações não é diferente. sistema de autoridade. o organograma. 5) Departamentalização por Processo – Atividades agrupadas de acordo com as etapas de um processo (especialmente nas indústrias). 2) Departamentalização Geográfica ou Territorial – utilizado para empresas dispersas. 3) Departamentalização por Produtos ou Serviços – agrupamento de atividades relacionadas a um determinado produto ou serviço. ambiente externo. estruturando as suas unidades. ossos. 4) Departamentalização por Clientes – Atividades agrupadas em função das necessidades dos clientes. 7) Departamentalização Mista – Tipo mais freqüente. etc). Critérios de Departamentalização Existem algumas técnicas para fazer este trabalho e as mais comuns são: 1) Departamentalização Funcional – atividades agrupadas de acordo com as funções da empresa. existem formas diferentes de organizar os componentes da estrutura. As técnicas de departamentalização auxiliam a agrupar as atividades da organização. Economia. É o mesmo que dizer que todas as pessoas têm os mesmos sistemas internos (todos têm coração. O&M etc. etc) Departamentalização Departamentalização é a forma com que se organizam os componentes já mencionados da estrutura organizacional (estrutura formal e informal. Engenharia. formas diferentes de departamentalizar. o sistema de responsabilidade. segundo é no que se refere ao aspecto técnico. uma vez que o administrador tem muitas obrigações e pouco tempo. Contabilidade. sistema de decisões. O organograma é a representação gráfica da departamentalização. econômica. mas nós somos diferentes porque cada pessoa tem uma forma diferente de organizar seus sistemas. Ou seja. fator humano. 6) Departamentalização por Projetos . Muitas vezes é necessário um conhecimento técnico que o administrador não possui como. pulmões. Portanto. Tipos básicos de assessoria: assistente (auxiliar pessoal do chefe) assessoria geral (composta de várias pessoas) assessoria especializada (assessoria jurídica. Um assessor auxilia o administrador de duas formas: primeiro é no que se refere à falta de tempo. questões de prova e auxilio em seus estudos: fabiolucio@fortium. Ele. Assim.Atividades agrupadas temporariamente. pele.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful