P. 1
Textos de Carácter Autobiográfico

Textos de Carácter Autobiográfico

3.75

|Views: 35,134|Likes:
Published by Paulo

More info:

Published by: Paulo on Dec 07, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/07/2014

pdf

text

original

ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DOS TEXTOS DE CARÁCTER BIOGRÁFICO / AUTOBIOGRÁFICO   Autobiografia É, como o próprio nome indica, uma biografia redigida

pelo próprio. O autor narra, na primeira pessoa, acontecimentos que selecciona da sua própria vida, em geral para caracterizar a sua personalidade. O relato autobiográfico tem, em geral, um carácter mais expressivo do que informativo.

Diário • datação; • deícticos; • dados factualmente verificáveis; • registo de língua familiar; • confidências. Desfasamento entre as datas dos excertos (não é obrigatória a existência de um registo diário); Ordem cronológica das notas;

Género memorialístico

 

Biografia

Papel da memória (os acontecimentos são passados pelo crivo da lembrança. Esta, por vezes, necessita de ajudas: os memorialistas socorrem-se de documentação diversa, como o diário íntimo, as cartas, os jornais,...); Escrita sobre si mesmo (“retrato de uma voz“); Relevância narrado; do acontecimento

É um documento escrito que conta a vida de uma determinada personalidade, respeitando a ordem cronológica. Na biografia devem constar datas, lugares, pessoas, acontecimentos marcantes da vida dessa personalidade. A biografia é redigida na terceira pessoa e pode apresentar-se, quer como um relato meramente informativo, quer como uma narrativa em que se evidenciem e valorizem aspectos marcantes do percurso do biografado. A biografia, conforme, por exemplo, o fim a que se destina, pode ter formas muito distintas que vão da simples nota biográfica ao livro.

Carácter fragmentário (não há, necessariamente, um encadeamento lógico entre os registos); Leitura descontínua (a leitura do registo de um determinado dia não obriga à leitura dos registos anteriores, sem que a compreensão fique forçosamente prejudicada com isso).

Fundo histórico-cultural ( testemunho dum tempo e dum meio, somando ao relato de casos pessoais e familiares o de acontecimentos históricos e políticos);

Valor documental do texto ( o memorialista presta um serviço aos vindouros, legando-lhes um testemunho).

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->