P. 1
Apostila Arranjo Físico

Apostila Arranjo Físico

4.67

|Views: 86,093|Likes:
Published by Roberta Cristina

More info:

Published by: Roberta Cristina on Dec 12, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/15/2013

pdf

text

original

Ao se iniciar o processo de implantação de uma indústria, um dos
problemas fundamentais a ser resolvido é a definição do local onde se instalará a
indústria. A localização da indústria pode ser analisada em duas etapas: a
macrolocalização e a microlocalização.

A macrolocalização é a etapa mais ampla pois visa definir a região
onde se deverá implantar a indústria, levando em consideração fatores de ordem
econômica e fatores de ordem técnica.

Os fatores de ordem econômica são : matéria-prima, mercado,
transporte e mão de obra. Do ponto de vista da Higiene e Segurança, as
recomendações são :

- minimizar a probabilidade de ocorrer um acidente por manuseio e

transporte;

- evitar distúrbios funcionais, intoxicações ou morte aos
consumidores, no caso de serem perecíveis os produtos ou matérias primas;
- evitar que a empresa comece a operar sem que a mão de obra
receba um treinamento de Segurança e Higiene Industrial.
Os fatores de ordem técnica são: água, energia, resíduos,
comunicação, clima, leis e impostos. Em relação a estes itens, para garantir que
os agentes não atuem sobre a integridade física e psíquica do homem,
aconselha-se verificar a disponibilidade atual e futura, temperatura efetiva,
variações sazonais, composição química, velocidade, direção e sentido do vento,
leis e isenção de impostos.

Uma vez definida a região, parte-se para a escolha do local efetivo
de implantação da indústria, definindo-se assim sua microlocalização. Nesta
etapa prevalecerão os fatores técnicos. Para tal, a fim de evitar que as condições
inseguras surjam a partir das próprias características do terreno, deve-se analisar
uma série de fatores. As condições inseguras poderão ser provenientes de:
deslizamento de terra, deslizamento de pedras, riscos de inundação, dimensões
insuficientes para atender as expansões futuras, não existência de água potável,
não existência de meios de comunicação e de um sistema rodo-ferroviário, fluvial
e aéreo, não existência de um plano atual e futuro de coleta de lixo, transporte
coletivo, esgoto sanitário, etc.

Tendo especificado o terreno, a próxima etapa é definir o arranjo
mais adequado de homens, equipamentos e materiais sobre uma determinada
área física, dispondo esses elementos de forma a minimizar os transportes,
eliminar os pontos críticos da produção e suprimir as demoras desnecessárias
entre várias atividades.

Entra-se assim, na fase de elaboração do layout ou arranjo físico

das instalações da empresa.

Nesta fase, estabelece-se a posição relativa entre as diversas
áreas. Os modelos de fluxo e as inter-relações entre as diversas áreas são
visualizadas, tendo-se a noção clara do fluxo industrial, desde a entrada das
matérias-primas até a saída do produto. Depois, defini-se claramente a
localização de cada máquina, posto de trabalho.
Dito de uma forma simples, definir o arranjo físico é decidir onde
colocar todas as instalações, máquinas, equipamentos e pessoal da produção.

3

O arranjo físico é, portanto, uma das etapas finais, e só pode ser
elaborado depois de definida uma série de itens como o volume de produção,
seleção do equipamento produtivo.

O principal campo do arranjo físico é internamente a empresa,
definindo e integrando os elementos produtivos. Não é somente uma disposição
racional das máquinas mas também, o estudo das condições humanas de
trabalho (iluminação, ventilação, etc.), de corredores eficientes, de como evitar
controles desnecessários, de armários e bancadas ao lado das máquinas, de
qual meio de transporte vai ser utilizado para movimentação da peça.

O planejamento de um arranjo físico é recomendável a qualquer
empresa, grande ou pequena. Com um bom arranjo físico obtém-se resultados
surpreendentes na redução de custos de operação e no aumento da
produtividade e eficiência. Na implantação de uma nova empresa, esse
planejamento é imprescindível. Naquelas já montadas, uma mudança no
processo de produção ou fluxo do serviço introdução de novos produtos ou
serviços, a necessidade de redução de custos, a expansão de uma seção, etc.
necessitam de uma modificação no arranjo.

O estudo do layout pode ser feito para : fábricas em gerais,
escritório, lojas, supermercados, bancos, etc.

4

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->