P. 1
Apostila Sobre Elasticidade[1]

Apostila Sobre Elasticidade[1]

|Views: 6|Likes:
Published by Rafael Goebel

More info:

Published by: Rafael Goebel on Apr 09, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/09/2012

pdf

text

original

Apostila sobre Elasticidade

Prof. Germano
Se existe algo que possa ser entendido como ferramenta em economia, chama-se elasticidade. É uma teoria comparada a uma ferramenta que pode ser utilizada tanto na demanda como na oferta e, também na produção. Assim: A elasticidade mede a proporcionalidade existente entre as variações que ocorrem nas quantidades e as variações provocadas em um fator qualquer, permanecendo todos os demais fatores constantes (ceteris paribus).
E= Variação % na quantidade demandada Variação % em qualquer det er min ante da demanda

ELASTICIDADE-PREÇO DA DEMANDA1
• É a descrição do grau de sensibilidade da demanda de um produto, face às mudanças no seu preço. Medição Numérica da elasticidade-Preço da Demanda:
Epd = Variação % na quantidade demandada Variação % no preço

q1 − q 0 q0 Epd = p1 − p 0 p0

Onde: Epd = Elasticidade preço da demanda; q0 = Quantidade no período inicial;
1

A elasticidade preço da demanda deve ser calculada com seu valor em módulo.

1

a expansão relativa das quantidades procuradas é menos do que proporcional à redução relativa dos preços. a expansão relativa das quantidades procuradas é rigorosamente proporcional à redução relativa dos preços. ou seja.q1 = Quantidade no período final p0 = Preço inicial p1 = Preço final SITUAÇÕES DISTINTAS DE ELASTICIDADE • DEMANDA ELÁSTICA: Uma variação % no preço provoca uma variação % maior na quantidade demandada. q1 − q 0 q0 >1 Epd = p1 − p 0 p0 DEMANDA COM ELÁSTICIDADE UNITÁRIA: uma variação % no preço resulta em uma variação % igual na quantidade demandada. a expansão relativa das quantidades procuradas é mais do que proporcional à redução relativa dos preços. ou seja. ou seja. q1 − q 0 q0 Epd = <1 p1 − p 0 p0 2 . q1 − q 0 q0 Epd = =1 p1 − p 0 p0 DEMANDA INELÁSTICA: Uma variação % no preço resulta numa variação % menor na quantidade demandada.

A fórmula é definida do seguinte modo: q1 − q 0 q0 Erd = r1 − r0 r0 Onde: Erd = Elasticidade renda da demanda. aumenta as quantidades compradas em mais de 1%. Ex: a maioria dos alimentos. Erd é positiva e maior que 1. BENS SUPERIORES. Erd é negativa e menor que 0. Erd é menor que 1 e positiva. aparelhos de som. chama-se elasticidade-renda. q0 = Quantidade no período inicial. aparelhos domésticos etc. traz como conseqüência. o bem é inelástico em relação à renda. Carne de segunda. BENS INFERIORES: uma elevação na renda. q1 = Quantidade no período final p0 = Renda inicial p1 = Renda final BENS NORMAIS: os aumentos da renda estimulam as compras de todos os bens normais. porque cada 1% de aumento na renda. casacos de peles. carros populares. aulas de mergulho. 3 . em face de mudanças na renda. limusines. Ex: bens supérfluos e de luxo como: jóias. Ex.ELASTICIDADE-RENDA DA DEMANDA O estudo da influência da elasticidade sobre um produto. possuem alta elasticidade-renda. quando se varia a renda real do consumidor. roupas. Assim. ou bens de luxo são altamente elásticos em relação à renda. uma queda na quantidade demandada. a elasticidade-renda é negativa. Mede a sensibilidade da demanda.

Erd é iqual a zero ELASTICIDADE-PREÇO CRUZADA DA DEMANDA A elasticidade-preço cruzada da demanda mede a variação percentual na quantidade demandada de um bem X. Se Exy = 0 (próximo de zero). ou seja. Os bens são independentes. Os bens são complementares. a quantidade demandada de X se move na mesma direção que uma variação no preço de Y. resultante da variação percentual no preço do bem Y.BENS DE CONSUMO SACIADO: o consumo não se altera quando a renda aumenta. A quantidade adquirida do bem se mantém constante. Então X e Y são bens substitutos. 4 . os dois produtos são não-relacionados. independentemente de variações no nível de renda. Se Exy < 0 (negativa). qx1 − qx0 qx0 Exy = py1 − py 0 py 0 CLASSIFICAÇÃO DOS BENS Se Exy > 0 (positiva). X e Y “se movem juntos”. o aumento no preço de um produto diminui a demanda pelo outro.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->