You are on page 1of 16

 

AULA 01: Choppers

Professor: Fernando César P. Gomes

transporte em minas. trolebus. guindastes. empilhadeiras. . Os CHOPPERS são amplamente utilizados: controle de tração de motores em automóveis elétricos. alta eficiência e resposta dinâmica rápida.1 Introdução Conversor de fonte CC fixa em uma fonte CC variável. para devolver energia para sistemas de transporte com paradas frequentes (Metrô) Eles fornecem controle de aceleração suave. na frenagem regenerativa de máquinas CC. Um CHOPPER converte diretamente de CC para CC e é conhecido com um conversor CC-CC.

2. Circuito Básico Figura 1 .

A chave S pode ser um transistor de potência.3. que quando acionada (ton) permite um caminho alternativo de corrente e quando aberta (toff) cessa este caminho. alterando assim o período de alimentação da carga. Figura 2 . um SCR ou um tiristor GTO. Funcionamento Básico Uma chave é ligada a uma fonte DC (Vi) em série ou em paralelo.

Técnicas de Controle O controle da tensão de saída (Vo) e realizada através do chaveamento que pode ocorrer de duas formas:  Modulação por largura de pulso (PWM – pulse width modulation)  Modulação por frequência de pulso (PFM – pulse frequency modulation) .4.

PWM – Pulse Width Modulation Neste método de controle. Figura 3 . a largura do pulso ligado (ton) varia enquanto o período de chaveamento total (T) é constante.

a largura do pulso ligado (ton) é constante enquanto o período (frequência) de chaveamento total (T) varia. Figura 4 .PFM – Pulse-Frequency Modulation Neste método de controle.

. o que significa menores componentes para o filtro. O método PWM tem a vantagem da baixa ondulação. isto pode resultar em descontinuidade nas baixas frequências.Técnicas de Controle No método PFM é necessário reduzir a frequência de chaveamento do chopper para obter um tensão de saída mais baixa. sendo que a redução na frequência aumenta a ondulação na saída e consequentemente aumento das perdas na carga (potencia e calor).

Choppers Buck-Boost ou ainda Cúk   .5. Topologias de CHOPPERS Básicamente os Chopper seguintes topologias:  podem apresentar as Choppers step-down (Buck). Choppers step-up (Boost).

6. Figura 5 . Este circuito fornece uma corrente DC linear para cargas práticas como um motor DC. Choppers step-down (Buck) Um arranjo prático do Buck é mostrado na figura 5 que inclui um indutor L e um diodo D (FWD) para eliminar as pulsações de corrente.

Buck : Chave fechada O diodo D ficará polarizado reversamente durante todo o tempo.6. Figura 6 . a corrente cresce exponencialmente devido ao indutor L e da carga R. a tensão de saída (Vo) é igual a Vi. a chave fica ligada durante o tempo ton.

Figura 7 .6. Buck : Chave aberta A corrente no indutor começa a cair (não ocorre de forma instantânea). isto provoca uma tensão induzida no indutor de polaridade reversa o diodo (FWD) fornece caminho para a corrente e a energia é transferida para a carga sob uma tensão nula na carga.

6. oscilando entre Imax e Imin . Figura 8 . Buck : Modo contínuo A corrente de saída (Io) na carga não atinge zero.

Vi Ciclo de Trabalho Tensão Média Saída Corrente Média Saída Ii Io  d Vo( rms )  Vi . Buck : Modo contínuo Ton d T Vo  d .6. d Tensão Eficaz Saída .

I o ID  T Corrente Média Diodo .TOFF R 2L Corrente Máxima de Saída Corrente Mínima de Saída I pico pico Vo  TOFF L Corrente de Ondulação TOFF .TOFF R 2L Vo Vo   . Buck : Modo contínuo I max I min Vo Vo   .6.

Figura 9  T Limite Modo Contínuo .6. em especial com indutância baixa. Buck : Modo descontínuo Para valores de d baixo. a corrente de saída na carga pode atinge zero.