Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde Departamento de Ciências Básicas Disciplina de Biofísica

PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA E BIOENERGÉTICA
Prof. Harriman Aley Morais

Diamantina, 2011

1

1) INTRODUÇÃO

Figura 1 – Fluxo de matéria e energia a biosfera.

“Como os organismos vivos podem ser tão altamente ordenados?”
2

2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA Um pouco de história...no século XIX
“Réflexions sur la puissance motrice du feu et sur les machines propres a développer cette puissance” (1824) CALOR x TRABALHO
Nicolas Léonard Sadi Carnot 1796 - 1832

“On the quantitative and determination of forces” (1841)

qualitative

EQUIVALÊNCIA ENTRE TRABALHO MECÂNICO E ENERGIA TÉRMICA
Julius Robert Mayer 1814 - 1878
3

1

ou de transferir calor ou de promover transformação em um sistema qualquer.18 Joules!! James Joules 1818 .” O que é sistema? Como medimos o valor absoluto da energia interna? 6 2 .2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA (C0NTINUAÇÃO) Proporcionalidade entre calor e o trabalho fornecido o desprendimento de 1 caloria = 4. 4 2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA (C0NTINUAÇÃO) O QUE É ENERGIA? “É a capacidade de realizar trabalho.1889 O QUE É A TERMODINÂMICA? É a ciência que estuda as transformações da energia.” Térmica Elétrica Sonora Nuclear Eletromagnética Química Gravitacional Eletrostática 5 Cinética (movimento) TIPOS DE ENERGIA Potencial (“armazenada”) 2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA (C0NTINUAÇÃO) ENERGIA INTERNA (U) “É a soma das energias cinética e potencial de um sistema. É a ciência que estuda as interações entre a matéria e a energia ao longo do tempo.

com/_Yu0Yr_3DRZU/SRiwTh5hh3I/AAAAAAAAAAM/4z1iwRwfvE/s320/CCI00001%5B1%5D. mas sim mantida à custa de trabalho e.” 9 3 .> Acesso em 11 jan.blogspot.” Isolado Não há troca de energia ou matéria com o ambiente Troca de energia Troca de energia e matéria com o ambiente Tipos de sistema Fechado Aberto 7 2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA (C0NTINUAÇÃO) Fonte: disponível em: <http://2. 2011. assim.2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA (C0NTINUAÇÃO) SISTEMA “Certa massa delimitada por uma fronteira (real ou conceitual) ou é a porção do universo tomada para consideração ou estudo.jpg.bp. consumo de energia. 8 2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA (C0NTINUAÇÃO) CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS a) Complexidade (riqueza de variáveis) b) Estabilidade (capacidade de manter seu estado) c) Equilíbrio (sem troca de energia ou matéria) d) Ordem (grau de padronização) e) Dinamismo (capacidade de transformar) f) Interatividade (participação no funcionamento de outros sistemas) “A estabilidade dos seres vivos não é espontânea.

concentração. esses dois sistemas estarão em equilibrio entre si.2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA (C0NTINUAÇÃO) VARIAÇÃO DA ENERGIA INTERNA (∆U) ∆ Avaliaremos a variação da energia que acompanha uma transformação física ou química de um sistema!! TRABALHO (W) = transferência de energia ∆U = ∆W + ∆Q Pressão.” “Todos os processos naturais tendem para um estado de equilíbrio que se caracteriza por uma entropia máxima e por um conteúdo mínimo de energia. etc Biofísica das trocas de calor corporal 10 E= 2 mc 11 2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA (C0NTINUAÇÃO) LEIS DA TERMODINÂMICA Lei fundamental da termodinâmica “Se dois sistemas estão ambos em equilíbrio com um terceiro.” “O Universo caminha para o caos (desorganização total).” 12 4 . temperatura. volume.” 1ª Lei da termodinâmica: conservação da energia 2ª Lei da termodinâmica: transferência de energia “Todos os sistemas aproximam-se de um estado de equilíbrio.

2) PRINCÍPIOS DE TERMODINÂMICA (C0NTINUAÇÃO) Para entender melhor.” Mas como o organismo consegue manter sua estabilidade sem atingir o equilíbrio... aumento de entropia = dispersão de energia e matéria equilíbrio = menor capacidade de realizar trabalho 13 14 3) BIOENERGÉTICA Sistemas biológicos sistemas abertos “Todos os seres vivos caminham para o equilíbrio. obedecendo às leis da termodinâmica? 15 5 .

mas isso não contraria a 1ª lei da termodinâmica?? 17 3) BIOENERGÉTICA (continuação) Seres vivos mecanismos para captação.. então a tendência é que a nossa energia interna diminua.. mas nem todo calor pode ser transformado em trabalho ∆Q é proporcional à variação da entropia (∆S ) ∆S = ∆Q/T (graus K) 16 3) BIOENERGÉTICA (continuação) Para refletir..3) BIOENERGÉTICA (continuação) 1ª lei da termodinâmica energia interna constante ∆U = ∆W + ∆Q 2ª lei da termodinâmica toda energia pode ser transformada em calor. transformação e “armazenamento” de energia 18 6 . toda vez que realizamos um trabalho... consumimos energia e geramos calor! Se estamos perdendo calor (energia)... De acordo com a 2ª lei.

0 21 7 .3) BIOENERGÉTICA (continuação) Fotossíntese Luz 6C02 + 6H20 Cloroplastos C6H1206 + 02 Respiração celular Oxigênio Mitocôndrias C6H1206 + 02 6C02 + 6H20 Energia livre de Gibbs (G) Energia (ATP) + calor 19 3) BIOENERGÉTICA (continuação) Fotossíntese Organismos autotróficos RESPIRAÇÃO Organismos heterotróficos Trabalho transporte Trabalho mecânico Trabalho químico “Seres vivos buscam atingir os níveis mais altos de organização. informação e eficiência na utilização da energia diminuição da entropia” 20 3) BIOENERGÉTICA (continuação) Variação da energia livre (∆G) ∆G = ∆H – T ∆S ∆H = variação da entalpia (kJ mol-1) T= temperatura (K) ∆S = variação da entropia ∆G < 0 ∆G = 0 ∆G > 0 Reação exergônica Sistema em equilíbrio Reação endergônica ∆Go’ Bioquimíca [H+]= 10-7 M e pH = 7.

0 ºC. Termorregulação = termogênese x termólise Seres endotérmicos Seres exotérmicos 24 8 .7 a 37.3) BIOENERGÉTICA (continuação) Realização de trabalhos biológicos Calor Energia livre Eliminação Manutenção da temperatura corporal “Armazenamento” Eliminada em forma de fezes e urina 22 3) BIOENERGÉTICA (continuação) Os trabalhos biológicos podem ser classificados como: a) Químico ou biossintético b) Transporte c) Mecânico 23 3) BIOFÍSICA DAS TROCAS DE CALOR CORPORAL Eficiência da conversão de energia química = cerca 30% Temperatura corporal = 36.

25 3) BIOFÍSICA DAS TROCAS DE CALOR CORPORAL (continuação) Mecanismos de termorregulação Autonômicos (involuntários) Comportamentais (voluntários) Regulação do fluxo sanguíneo Regulação sudomotora Regulação metabólica Tremores HIPOTÁLAMO Termorreceptores centrais e periféricos (pele) 26 27 9 .

São Paulo: Editora Atheneu. E. Viçosa: UFV. A. 2000. Biofísica básica. Introdução à Biofísica. ABRAMOV. I. São Paulo: Sarvier. 2009. 34-57. D. et al. J. Curso de Biofísica. p. 2002. HENEINE. 2002. 181-211. 55-74. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. Biofísica. C.. MOURÃO JÚNIOR. p. M. F. A. 28 10 . LEITURA OBRIGATÓRIA EXTRACLASSE GARCIA.4) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CAMBRAIA. p. p. 38-59.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful