RARAS

FOTOGRAFIAS DO RIO DE JANEIRO

Clique para avançar

Túnel Novo – Copacabana – Logo após sua perfuração

Hotel Avenida, em cujo térreo situava-se a famosa Galeria Cruzeiro, com o terminal de bondes para a zona sul da cidade ( hoje Edifício Avenda Central)

Ferry Boat “Valda III” para Niteroi -1970

Antiga barca da Cia. Cantareira para Paquetá, Ilha do Governador e Niteroi, momentos antes de atracar no Cais Pharoux (Praça XV) -1950

Rua Visconde de Inhaúma – 1908. O edifício neoclássico à direita situase na esquina com a Av. Rio Branco. A igreja ao fundo está no Largo Santa Rita , início da então chamada Rua Larga (Rua Marechal Floriano).

Avenida Central – 1906 ( depois chamada Av. Rio Branco). À esquerda o Palácio Monroe ( demolido em 1975.)

Novos jardins do Aterro do Flamengo – 1968. Ao centro o Monumento aos Mortos da 2ª Guerra. A pequena enseada à esquerda é hoje a Marina da Glória

Cinelândia nos anos 50, vista em direção ao Palácio Monroe ao fundo. Na calçada à direita, situava-se o cine Odeon e o Bar Amarelinho. Os bares apresentavam música ao vivo, geralmente violino, flauta e piano.

Colégio Andrews na Praia de Botafogo - 1970

Igreja da Imaculada Conceição na Praia de Botafogo

Igreja de Santa Luzía – 1960. Ficava à beira-mar, na desaparecida praia de Santa Luzía, antes dos aterros da demolição do Morro do Castelo. O prédio alto à esquerda era o Ministério da Educação até 1960, projeto de Le Corbusier.

Igreja de São Francisco de Paula (anos 30) no Largo de São Francisco. No seu lado esquerdo situava-se a grande loja de departamentos Park Royal, completamente destruída por incêndio em 1943.

Bairro de Ipanema nos anos 50. Ao fundo o Morro Dois Irmãos.

Palácio Pedro Ernesto na esquina da Rua Evaristo da Veiga com a Cinelândia – ano 1965.

Pier de Ipanema -1972 ( na verdade um grande andaime para a construção do emissário submarino de esgotos)

Jardins da Praia de Botafogo – Mourisco – 1954. Ao fundo o Morro do Pasmado e Policlínica de Botafogo em direção à Av. Pasteur.

Rua Barata Ribeiro - 1928. Ao fundo o Morro do Cantagalo.

Rua da Matriz – 1970, transversal entre as ruas Voluntários da Pátria e São Clemente em Botafogo. Desemboca na rua Voluntários em frente à Igreja Matriz de São João Batista da Lagoa.

Teatro Municipal do Rio de Janeiro, nos anos 30.

Rua Toneleros, na esquina da Rua Siqueira Campos – anos 60.

Praia de Copacabana, antes do alargamento - 1956. Antigo posto de salvamento. Toda a faixa asfaltada transformou-se no atual calçadão e a praia foi alargada com areia dragada da enseada de Botafogo.

Praia de Ipanema – anos 50.

Morro do Outeiro da Glória – 1865. O sopé do morro chegava ao mar. Não havia a passagem onde, hoje, situa-se a Av. Beira-Mar.

Bonde Piedade – 1950 - (bairro além de Engenho de Dentro) sempre lotado de “pingentes” nos estribos.

Bonde na Praça Saens Peña – Tijuca - 1930

Bonde 21 “Jardim Leblon” - 1950

Os primeiros bondes elétricos não possuíam parabrisas.

Estação Central do Brasil, Praça da República, local onde foi edificada a Estação D. Pedro II.

Passeio Público 1906 – Um bonde puxado por burros e muitos cabriolés estacionados (os taxis da época)

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful