Mestre e Discípulo

OSHO

A luz não vai se dirigir aos seus olhos em particular. Você pode manter os seus olhos fechados e a luz não irá bater em sua pálpebra pedindo: 'Por favor, abra seus olhos'. Você pode manter seus olhos fechados; a luz é muito democrática, ela não irá interferir. Mas se você abrir os olhos, você verá a luz. Não apenas a luz, mas na luz você verá muitas outras coisas também: as flores, as pessoas e todo o mundo.

Ainda assim, você não poderá dizer que a luz fez alguma coisa para você. Alguma coisa ocorreu em você. Isso não ocorreria sem a luz, assim, certamente, a presença da luz é necessária, mas só a presença é necessária, não a ação. A ação é necessária de sua parte, não apenas a sua presença, porque você pode estar presente aqui e fechado. E nada evolui a partir daí.

O discípulo tem que fazer tudo. E essa é a beleza de todo o fenômeno. Senão você se tornará um fantoche nas mãos do mestre. Aí ele irá fazer coisas que ele quiser fazer, aí ele fará de você o que ele quiser, o ideal, o modelo. Ele destruirá a sua individualidade e a sua liberdade. Nenhum mestre que mereça esse nome pode fazer isso.

http://osho-br.blogspot.com

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful