www.analisefinanceira.com.

br EXEMPLO DE PROJEÇÃO - FLUXO DE CAIXA OPERACIONAL
DADOS DO ANO BASE: 2004 PERÍODO EXPLÍCITO PERPETUIDADE

PROJEÇÃO - Free Operating Cash Flow
ANO-BASE 2004 2005 PERÍODO DE CRESCIMENTO 2006 2007 2008 2009 ESTÁVEL 2010

LOP (Lucro Operacional) Despesas de Capital Depreciação Receita do Ano-Base
PREMISSAS:

530 320 210 7,250

Capital de Giro (% da receita) Imp. de Renda/Contr. Social T-Bonds (para 10 anos) Prêmio pelo Risco
1- PERÍODO DE CRESCIMENTO:

25.0% 36.0% 7.50% 5.00%
2005 / 2009

LOP antes do IR IR sobre LOP Depreciação Despesas de Capital Var. Invest. em Giro F.O.C.F.

530.00 -190.80 210.00 -320.00 229.20

572.40 -206.06 226.80 -345.60 -145.00 102.54

618.19 -222.55 244.94 -373.25 -156.60 110.74

667.65 -240.35 264.54 -403.11 -169.13 119.60

721.06 -259.58 285.70 -435.36 -182.66 129.17

778.74 -280.35 308.56 -470.18 -197.27 139.50

817.68 -294.37 -133.16 390.16

Cálculo da Variação do Investimento em Capital de Giro
Receita Vendas Cap. Giro (25%) Variação no Cap. Giro 7,250.00 1,812.50 7,830.00 1,957.50 8,456.40 2,114.10 9,132.91 2,283.23 9,863.54 2,465.89 10,652.63 2,663.16 11,185.26 2,796.31

g = Beta = Cust.Dív. (sem IR+CS) = Passivo / Investimento =
2- PERÍODO ESTÁVEL:

8.0% 1.23 9.5% 50.0%
2010 ...

-

145.00

156.60

169.13

182.66

197.27

133.16

ANÁLISE FINAL - Quadro de Indicadores

Período Crescimento

Período Estabilidade

Valor da Empresa Total

g = Beta = Cust.Dív. (sem IR+CS) = Passivo / Investimento =
COMENTÁRIOS:

5.0% 1.00 8.5% 25.0%

Ke = Ki = WACC = Valor da Empresa (por período) =

13.7% 6.1% 9.9% 451.07
Valor Explícito

12.5% 5.4% 10.7% 4,250.21
Valor Residual

4,701.28
Valor Total

Essa planilha é uma simplificação - A título de exemplo, todos os itens da projeção crescem à mesma taxa "g". Na pratica, é necessário mensurar cada variável individualmente. Despesas de Capital são desembolsos com finalidade estratégica. Por ex. investimentos e transferências de capital / A depreciação é acrescida por não representar saída de caixa. Nesse exemplo, a variação de capital de giro foi estipulada em função da receita. Essa variação reflete a estratégia de prazos e volumes de estoques e de contas a pagar e a receber. É importante destacar que no período de perpetuidade, foi adotada a premissa de que as despesas de capital serão compensadas pela depreciação (daí os valores estarem zerados). LEGENDA: Ke = Custo do Capital Próprio - Remuneração sobre o capital do acionista: PL Ki = Custo do Capital de Terceiros - Custo das fontes externas de recursos/empréstimos: Total do Passivo - PL WACC = Weighted Average Cost of Capital - Custo médio ponderado do capital total da empresa: relação entre os %s de Ke e de Ki Beta = Medida indicadora de risco da empresa e do seu setor de atuação. Quanto mais próximo de 1, mais representativa do setor é a empresa T-Bonds = Títulos do Governo Norte-Americano - São utilizados como referência à taxa livre de risco: Risk Free Prêmio pelo Risco = Pode ser entendido como o risco de mercado - Por exemplo o Risco País: determinado pelas avaliações das agências de Rating Passivo / Investimento = Relação % entre o passivo oneroso e os investimentos - Denota também a relação entre o capital próprio: Ke e o capital de terceiros: Ki José Eduardo Luiz Ferreira - MBA Gestão Financeira e Risco - FEA/USP www.analisefinanceira.com.br

Planilha Exemplo - Modelo para Avaliação de Empresas e Projetos / Fluxo de Caixa Operacional Descontado - Valuation / Free Operating Cash Flow