You are on page 1of 30
WwW [Fourter] “Mares que se sondam! céus que se revelam! Cada um desses que buscam Deus ‘Toma um infinito sobre sua asa, Fulton o verde, Herschell 0 azul, Magellan parte, Fourier voa; A multidao irénica e frivola Ignora que eles sonharam.” Vietor Hugo, L’Année Terrible: Les Précurseurs (Epigrafe da brochura de Pellarin, 104° Anniversaire Natal de Fourier, Paris 1876), cit. em’. Pinloche, Fourier et le Socialism, Paris, 1933, suplemento, “As palavras de Jean Paul que citei no inicio da biografia de Fourier: ‘De todas as fibras que vibram na alma humana, ele nao eliminava nenhuma, mas harmonizava todas’, — estas palavras aplicam-se admiravelmente a esse socialista, e s6 poderiam aplicar-se perfeitamente a ele, Seria impossivel encontrar outras palavras que caracterizassem melhor a filosofia falansteriana.” Ch, Pellarin, Notice Bibliographique, 1839, p. 603 cit. em A. Pinloche, Fourier et le Socialisme, Paris, 1933, pp. 17-18, waa Fourier, sobre sua atividade como comerciante: “Perdi meus belos anos nas oficinas da mentira, sentindo ressoar em meus ouvidos, por toda parte, este sinistro augtirio: ‘Rapaz bom e honesto! Ele nao vale nada para 0 comércio,’ Com efeito, fui enganado e roubado em tudo o que empreendi. Mas se no valho nada para a pritica do comércio, valho para desmascaré-lo.” Charles Fourier, 1820, Publication des Manuscrits, vol. I, p. 17; cit. em A. Pinloche, Fourier et le Socialisme, Paris, 1933, p. 15. ; (W 1, 2] Fourier queria “que cada mulher tivesse, primeiramente, um homem, com quem pudesse conceber dois filhos; em segundo lugar, um genitor [génitewr], com quem poderia concebet somente um filho; em terceiro lugar, um amante [favorit], que teria vivido com ela ¢ conservaria este titulo; ¢, finalmente, em quarto lugar, os meros possuidores (posessena), que nada sio aos olhos da lei... Um homem que escreve expressamente que uma jovem de dezoito anos, nfo tendo ainda encontrado um homem, tem o direito de se prostituit — um homem que exige que todas as mogas sejam divididas em duas classes: as jouvencelle, com menos de dezoito anos, e as emancipadas, com mais de dezoito, estas com o direito de 664m Passagens arranjar um amante e dar a luz filhos ilegftimos — um homem que ... afirma que as jovens solteiras, que se abandonam ao prazer, tém atributos muito superiores aos das mulheres casadas..., que descreve em detalhes minuciosos como um batalhao inteiro de jovens deve dedicar-se & prostituigao sob a fiscalizacao de velhas matronas, no compreende os fundamentos eternos da humanidade.” Sigmund Englinder, Geschichte der franziisischen Arbeiter-Asociationen, Hamburgo, 1864, vol. I, pp. 245 e 261-262. — Nesse mesmo sentido: “O que dizer de um sistema em que as mocas de vida facil so chamadas de bacantes, e em que se afirma que sao tao necessérias quanto as vestais e que ... praticam a virtude da fraternidade? Um sistema no qual se descreve de que maneira as jovens inocentes devem perder sua inocéncia?” Englander, op. cit.. pp. 245-246. 01, 3 “Por volta de 1803 ou 1804, Fourier, que exercia a profissio de empregado do comércio. ou ‘sargento de loja’, como ele mesmo dizia, encontrava-se em Paris, tendo que esperar durante quatro meses por um lugar que lhe haviam prometido. Ele se perguntou como iria empregar seu tempo ¢ resolveu ocupar-se na busca de um meio de tornar todos os homens felizes. Nao foi com esperanca de chegar a um resultado sério que ele se propés a semelhante trabalho, mas como um simples passatempo de espfrito.” Charles-M. Limousin, Le Fouriérisme, Paris, 1898, p. 3. (wi, 4 “Fourier possui uma tal riqueza de invengao em suas descrigdes fantésticas que Lerminier o compara — com razio — a Swedenborg... Fourier também sentia-se em casa em todos os céus ¢ em todos os planetas. Afinal, ele calculou de modo matemdtico a metempsicose € provou que a alma humana deveria assumir 810 formas diferentes até concluir sua jornade planetéria ¢ retornar a terra, € que nestas existéncias, 720 anos devem ser felizes, 45 favordveis 45 desfavordveis ou infelizes! Ele até descreveu o que aconteceria com as almas apés o fim: do nosso planeta, ¢ predisse que as almas eleitas se mudariam para o sol! Além disso, ele calcula que nossas almas deveriam habitar todos os outros planetas e mundos depois de terem passado 80.000 anos em nosso planeta. Calcula também que o fim da raga humana somente adviré depois que esta tiver desfrutado a luz da aurora boreal por 70,000 anos. Ele demonstra ... que o clima do Senegal deve tornar-se to ameno quanto o sao agora os verdes na Franca, ndo por causa da aurora boreal, ¢ sim, do trabalho aprazivel. Descreve como os homens, assim que o mar se transformar em limonada, transportario os peixes do grande Oceano pata o Mar Céspio, 0 Lago de Aral e 0 Mar Negro, porque a aurora boreal tem um efeito mais suave sobre estas Aguas salgadas e, desta maneira, os peixes do mar se habituardo aos poucos & limonada, até que possam finalmente ser transportados de volta para o Oceano. Fourier diz também que, no oitavo perfodo, os homens teréo adquirido a capacidade de viver na 4gua como peixes ¢ de voar pelos ares como péssaros, e que entdo atingirdo a altura de sete pés ea idade de pelo menos 144 anos. Cada ser humano poderd assim transformar- se em anfibio, e com isso ter a capacidade de abrir ou fechar voluntariamente o otificio que tune 08 dois ventriculos do coragio, fazendo assim o sangue circular diretamente para 0 coragdo, sem percorrer os pulm@es... A natureza, segundo ele, se desenvolveria de tal maneira que adviria uma era em que as laranjas cresceriam na Sibéria, ¢ os animais mais ferozes seriam substituidos por seus opostos. Antiledes ¢ antibaleias estariam entao a servigo do homem, ¢ a calmaria dos ventos impulsionaria seus navios. Desta forma, segundo Fourier, © ledo serd utilizado como um excelente cavalo, ¢ o tubarfio seré téo util A pesca quanto Ww (Fownes) 665 agora 0 clo 0 € para as cacadas. Novas estrelas surgirdo para substituir a lua que, alids, ja estaria em processo de decomposicéo.” Sigmund Englinder, Geschichte der franzisischen Arbeiter-Associationen, Hamburgo, 1864, vol. I, pp. 240-244. (W ta) “Fourier, em seus tiltimos anos de vida, ... queria fundar um falanstério que seria habitado apenas por criangas de 3 a 14 anos, que ele pretendia reunir em um néimero de 12.000; seu apelo, porém, néo foi atendido e conseqiientemente o plano nao se realizou. Ele deixou em seus escritos uma descricio detalhada que specifica exatamente como as criangas deveriam ser preparadas para a idéia de associacio. A partir do instante em que a crianca comegasse a andar, dever-se-ia procurar detectar seu gosto e suas paixses ¢, desta maneira, descobrir sua profissao, As criangas que amam a vida nas ruas, que fazem muito barulho ¢ no sabem se manter asseadas, so reunidas por Fourier em pequenos bandos incumbidos de realizar os trabalhos mais repugnantes da associagéo. Por outro lado, existem criangas com um gosto inato pela clegincia e pelo luxo; Fourier as retine igualmente em um grupo, para manter, por meio delas, o luxo da falange... As criangas devem se tornar ... grandes artistas do canto, Cada falange terd, segundo Fourier, cerca de 700-800 atores, mtisicos e bailarinas, e o canto mais pobre dos Alpes e dos Pirineus teré uma épera pelo menos tio boa quanto a grande Opera de Paris, seno melhor. Para estabelecer este sentido geral para a harmonia, Fourier colocaria as criangas para cantar em duetos ou trios jé a partir da creche.” Sigmund Engkindes, Geschichte der franzisischen Arbeiter-Associationen, Hambugo, 1864, vol. I, pp. 242-243. 12,1) “Entre os discipulos de Fourier, um dos mais divertidos foi este Alphonse Toussenel, que, em 1847 e 1852, publicou estas obras que foram populates por algum tempo: L'Esprit des Bétes e Le Monde des Oiseau... Como Fourier ... ele vé na natureza apenas seres animados: ‘Os planetas,, afirma ele “..t8m grandes deveres a cumprir, primeiro como cidadaos de um turbilhao, depois como macs de familia’. E ele descreve voluptuosamente os amores da Terra com o Sol: ‘Como o amante que se veste com as mais belas roupas, e penteia seus cabelos ¢ perfuma sua linguagem para a visita do amor, assim a cada manha a Terra se reveste com seus mais ricos adornos para correr ao encontro dos raios do astro amado... Trés veves feliz é a Terra, jd que nenhum concflio sideral langou ainda o anétema contra a imoralidade dos beijos do Soll’... ‘Os senhores professores da fisica oficial no ousam dizer 0s dois sexos da eletricidade; acham mais moralista referit-se aos seus dois pélos... Tais absurdos esto além de mim... Se o fogo do amor nio abrasasse todos os seres, os metais e os minerais, assim como 0s outros, onde estaria, pergunto, a razéo dessas afinidades ardentes entre 0 potdssio ¢ 0 oxigénio, entre o gis cloridico e a dgua?” Toussenel, L'Esprit des Bétes, 6+ ed., Patis, 1862, pp. 9, 2-3, 102-106, cit, em René de Planhol, Les Utopistes de UAmour, Patis, 1921, pp. 219-220, Pp. 1W 2,2) “Nosso planeta entra em declinio material devido ao atraso de seus habivantes em tetmos de escala social. E semelhante a uma dtvore cujas folhas se deixassem devorar durante alguns anos pelas lagartas: a arvore se enfraqueceria e morreria.” Citagao de Fourier, Théorie en Abstrait ou Négative, p. 325. “Nosso turbilhao € jovem, e uma coluna de 102 planetas est a caminho para se introduzir em nosso universo, que esté pronto para passar da 3% para