DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS: MODELOS E METODOLOGIAS

Definições:  Desenvolvimento de produto é o processo pelo qual uma organização transforma as informações vantajosas para a fabricação de um produto, sendo que, de acordo com a estratégia, a forma de organização e de gestão do desenvolvimento de produto a empresa terá maior ou menor sucesso com a colocação do mesmo no mercado (Clark e Fujimoto, 1991) Processo de desenvolvimento sitos dos clientes em informação para que um produto sistema técnico possa ser produzido, sendo um processo que faz uso das informações do mercado, dos diversos projetistas, das equipes de produção, bem como de testes e análises de uso do produto, necessários para a formulação de requisitos, definições, detalhamentos e aperfeiçoamentos (Smith; Morrow, 1999, apud Codinhoto, 2003) Projeto e desenvolvimento do produto refere-se ao conjunto de atividades interdisciplinares que começa com a percepção da oportunidade de mercado e termina com a produção, venda e entrega de um produto, passando pelo planejamento, concepção, desenvolvimento do coneito, projeto do sistema, projeto detalhado, teste, refinamento e produção-piloto (Ulrich; Eppinger, 2000) Processo de desenvolvimento do produto é o processo de negócio, compreendendo desde a idéia inicial e o levantamento de informações do mercado até a homologação final do produto, do processo e a transmissão das informações sobre o projeto e o produto para todas as áreas funcionais da empresa (Rosenfeld, Amaral, 2001) Processo de planejamento e projeto é atividade multifacetada e interdisciplinar que tem como resultado o planejamento e esclarecimento de tarefas através da identificação de funções requeridas, da elaboração de soluções iniciais, da construção de estrutura modular para a documentação final do produto (Pahl e Beitz, `996; Pahl ET AL., 2005) Desenvolvimento de produto compreende o desenvolvimento de um projeto de um novo produto em coerência com os planos para a sua produção, distribuição e vendas (Roozemmburg e Eekels, 1995) Processo de desenvolvimento de novos produtos é um processo decisório de cinco passos: identificação da oportunidade de mercado, projeto, teste, introdução no mercado e gerenciamento do ciclo de vida (Urban e Hauser, 1993) Desenvolvimento de novo produto ou processo de desenvolvimento compreende um complexo conjunto de atividades, que envolve mais funções em um negócio, dispondo de fases de atividade em um projeto de desenvolvimento típico-desenvolvimento do conceito, planejamento do produto, engenharia do produto e do processo, produçãopiloto e lançamento (Clarck e Wheelwright, 1993)

Pirâmide Del cuaddro 2. na estrutura organizacional ou na estratégia mercadológica.Capítulo 2 PROJETO DO PRODUTO. de 21/12/2004. processar e aprender durante o ciclo de desenvolvimento de seus produtos pode atrair o sucesso da sua atividade. Tabla de gerenciamiento da inovação da empresa Uma gerencia conscientizada com o processo de inovação pode criar um ambiente de criatividade dentro da empresa que permite ter mas atividade. um processo produtivo. preço e funções. As empresas mais bem-sucedidas são as que melhor gerenciam seus processos de inovação. COMPETITIVIDADE E INOVAÇÃO Inovação tem muita importância no desenvolvimento do produto hoje em dia. Modalidades de inovação A inovação pode acontecer no produto. em radicais ou incrementais  Radicais: são eventos descontínuos mediante a aplicação de novas tecnologias ou combinações na estrutura passada de bens e serviços. Isto esta contemplado dentro da lei nº10. que a atividade de projeto torna-se mais importante dentro das empresas que procuram sua posição dentro do mercado. É por isto. As inovações podem ser classificadas segundo o grau de novidade. a inovação tecnológica vem recebendo incentivos governamentais para promover esta atividade dentro das empresas. com o fim de melhorar a competitividade e produtividade das mesmas.  Incrementais: são freqüentemente associadas a melhoria da qualidade de produtos e serviços já existente. Isto se pode chamar “cultura inovadora”dentro da empresa.973. Desta forma são obtidos produtos diferenciados dos concorrentes e maior lucratividade por parte das empresas. Para que as idéias sejam viáveis. Inovação nas empresas As empresas têm consciência de que a maneira como projetam seus produtos e de sua habilidade de organizar. é necessário um equipe interdisciplinar com representantes dos diversos setores da empresa. mesmo que a criação de pertença do pessoal da empresa para propor e participar.1 del libro pagina 46 No Brasil. pelos requerimentos do mercado que atualmente exige produtos que pressentem as melhores condições de qualidade. . que cada vez é mais competitivo em todo sentido devido a que a etapa do projeto do produto é donde pode-se abarcar as diferentes características que farão a diferença do produto no mercado.

e a empresa inovadora é responsável pela criação de um ambiente propicio à experimentação e a inovação.  Não há inovação sem empresa inovadora: a inovação é uma atividade planificada. desenho original) à sua difusão (Kelly & Kranzberg. . 1998).  Produto tecnologicamente aprimorado: é um produto cujo desempenho tenha sido significativamente melhorado em alguma da suas características como materiais. Fontes de conhecimentos para inovação Existem vários tipos de conhecimentos para o processo de inovação. OCDE. but also where the coupling between technical possibilities and market demands or opportunities occurs”. 1994)  Inovar é atender a uma necessidade real ou potencial para um mercado através de soluções realizáveis (Insa. Conceito de Inovação Devido a que inovação e uma resposta às necessidades do mercado existem varias definições:  Processo que conduz da invenção (idéia original.  Não há inovação sem concepção: A concepção se considera atualmente como o fatorchave do processo de desenvolvimento do produtos. in that it is the domain of creativity where Ideas are devised. custo e tempo de lançamento no mercado” defino o sucesso da introdução de novos produtos. O grau de novidade de um produto se da na mudança da suas características e o produto pode considerar-se:  Produto tecnologicamente novo: as inovações podem envolver tecnologias radicalmente novas. 1983).  A transformação de uma idéia em um produto novo ou melhorado introduzido no mercado. componentes. “Design is crucial to innovation.Mas esta visão clássica do processo de inovação como relacionado apenas as atividades de P&D vem perdendo terreno nos últimos anos. o processo de inovação deve ser entendido como a intercessão de três eixos principais:  Não há inovação sem a validade do mercado: “Qualidade. Segundo o autor. Os primeiros são factuais (relacionados a fatos comprovados cientificamente e expressos por fórmulas e equações) e os conhecimentos processuais se referem a como algo deve ser feito para atingir um objetivo (adquirido através da pratica). ou um processo industrial novo ou melhorado utilizado na indústria (Manual de Frascatti. 1978)  A primeira aplicação comercial ou a produção de um novo produto o processo (Freeman. basear-se na combinação de tecnologias existentes em novos usos ou derivar da aplicação de novo conhecimento. Uma primeira classificação separa os conhecimentos em processuais e explícitos. etc. Segundo Perrin.

 Laboratórios. .Outra classificação se refere à propriedade dos conhecimentos. separado-os em públicos e privados. institutos de pesquisa e outras empresas: Ajudam com o desenvolvimento de conhecimento. processos)  Clientes: Podem trazer novos conhecimentos ao processo de inovação.  Fornecedores: Para receber idéias (materiais.  Feiras industriais: São as vitrines de inovações. Fontes de conhecimento podem ser:  Concorrentes e produtos similares: A análise detalhado dos produtos concorrentes para identificar as soluções inovadoras adotadas. componentes.