You are on page 1of 10

OS PERGAMINHOS DO MAIOR VENDEDOR DO MUNDO

Primeiro Pergaminho:

Hoje começo uma nova vida, pois uma nova pessoa começa a germinar dentro
de mim. Escolhi um novo caminho, mas atenho em minhas mãos o roteiro que me
guiará por terras desconhecidas até alcançar o meu tesouro. Aceito e estou preparado
para os princípios que me guiarão das sombras para a luz da riqueza, posição e
felicidade, bem além dos meus sonhos mais extravagantes. A experiência na
caminhada é importante, mas apenas os princípios permanecem e estes, agora, tenho
em meu poder, pois as leis que me levarão à grandeza estão contidas nas palavras dos
pergaminhos. Eles me ensinarão muito mais evitar o fracasso do que obter o êxito,
pois o que é o êxito senão um estado de espírito? O fracasso é a incapacidade do
homem em atingir seus objetivos na vida, sejam eles quais forem.
A diferença entre aqueles que falharam e os que obtiveram sucesso está na
adoção de hábitos. Bons hábitos são a chave do sucesso. Assim formarei bons hábitos
e os adotarei como regra de vida. Meus maus hábitos serão destruídos e novos sulcos
serão preparados para as novas e boas sementes. Formarei esses hábitos através desses
pergaminhos, pois cada um deles contém um princípio que expulsará os maus hábitos
de minha vida e nela recolocará outro que me conduzirá para mais perto do sucesso.
Como ocorre na natureza, apenas um hábito pode dominar outro hábito.
Eu lerei cada pergaminho por trinta dias seguidos, da maneira recomendada,
antes de passar ao pergaminho seguinte. Primeiro lerei as palavras em silêncio ao
acordar. Depois lerei em silêncio, após almoçar. Finalmente, lerei de novo, antes de
adormecer e, nesta ocasião, o lerei em voz alta. No dia seguinte repetirei o processo e
continuarei dessa maneira por trinta dias. Só então tomarei o pergaminho seguinte e
repetirei esse mesmo processo por outros trinta dias. Continuarei assim até viver com
cada pergaminho por trinta dias para que minha leitura se torne um hábito.
2

Esse hábito é um outro segredo oculto das conquistas humanas. Com a
repetição das palavras diariamente, elas logo se tornarão parte de minha mente ativa,
porém, mais importante, também se infiltrarão em minha mente subconsciente, essa
misteriosa fonte que nunca dorme, que cria meus sonhos e, freqüentemente me faz
agir de maneira que mal percebo.
Assim que as palavras destes pergaminhos forem assimiladas pela minha mente
subconsciente, que começarei a despertar, cada manhã, com uma vitalidade que
jamais conheci antes. Meu vigor aumentará, meu entusiasmo se erguerá, meu desejo
de conquistar o mundo ultrapassará qualquer medo que um dia conheci ao nascer do
sol e serei mais feliz do que jamais acreditei ser possível neste mundo.
Finalmente encontrar-me-ei reagindo em todas as situações que confrontar,
conforme está recomendado nos pergaminhos, e logo estas ações e reações se tornarão
fáceis de executar.
Assim nasce um novo e bom hábito, pois, quando uma atividade é executada
através de constante repetição, torna-se um hábito fácil de praticar e passa a fazer
parte da natureza do homem.
A partir de hoje nada retardará ao crescimento de minha nova vida. Não
deixarei um dia sequer de fazer essas leituras, pois este dia não pode ser recuperado
nem posso substituí-lo por outro. Beberei toda a sabedoria dessas instruções e sorverei
a semente do êxito. Andarei altivo por entre os homens e eles me reconhecerão pois
hoje sou um homem com uma vida nova.

Segundo Pergaminho:
Saudarei este dia com amor no coração, pois este é o maior segredo do êxito
em todas as aventuras. Os músculos podem partir um escudo e até destruir a vida, mas
apenas os poderes invisíveis do amor podem abrir os corações dos homens. Farei do
amor a minha maior arma e ninguém que a enfrente poderá defender-se de sua força.
3

Podem opor-se ao meu raciocínio, desconfiar do meu discurso, desaprovar
meus trajes, rejeitar meu rosto e podem até suspeitar de meus negócios, contudo, meu
amor estremecerá todos os corações.
De hoje em diante olharei todas as coisas com amor e renascerei. Amarei o sol
que aquece meu corpo, amarei a chuva que purifica meu espírito, amarei a luz porque
me mostra o caminho e amarei a escuridão porque me faz ver as estrelas. Eu receberei
a felicidade porque ela engrandece o meu coração e tolerarei a tristeza porque abre a
minha alma. Aceitarei os prêmios porque são minhas recompensas e receberei de bom
grado os obstáculos porque eles são o meu desafio.
Saudarei o dia com amor no coração. Enaltecerei meus inimigos e eles se
tornarão amigos. Encontrarei razões para aplaudir e jamais arranjarei justificativas
para maldizer. Quando tentado a criticar, morderei a língua. Quando tiver de elogiar
alguém, falarei alto, acima dos tetos.
Farei como os pássaros, o vento, o mar e toda a natureza falam para louvar o
seu criador. Conversarei no mesmo tom com meus filhos. De hoje em diante
relembrarei este segredo e mudarei minha vida.
Amarei todos os comportamentos dos homens, pois cada um tem qualidades
para ser admirado, mesmo que estejam ocultas. Derrubarei o muro da discórdia e do
ódio que construíram em volta dos corações e, em seu lugar, construirei pontes para
que o amor possa entrar em suas almas.
Amarei a ambição, pois ela pode inspirar-me; entenderei os fracassos, pois eles
podem ensinar-me. Amarei os ricos, pois eles são solitários e amarei os pobres pois
eles são carentes. Amarei os jovens pela sua fé e amarei os velhos pela sua sabedoria.
Responderei às reações dos outros com amor, pois o amor também é meu
escudo para repelir as setas do ódio e as lanças da ira. A adversidade e o despeito se
chocarão contra o meu escudo e se tornarão suaves como as chuvas brandas. Esse
escudo me protegerá e eu o usarei até o dia em que ele seja parte de mim.
4

Enfrentarei cada um que encontrar com amor no coração. Em silêncio, para
mim mesmo, direi: “eu amo você”. Embora ditas em silêncio, essas palavras brilharão
em meus olhos, relaxarão minha fronte e trarão um sorriso a meus lábios, ecoarão em
minha voz e o coração dele se abrirá. Ninguém dirá não para mim quando seu coração
sente meu amor. Saudarei esse dia com amor e terei êxito.

Terceiro Pergaminho:
Persistirei até vencer. É na persistência de um homem que se pode medir a sua
bravura. De hoje em diante reconhecerei que, cada dia, sou testado pela vida para
medir minha bravura. Se persisto, se continuo a investir, serei bem sucedido.
Sempre darei um passo à frente. Se este não resultar em nada, darei outro e
mais outro. Em verdade, dar um passo de cada vez não é difícil.
Persistirei até vencer. Jamais aceitarei a derrota e retirarei do meu vocabulário
palavras e expressões tais como “desistir”, “não posso mais”, “incapaz”,
“impossível”, “recuo”. Ignorarei os obstáculos sob meus pés e manterei meus olhos
firmes nos objetivos acima de minha cabeça, pois sei que onde um deserto árido
termina, a grama verde nasce.
Eu me lembrarei das velhas leis e as usarei em meu benefício. Persistirei com o
conhecimento de que cada fracasso aumentará minha oportunidade de êxito na
tentativa seguinte.
De hoje em diante aprenderei a aplicar outro segredo importante para o sucesso
do meu trabalho. Ao findar cada dia, independente de êxito ou fracasso, tentarei
efetuar mais um negócio. Tentarei novamente e farei uma tentativa mais para fechar
com a vitória. Assim plantarei a semente do êxito de amanhã e ganharei uma
insuperável vantagem sobre aqueles que interrompem o trabalho a uma determinada
hora.
5

No dia seguinte, esquecerei os acontecimentos do dia anterior, sejam eles bons
ou ruins e saudarei o novo sol com a confiança que este será o melhor dia de minha
vida.
Até onde o fôlego me acompanhar, persistirei, pois agora conheço um dos
maiores princípios do êxito: se persisto bastante, venço. Então eu persistirei e eu
vencerei.

Quarto Pergaminho:
Sou o maior milagre da natureza. Desde o começo dos tempos jamais houve
outra com a minha mente, meu coração, meus olhos, meus ouvidos, minhas mãos,
minha boca. Ninguém pode pensar exatamente como eu. Sou uma criatura única em
todo o universo.
Essa singularidade que me envolve é a minha diferença e ela me enche de
orgulho. Investirei nessa diferença para conquistar o meu sucesso. Sou raro e valioso.
Tenho potencial ilimitado.
Posso multiplicar minhas realizações. Não estou nesta terra por acaso. Fui
concebido em amor e trazido à luz com um propósito. – crescer como uma montanha.
Como a montanha é parte da natureza, ela não conhece a derrota. Como sou uma
pessoa única no universo, vencerei porque sou o maior milagre da natureza.

Quinto Pergaminho:
Viverei hoje como se fosse o meu último dia. Como esse dia é muito precioso,
tamparei seu conteúdo de vida para que nenhuma gota se derrame na areia.
Não desperdiçarei um só segundo pensando no passado nem tampouco no
futuro porque não posso transportá-los para o meu dia de hoje. Este dia é tudo o que
eu tenho e estas horas são agora a minha eternidade.
6

Este dia é uma outra oportunidade para que eu me torne a pessoa que poderei
ser. Este será o meu dia de vencer! Não o desperdiçarei com sentimentos negativos: a
dúvida, enterrarei sob a fé; o medo, derrotarei com confiança.
Viverei hoje como se fosse meu último dia. E se for, será meu maior
monumento. Farei deste o melhor dia de minha vida. E, se não for, cairei de joelhos e
agradecerei aos céus.

Sexto Pergaminho:
Hoje serei dono de minhas emoções. As árvores e as plantas dependem da
temperatura para florescerem, mas eu farei minha própria temperatura e a
transportarei comigo.
Não trarei a melancolia, a escuridão e o pessimismo aos meus clientes. Levarei
até eles a alegria, o entusiasmo, a claridade e o riso e eles reagirão com otimismo.
A minha temperatura produzirá uma colheita de bons negócios e uma gorda
conta bancária. “Fraco é aquele que permite que seus pensamentos controlem as suas
ações; forte é aquele que forja suas ações para controlar seus pensamentos”.
Cantarei se me sentir deprimido, avançarei se sentir medo, dançarei se me sentir
inseguro, recordarei meus objetivos se me sentir vacilante.
Também tentarei compreender o ânimo daquele a quem visito e depois
procurarei ser compreendido. Serei dono dos meus ânimos e assim controlarei o meu
destino. Serei grande.

Sétimo Pergaminho:
Vou rir de mim e do mundo. Rirei para afastar as preocupações, rirei para estar
mais alegre, rirei para ter vida longa e, sobretudo, rirei de mim mesmo.
Vou rir dos meus fracassos e eles se evaporarão nas nuvens de novos sonhos.
Vou rir das minhas vitórias para que elas atraiam outras maiores. Rirei do mal para
que ele morra esquecido e rirei da bondade para que ela triunfe.
7

De hoje em diante não mais derramarei uma lágrima de sofrimento, porque
cada sorriso meu pode ser trocado por um bom negócio e cada palavra gentil saída de
meu coração pode alavancar um novo contrato.
Rindo assim sempre permanecerei jovem e, enquanto rir, jamais serei pobre.
Apenas com o sorriso e a felicidade posso apreciar os frutos do meu trabalho. Serei
feliz. Terei êxito.

Oitavo Pergaminho:
Hoje centuplicarei meu valor. Como um grão de trigo que brota e floresce, eu
também florescerei para realizar meus sonhos. Como já sei que posso escolher meu
próprio destino, estabelecerei objetivos para cada dia, cada semana, cada mês da
minha vida.
O meu melhor desempenho será sempre o padrão sobre o qual projetarei meu
futuro. Serão sempre objetivos muito altos pois, “é melhor apontar minha lança para a
lua e acertar numa águia do que apontar apenas para a águia e acertar apenas na
rocha”.
A altura dos meus objetivos não me intimidará. Se, para alcançá-los eu tiver de
tropeçar, tropeçarei e me erguerei corajoso. Deixarei que os outros construam sua
caverna, eu construirei o meu castelo!
Hoje centuplicarei o meu valor porque as palavras desse pergaminho ficarão
vivamente alojadas na minha mente e transformarão meus sonhos em realidade.
Hoje superarei toda a ação que executei ontem e, amanhã superarei a que
executarei hoje. Superar meus próprios feitos é a minha missão.
Hoje centuplicarei o meu valor porque o vento levará a minha voz aos que me
darão ouvidos e minhas palavras anunciarão meus objetivos. Serei meu próprio
profeta e todos conhecerão os meus sonhos porque sempre anunciarei meus objetivos
ao mundo. Assim, não haverá saída para mim até que minhas palavras se tornem
feitos realizados. Contudo, jamais proclamarei minhas realizações.
8

Nono Pergaminho:
Agirei agora somente a ação transforma meus sonhos, meus planos, meus
objetivos em força viva. A ação é o alimento e a bebida que nutrirá meu êxito.
Minha acomodação nasceu do medo. Agora sei que para romper o medo devo
sempre agir sem hesitação. A ação aniquila o medo e forja um coração valente.
Agirei agora. Agirei Agora. Agirei agora. De hoje em diante repetirei essas
palavras sempre e sempre para que elas se tornem um hábito como minha respiração e
comandem as minhas ações. Estas são as palavras com as quais condicionarei a minha
mente para enfrentar todos os desafios que o medo nos leva a acovardar-nos.
Agirei agora. Apenas a ação determina meu valor no mercado dos negócios e,
para multiplicar meu valor, multiplicarei as minhas ações.
Andarei por onde o fracasso teme andar. Trabalharei enquanto o fracasso
descansa. Conversarei enquanto o fracasso permanece calado.
Agirei agora, pois o agora é tudo o que tenho. Sinto fome de êxito. Sinto sede
de felicidade e de conforto material. Agirei para não correr o risco de desaguar no
fracasso. Eu ordenarei e obedecerei às minhas próprias ordens.
Agirei agora: esta é a hora, este é o lugar e eu sou a pessoa certa. Por isso,
agirei agora!

Décimo Pergaminho:
Buscarei abrigo numa força divina.
Para alcançar meus objetivos, pedirei e confiarei num poder superior, capaz de
ouvir e atender a minha súplica.
Jamais pedirei as coisas materiais do mundo. Suplicarei apenas por orientação
para que eu venha a saber a maneira de adquirir os bens materiais e a fartura.
Serei sempre atendido em minha súplica. Suplicarei como um vendedor, desta
maneira:
9

“Ó, Criador de todas as coisas, ajudai-me. Pois hoje saio pelo
mundo nu e só e, sem Vossa mão para orientar, desviar-me-ei do
caminho que conduz ao êxito e à felicidade.

Não pelo ouro ou roupa ou mesmo oportunidades segundo minha
capacidade, mas orientação para que possa adquirir capacidade
segundo minhas oportunidades.

Ao leão e à águia ensinastes a caçar e a prosperar com os dentes e
as garras. Ensinai-me a caçar com palavras e a prosperar com
amor para que eu possa ser um leão entre os homens e uma águia
nos negócios.

Ajudai-me a permanecer humilde nos obstáculos e fracassos; mas
não oculteis dos meus olhos o prêmio que virá com a vitória.

Conferi-me tarefas para as quais outros fracassaram; mas orientai-
me na colheita das sementes do êxito nos fracassos dos outros.
Confrontei-me com temores que temperarão o meu espírito; mas
dotei-me de coragem para rir de meus receios.

Reservai-me dias suficientes para alcançar meus objetivos; mas
ajudai-me a viver este dia como se fosse o meu último dia.

Orientai-me em minhas palavras para que elas frutifiquem; mas
acautelai-me a língua para que a ninguém difame.
10

Disciplinai-me no hábito de tentar sempre e sempre; mas mostrai-
me a maneira de utilizar-me da lei das médias. Favorecei-me com a
prontidão em reconhecer as oportunidades; mas dotai-me com a
paciência que concentrará minha força.

Banhai-me em bons hábitos, para que os maus hábitos se afoguem;
mas concedei-me a compaixão pela fraqueza dos outros. Dá-me
humildade para compreender que todas coisas passarão; mas
ajudai-me a contar minhas bênçãos de hoje.

Sujeitai-me ao ódio, para que ele não seja um estranho; mas enchei
minha taça de amor para transformar estranhos em amigos.

Mas que todas as coisas aconteçam apenas segundo a vossa
vontade. Sou uma uva pequena e solitária compondo a vinha, mas
me fizestes diferentes de todas as outras. Em verdade, deve haver
um lugar especial para mim. Orientai-me ajudai-me. Mostrai-me o
caminho.

Deixai-me ser tudo aquilo que planejaste para mim quando minha
semente foi escolhida e plantada por Vós para brotar no vinhedo do
mundo.

Ajudai este humilde vendedor. Orientai-me Meu Senhor.