You are on page 1of 36

Para classificar o

tipo de músculo:
- Se tem estrias ou
não;
-Se há discos
intercalares;
- Ver o nº de
núcleos.

Figura 34: Músculo cardíaco

Em exame,
teríamos
de ampliar
Epitélio
glandular
seroso e
mucoso
Músculo liso
Tecido conjuntivo
propriamente dito
laxo

Epitélio
pseudoestratificado
ciliado

Figura 35: Traqueia, vias respiratórias


Figura 36

Esponjoso -
mas parece
denso, porque
a ampliação é
muita!

Osso trabecular
lamelar/maduro

Poros com
medula
amarela
Adipócitos
rodeados de
percursores
de eritrócitos

Figura 1: Tecido ósseo


Figura 3: Tecido ósseo

Figura 2: Tecido ósseo


Figura 5: Tecido ósseo

Eritrócito

Neutrófilo
Basófilo

Figura 4: Tecido sanguíneo


Pericôndrio

Cartilagem

Figura 7: Igual à 35

Osso trabecular
lamelar/maduro

Figura 6: Tecido ósseo.


Músculo
esquélico
(corte
Transversal)

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Músculo
esquélico
(corte
longitudinal)

Figura 9: Músculo esquelético (corte transversal e longitudinal)

Figura 8: Músculo esquelético (apenas corte transversal)


Epitélio
estratificado
pavimentoso

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo
Músculo
esquélico
(corte
Transversal)

Figura 11: esófago

Oligodendrócito

Neurónios
Células da
micróglia

Substância Cinzenta Substância Branca

Figura 10
Figura 13: Sistema Nervoso, só substância branca (muitos oligodendrócitos e células da
micróglia)

Figura 12: Sistema Nervoso, só substância cinzenta (muitos corpos celulares)


Figura 14: Sistema Nervoso, só substância branca (muitos oligodendrócitos e células da
micróglia)
Vesículas

Figura 15:tiróide glândula endócrina vesicular

Figura 16: epitélio estratificado pavimentoso não queratinizado


(esófago)
Papila

Tec. Conj.
Laxo com
capilares

Figura 3: epitélio (o mesmo que o anterior)

Epitélio
revestimento e
de secreção
simples cúbico

Artefacto
(estrias
brancas)

Figura 4: tiróide
capilares

Tec. Adiposo
unilocular

Tec.
Conjuntivo
propriamente
dito laxo

Figura 19: glândula exócrina com ácinos serosos e túbulos mucosos

Adipócito
(unilocular)

Ducto
(revestido de
epitélio
simples
cúbico)

Ácinos
serosos

Tec. Conj.
Septo a dividir
o epitélio
glandular não
se classifica
Figura 20: é a mesma, mas em maior ampliação
Tecido conjuntivo
propriamente dito
laxo

Adipócito
(unilocular)

Túbulo
mucoso
Figura 21: Glândula exócrina

Tecido conjuntivo
laxo

Vaso sanguíneo
de grande
calibre, artéria

Vaso sanguíneo
de pequeno
calibre, artéria

Veia

Semi-lua serosa

Ácinos
mucosos
Figura 8: submandibular, túbuloacinosa mucoserosa
Túbulos
mucosos
Ducto (revestido
de epitélio
simples cúbico)

Túbulo
mucoso

Figura 9: glândula exócrina tubulo mucosa, glândula sublingual

Semi-lua
Serosa

Figura 10: glândula exócrina tubulo mucosa, glândula sublingual


Queratina

Epitélio de
revestimento
estratificado
pavimentoso

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo
Glândula
Ducto revestido sebácia (perto
por epitélio dos folículos
estratificado pilosos)
pavimentoso simples com
(continuidade apenas um
pelo epitélio de ducto, acinosa
revestimento) e mucosa

Figura 11: pele


Figura 12: Glândula Parotida

Ácino mucoso

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo
Figura 13: Glândula exócrina, glândula sebácea
Ácinos
serosos

Ilhéus de
Langerhans

Com tecido
glandular
endócrino
cordonal

Tecido
conjuntivo
(septos) para
suportar os
ácinos
Figura 14: Pâncreas é uma glândula mista (endócrina e exócrina)
serosos

Ácinos serosos

Adipócitos
uniloculares

Ducto revestido de
epitélio simples
cúbico

Figura 15: Glândula exócrina composta ácino serosa, Parótida


Figura 16: Pâncreas é uma glândula mista (endócrina e exócrina), a
mesma legenda da 14

Ácinos serosos

Adipócitos
uniloculares

Ducto revestido de
epitélio simples
cúbico

Figura 17: Glândula exócrina acino serosa, parótida


Tecido Muscular
liso

Vilosidades
intestinais cortes
transversais e
longitudionais

Figura 18: intestino, vilosidades intestinais, epitélio glandular exócrino


unicelular

Tec. Conj. laxo

Células
caliciformes

Figura 19: maior ampliação da anterior, com células caliciformes


Tecido
conjuntivo laxo

Folículo piloso
Adipócito

Glândula
sebácea

Figura 20: Glândula sebácea (desfeita)

Queratina

Epitélio de
revestimento
estratificado
pavimentoso

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Figura 21: pele


Figura 22: A mesma que a anterior, mas em maior ampliação

Figura 23: pele


Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Epitélio de
revestimento
estratificado
pavimentoso

artefacto

Figura 24

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Epitélio de
revestimento
pseudoestratificado
ciliado

Figura 25: aparelho respiratório.


Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Epitélio de
revestimento
pseudoestratificado
ciliado

Figura 26

Figura 26: aparelho respiratório.


Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Epitélio de
revestimento
estratificado
de transição

Figura 27: Vias urinárias.

Figura 28: vilosidades intestinais corte transversal com células caliciformes


Ácinos serosos

Ducto revestido
de epitélio
simples cúbico

Adipócitos
uniloculares

Figura 29: Glândula exócrina composta ácino serosa, parotida


Tecido
conjuntivo
propriamente
dito denso não
modelado

Figura 30: Ovário.


Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Epitélio de
revestimento
pseudoestratificado
ciliado

Figura 31: aparelho respiratório.

Figura 32
Figura 33: por exemplo esôfago.
Figure 51: Tecido adiposo unilocular

Epitélio de
revestimento
pseudoestratificado
ciliado

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Figure 52: aparelho respiratório.


Tecido
Muscular
esquelético

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Veia

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Túbulo
mucoso

Semi-lua
serosa
Condrócito

Figure 33: Cartilagem Hialina


Grupo
exógeno (mais
do que um
condrócito na
mesma
lacuna)

Tecido
conjuntivo
propriamente
dito laxo

Nervo
periférico
Figure 54: Tecido Adiposo multilocular (predominante) e unilocular

Figure 55: Tecido conjuntivo propriamente dito laxo


Figure 56: Músculo estriado esquelético (corte transversal)

Neutrófilo

Monócito
Neutrófilo

Monócito

Figure 57: Tecido muscular estriado esquelético (corte longitudinal e transversal)


Figure 58: Tecido muscular estriado esquelético (corte longitudinal e transversal)