TRANSISTOR

HISTÓRIA DA INFORMÁTICA Prof. Afonso Domingues Formandos: Jorge Lopes e José Vieira Turma: GRSIP_09.11

....................................2 Introdução.........................................................................................stories/629164........pt/gen............................................................2 História do transístor e sua evolução..............................................História da Informática Transístor Índice Índice................................pl? p=stories&op=view&fokey=ex.....4 Derivação do transístor......................3 Enquadramento Histórico......6 Funcionamento............................12 http://aeiou...........................................................................................................................10 Conclusão......................1 Definição...................................................3 Datas e nomes mais significativas.....................................................................................................................................................................................................13 formandos JORGE LOPES JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09...........8 Áreas de aplicação/ Utilidade................................expresso...........9 Universidades/empresas.......................11 Bibliografia ..............8 Investigação em Portugal...................................11 | ano 2011 | ...........................................................................................5 Fabricação................

através de técnicas simples. O tema do trabalho foi de livre escolha com base na área da informática ao qual o curso está associado. Com ele foi possível a (r)evolução dos computadores e dos equipamentos electrónicos. Vivemos numa era cada vez mais digital. O sucesso desta invenção até aos nossos dias tem a ver com a possibilidade deste dispositivo ser reproduzido. com o auxílio dos computadores o objectivo é digitalizar toda a informação de forma a esta ser ordenada e rapidamente encontrada.C. e em grandes quantidades. desde os computadores aos automóveis.História da Informática Transístor Introdução Este trabalho insere-se na U. formandos JORGE LOPES 1 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09. Foram estes custos reduzidos que permitiram que este se tornasse num componente quase universal na realização de tarefas não mecânicas. Os transístores vêm a substituir quase todos os dispositivos electromecânicos e grande parte dos sistemas de controlo. Em todos os circuitos integrados. (Unidade de Formação de Curta Duração) História da Informática do Curso de Técnico Especialista em Gestão de Redes e Sistemas Informáticos leccionado nas instalações da ATEC – Associação de Formação para a Indústria. tais como resistências e condensadores poderemos encontrar desde centenas a milhões de transístores. É uma das maiores invenções da era moderna. Estes estão presentes. juntamente com outros componentes.11 | ano 2011 | . Servirmo-nos dos computadores para pesquisar na internet a informação contida noutras máquinas. em tudo o que envolva electrónica. em enormes quantidades e com custos reduzidos. Os formandos optaram por falar sobre o Transístor. Hoje.D. A elaboração deste trabalho é o exemplo disso mesmo.F. armazenamos o que nos interessava e depois ordenamos conforme o nosso interesse ou prioridade.

11 | ano 2011 |I 2 _Símbolo do Transistor . aprofundar o tema e aproveitar para transmitir aos colegas da turma o sucesso português. mas com potência suficiente para realizar a função. m. É um componente electrónico que começou a popularizar-se na década de 1960.) ” O Transístor é considerado uma das maiores invenções da era moderna. Dispositivo com semicondutor que.. indica que a impedância característica do componente varia para cima ou para baixo da polarização pré-estabelecida. de um tubo electrónico.. O nome transístor vem de transfer resistor (resistor/resistência de transferência). sendo assim conhecido pelos seus inventores (. Definição “transístor |ô| s. com o mesmo valor de detecção. Numa amplificação. num circuito analógico. assumir as funções de modulação e gerar oscilações eléctricas e formandos JORGE LOPES JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09. Os transístores são usados essencialmente como amplificadores e interruptores de sinal eléctrico. pode ampliar correntes eléctricas. que ocasiona o processo de amplificação de sinal. A transferência de resistência.História da Informática Transístor O nosso objectivo foi e conforme o pretendido pelo formador. Este processo é feito através da variação de corrente num dos terminais chamados base. um sinal eléctrico de baixa intensidade é injectado (transistorizado) num circuito electrónico e a sua principal função é transformar este sinal fraco em sinais eléctricos com as mesmas características.

1971 – Intel lança o primeiro microprocessador do mundo. “combinação abreviada das palavras ‘transcondutância’ ou ‘transferência’ e ‘varistor’ ”. 1956 .2 MHz. o engenheiro eléctrico John Bardeen e o físico Walter Brattain juntaram-se ao grupo.11 | ano 2011 | . 1958 – Criação do primeiro circuito integrado.Walter Brattain e William Shockley recebem o prémio Nobel da Física. desenvolvido pela Texas Instruments. 1946. projectado para ser usado em calculadoras. 1972 – Primeiro processador de 8 bits.O físico William Shockley (um dos líderes). formandos JORGE LOPES 3 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09. Intel 8008.Aparecimento do nome transístor. 16 De Dezembro (dia da invenção do transístor).História da Informática Transístor História do transístor e sua evolução Datas e nomes mais significativas 1945. 3500 transístores. industria e do meio académico).Mervin Kelly (Diretor de pesquisas da Bell Labs) juntou um grupo de pesquisa. 1970 – Intel anuncia a primeira DRAM. o 4004. tinha uma frequência de 0. 1947. 1948 . 1951 e 1952 foram organizados colóquios para interessados de vários organismos (governo.

com cerca de 731 milhões de transístores. 1500 relés. Este foi reconhecido na industria como um marco de viragem e um ultimato para a tecnologia usada até então: os tubos de vácuo. Na sua construção foram utilizadas 17500 válvulas. Pequeno. trabalha a frequências de 2200 a 3000 MHz. 10 e 12 MHz. A sua invenção terá sido o evento electrónico mais importante do século XX. 70000 resistências. o transístor rapidamente substituiu a válvula. 2002 – Intel lança o Pentium 4. tendo 55 milhões de transístores.11 | ano 2011 | . em 1947. tinha 134000 transístores. 2010 – Novo processador Intel I7. rápido. que nunca atingiu o peso e formandos JORGE LOPES 4 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09. cujo impacto é sentido a todo momento. Enquadramento Histórico O transístor inventado pelos cientistas do Bell Telephone Laboratories. com frequência de 6. Os circuitos integrados e mais tarde os microprocessadores são o produtos que ao logo dos anos derivaram dessa descoberta e são hoje a base da electrónica moderna. em todo lugar na era da informação”. era uma máquina com mais de vinte e sete toneladas e consumia 200kW. Antes do transístor a única alternativa para operações de amplificação e comutação em circuitos electrónicos era a válvula. 6000 interruptores. surge cinquenta anos depois da descoberta do electrão por Joseph John Thomson.História da Informática Transístor 1982 – Intel lança o 80286. O primeiro computador digital. fiável e eficaz. 10000 condensadores e cerca de 5 milhões de junções soldadas manualmente. o Eniac. As válvulas passavam a maior parte do tempo com problemas tornando-se pouco fiável. Esta invenção segundo a revista Proceedings of the IEEE de Janeiro de 1998 (edição comemorativa dos 50 anos do transístor) tornou-se “a invenção da engenharia eléctrica mais revolucionária do século 20. A invenção do transístor (1947) foi um avanço revolucionário na indústria electrónica. Desta forma os engenheiros começaram a fazer projectos electrónicos e construções que até então não podiam sair do papel.

hoje. consistindo de um transístor. desperdiçando desta forma muita energia. da Bell Labs. No caso de um computador. Derivação do transístor O primeiro transístor a ser inventado foi o de silício e germânio nos Laboratórios da Bell Telephone por Bardeen e Brattain em 1947.História da Informática Transístor volume reduzido do transístor. três resístores e um formandos JORGE LOPES 5 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09. desenvolveu o primeiro circuito integrado. O MOSFET (Metal Oxide Silicon Field Effect Transistor – Transístor de Efeito de Campo formado por Metal. tornando a máquina lenta e desta forma pouco eficaz e funcional. tornando-se a chave para o avanço da electrónica. que se vieram afirmando. em 1959. Estava criado um dispositivo compacto e barato para substituir as válvulas termiónicas usadas nos sistemas telefónicos da época. mais conhecida. Atalla e Kahng. Contudo. pelos circuitos integrados. Passados dez anos. Eles pretendiam fabricar um transístor de efeito de campo (FET) idealizado por Julius Edgar Lilienfeld antes de 1925. (1957). Isto evoluiu. mas descobriram uma amplificação da corrente no ponto de contacto do transístor. os sinais eléctricos não eram suficientemente rápidos. Produzia muito calor. fabricaram e conseguiram a operação de um transístor MOS em que o desempenho é bastante inferior aos bipolares. A grande vantagem dos transístores em relação às válvulas foi demonstrada em 1958. tornando-se num transístor de junção bipolar (BJT). Os circuitos avançados continham tantos componentes e conexões que era virtualmente impossível de construir com a tecnologia e métodos até à data existente. da Texas Instruments. surgiam as primeiras ligações de cobre gravadas em circuito impresso. Óxido e Silício) passa para segundo plano devido a determinados problemas de construção. Estamos perante a tecnologia P C B. com muitos componentes e. a possibilidade de construir circuitos complexos e muito mais avançados originou vários problemas: conseguir uma assemblagem rápida/eficiente. Porém. em circuitos complexos. quando Jack Kilby.11 | ano 2011 | .

Em 1970. o NMOS passou a ser um problema. a mesma empresa lançava o primeiro microprocessador do mundo. pois com o aumento da densidade dos CIs. havia muitos problemas com estados de impurezas.11 | 2011 | . levando a tecnologia a ser usada em 75% de toda a fabricação de circuitos. devido a sua estrutura mais simples. os transístores PMOS foram mais utilizados. Em 1971. a tecnologia CMOS começava a ganhar espaço. O domínio da tecnologia MOS dura até o final dos anos 70. integrados. O problema ainda era a dificuldade de eliminação de estados de superfície nos transístores NMOS. o MOS passou a ser encarado como um dispositivo viável para circuitos digitais integrados. a Intel anunciava a primeira DRAM. A partir da década de 80. que permitia maior velocidade e maior poder de integração. Nessa época. o 4004. via-se a possibilidade de criação de circuitos mais complexos. Em 1960. baseado em tecnologia PMOS. resolviam-se os problemas de estado de superfície e emergia a tecnologia NMOS. Nessa época. o que manteve o uso do MOS restrito até o fim da década de 60. por volta do ano 2000. Ele tinha sido projectado para ser usado em calculadoras. que deixaram de ser vistos como substitutos das válvulas e passaram a ser encarados como dispositivos que possibilitam a criação de circuitos complexos. No início da tecnologia MOS. Isto marcou uma transição na história dos transístores. Fabricação formandos turma ano JORGE LOPES 6 JOSÉ VIEIRA | GRSIP-09. a tecnologia demonstrou-se insuficiente.História da Informática Transístor capacitor. pois surgem grandes problemas com consumo de potência (que é alta nesse tipo de tecnologia). fabricada com tecnologia PMOS. Ainda em 1971. utilizando integração de componentes. A partir daí. Com isso. o uso de CMOS foi intensificado. identificouse o Sódio Na como o principal causador dos problemas de estado de superfície e logo começaram a surgir soluções para tais problemas. apesar de o conceito de Complementary MOS (CMOS) já ter sido introduzido por Weimer. Entre 1964 e 1969. implementando um oscilador simples.

Ao adicionar uma impureza com 5 electrões na última camada. e ao fornecer energia fá-lo sair formando-se assim a pastinha N (denominada por ter maior numero de electrões livres). vai sobrar um electrão na ligação covalente com o silício. originando falhas. submetidos a um processo onde são introduzidas quantidades muito controladas de materiais conhecidos como impurezas. que caracterizam a pastilha P. Esses electrões livres têm pouca interacção com o seu átomo. Quando adicionamos uma impureza com 3 electrões na última camada. Isto é o diodo. No símbolo do componente. criando-se um transístor do tipo PNP. O transístor do tipo NPN é obtido de modo similar. Não podemos dizer que a pastilha P é positiva nem que a pastilha N é negativa. O silício por natureza é um material isolante eléctrico. Deste modo a pastilha P fica negativa e a pastilha N fica positiva. A camada do centro é denominada base. Quando unimos a pastilha P e a pastilha N.História da Informática Transístor Na construção do transístor são utilizados o Silício (Si). as silício. O silício é purificado. e as outras duas são o emissor e o colector. (… A pastilha P tem menos electrões livres e mais "buracos" quais transformam a estrutura electrónica.11 | 2011 | . o Germânio (Ge). o emissor é indicado por uma seta. O transístor é montado justapondo-se uma camada P. O Silício realiza ligações covalentes de quatro electrões. os electrões livres em excesso na pastilha N migram para a pastilha P e os buracos da pastilha P migram para a pastilha N. devido às ligações electrónicas dos seus átomos que gerem uma rede electrónica muito estável. introduzindo-se entre as ligações dos átomos de enquanto a Pastilha N tem mais electrões livres que buracos. cortado em finos discos. irá faltar um electrão na ligação covalente. que aponta formandos turma ano JORGE LOPES 7 JOSÉ VIEIRA | GRSIP-09. porque a soma total de electrões é igual à soma total de protões. o Gálio (Ga) e alguns óxidos. uma N e outra P (unindo-se dois diodos).

wikipedia. se for NPN…) http://pt. do aparelhos auditivos.emissor é polarizada directamente. com destaque para os que impulsionaram a entrada É praticamente impossível não existirem circuitos integrados que não possuam centenas.emissor é feito injectando corrente na base. bem como resistências e condensadores. Como exemplo. Porém.) http://pt. numa formandos arquitectura de 45 ano JORGE LOPES 8 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09. com os seus produtos. o controle da corrente colector . cuja tecnologia na altura estava Foram antes rádios portáteis fabricados pela Sony transístor á escala mundial. Esta corrente será tão maior quanto maior for a corrente de base. de acordo com o ganho…. na consola Playstation 3 o seu microprocessador Cell tem cerca de 234 milhões de transístores.11 | 2011 | .wikipedia. milhares ou até milhões de transístores. seguidos de transístor nos equipamentos electrónicos de consumo.org/wiki/Trans%C3%ADstor Funcionamento (…No transístor de junção bipolar ou TJB (BJT – Bipolar Junction Transistor na terminologia inglesa). O efeito transístor ocorre quando a junção colector -base é polarizada reversamente e a junção base . ou para fora. os japoneses. nomeadamente em imediato por rádios transistorizados. a indústria norte-americana não adoptou de imediato o continuar a dominada. Uma pequena corrente de base é suficiente para estabelecer uma corrente entre os terminais de colector -emissor.História da Informática Transístor para dentro do transístor se o componente for PNP.org/wiki/Trans%C3%ADstor Áreas de aplicação/ Utilidade Assim que o transístor foi descoberto este passou a ser incorporado em diversas aplicações. preferiu usar as válvulas termoiônicas.

convertidos e apresentados por computadores. gastam a maioria do seu tempo com informação digital. A televisão ou os jornais. dos sistemas de controle.História da Informática Transístor nanômetros. formas analógicas comuns de informação.11 | ano 2011 | . ou seja. hoje. O seu baixo custo permitiu que se transformasse num componente quase universal para tarefas não mecânicas. hoje é muito mais barato usar um microprocessador. convertida posteriormente no formato tradicional apenas numa pequena fracção de tempo. quase todos os meios na sociedade moderna são fornecidos em formato digital. Investigação em Portugal formandos JORGE LOPES 9 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09. e surgem em tudo o que esteja ligado à electrónica. Em qualquer dispositivo comum que teria de usar um dispositivo mecânico para o controle (ex: frigorífico). a porta de controle de cada transístor tem apenas 45 milionésimos de um milímetro. para realizar a mesma tarefa. Estamos na era da digitalização. desde os computadores aos carros. com milhões de transístores e um programa de computador. Estes tem vindo a substituído a maior parte dos dispositivos electromecânicos.

formandos JORGE LOPES 10 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09. etiquetas e pacotes inteligentes. produziu pela primeira vez transístores com uma camada de papel. Este grupo. da Universidade Nova de Lisboa. chips de identificação ou mesmo em aplicações médicas. Na Imagem: Rodrigo Martins. a camada de Na imagem um transístor em Papel semicondutores tem 500 micrómetros de espessura. enquanto a camada de óxido de zinco sobre o papel tem apenas alguns nanômetros. Elvira Fortunato e a sua equipa. coordenado pela professora Elvira Fortunato. No silício. pois este é um suporte mais flexível para o transístor (poderá dobrar-se sem o danificar). ecrãs de papel. Esta professora recebeu a notícia do European Research Council de que tinha ganho o primeiro prémio de 2. mas Elvira Fortunato reforça que este material ainda não está totalmente aperfeiçoado por isso e para um começo. com o papel e a solução electrocrómica usados na experiência. por exemplo. ela diz que é o facto de ser menos resistente.História da Informática Transístor Universidades/empresas Um grupo de investigadores portugueses. a sua composição poderá permitir “fazer sistemas descartáveis a baixo custo”. Elvira Fortunato aponta para o papel. mostra que esta nova descoberta pode ser utilizada em inúmeros equipamentos.5 milhões de euros e o seu nome seria colocado no Top 5 mundial dos investigadores em electrónica transparente. mais leve e fino.11 | ano 2011 | . Relativamente às grandes vantagens desta descoberta. da Faculdade de Ciências e Tecnologia. A grande desvantagem.

11 | ano 2011 | . sem pensarmos. quando pegamos num telemóvel. ligamos a televisão. o qual está a levar este caminho por vertentes. com o transístor em papel. nesta área. Diariamente.História da Informática Transístor Conclusão Com este trabalho pretendemos mostrar o quão importante a descoberta do transístor trouxe foi para o nosso futuro. temos esta tecnologia sempre presente. trabalhamos no computador. Durante o trabalho verificamos a importância da pesquisa portuguesa. que antes eram muito difíceis de atingir. formandos JORGE LOPES 11 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09.

wikipedia.youtube.com/watch?v=WwmZ9DYWMY8 http://www.infopedia.com/2008/08/26/elvira-fortunato/ http://www.pt/investigacao/em-foco/transistores-com-papel http://www.br/noticias/noticia.electronica-pt.biz/pt/buy/goods/?category=2605&page=4 http://pt.php/content/view/47/37/ http://www.pt/Ci%C3%AAncias/cientistas-portuguesesdesenvolvem-o-primeiro-transistor-com-papel_1336121 http://www.com/watch?v=WwmZ9DYWMY8 formandos JORGE LOPES 12 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09.cienciahoje.php?oid=26899&op=all http://pplware.htm http://pt.novaeletronica.unl.pt/index.publico.História da Informática Transístor Bibliografia http://www.wikipedia.pt/$transistor http://www.pt/investigacao/em-foco/transistores-com-papel http://www.php? artigo=chip-biodegradavel-implantes-temporarios-corpo-humano http://dc303.php/content/view/47/37/ http://www.pt/investigacao/em-foco/transistores-com-papel http://www.org/wiki/Trans%C3%ADstor www.wordpress.com.sapo.unl.inovacaotecnologica.pt/dlpo/default.html http://idpt.priberam.com/doc/2tg4Gl73/preview.electronica-pt.infopedia.youtube.4shared.11 | ano 2011 | .biz/pt/buy/goods/?category=2605&page=4 www.pt/$transistor http://www.all.pt/high-tech/o-primeiro-transistor-com-papel/ http://www.aspx?pal=trans%C3%ADstor http://www.org/wiki/Trans%C3%ADstor www.unl.pt/Ci%C3%AAncias/cientistas-portuguesesdesenvolvem-o-primeiro-transistor-com-papel_1336121 http://www.net/tutoriais/trans_diodo/hist_transistor.publico.com/index.com/index.youtube.all.com/watch?v=Xsv03w9YJqI http://www.

com/tecnologia-artigos/transistores-organicosajudam-na-producao-de-eletronicos-dobraveis-4493244.expresso.google.stories/629164 http://aeiou.jsp http://wwwmiri-eraeletronicasmd. formandos JORGE LOPES 13 JOSÉ VIEIRA | turma GRSIP-09.php? artigo=primeiro-transistor&id=010805071224 http://www.html revista-Associação das empresas do sector eléctrico e electrónico .html http://g1.pt/portugueses-e-brasileiros-fabricam-primeirostransistores-de-papel-do-mundo=f629278#ixzz1Yfe4yIr5 http://aeiou.globo.2.br/noticias/noticia.com/Noticias/Ciencia/0.expresso.com.MUL690155-5603.artigonal.pt/portugueses-e-brasileiros-fabricam-primeirostransistores-de-papel-do-mundo=f629278#ixzz1YfXz8LC1 http://aeiou.com.11 | ano 2011 | .pt/investigacao/em-foco/electronica-transparente http://aeiou.html http://www..mfg.br/noticias/noticia.r_pw.expresso.r_gc.pt/portugueses-e-brasileiros-fabricam-primeirostransistores-de-papel-do-mundo=f629278 http://aeiou.com.00.História da Informática Transístor http://www.br/noticias/noticia.inovacaotecnologica.com/pt/categories/7955.pt/gen.blogspot.wikipedia.inovacaotecnologica.or. 313Maio|Junho 2011.inovacaotecnologica.pl? p=stories&op=view&fokey=ex.php? artigo=intel-transistores-3-d&id=010110110506 http://www.&biw=1280&bih=815&wrapid= tlif131608096465610&um=1&ie=UTF8&tbm=isch&source=og&sa=N&tab=wi http://www.com.unl. pag.php? artigo=transistor-optico&id=010110110411 http://pt.28.php? artigo=transistor-seda-computadores-vestir&id=010110110114 http://www. 27.com.expresso.org/wiki/Transistor http://www.com/2011/07/os-transistorese-suas-carecteristicas.inovacaotecnologica.br/noticias/noticia.pt/as-tres-vantagens-da-eletronica-depapel=f629164#ixzz1YfdlqpmW http://www.mx/search?hl=ptPT&q=transistor&bav=on.expresso.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful