RABDOVÍRUS VÍRUS DA RAIVA

 Celma Pedro Alberto  Diakanua Fabricio  Mbemba Pedro Massala  Miguel Aguiar  Ndongala Tuta Carlos .

.

dai para as glândulas salivares onde se multiplica e se propaga. Instala-se e multiplica-se primeiramente nos nervos periféricos e depois no sistema nervoso central. Negri em 1903. que afecta os mamíferos. descreveu a presença proeminentes de corpúsculos de inclusões cito plasmáticos nos nervos de humanos e de animais infectados . do latim rabere = fúria ou delúrio. É um vírus causador de uma doença infecciosa aguda.      Rabidus = louco. demência. Pasteur na década de 1880. sugeriu que o agente etiológico não era uma bactéria mas sim vírus (antes de serem identificados). Do sânscrito rabhas = torna-se violento. Do grego lyssa ou lytta = loucura.

.

.

.

porco.. Mamíferos: cão. lobo. mas estes são menos susceptíveis que os mamíferos  . coiote. raccoons. cavalo. jaritataca. mangustos e texugos. gato. esquilo.  Aves. morcego. raposa. boi.

mucosas ou arranhões. lambedura. Via inalatória. . aleitamento e transplante de córnea em humanos. Placenta.    A transmissão dá-se do animal infectado para o sadio por: Contacto de saliva por mordedura.

Taquicárdia. Fotofobia. Paralisação da mandíbula. Hidrofobia. Dificuldade respiratória. Alterações de comportamento (depressão e agressividade). Descoordenação motora progredindo para paralisia. Dilatação da pupila. .          Tonus muscular: dificuldade em deglutir devido a contracção dolorosa e espasmódicas dos músculos da deglutição. faringe e laringe. Salivação excessiva.

: Não há imunidade natural. . OBS. A imunidade é apenas conferida através da vacinação pré e pós exposição ao vírus.

S. Lidel.(1980). W.     DULBECCO. Lisboa -Portugal WWW.C. H. Br/content/ ABAAABOQoAF/ replicação-viral. MICROLOGIA DE DAVIS./raiva. . geocities. Editora HARBRA e ROW. São Paulo Brasil FERREIRA. com. homeospativetrinária. Consultado aos 20 de Junho de 2011. Ebah. WWW. htm. Com. ws/ génio-da-ciências/ arq comporção. WWW. volume 4-virologia. 2ª edição.(2010).F. Consultado aos 20 de Junho de 2011. R. & GINSBERG. et al. br. MICROBIOLOGIAEditora. Consultado aos 20 de Junho de 2011.