Resumo Reuniao Almoco Jun 2012 Rede Audiovisual

Texto elaborado por Regina Cunha (permitida a reprodução desde que citada a fonte) No dia 4 de junho de 2012, foi

realizado o almoço/reunião da Rede de Economia Criativa do Audiovisual do RN, na sede do SEBRAE-RN. Participaram do encontro vários representantes do setor, que responderam o formulário de cadastramento disponibilizado online. Para participar da Rede é preciso se cadastrar no link: https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dERybTJocW9GMTNhNDlGY1Bf TlRqRXc6MQ O objetivo principal da Rede é obter o reconhecimento do audiovisual como um setor estratégico e fundamental para o fortalecimento e desenvolvimento sócio-cultural, educacional e econômico do estado. Com o apoio do SEBRAE-RN e da ABD-RN o coletivo colaborativo desenvolverá ações que visam fomentar atividades voltadas à formação, produção, difusão e preservação do audiovisual potiguar. Para a gestora do Projeto Cultural pelo SEBRAE-RN, Cátia Lopes, “o objetivo é capacitar o profissional do setor audiovisual e articular a distribuição/veiculação dessa produção no mercado nacional e internacional”. O almoço marcou um importante momento do coletivo audiovisual potiguar. Revelou que há união do grupo em busca do fortalecimento da Rede que vai trabalhar em prol da defesa dos interesses comuns do setor audiovisual dentro do estado do Rio Grande do Norte. No próximo encontro da Rede que será no dia 13/06/2012 - 9 hs - SEBRAE-RN serão definidas as prioridades para a criação de programas de capacitação técnica e formação continuada para o aperfeiçoamento dos integrantes da Rede. Outros objetivos também serão incorporados, como por exemplo: discussão junto ao poder público (municipal, estadual e nacional) das questões de captação de recursos oriundos dos tributos e isenções fiscais; bem como discussão da ampliação de outras fontes de financiamento, para que os produtores audiovisuais não dependam apenas de recursos públicos. Durante o almoço a presidente da ABD-RN, Regina Cunha, apresentou os resultados do cadastramento feito por alguns integrantes (veja a apresentação em anexo). A intenção é que os participantes participem e também, em alguns casos, ministrem, oficinas e palestras a partir do segundo semestre de 2012. Informações Complementares: Rede de Economia Criativa do Setor Audiovisual do RN  Indivíduos com visão empresarial, que com criatividade, geram negócios oferecendo produtos criativos/culturais como vídeos, jogos, games, filmes, entre outros produtos audiovisuais. Agrupados em economias de escala dividem custos, espaço de criação/produção/realização. Competem colaborativamente, compartilhando oportunidades para atividades criativas, estratégias de vendas e exportação, mercados globais etc. (Ex: Copa do Mundo, Olímpiadas).

 

Por quê Economia Criativa? A partir da crise econômica global, percebeu-se que os países emergentes conseguiram obter melhores resultados com menos problemas. A retomada econômica foi liderada pela China (BRICs). O comércio mundial de bens e serviços criativos de 2002 a 2008 revelou resultados positivos. Os principais indutores hoje são: Tecnologia (revolução digital + inovação); Turismo (40% PNB + serviços culturais e recreacionais) e Demanda Cultural (jovens e idosos). Como funciona? Transforma ideias em bens tangíveis ou intangíveis dotados de conteúdo criativo, valor cultural e econômico e objetivos de mercado, gerando ganhos de comércio e de propriedade intelectual. Metas - Formar e capacitar; diversificar a oferta dos produtos audiovisuais; e estimular a produção. Debater e aplicar quadro regulatório (leis, políticas, concorrência, laborais, propriedade intelectual). Otimizar vínculos entre criatividade, inovação e negócios; Facilitar arranjos produtivos criativos Adquirir visão estratégica para potencializar a cooperação no setor.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful