You are on page 1of 124

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL BIBLIOLOGIA ESTUDO DAS SAGRADAS ESCRITURAS

BIBLIOLOGIA

ESTUDO DAS SAGRADAS ESCRITURAS

CONTENDO ESTUDOS BÍBLICOS

1ª EDIÇÃO --2- 2011

1ª EDIÇÃO

1ª EDIÇÃO

2011

1ª EDIÇÃO - 2011

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

Igreja Pentecostal o Poder de Jesus Cristo Rua Benedito de Oliveira Lousada, 211 Parque São Bento - Sorocaba - SP Presidente Pastor Mauro Mariano Vice-Presidente Missionário André Silva Fone ( 015 ) 3213-4640

Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda

boa obra.

2 Tm 3:16-17

Edição e Elaboração Pastor Waldemar Alonso Filho Capelão Federal Evangélico

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ÍNDICE
ÍNDICE
 

Introdução

5

Lição 1

- A Bíblia

7

Definição

7

I.

Origem do Termo

7

II.

Alguns aspectos da Bíblia

8

III.

Razões pelas quais a Bíblia é a palavra de Deus

9

IV.

Atitudes em relação à Bíblia

10

V.

Exercícios

11

Lição 2 – A singularidade da Bíblia

13

I.

Única na sua coerência

13

II.

Única em circulação

15

III.

Única em tradução

15

IV.

Única em sobrevivência

16

V.

Única nos ensinos

17

VI.

Única na influência sobre a literatura

19

VII.

A conclusão é Óbvia

20

VIII. Exercícios

21

Lição 3 – Como manusear a Bíblia

23

I.

Prática para o manuseio da Bíblia

25

II.

Quanto ao estudo da Bíblia

27

III. Exercícios

29

Lição 4 – A importância das Escrituras Sagradas

31

I.

A necessidade do estudo das Escrituras

32

II.

Porque devemos estudar a Bíblia

32

III.

Como devemos estudar a Bíblia

34

IV. Exercícios

37

Lição 5 – Revelação

39

Definição

39

I.

Provas da revelação

39

II.

Meios de revelação

39

III.

Revelação quanto à natureza

41

IV. Exercícios

45

Lição 6 – Inspiração

47

Definição

47

I.

Teorias sobre a inspiração

47

II.

Características da inspiração verbal e plenária

49

III.

Prova da inspiração verbal e plenária

49

IV.

Provas de inerrância

50

V.

Exercícios

51

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

Lição 7 – Iluminação

 

53

I.

Em relação aos não-salvos

56

II.

 

Em relação aos salvos

56

III. Exercícios

57

Lição 8 – Interpretação

59

I.

Princípios de interpretação

59

II.

Divisões gerais da Bíblia

59

III. Alianças bíblicas

 

60

IV. Exercícios

63

Lição 9 – Cânon da Bíblia

65

I.

O cânon do Antigo Testamento

66

II.

Os princípios da canonicidade dos livros do Novo Testamento

66

III. A formação do cânon do Novo Testamento

67

IV. O cânon e as traduções mais recentes

68

V.

Exercícios

71

Lição 10 – Estrutura da Bíblia

73

I.

Conteúdo do Antigo Testamento

73

II.

O Conteúdo do Novo Testamento

76

III. Resumo do Novo Testamento

78

IV. Exercícios

 

79

Lição 11 – Autores da Bíblia

81

I.

Quem são os autores da Bíblia

81

II.

A fonte divina

82

III. Exercícios

 

85

Lição 12 – A Bíblia até nós

87

I.

Direcionamento bíblico

87

II.

 

As primeiras traduções

88

III. Exercícios

91

Lição 13 – Período inter-bíblico

93

I

.....

Aspectos políticos

93

 

Aspectos

religiosos

97

Exercícios

101

Sistema de medidas nas Escrituras

103

Curiosidades bíblicas

 

109

Complementos

115

Passagens bíblicas

117

Glossário

121

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

INTRODUÇÃO

A Bíblia nos aconselha a viver em um determinado padrão de vida aprovado por Deus e nos conforta com a promessa de uma grande recompensa para aqueles que se enquadrarem neste padrão. Ela nos fornece todas as informações necessárias que o ser humano precisa para ter um melhor aproveitamento da sua vida. A Bíblia é o alicerce para todo aquele que crê em Deus e tem uma esperança numa nova vida após a morte. Ela também nos previne e alerta, em relação a outras maneiras de vida que o homem escolhe, quando não confia na providência de Deus. Ela é contra todo e qualquer ensinamento ou doutrina fora de seus padrões, é categórica em condenar o que é falso. Eis a relação de algumas doutrinas que a Bíblia condena:

Doutrinas dos homens (Cl 2:22 - segundo os preceitos e doutrinas dos homens? Pois que todas estas coisas, com o uso se destroem).

Doutrinas dos fariseus (Mt 16:12 - Então, entenderam que não lhes dissera que se acautelassem do fermento de pães, mas da doutrina dos fariseus e dos saduceus).

Doutrinas de demônios (1Tm 4:1 - Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios).

Doutrinas que são preceitos de homens (Mc 7:7 - E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens).

Doutrinas estranhas aos seus ensinamentos (Ef 4:14 - para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro).

Todavia a Bíblia, ao mesmo tempo em que condena o que é falso, aprova magnificamente e elogia a verdadeira e sã doutrina (Sl 1:6 - Pois o SENHOR conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá. Pv 10:28 - A esperança dos justos é alegria, mas a expectação dos perversos perecerá.)

Os tópicos desta apostilas constituem o conhecimento básico para o crescimento espiritual, como também intelectual de cada filho de Deus. Para um estudo mais aprofundado e específico, se faz necessário o uso de outras fontes, visto que o nosso objetivo é levar ao povo de Deus o conhecimento elementar das santas doutrinas.

Esta primeira apostila “Bibliologia” é dividida por lições, contendo algumas gravuras de objetos antigos, descobertos das escavações arqueológicas.

Cada parte possui o seu questionário, a fim de ajudar o aluno a memorizar os pontos mais importantes do texto. O auxílio de um professor e o interesse do aluno é indispensável para um maior aproveitamento da matéria. Os parágrafos devem ser analisados com muito critério para que todos venham realmente crescer em conhecimento e atingir o objetivo do curso.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

Examinai as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam

de mim

Jo 5:39

Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminho Salmos 119:105

Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração. Hb 4:12

Escondi a tua palavra no meu coração, para não pecar contra ti. Salmos 119:11

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

LIÇÃO 1 A BÍBLIA

Definição

A primeira coisa que se pode dizer da Bíblia é que ela é, acima de todas as coisas, A PALAVRA DE DEUS. A Bíblia é a palavra de Deus em um sentido que nenhum outro livro do mundo pode ser. O Espírito Santo ungiu como um sopro (inspiração) sobre seus escritores, capacitando-os a receber e transmitir a mensagem divina sem mistura ou erro. A Bíblia é também "O Livro" no qual Deus se revela, ou seja, se dá a conhecer aos

homens de modo natural ou

sobrenatural. .

“A bíblia é Deus falando ao

homem; é Deus falando através do homem; é Deus falando como homem; é Deus falando a favor do homem, mas é sempre Deus falando!”.

A BÍBLIA É ... O mapa do viajante O cajado do peregrino A bússola do piloto

A BÍBLIA É ...

O mapa do viajante O cajado do peregrino A bússola do piloto A espada do soldado O paraíso restaurado O céu aberto

  • I. ORIGEM DO TERMO

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL LIÇÃO 1 A BÍBLIA Definição

Bíblia. A palavra "Bíblia" vem do grego "biblos”, e em português significa “rolo” ou “livro” (Lc 4:17 - Então, lhe deram o livro do profeta Isaías, e, abrindo o livro, achou o lugar onde estava escrito.). Quem primeiro aplicou esse vocábulo às Sagradas Escrituras foi João Crisóstomo.

Escrituras Sagradas. Termo usado no Novo Testamento para os livros sagrados que foram escritos no Antigo Testamento, que eram considerados inspirados por Deus (2Tm 3:16 - Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça; Rm 3:2 - Muita, sob todos os aspectos. Principalmente porque aos judeus foram confiados os oráculos de Deus). Também é usado no Novo Testamento com referência a outras porções do Novo Testamento (2Pe 3:16 - ao falar acerca destes assuntos, como, de fato, costuma fazer em todas as suas epístolas, nas quais há certas coisas difíceis de entender, que os ignorantes e instáveis deturpam, como também deturpam as demais Escrituras, para a própria destruição deles; Jo 10:35 - Se ele chamou deuses àqueles a quem foi dirigida a palavra de Deus, e a Escritura não pode falhar; Hb 4:12 - Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração).

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

II. ALGUNS ASPECTOS DA BÍBLIA

menor Bíblia existente foi A impressa na Inglaterra e pesa
menor Bíblia existente foi
A
impressa
na
Inglaterra
e
pesa

somente 20 gramas. Mede 4,5cm de comprimento, 3cm de largura e 2cm de espessura.

Autoridade da Bíblia – Reconhecimento da Bíblia como a nossa única regra de fé e prática. Nenhuma outra autoridade pode sobrepor-se à Palavra de Deus; nenhum outro princípio há de modificar este artigo de fé. A autoridade das Sagradas Escrituras encontra-se baseada nestes princípios:

1) É a Palavra de Deus; 2) Sua infalibilidade pode ser evidenciada interna e externamente;

3) É a única regra de fé e prática contemporânea de todas as épocas.

Autoridade na Bíblia – Tanto o Antigo, quanto o Novo Testamento, atesta ser Deus a fonte de toda a autoridade. Profetas e apóstolos mostram-no como a autoridade última. Nos livros proféticos, o Senhor Deus. Até mesmo Nabucodonosor viu-se obrigado a assimilar esta verdade. Depois daqueles sete períodos de humilhação a que o submetera o Todo Poderoso, confessa o mandatário babilônico:

(Dn 4:37 - Agora, pois, eu, Nabucodonosor, louvo, exalço e glorifico ao Rei do céu, porque todas as suas obras são verdadeiras, e os seus caminhos, justos, e pode humilhar aos que andam na soberba).

Inerrância e infalibilidade da Bíblia - Ambos os termos mostram ser a Bíblia completa e veraz (verdadeira) no que ensina. Ela não contém quaisquer erros; jamais falhará na concretização de seus propósitos. Recebamo-la, pois, como a única autoridade em matéria de fé e prática.

Inspiração da Bíblia – Ação sobrenatural do Espírito Santo sobre os escritores bíblicos, dando-lhes capacidade plena a receber, registrar e transmitir a mensagem divina sem quaisquer misturas de erro. A inspiração da Bíblia é dinâmica, verbal e plenária. A inspiração é que faz da Bíblia a Palavra de Deus.

Biblicismo – [Do gr. Bíblos + ismo] Doutrina que defende ser a Bíblia autoridade suficiente e suprema em matéria de fé e prática. Tal posicionamento, embora apregoado pelos profetas e apóstolos, renasceu com os reformadores protestantes no século XVI. Eis o que afirmou Isaías: “À Lei e ao Testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, jamais verão a alva” (Is 8:20 - À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva).

Bibliolatria – [Do gr. bíblos + latria (adoração)] Adoração do aspecto físico da Palavra de Deus; é a sua transformação num fetiche. Algo similar aconteceu no Antigo Israel, quando os hebreus passaram a prestar culto à serpente que Moisés, por ordem de Jeová, havia erguido para restaurar a saúde dos que haviam sido picados pelas serpentes abrasadoras. A blibliolatria é muito comum nos lares evangélicos. Não são poucos os crentes, por exemplo, que deixam a Bíblia aberta no Salmo 91, como se esta passagem, destituída de seu real significado, fosse uma espécie de barreira contra as temeridades todas. A Bíblia não nos foi confiada a ser um objeto de culto; no-la confiou o Senhor para que adorássemos somente a Ele.

Bibliologia – [Do gr. bíblos + logia (discurso ou tratado racional sobre determinado assunto)] Divisão da teologia sistemática que versa sobre a origem, formação, inspiração, autoridade e confiabilidade das Sagradas Escrituras, como a infalível Palavra de Deus.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

III. RAZÕES PELAS QUAIS A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS

  • 1. Deus como criador teria de revelar-Se às suas criaturas. A Bíblia é o único livro do mundo digno de crédito neste assunto.

  • 2. O próprio Jesus Cristo leu a Bíblia, ensinou-a, chamou-a “A Palavra de Deus” e cumpriu-a (Lc 4:17 - Então, lhe deram o livro do profeta Isaías, e, abrindo o livro, achou o lugar onde estava escrito:; Lc 24:27 - E, começando por Moisés, discorrendo por todos os Profetas, expunha-lhes o que a seu respeito constava em todas as Escrituras; Lc 24:44 - A seguir, Jesus lhes disse: São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda convosco: importava se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos; Mc 7:13 - invalidando a palavra de Deus pela vossa própria tradição, que vós mesmos transmitistes; e fazeis muitas outras coisas semelhantes).

  • 3. Seus escritores reconheceram a ação do Espírito Santo quando liam ou produziam seus escritos (2Pe 1:21 - porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens santos falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo; Is 6:8 - Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim).

  • 4. A história dos outros povos dá testemunho dos acontecimentos descritos na Bíblia. A própria história universal apanha emprestado da bíblia registro e fatos para a sua complementação.

  • 5. As descobertas científicas cada vez mais confirmam a verdade da Bíblia. A cada descoberta se valoriza mais a narrativa bíblica.

  • 6. O Espírito Santo fala ao coração do cristão dizendo que a Bíblia é a palavra de Deus. Os que são dirigidos por ela mostram ao mundo, através do caráter, da moral e do amor, o resultado das suas palavras.

  • 7. Embora tenha sido escrita em 16 séculos por cerca de 40 escritores, em épocas, lugares e circunstâncias diferentes, a Bíblia parece ter sido escrita por uma só pessoa. Seus 66 livros formam um só, do Gênesis, ao Apocalipse.

  • 8. As profecias da Bíblia se cumprem fielmente. Muitas profecias do Antigo Testamento se cumpriram no próprio Antigo Testamento, outras se cumpriram no Novo Testamento e outras estão se cumprindo com o passar dos séculos (Jr 1:12 - Disse-me o SENHOR: Viste bem, porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir).

  • 9. A Bíblia é sempre nova e inesgotável. Leia a Bíblia 1000 vezes e na próxima vez que a ler encontrará milhares de coisas novas. Aleluia!!!

10. A Bíblia é o único livro do mundo que só tem verdades. Se há mentiras, não são dela, apenas foram registradas. Há mais verdades na Bíblia do que todas as verdades produzidas pelo homem durante os séculos.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • 11. A Bíblia é familiar a todos os homens em todas as nações. Ao lermos a Bíblia temos a impressão de que ela foi escrita para nós. Se fosse um produto humano não se ajustaria às línguas e costumes de todas as nações.

  • 12. É a única palavra que tem poder. Jesus usou a Palavra para derrotar o diabo, expulsar os demônios, curar os enfermos, dominar as tempestades, perdoar os pecadores, ressuscitar os mortos e alimentar as multidões, dentre outras coisas. É necessário usar a Palavra de Deus para lutar contra todas as forças que dominam o entendimento das pessoas que sofrem. A Palavra de Deus é, acima de tudo, um instrumento da fé, e não da razão, como muitos pensam.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL A Bíblia é familiar a

Na época em que Jesus leu a profecia de Isaías na sinagoga de Nazaré, esta cópia de Isaias já tinha mais de cem anos. Foi lida inúmeras vezes e reparada nos pontos em que surgiram rasgos. As palavras que o copista deixou escapar por engano foram inseridas depois, descendo a margem nos lugares onde havia pouco espaço. A junção entre duas folhas de couro é visível à esquerda. A fotografia é do livro de Isaías dos Manuscritos do Mar Morto A (o original está no Santuário do Livro, em Jerusalém).

IV. ATITUDES EM RELAÇÃO À BÍBLIA

Racionalismo.

  • a) Em sua forma extrema nega a possibilidade de qualquer revelação sobrenatural.

  • b) Em sua forma moderada admite a possibilidade de revelação divina, mas essa revelação fica sujeita ao juízo final da razão humana.

Romanismo. A Bíblia é um produto da igreja; por isso a Bíblia não é a autoridade única ou final.

Misticismo. A experiência pessoal tem a mesma autoridade da Bíblia.

Neo-ortodoxia. A Bíblia é uma testemunha falível da revelação de Deus na Palavra, Cristo.

Seitas. A Bíblia e os escritos do líder ou fundador de cada seita possuem igual autoridade.

Ortodoxia. A Bíblia é a nossa única base de autoridade.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

EXERCÍCIOS

(LIÇÃO 1)

  • 1. Defina a palavra “Bíblia”.

_____________________________________________________________

  • 2. Cite três aspectos da Bíblia, e fale um pouco sobre cada um.

____________________________________________________________________ a)

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

____________________________________________________________________ b)

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

____________________________________________________________________ c)

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

  • 3. Há na parte 1 da apostila 12 razões pelas quais a Bíblia é a Palavra de Deus; transcreva 5 das que

mais te agradou.

____________________________________________________________________ a)

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

____________________________________________________________________ b)

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

____________________________________________________________________ c)

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

____________________________________________________________________ d)

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

____________________________________________________________________ e)

______________________________________________________________________

______________________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESPAÇO RESERVADO PARA SUAS ANOTAÇÕES

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

LIÇÃO 2 A SINGULARIDADE DA BÍBLIA

A Bíblia Sagrada, por tudo o que encerra, pela maneira como foi escrita, e da forma como tem sido preservada por tantos séculos, só pode ser definida numa palavra: "única".

O dicionário define "único", como:

  • 1. Que é um só;

  • 2. De cuja espécie não existe outro;

  • 3. Exclusivo; excepcional;

  • 4. A que nada é comparável;

  • 5. Superior a todos os demais.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL LIÇÃO 2 A SINGULARIDADE DA

M. Monteiro Williams, antigo professor de sânscrito, que passou 42 anos estudando livros orientais e comparando-os com a Bíblia, afirmou: "Se você quiser, empilhe-os no lado esquerdo de sua escrivaninha; mas coloque a sua Bíblia do lado direito - apenas ela, só ela - e que haja uma boa distância entre a pilha de Livros e a Bíblia. Pois existe uma grande distancia entre ela e os chamados livros sagrados do Oriente, de modo que estes se opõem àquela, total, completa e definitivamente; um abismo real que nenhuma ciência do pensamento religioso conseguirá transpor" (J. Mc Dowell, "Evidencia que Exige um Veredicto", pg.19,20).

  • I. ÚNICA NA SUA COERÊNCIA

É livro "diferente de todos os demais" nos seguintes aspectos (além de muitos outros):

  • 1. Escrito durante um período de aproximadamente 1600 anos;

  • 2. Escrito durante mais de 40 gerações;

  • 3. Escrito por cerca de 40 autores, das mais diferentes atividades, tais como: reis, camponeses, filósofos, pescadores, poetas, estadistas, estudiosos, etc. Moisés, um líder político, que estudou nas universidades do Egito; Pedro, um pescador; Amós, um boiadeiro; Josué, um general; Neemias um copeiro; Daniel, um diplomata; Lucas, um médico; Salomão e Davi (reis e poetas); Mateus (cobrador de impostos); Paulo (rabino); Esdras (escriba e sacerdote).

  • 4. Escrito em diferentes lugares: no deserto; numa masmorra; nos palácios de Susã, na Pérsia; nas prisões; em viagens; numa ilha, exilada.

  • 5. Escrito em diferentes condições e circunstâncias: em tempos de paz e em tempos de guerra; em tempos de alegria, e em tempos de profunda tristeza; em tempos de liberdade, e sob o cativeiro;

  • 6. Escrito em três continentes: Ásia, África e Europa;

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • 7. Escrito em três idiomas:

Hebraico (a língua do Antigo Testamento) Em 2Reis 18:26-28 (Então, disseram Eliaquim, filho de Hilquias, Sebna e Joá a Rabsaqué: Rogamos-te que fales em aramaico aos teus servos, porque o entendemos, e não nos fales em judaico, aos ouvidos do povo que está sobre as muralhas. Mas Rabsaqué lhes respondeu: Mandou-me, acaso, o meu senhor para dizer-te estas palavras a ti somente e a teu senhor? E não, antes, aos homens que estão sentados sobre as muralhas, para que comam convosco o seu próprio excremento e bebam a sua própria urina? Então, Rabsaqué se pôs em pé, e clamou em alta voz em judaico, e disse:

Ouvi as palavras do sumo rei, do rei da Assíria) essa língua é chamada de "judaica"; Em Is 19:18 (Naquele dia, haverá cinco cidades na terra do Egito que falarão a língua de Canaã e farão juramento ao SENHOR dos Exércitos; uma delas se chamará Cidade do Sol) é chamada de "língua de Canaã";

Aramaico (a língua "franca" do Oriente Próximo até a época de Alexandre, o grande, no século VI ao século IV a.C., tendo permanecido em uso, paralelamente ao grego, por judeus e palestinos até à época de Cristo);

Grego, a língua do Novo Testamento. Era o idioma de uso internacional à época de Cristo.

  • 8. A Bíblia trata de centenas de temas controversos (aqueles que podem gerar opiniões divergentes, quando mencionado ou discutido). Os autores bíblicos falaram de centenas de temas controversos, com harmonia e coerência, desde Gênesis a Apocalipse, revelando uma única história:

"A redenção do homem por parte de Deus". Assim, o "Paraíso Perdido" de Gênesis, se torna o "Paraíso Recuperado" do Livro de Apocalipse.

Enquanto que o acesso à árvore da vida está fechado em Gênesis, encontra-se aberto para todo o sempre em Apocalipse. A grande diversidade dos escritos da Bíblia trata de: lei (civil, criminal, ética, ritual, sanitária), história, poesia religiosa e lírica, textos didáticos, parábolas e alegorias, biografia correspondência pessoal, reminiscências pessoais, diários, além de estilos caracteristicamente bíblicos de literaturas proféticas e apocalípticas. Por tudo isso a Bíblia não é uma simples antologia. Existe uma unidade que dá coesão ao todo. Uma antologia é compilada por um antologista, mas nenhum antologista compilou a Bíblia.

Em 1967, autoridades israelense confiscaram o maior de todos os manuscritos do mar Morto de seu

Em

1967,

autoridades

israelense

confiscaram

o

maior de todos os

manuscritos do mar Morto

de

seu

proprietário

 

em

Belém.

É

o Manuscrito do

Templo,

com

quase

8,15

metros de comprimento. O documento afirma trazer leis

dadas

por Deus a

Moisés

acerca

da

construção

 

do

Templo,

seu

culto

e

a

conduta

do

rei.

Os

proprietários

 

dos

manuscritos

provavelmente

esperavam

colocar

 

em

prática

essa

leis

quando

Deus

lhes

desse

vitória

a

sobre seus inimigos.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

II.

ÚNICA EM CIRCULAÇÃO

A Bíblia tem sido lida por mais pessoas e publi cada em mais língua do que qualquer outro livro. Existem mais cópias impressas de toda a Bíblia e mais porções e seleções dela do que de qualquer outro livro em toda a história. Em termos absolutos não existe qualquer livro que alcance, ou que mesmo comece a se igualar à Bíblia, em termos de circulação.

O primeiro grande livro a ser impresso foi a "Vulgata" (versão da Bíblia em latim), impressa por Gutemberg (a.D.1450), inventor da imprensa. No período áureo do "Despertamento Evangelístico", entre 1932 a 1966 (aproximadamente), para a atender à demanda, a Sociedade Britânica e estrangeira teve que imprimir "uma cópia a cada três segundos do dia ou da noite; 22 cópias a cada minuto do dia ou da noite; 1.369 cópias a cada hora do dia e da noite; 32.876 cópias diariamente durante o ano. E é bem interessante saber que esse número surpreendente de Bíblias foi despachado para diversas partes do mundo em 4.583 caixas, num peso de 490 toneladas".

III. ÚNICA EM TRADUÇÃO

A Bíblia foi um dos primeiros livros importantes a ser traduzido (Septuaginta: tradução em grego do Antigo Testamento hebraico, por volta de 250 a.C.). A Bíblia tem sido traduzida, retraduzida e parafraseada mais do que qualquer outro livro existente. A Enciclopédia Britânica informa que "até 1966 a Bíblia completa havia aparecido em 240 línguas e dialetos; um ou mais livros da Bíblia em outros 739 idiomas, num total de 1280 línguas". Entre 1950 e 1960 3.000 tradutores da Bíblia estiveram trabalhando na tradução das Escrituras. Os fatos colocam a Bíblia numa condição única ("de cuja espécie não existe outra") em termos de tradução.

O aramaico, língua na qual a carta foi escrita , era usado pelos oficiais do rei

O aramaico, língua na qual a carta foi escrita, era usado pelos oficiais do rei através do Império Persa, fato que se reflete na forma em que as cartas do rei persa estão registradas no livro bíblico de Esdras.

VAMOS LER A BÍBLIA?

A Bíblia contém 31.000 versículos e 1.189 capítulos. Para sua leitura completa são necessárias 49 horas, a saber, 38 horas para a leitura do Velho Testamento e 11 para o Novo Testamento. Para lê-la audivelmente, em velociade normal de fala, são necessárias cerca de 71 horas. Se você deseja lê-la em 1 ano, deve ler apenas 4 capítulos por dia.

A BÍBLIA NO MUNDO

A Bíblia já atravessou 3 mil anos, sendo traduzida em 2167 línguas.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

IV. ÚNICA EM SOBREVIVÊNCIA

Uma porcentagem muito pequena de livros sobrevive além de um quarto de século, e uma porcentagem ainda menor dura um século, e uma porção quase insignificante dura mil anos. A Bíblia, porém, tem sobrevivido em circunstâncias adversas. Em 303 A.D. o imperador Dioclécio decretou que todos os exemplares da Bíblia fossem queimados. A Bíblia é hoje encontrada em mais de mil línguas e ainda é o livro mais lido do mundo.

  • 1. Através dos tempos

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL IV. ÚNICA EM SOBREVIVÊNCIA Uma

Ser escrita em material perecível, tendo que ser copiada e recopiada durante

centenas de anos, antes da invenção da imprensa, não prejudicou seu estilo,

exatidão ou existência. Comparada com outros escritos antigos, a Bíblia possui

mais provas em termos de manuscritos do que, juntos, possuem os dez textos

de literatura clássica com maior número de manuscritos. Os judeus a

preservaram como nenhum outro manuscrito foi jamais preservado. Com a

"massora" (parva, magna e finalis) eles verificavam atentamente cada letra,

sílaba, palavra e parágrafo. Dentro de sua cultura, eles dispunham de grupos de

homens com funções específicas, cuja única responsabilidade era preservar e

transmitir esses documentos com uma fidelidade praticamente perfeita. Estes

eram os "escribas, copistas e massoretas". Quem alguma vez contou as letras,

sílabas e palavras dos textos de Aristóteles ou Platão? De Cícero ou de Sêneca?

  • 2. Em meio às perseguições

Como nenhum outro livro, a Bíblia tem suportado os ataques malévolos de seus inimigos. Muitos têm procurado queimá-la, proibi-la e torná-la ilegal, desde os dias dos imperadores romanos até os dias de hoje, nos países dominados pelo comunismo, islamismo, ou pagãos radicais. Voltaire, o renomado francês, incrédulo, que morreu em 1778, afirmou que, cem anos depois dele o cristianismo estaria varrido da face da terra e teria passado à História. Mas aconteceu que, Voltaire passou à História, ao passo que a circulação da Bíblia continua a aumentar em quase todas as partes do mundo, levando bênçãos aonde quer que vá. Por exemplo, a catedral inglesa em Zanzibar encontra-se edificada no local do antigo mercado de escravos, e a Mesa da Comunhão está posicionada no exato lugar do pelourinho (coluna de pedra, onde os escravos eram julgados criminosos e condenados)! Alguém já expressou com muita propriedade "É mais fácil empregar nossos esforços para interromper a trajetória do sol, do que tentar interromper a circulação da Bíblia. A respeito da presunção de Voltaire, apenas cinqüenta anos depois da sua morte, a Sociedade Bíblica de Genebra usou a gráfica e a residência dele para imprimir pilhas de Bíblias. Que ironia da História! Em 303 A.D. o imperador Diocleciano proclamou um edito para impedir os cristãos de adorarem Deus e para destruir as Escrituras. Eusébio registra o edito proclamado 25 anos após, por Constantino, sucessor de Diocleciano, para que se preparassem 50 cópias das Escrituras às expensas do governo.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • 3. Em meio às críticas

Durante dezoito séculos os incrédulos têm refutado e atacado esse livro, e, no entanto, ele está hoje firme como uma rocha. Aumenta sua circulação, é mais amado, apreciado e lido do que em qualquer outra época. Por mais de mil vezes badalaram os "sinos" anunciando a morte da Bíblia, formou-se o cortejo fúnebre, talhou-se a inscrição na lápide e fez-se a leitura da elegia fúnebre. Mas por alguma maneira o cadáver nunca permaneceu sepultado. Nenhum outro livro tem sido tão atacado, retalhado, vasculhado, examinado e difamado. Que livro de filosofia, religião, psicologia ou literatura do período clássico ou moderno, sofreu um ataque tão maciço como a Bíblia?

Apesar de todos os ataques, a Bíblia é amada, lida e estudada por milhões. Críticas, como por exemplo, da "hipótese documental", que argumenta que o Pentateuco não poderia ter sido escrito por Moisés, pois, segundo esses críticos, na época de Moisés não havia escrita, ruem por terra, pois a arqueologia descobriram o "obelisco negro". Tinha caracteres uniformes e continha as leis de Hamurabi. Era um texto pós-Mosaico? Não! Era pré-Mosaico. E não apenas isso, mas era pelo menos três séculos anteriores a Moisés, o qual supunham que era um homem primitivo e não dispunha de alfabeto. Também falharam os defensores da "hipótese documental" quando asseveravam que não existiam heteus na época de Abraão, pois não existiam outros registros sobre esse povo. Deviam ser um mito. Estavam errados mais uma vez. Fruto da pesquisa arqueológica, hoje existem centenas de referências se sobrepondo umas às outras e cobrindo mais de 1200 anos da civilização dos heteus.

Earl Radmacher, presidente do Seminário Batista Conservador do Oeste, nos Estados Unidos, menciona uma oportunidade em que teve de ouvir Nelson Glueck, um dos três maiores arqueólogos do mundo e que foi reitor do Seminário Teológico Judaico, ligado à Faculdade Hebraica União, da cidade de Cincinnati (também nos Estados Unidos). Disse esse arqueólogo: "Tenho sido acusado de ensinar a inspiração verbal e plena das Escrituras. Quero que fique bem claro que nunca ensinei tal coisa. Tudo o que sempre tenho dito é que em todas as minhas investigações arqueológicas jamais encontrei um único objeto antigo que venha contra dizer qualquer afirmação da Palavra de Deus”.

  • V. ÚNICA NOS ENSINOS

O Alcorão, o Livro dos Mórmons, o Zenda Avesta, os Clássicos de Confúcio, todos tiveram influência no mundo. Estes, porém, conduziram a uma idéia apagada de Deus e do pecado, a ponto de ignorá- los. A Bíblia, porém, tem produzido altos resultados em todas as esferas da vida: na arte, na arquitetura, na literatura, na música, na política, na ciência etc.

  • 1. Proféticos

Wilbor Smith, que formou uma biblioteca pessoal de 25.000 volumes, chegou à conclusão de que "não importa o que alguém pense sobre a autoridade do livro que chamamos de Bíblia e sobre a mensagem que ele apresenta; o fato é que existe uma aceitação generalizada de que, por inúmeras razões, esse é o livro mais notável que já foi produzido nestes aproximadamente cinco mil anos em que a raça humana domina a escrita". "É o único volume já produzido pelo homem, ou por um grupo de homens, em que se encontra um grande corpo de profecias a respeito de nações, em particular de Israel, de todos os povos da terra, de certas cidades e daquEle que viria e deveria ser o Messias. O mundo antigo possuía

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

muitos e diferentes meios para determinar o futuro, o que é conhecido como "prognosticação", mas na totalidade da literatura grega e latina, muito embora empreguem as palavras "profetas" e "profecia", não conseguimos encontrar qualquer profecia real e especifica acerca de um grande acontecimento histórico que deveria ocorrer no futuro distante, nem qualquer profecia acerca de um Salvador que iria surgir no meio da raça humana". O Islamismo é incapaz de indicar qualquer profecia acerca da vinda de Maomé, e que tenha sido pronunciada centenas de anos antes de seu nascimento. De igual modo, os fundadores de quaisquer das seitas existentes no mundo são incapazes de identificar com precisão qualquer texto antigo que tenha predito o surgimento de tal ou tal seita.

  • 2. Históricos

Nos livros bíblicos de 1ª Samuel até 2ª Crônicas encontra-se a história de Israel, cobrindo cerca de cinco séculos. Certamente o povo de Israel manifesta uma capacidade excepcional para a interpretação da história, e o Antigo Testamento representa a descrição da história mais antiga que existe. A tradição nacional hebraica supera todas as outras na maneira clara como descreve a origem tribal e familiar. No Egito e na Babilônia, na Assíria e na Fenícia, na Grécia e em Roma, procuramos em vão por qualquer coisa parecida. Nada há de semelhante na tradição dos povos germânicos.

A Índia e a China também não têm algo parecido para apresentar, visto que suas lembranças históricas mais antigas são registros literários de tradições dinásticas distorcidas, sem que haja menção a criadores de animais ou lavradores que tivessem antecedido o semideus ou rei, com quem esses registros iniciam. Nem nos mais antigos escritos históricos indianos (os Puranas) nem nos primeiros historiadores gregos existe qualquer alusão ao fato de que tanto os indo-arianos como os helenos outrora haviam sido nômades que, vindos do norte, imigraram para as regiões onde se instalaram. A bem da verdade, os assírios se lembravam vagamente de seus primeiros lideres, cujos nomes recordavam sem quaisquer detalhes sobre seus feitos, e que haviam habitado em tendas; mas já fazia muito tempo que os assírios tinham se esquecido de onde vieram.

A "Tabela das Nações", de Gênesis Cap.10*, é um relato histórico surpreendentemente exato. É algo

absolutamente único na literatura antiga, sem qualquer paralelo mesmo entre os gregos

das Nações' permanece sendo um documento surpreendentemente exato

'A Tabela

... Revela, apesar de toda a

... complexidade, uma compreensão tão notavelmente moderna da situação étnica e lingüística do mundo moderno, que os estudiosos jamais deixam de ficar impressionados com o conhecimento do autor sobre o assunto.

  • 3. Na realidade da descrição dos fatos

"A Bíblia não é o tipo de livro que um homem escreveria caso pudesse, nem poderia escrever, caso quisesse". Ela trata com muita franqueza a respeito dos pecados de seus personagens. Leia as biografias escritas hoje em dia e repare como elas tentam esconder, deixar de lado ou ignorar o lado pouco recomendável das pessoas. Veja os maiores gênios da literatura: em sua maioria são descritos como santos. A Bíblia não procede dessa maneira. Ela simplesmente conta a verdade.

Uma tabuinha de argila mostra o al fabeto da escrita ugarítica. Mil e quinhentas tabuinhas que

Uma tabuinha de argila mostra o alfabeto da escrita ugarítica. Mil e quinhentas tabuinhas que usam esse tipo de escrita já foram descobertas.

* Passagem incluída no final do livro (Passagens bíblicas)

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

4. Na denúncia dos pecados

Os pecados do povo (Dt 9:24 - Rebeldes fostes contra o SENHOR, desde o dia em que vos conheci);

Os pecados dos patriarcas (Gen 12:11-13 - Quando se aproximava do Egito, quase ao entrar, disse a Sarai, sua mulher: Ora, bem sei que és mulher de formosa aparência; os egípcios, quando te virem, vão dizer: É a mulher dele e me matarão, deixando-te com vida. Dize, pois, que és minha irmã, para que me considerem por amor de ti e, por tua causa, me conservem a vida; Gn 49:5-7 - Simeão e Levi são irmãos; as suas espadas são instrumentos de violência. No seu conselho, não entre minha alma; com o seu agrupamento, minha glória não se ajunte; porque no seu furor mataram homens, e na sua vontade perversa jarretaram touros. Maldito seja o seu furor, pois era forte, e a sua ira, pois era dura; dividi-los-ei em Jacó e os espalharei em Israel);

Os evangelistas descrevem suas próprias faltas e as dos apóstolos (Mat 8:10-26*; 26:31-56**; Mc 6:52 - porque não haviam compreendido o milagre dos pães; antes, o seu coração estava endurecido; Mc 8:18 - Tendo olhos, não vedes? E, tendo ouvidos, não ouvis? Não vos lembrais; Luc 8:24-25 - Chegando-se a ele, despertaram-no dizendo: Mestre, Mestre, estamos perecendo! Despertando-se Jesus, repreendeu o vento e a fúria da água. Tudo cessou, e veio a bonança. Então, lhes disse: Onde está a vossa fé? Eles, possuídos de temor e admiração, diziam uns aos outros: Quem é este que até aos ventos e às ondas repreende, e lhe obedecem?; Lc 9:40-45 - Roguei aos teus discípulos que o expelissem, mas eles não puderam. Respondeu Jesus: Ó geração incrédula e perversa! Até quando estarei convosco e vos sofrerei? Traze o teu filho. Quando se ia aproximando, o demônio o atirou no chão e o convulsionou; mas Jesus repreendeu o espírito imundo, curou o menino e o entregou a seu pai. E todos ficaram maravilhados ante a majestade de Deus. Como todos se maravilhassem de quanto Jesus fazia, disse aos seus discípulos: Fixai nos vossos ouvidos as seguintes palavras: o Filho do Homem está para ser entregue nas mãos dos homens. Eles, porém, não entendiam isto, e foi-lhes encoberto para que o não compreendessem; e temiam interrogá-lo a este respeito; João 10:6 - Jesus lhes propôs esta parábola, mas eles não compreenderam o sentido daquilo que lhes falava; João 16:32 - Eis que vem a hora e já é chegada, em que sereis dispersos, cada um para sua casa, e me deixareis só; contudo, não estou só, porque o Pai está comigo).

A desordem nas igrejas (1Cor 1:11 - Pois a vosso respeito, meus irmãos, fui informado, pelos da casa de Cloe, de que há contendas entre vós; 1Cor 15:12 - Ora, se é corrente pregar-se que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como, pois, afirmam alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos?; 2Cor 2:4 - Porque, no meio de muitos sofrimentos e angústias de coração, vos escrevi, com muitas lágrimas, não para que ficásseis entristecidos, mas para que conhecêsseis o amor que vos consagro em grande medida, etc.). Muitos indagarão: "Por que tinham que colocar aquele capítulo sobre Davi e Bate-Seba"? Bem, a Bíblia tem o costume de contar a verdade.

VI. ÚNICA NA INFLUÊNCIA SOBRE A LITERATURA

"Se todas as Bíblias de uma cidade grande fossem destruídas, seria possível restaurar o Livro em suas partes essenciais, a partir das citações dele feitas existentes nos livros da biblioteca pública municipal. Existem livros cobrindo quase todos os grandes autores literários, escritos especificamente para mostrar o quanto a Bíblia os influenciou".

*, ** Passagens incluídas no final do livro (Passagens bíblicas)

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

O historiador Philip Schaff descreve de maneira brilhante a singularidade da Bíblia ao apresentar a singularidade do Salvador: "Esse Jesus de Nazaré, sem dinheiro nem armas, conquistou milhões de pessoas em número muito maior do que Alexandre, César, Maomé e Napoleão; sem o conhecimento e a pesquisa científica ele despejou mais luz sobre assuntos materiais e espirituais do que todos os filósofos e cientistas reunidos; sem a eloqüência aprendida nos bancos escolares, ele pronunciou palavras de vida como nunca antes, nem depois foram ditas e provocou resultados que o orador e o poeta não conseguem alcançar; sem ter escrito uma linha, ele pôs em ação mais canetas, e forneceu temas para mais sermões, discursos, livros profundos, obras de arte e música de louvor do que todo o contingente de grandes homens da antigüidade e da atualidade".

Existem questões complexas no estudo da Bíblia, que não tem paralelo com qualquer outra ciência ou ramo do conhecimento humano. A partir dos "pais apostólicos", em 95 A.D., até à época atual corre um largo rio literário, inspirado pela Bíblia. São dicionários bíblicos, enciclopédias bíblicas, léxicos bíblicos, atlas bíblicos e livros de geografia. Pode-se considerá-los como ponto de partida. Então, aleatoriamente, podemos mencionar as enormes bibliografias nos campos de teologia, educação religiosa, hinologia, missões, línguas bíblicas, história da Igreja, biografia religiosa, devocionários, comentários, filosofia da religião, provas do cristianismo, apologética, e assim por diante, parece ser um número interminável.

"É prova da importância dEle, do efeito que Ele tem causado na história e, presumivelmente, do mistério desconcertante, provocado por Ele, que nenhuma outra pessoa que viveu neste planeta tenha sido a razão de um volume tão grande de literatura entre tão grande número de povos e línguas e que, longe de terminar, o nível da inundação continua subindo".

VII. A CONCLUSÃO É ÓBVIA

A

Bíblia

é

única.

A

ela,

nada

é

comparável. A Bíblia é o primeiro livro religioso a ser levado para o espaço sideral (ela foi em forma de microfilme). É o primeiro livro lido que descreve a origem da terra (os astronautas leram Gn 1:1 - "No princípio criou Deus os céus e a terra"). É também um dos livros mais caros (senão o mais caro) A Bíblia Vulgata Latina de Gutenberg custa 100.000 dólares. Os russos venderam o Códice Sinaítico (uma antiga cópia da Bíblia) à Inglaterra por 510.000 dólares (em 1933). E, finalmente, o mais longo telegrama do mundo foi o Novo Testamento na Edição Revista, enviado de New York a Chicago, duas cidades norte-americanas.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL O historiador Philip Schaff descreve

No

fim

de

1946

(novembro ou dezembro)

os

ta'amireh

estão

pastoreando

 

seus

rebanhos em Ain Feshka,

oásis

próximo

ao

Mar

Morto.

Três

 

pastores,

Khalil

Musa,

Juma

Mahoma Khalil

e

Mahoma

Ahmed

el-

Hamed, cognominado ed- Dib (o lobo), descobrem

em

uma

das

grutas

da

região uns jarros de argila e em um deles três rolos.

O relato dos beduínos é impreciso, mas estes rolos devem ser o manuscrito de Isaías (1QIs a ), a Regra da Comunidade (1QS) e o Comentário de Habacuc

(1QpHab).

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

EXERCÍCIOS

(LIÇÃO 2)

  • 1. Fale um pouco sobre a singularidade da Bíblia.

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

  • 2. Dos oito motivos pelos quais a Bíblia é um livro diferente dos demais, cite quatro.

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________

  • 3. Quantos versículos e capítulos tem a Bíblia?

__________________________________________________________________________________

  • 4. Fale sobre a sobrevivência da Bíblia.

__________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

  • 5. O que foi citado sobre o sol em relação à Bíblia?

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

  • 6. Qual foi o primeiro livro a ser levado ao espaço sideral? De que forma?

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESPAÇO RESERVADO PARA SUAS ANOTAÇÕES

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

LIÇÃO 3 COMO MANUSEAR A BÍBLIA

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL LIÇÃO 3 COMO MANUSEAR A

A Bíblia é coleção de livros agrupados por assuntos. Para facilitar a sua consulta ela é dividida em capítulos, versículos e parágrafos. A existência de inúmeras versões da Bíblia nos obriga a uma pesquisa para podermos manusear o livro de Deus com facilidade.

Divisão em capítulos e versículos – A primeira grande divisão da Bíblia é a que a divide em dois testamentos, o Antigo e o Novo. O Antigo tem 39 livros, de Gênesis a Malaquias e o Novo, 27 livros de Mateus ao Apocalipse. Para facilitar a consulta, a Bíblia foi dividida a partir de 1555 em capítulos e versículos. A primeira Bíblia que trouxe essa divisão foi a vulgata Latina. Os capítulos são identificados pelos números maiores no início dos textos, e os versículos, pelos números menores.

A Referência – É a indicação do livro, capítulo, versículo e outras informações necessárias a serem achadas na Bíblia. Exemplo: Rm 11:17.

Rm – Nome do Livro (abreviatura de Romanos).

  • 11 – O primeiro número depois do nome do livro, refere-se ao capítulo.

  • 17 – O número a seguir é o do versículo.

Assim, temos: Rm 11:17 = Livro de Romanos, capítulo 11, versículo 17.

Abreviaturas – O sistema usado pela Sociedade Bíblica do Brasil é o mais indicado pela sua simplicidade e rapidez. Os livros da Bíblia são abreviados com duas letras e sem ponto.Entre capítulo e versículo põe-se apenas um ponto. No índice das bíblias editadas pela SBB pode ver-se a lista dos livros assim abreviados.

  • - A primeira letra da abreviatura é maiúscula. Ex: Jn = Jonas.

  • - Os versículos são separados por vírgulas. Jn 1:3,4.

  • - Os capítulos são separados por ponto e vírgula. Jn 1;3

  • - Usa-se o hífen para indicar o prosseguimento de um capítulo ou um versículo a outro. Jn 1:3-6 (Jonas, capítulo 1. Versículos 3 a 6 (Jonas, capítulo 1 a 3).

Exemplos de referências por esse sistema: - 1 Jo 2:4 ( 1 João, capítulo 2, versículo
Exemplos de referências por esse sistema:
-
1 Jo 2:4
( 1 João, capítulo 2, versículo 4).
-
Jó 2:4
(Jó, capítulo 2, versículo 4).
-
Jn 2:4
(Jonas, capítulo 2, versículo 4)
-
1 Pe 5:5 (1 Pedro, capítulo 5, versículo 5).
-
Fp 1:29
(Filipenses, capítulo 1, versículo 29).
-
Fm v. 14 (Filemom, versículo 14).
Pedaço de pele muito fina, contendo versículos de
Êxodo e de Deuteronômio em escrita minúscula.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

O sistema tradicional adota dois pontos (:) entre capítulo e versículo, não tendo padronização na abreviatura dos livros.

Divisão de parágrafos – Só existe na versão ALMEIDA REVISTA E ATUALIZADA. Os textos que encerram um assunto são iniciados com uma letra em negrito. Veja por exemplo o Salmo 2, que tem 5 parágrafos.

Títulos dos capítulos – São preparados pelos editores e nem sempre estão de acordo com o texto. Serve para, numa rápida passagem, identificar o assunto.

Palavras em itálico – São palavras escritas com um tipo de letra diferente. Não constam dos originais, mas são necessárias para complementar o sentido do texto. Em português, somente a versão ALMEIDA REVISTA E CORRIGIDA da Imprensa Bíblica possui essas palavras. Como exemplo, veja a palavra acerca em Mateus 2:7.

Palavras entre parênteses ou colchetes A Bíblia na versão ALMEIDA REVISTA E

ATUALIZADA traz palavras em colchetes que também não estão nos originais, mas servem para complementar o sentido do texto. Em algumas versões estrangeiras essas palavras aparecem entre parênteses. Veja por exemplo Marcos 5:7,8. Isso só acontece no Novo Testamento.

Explicações nas margens Uma letrinha encontrada ao lado de uma palavra remete à margem onde vai ser encontrado um sinônimo para aquela palavra ou uma explicação que se julgue necessária.

Referências marginais – Um numero pequeno ao lado de uma palavra remete à margem onde se encontram outras referências. Trata-se de outras passagens bíblicas que falam sobre o mesmo assunto.

Indicações nas referências – São informações necessárias para consultar a Bíblia.

“a”

Parte inicial do versículo – Rm 11:17a

“b”

Parte final do versículo – Rm 11:17b

“ss”

Indica os versículos seguintes

“v”

Versículo.

“vv”

Versículos.

“qv”

Recomendação para que veja a referência.

“cf”

Confira.

“i.e”

Isto é.

“vd”

Vide ou Veja.

“cap”

Capítulo (s).

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL O sistema tradicional adota dois

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • I. PRÁTICA PARA O MANUSEIO DA BÍBLIA

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL I. PRÁTICA PARA O MANUSEIO

Apontamentos individuais. Habitue-se a tomar notas de suas meditações na Palavra de Deus. A memória falha com o tempo. Use um livro de folhas soltas (livro de argola) com projeções e índices, para isso. Hoje temos o sistema de informática que facilita bastante, para quem tem um computador em casa, ou no serviço. Se não houver organização nos apontamentos, eles não prestarão serviço algum.

  • 1. Diferença entre texto, contexto, referência, inferência.

    • a) Texto. São as palavras contidas numa passagem.

    • b) Contexto. É a parte que fica antes e depois do texto que estamos lendo. O contexto pode ser imediato ou remoto. Pode ser um versículo, um capítulo ou um livro inteiro, como é o caso de Provérbios.

    • c) Referências. É a conexão direta entre determinado assunto. Além de indicar o livro, capítulo e versículo, a referência pode levar outras indicações; depende da clareza que se queira dar, como:

Indicação da parte inicial de um versículo: Rm 11:17a

Indicação da parte final de um versículo: Rm 11:17b

Indicação de versículos que se seguem ou não até o fim do capítulo em estudo: Rm 11:17ss

Recomendação para não se deixar de ler o texto indicado no momento: “qv.” Vem da expressão latina quod vide = que veja.

Recomendação para que se compare; confira ou confronte o texto indicado: “cf” Vem do latim “confere.

Indicação de mais de um versículo: Rm 11: vv 17,18 e 19

  • d) Inferência. É uma conexão indireta entre assuntos. Uma ilação ou conclusão que se faz; dedução pelo raciocínio. Concluir o assunto.

    • 2. Manuscritos bíblicos e versões da Bíblia.

Manuscritos são cópias dos originais. Versões são traduções de manuscritos.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • 3. Siglas das diferentes versões em vernáculo

O uso dessas siglas poupa tempo e facilita o trabalho do professor ou estudante da Bíblia.

ARC: Almeida Revisada e Corrigida. É a Bíblia antiga de Almeida, que vem sendo impressa desde 1951 pela Imprensa Bíblica Brasileira.

ARA: Almeida Revisada e Atualizada. É a Bíblia de Almeida, revisada e publicada pela SSB (Sociedade Bíblia do Brasil), completa, a partir de 1958.

FIG: Antônio Pereira de Figueiredo. Atualmente é impressa pela Sociedade Bíblica Britânica e Estrangeira, Londres.

SOARES: Matos Soares. Versão popular dos católicos brasileiros (Edições Paulinas).

RHODEN: Huberto Rhoden. Versão particular desse ex-padre brasileiro.

CBSP: Centro Bíblico de São Paulo. Edição católica popular da Bíblia, São Paulo.

TR BR: Tradução Brasileira, publicada inicialmente em 1917.

VIBB: Versão da Imprensa Bíblica Brasileira.

  • 4. Outras siglas

SBB.

Sociedade Bíblica do Brasil

IBB.

Imprensa Bíblica Brasileira

Gr.

Grego

Heb.

Hebraico

Aram. Aramaico

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL 3. Siglas das diferentes versões
  • 5. O tempo cronológico antes e depois de Cristo

É indicado pelas letras:

a.C. = Antes de Cristo. São as iniciais dessas duas palavras.

d.C. = Depois de Cristo. Logo, “d.C.” corresponde a AD, do latim “Anno Domini”, isto é, ano do Senhor, em alusão ao nascimento de Jesus.

AD = Do latim “Anno Domini”, isto é, ano do Senhor, em alusão ao seu nascimento. (ver referência acima)

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

6. Manuseio do volume sagrado

Obtenha completo domínio no manuseio da Bíblia, a fim de encontrar com rapidez qualquer referência bíblica. Jesus tinha essa habilidade. Em Lucas 4:17 diz: "Então, lhe deram o livro do profeta Isaías, e, abrindo o livro, achou o lugar onde estava escrito:”. Ora, naquele tempo, isso era muito mais difícil do que hoje, com o progresso da indústria gráfica, visto que naquele tempo os livros tinham a forma de rolos. Não era tão fácil achar a passagem que se queria.

II.

QUANTO AO ESTUDO DA BÍBLIA

Conhecemos a Deus, de fato, não primeiramente estudando a Bíblia, mas amando-O de todo o coração, crescendo em comunhão com Ele (Jo 14:21 - Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele; Jo 14:23 - Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada; 1Jo 4:7 - Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.).

A Bíblia é destinada ao coração (para ser amada), e à mente (para ser estudada, entendida - Hb 10:16 - Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei no seu coração as minhas leis e sobre a sua mente as inscreverei).

É nulo o conhecimento espiritual destituído de fé (Hb 4:2 - Porque também a nós foram anunciadas as boas-novas, como se deu com eles; mas a palavra que ouviram não lhes aproveitou, visto não ter sido acompanhada pela fé naqueles que a ouviram).

Esse é um trecho do Comentário de Habacuque, um dos primeiros manuscritos do mar Morto encontrado.

Esse é um trecho do Comentário de Habacuque, um dos primeiros manuscritos do mar Morto encontrado. O autor identificou personagens da profecia bíblica com pessoas de seu tempo. Nesse trecho, diz o autor que Habacuque 2.15 refere-se ap "ímpio sacerdote que perseguiu mestre da justiça para engoli-lo".

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESPAÇO RESERVADO PARA SUAS ANOTAÇÕES

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

EXERCÍCIOS

(LIÇÃO 3)

  • 1. Como ficou definida a divisão da Bíblia?

______________________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

  • 2. Quais são as informações necessárias para consultar a Bíblia? Explique o que cada uma indica.

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

  • 3. O que significam as siglas “a.C”, “d.C”, “A.D.”, “ARC”, “ARA”, “Gr.”, “Heb” e “Aram.”

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

  • 4. Qual o sistema de abreviatura mais apropriado? Porque?

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESPAÇO RESERVADO PARA SUAS ANOTAÇÕES

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

LIÇÃO 4 A IMPORTÂNCIA DAS ESCRITURAS SAGRADAS

Por milênios Deus se revelou ao homem através de suas obras, isto é, a Criação (Rm 1:20 - Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis; Sl 19:1-6 - Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. Um dia discursa a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. Não há linguagem, nem há palavras, e deles não se ouve nenhum

som; no entanto, por toda a terra se faz ouvir a sua voz, e as suas palavras, até aos confins do mundo. Aí, pôs uma tenda para o sol, o qual, como noivo que sai dos seus aposentos, se regozija como herói, a percorrer o seu caminho. Principia numa extremidade dos céus, e até à outra vai o seu percurso; e nada refoge ao seu calor). Porém, segundo o seu propósito chegou o tempo em que Ele desejava alcançar o homem com uma revelação maior, o que o fez de forma dupla:

  • a) Através da Bíblia – A Palavra Escrita

  • b) Através de Cristo – A Palavra viva (Jo 1:1 - No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus). Esta dupla revelação é mui especial e tornou-se necessária devido a queda do homem.

Desse modo, o estudo das Escrituras se impõe como o principal meio do homem natural vir a conhecer a Deus e a sua vontade para com a sua vida, e do crente conhecer o propósito santificador de Deus para si e para todos os salvos.

De acordo como mostra esta lição, a importância do estudo das escrituras se revela com quádruplo propósito:

  • a) Prepara o crente para responder àqueles que lhe pedem a razão da esperança que nEle há (1Pe 3:15 - antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós);

  • b) Faz o obreiro aprovado quanto ao correto manejo da palavra da verdade (2Tm 2:15 - Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade);

  • c) Acresce a fé do crente, quanto ao fato de que as Escrituras são a infalível Palavra de Deus (Is 34:16 - Buscai no livro do SENHOR e lede: Nenhuma destas criaturas falhará, nem uma nem outra faltará; porque a boca do SENHOR o ordenou, e o seu Espírito mesmo as ajuntará);

  • d) Dá luz e entendimento aos simples (Sl 119:130 - A revelação das tuas palavras esclarece e dá entendimento aos simples)

Portando, que Deus o acompanhe passo a passo ao longo do estudo desta lição, e o faça mais habilitado para realizar a Sua obra na terra.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • I. A NECESSIDADE DO ESTUDO DAS ESCRITURAS

A necessidade do estudo das Escrituras está implícita nos seguintes textos:

1Pe 3:15 -

...santificai

a Cristo, como Senhor, em

vossos corações, estando sempre preparados para

responder aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós”. (Esse tipo de preparo vem pelo estudo das Escrituras).

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL I. A NECESSIDADE DO ESTUDO

2Tm 2:15 -

apresentar-te a Deus, aprovado, como obreiro que não tem de que se

envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade”.

Is 34:16 - Buscai o livro do Senhor, e lede; nenhuma destas criaturas falhará, nem uma nem outra faltará; porque a boca do Senhor o ordenou, e o seu Espírito mesmo as ajuntará”.

Sl 119:130 - A revelação das tuas palavras esclarece, e dá entendimento aos simples”.

O estudo destes versículos nos conduz a dois pontos de suma importância, que são:

II.

PORQUE DEVEMOS ESTUDAR A BÍBLIA

a) Ela é o único manual do crente na vida cristã e no trabalho do Senhor

O crente foi salvo para servir ao Senhor (1Pe 2:9 - Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; Ef 2:10 - Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas). Sendo a Bíblia o livro-texto do cristão, é imperioso que este maneje-a bem para o eficiente desempenho de sua missão (2Tm 2:15 - Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade). Um bom profissional sabe empregar bem as ferramentas de seu ofício. Essa eficiência não é automática; vem pelo estudo e prática. Assim deve ser o crente em relação ao seu manual – a Bíblia. Entre as promessas de Deus, temos o que diz Is 55:11 - assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • b) Ela alimenta nossas almas

    • - “Mt 4:4 -

Jesus, porém, respondeu: Está escrito: não só de pão viverá o homem, mas de toda

palavra que procede da boca de Deus”.

  • - “Jr 15:16 - Achadas as tuas palavras, logo as comi; as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração, pois pelo teu nome sou chamado, ó Senhor, Deus dos Exércitos”.

  • - “1Pe 2:2 - Desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que por ele vos seja dado crescimento para salvação”.

Não há dúvida que o estudo da Palavra de Deus traz nutrição e crescimento espiritual. Ela é tão indispensável à alma, como o pão ao corpo. Nas passagens citadas, ela é comparada ao alimento, porém, este só nutre o corpo quando é absorvido pelo organismo. O texto de 1Pe 2:2 fala do intenso apetite pela Palavra divina. Bom apetite pela Bíblia é sinal de saúde espiritual.

  • c) Ela é o instrumento que o Espírito Santo usa (Ef 6:17*)

Se em nós houver abundancia da Palavra de Deus, o Espírito Santo terá o instrumento com que operar. É preciso meditar nela (Sl 1:2 - Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite; Js 1:8 - Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido). É preciso deixar que ela domine todas as esferas da nossa vida, nossos pensamentos, nosso coração e assim molde todo o nosso viver diário. Em suma: precisamos ficar saturados da Palavra de Deus.

Um requisito primordial para Deus responder nossas orações é estarmos possuídos da sua Palavra. Aqui está em parte, a razão de muitas orações não serem respondidas: desinteresse pela Palavra de Deus (Jo 15:7 - Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito). Pelo menos três fatos estão implícitos aqui:

  • a) Na oração precisamos apoiar nossa fé nas promessas de Deus, e essas promessas estão na Bíblia.

  • b) Por sua vez, a Palavra de Deus produz fé em nós (Rm 10:17 - E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo); e

  • c) Devemos fazer nossas petições segundo a vontade de Deus (1Jo 5:14 - E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve), e um dos meios de saber-se a vontade de Deus é através da Palavra de Deus.

Na vida cristã e no trabalho do Senhor em geral, o Espírito Santo só nos lembra o texto bíblico preciso, se o conhecermos (Jo 14:26 - mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito). É possível o aluno ser lembrado de algo que não sabe? É evidente que não. Portanto, o Espírito Santo quer não somente encher o crente, mas também encontrar nele o instrumento com que operar a Palavra de Deus.

Ter o Espírito e não conhecer a Palavra conduz ao fanatismo. (Pessoas assim querem usar o Espírito Santo, em vez de permitir que Ele as use.) Estes dois extremos são igualmente perigosos.

*Ef 6:17 - Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • d) Ela enriquece espiritualmente a vida do cristão (Sl 119:72*)

Essas riquezas vem pela revelação do Espírito, primeiramente. (Ef 1:17 - para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno

conhecimento dele) A pessoa que procurar entender a Bíblia somente através da capacidade intelectual, muito cedo desistirá da leitura. Só o Espírito de Deus conhece as coisas de Deus (1Co 2:10 - Mas Deus no-lo revelou pelo Espírito; porque o Espírito a todas as coisas perscruta, até mesmo as profundezas de Deus). Um renomeado expositor cristão informa que há 32.000 promessas na Bíblia toda! Pense que fonte de riqueza há aí! Entre as riquezas derivadas da Bíblia está a formação do caráter ideal, bem como a formação da vida cristã. É a Bíblia a melhor diretriz de conduta humana; a melhor formadora de caráter. Os princípios que modelam nossa vida devem proceder dela.

A falta de correta e pronta orientação espiritual, dentro da Palavra de Deus, especialmente quanto a novos convertidos, tem resultado em inúmeras vidas desequilibradas e doentias pelo resto da existência, as quais só um milagre de Deus pode reajustar.

A Bíblia é a revelação de Deus à humanidade. Tudo que Deus tem para o homem e requer do homem, e tudo que o homem precisa saber espiritualmente da parte de Deus, quanto a sua redenção, conduta cristã e felicidade eterna, está revelado na Bíblia. Tudo o que o homem tem a fazer é tomar “O Livro” e apropriar-se dele pela fé. O autor da Bíblia é Deus, seu real interprete é o Espírito Santo, e seu tema central é o Senhor Jesus Cristo.

III. COMO DEVEMOS ESTUDAR A BÍBLIA

Estudar é mais que ler; é aplicar a mente a um assunto, de modo sistemático e constante. A Bíblia deve ser estudada e não apenas lida. Com o propósito de ajudá-lo a tirar o máximo de proveito dela, lhe damos cinco passos seguintes a serem seguidos:

  • a) Leia a Bíblia conhecendo seu autor

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL d) Ela enriquece espiritualmente a

Isto é de suprema importância. É a melhor maneira de estudar a Bíblia. Ela é o único livro cujo autor está presente quando se lê. O autor de um livro pode explicá-lo como ninguém. É preciso conhecer e amar o autor do livro. Façamos como Maria, que aprendia aos pés do Mestre (Lc 10:39 - Tinha ela uma irmã, chamada Maria, e esta quedava-se assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os ensinamentos). Aos pés do Mestre ainda é o melhor lugar para o aluno. Bendito e santo lugar!

  • b) Leia a Bíblia diariamente (Dt 17:19**)

Esta regra é excelente. È estimado que 90% dos crentes não lêem a Bíblia diariamente; portanto, não é de admirar haver tantos deles frios e infrutíferos nas igrejas. Mais do que isto: são anãos, raquíticos, mundanos, carnais e indiferentes, nervosos, iracundos. Sem crescimento espiritual da nossa parte, Deus não nos revelará suas verdades profundas (Jo 16:12 - Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora; Hb 5:12 - Pois, com efeito, quando devíeis ser mestres, atendendo ao

*Salmos 119:72 - Para mim vale mais a lei que procede de tua boca do que milhares de ouro ou de prata. **Dt 17:19 - 19 E o terá consigo e nele lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer o SENHOR, seu Deus, a fim de guardar todas as palavras desta lei e estes estatutos, para os cumprir.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

tempo decorrido, tendes, novamente, necessidade de alguém que vos ensine, de novo, quais são os princípios elementares dos oráculos de Deus; assim, vos tornastes como necessitados de leite e não

de alimento sólido; Mc 4:33 - E com muitas parábolas semelhantes lhes expunha a palavra, conforme o permitia a capacidade dos ouvintes). É de admirar haver pessoas que acham tempo para ler, ouvir e ver tudo, menos a Palavra de Deus. Resultado: “comem” tanto outras coisas que perdem o apetite pelas coisas de Deus.

  • c) Ler a Bíblia com a melhor atitude mental e espiritual.

A atitude correta é esta: a) Estudar a Bíblia como a Palavra de Deus, e não como um livro qualquer; b) Estudar a Bíblia com o coração e em atitude devocional, e não apenas com o intelecto. As riquezas da Bíblia são para os humildes que temem ao Senhor (Tg 1:21 - Portanto, despojando-vos de toda impureza e acúmulo de maldade, acolhei, com mansidão, a palavra em vós implantada, a qual é poderosa para salvar a vossa alma). Quanto maior for a nossa comunhão com Deus, mais humildes seremos. Os galhos mais carregados de frutos são os que mais se abaixam. É preciso ler a Bíblia crendo sem duvidar do seu ensino. A dúvida ou a descrença cega o leitor (Lc 24:25 - Então, lhes disse Jesus: Ó néscios e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram!).

  • d) Leia a Bíblia com oração, devagar, meditando.

Assim têm feito os servos de Deus no passado a exemplo de Davi (Sl 119:12 - Bendito és tu, SENHOR; ensina-me os teus preceitos; Sl 119:18 - Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei) , Daniel (Dn 9:21-23 - Falava eu, digo, falava ainda na oração, quando o homem Gabriel, que eu tinha observado na minha visão ao princípio, veio rapidamente, voando, e me tocou à hora do sacrifício da tarde. Ele queria instruir-me, falou comigo e disse: Daniel, agora, saí para fazer-te entender o sentido. No princípio das tuas súplicas, saiu a ordem, e eu vim, para to declarar, porque és mui amado; considera, pois, a coisa e entende a visão) . O caminho ainda é o mesmo. Na presença do Senhor em oração, as coisas incompreensíveis são esclarecidas (Sl 73:16,17 - Em só refletir para compreender isso, achei mui pesada tarefa para mim; até que entrei no santuário de Deus e atinei com o fim deles). A meditação aprofunda o sentido. Muitos lêem a Bíblia para estabelecer recorde de leitura somente. Ao leres a Bíblia, aplica-a primeiro a ti próprio, senão não haverá virtude nenhuma.

  • e) Leia a Bíblia toda.

É a única maneira de conhecermos a verdade completa dos assuntos tratados na Bíblia, visto que a revelação de Deus mediante ela é progressiva. Como o irmão pensa compreender um livro que nem sequer o leu todo ainda? Nunca estaremos

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL tempo decorrido, tendes, novamente, necessidade

formados. Seremos sempre alunos (Rm 11:33,34 - Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são

os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro?; 1Co 13:12 - Porque, agora, vemos como em espelho, obscuramente; então, veremos face a face. Agora, conheço em parte; então, conhecerei como também sou conhecido; Dt 29:29 - As coisas encobertas pertencem ao SENHOR, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem, a nós e a nossos filhos, para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei). Portanto, há dificuldades na Bíblia, mas o problema é do lado humano. O Espírito Santo que conhece as profundezas de Deus pode ir revelando o conhecimento da verdade, à medida que buscamos a Sua face e andarmos mais perto dEle.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESPAÇO RESERVADO PARA SUAS ANOTAÇÕES

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

EXERCÍCIOS

(LIÇÃO 4)

  • 1. Cite a dupla forma em que Deus se revelou ao homem e explique-as.

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

  • 2. Qual é o quadruplo propósito do estudo das escrituras sagradas?

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

  • 3. Transcreva os Quatro textos sobre a necessidade do estudo das Escrituras e procure decorá-los.

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • 4. Cite os motivos porque devemos estudar a Bíblia.

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

  • 5. De que maneiras devemos estudar a Bíblia? Cite um versículo acompanhando cada uma.

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

LIÇÃO 5 REVELAÇÃO

Definição

É a operação divina que comunica ao homem fatos que a razão humana é insuficiente para conhecer. É, portanto a operação divina que comunica a verdade de Deus ao homem. É Deus falando aos homens. (1Co 2:10 - Mas Deus no-lo revelou pelo Espírito; porque o Espírito a todas as coisas perscruta, até mesmo as profundezas de Deus).

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL LIÇÃO 5 REVELAÇÃO Definição É
  • I. PROVAS DA REVELAÇÃO

O diabo foi o primeiro ser a pôr em dúvida a existência da revelação: “É assim que Deus disse?” (Gn 3:1 - Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o SENHOR Deus tinha feito, disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?). Mas a Bíblia é a Palavra de Deus. Vejamos alguns argumentos:

II.

MEIOS DE REVELAÇÃO

  • 1. Pela natureza (Rm 1:18-21 - A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça; porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis; porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se- lhes o coração insensato.; Sl 19 - Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. Um dia discursa a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. Não há linguagem, nem há palavras, e deles não se ouve nenhum som; no entanto, por toda a terra se faz ouvir a sua voz, e as suas palavras, até aos confins do mundo. Aí, pôs uma tenda para o sol, o qual, como noivo que sai dos seus aposentos, se regozija como herói, a percorrer o seu caminho. Principia numa extremidade dos céus, e até à outra vai o seu percurso; e nada refoge ao seu calor. A lei do SENHOR é perfeita e restaura a alma; o testemunho do SENHOR é fiel e dá sabedoria aos símplices. Os preceitos do SENHOR são retos e alegram o coração; o

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

mandamento do SENHOR é puro e ilumina os olhos. O temor do SENHOR é límpido e permanece para sempre; os juízos do SENHOR são verdadeiros e todos igualmente, justos. São mais desejáveis do que ouro, mais do que muito ouro depurado; e são mais doces do que o mel e o destilar dos favos. Além disso, por eles se admoesta o teu servo; em os guardar, há grande recompensa. Quem há que possa discernir as próprias faltas? Absolve-me das que me são ocultas. Também da soberba guarda o teu servo, que ela não me domine; então, serei irrepreensível e ficarei livre de grande transgressão. As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, SENHOR, rocha minha e redentor meu!).

  • 2. Pela providência (Rm 8:28 - Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.; At 14:15-17 - Senhores, por que fazeis isto? Nós também somos homens como vós, sujeitos aos mesmos sentimentos, e vos anunciamos o evangelho para que destas coisas vãs vos convertais ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar e tudo o que há neles; o qual, nas gerações passadas, permitiu que todos os povos andassem nos seus próprios caminhos; contudo, não se deixou ficar sem testemunho de si mesmo, fazendo o bem, dando-vos do céu chuvas e estações frutíferas, enchendo o vosso coração de fartura e de alegria.).

  • 3. Pela preservação do universo (Cl 1:17 - Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste; Hb 1:3 - Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser, sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas; At 17:25 - Nem é servido por mãos humanas, como se de alguma coisa precisasse; pois ele mesmo é quem a todos dá vida, respiração e tudo mais; At 17:28 - pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos, como alguns dos vossos poetas têm dito: Porque dele também somos geração).

  • 4. Através de milagres (Jo 2:11 - Com este, deu Jesus princípio a seus sinais em Caná da Galiléia; manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele., Ex. 4:1-9 - Respondeu Moisés: Mas eis que não crerão, nem acudirão à minha voz, pois dirão: O SENHOR não te apareceu. Perguntou-lhe o SENHOR: Que é isso que tens na mão? Respondeu-lhe: Um bordão. Então, lhe disse: Lança -o na terra. Ele o lançou na terra, e o bordão virou uma serpente. E Moisés fugia dela. Disse o SENHOR a Moisés: Estende a mão e pega-lhe pela cauda (estendeu ele a mão, pegou-lhe pela cauda, e ela se tornou em bordão); para que creiam que te apareceu o SENHOR, Deus de seus pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. Disse-lhe mais o SENHOR: Mete, agora, a mão no peito. Ele o fez; e, tirando -a, eis que a mão estava leprosa, branca como a neve. Disse ainda o SENHOR: Torna a meter a mão no peito. Ele a meteu no peito, novamente; e, quando a tirou, eis que se havia tornado como o restante de sua carne. Se eles te não crerem, nem atenderem à evidência do primeiro sinal, talvez crerão na evidência do segundo. Se nem ainda crerem mediante estes dois sinais, nem te ouvirem a voz, tomarás das águas do rio e as derramarás na terra seca; e as águas que do rio tomares tornar-se- ão em sangue sobre a terra.).

  • 5. Por comunicação direta (At 22:17-21 - Tendo eu voltado para Jerusalém, enquanto orava no templo, sobreveio-me um êxtase, e vi aquele que falava comigo: Apressa-te e sai logo de Jerusalém, porque não receberão o teu testemunho a meu respeito. Eu disse: Senhor, eles bem sabem que eu encerrava em prisão e, nas sinagogas, açoitava os que criam em ti. Quando se derramava o sangue de Estêvão, tua testemunha, eu também estava presente, consentia nisso e até guardei as vestes dos que o matavam. Mas ele me disse: Vai, porque eu te enviarei para longe,

aos gentios; Nm 12:8 - 8 Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a forma do SENHOR; como, pois, não temestes falar contra o meu servo, contra Moisés?; Dt 34:10

  • - Nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, com quem o SENHOR houvesse tratado face a face).

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • 6. Através de Encarnação (Jo 1:14 - E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai; Hb 1:1 - Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas; Jo 8:26 - Muitas coisas tenho para dizer a vosso respeito e vos julgar; porém aquele que me enviou é verdadeiro, de modo que as coisas que dele tenho ouvido, essas digo ao mundo; Jo 15:15 - Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer).

  • 7. Através da Bíblia (1Jo 5:9-12 - Se admitimos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior; ora, este é o testemunho de Deus, que ele dá acerca do seu Filho. Aquele que crê no Filho de Deus tem, em si, o testemunho. Aquele que não dá crédito a Deus o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus dá acerca do seu Filho. E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no seu Filho. Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.).

III. REVELAÇÃO QUANTO A NATUREZA

Sua unidade, formação e harmonia: Pois embora tenha sido escrito por uns quarenta autores diferentes, por um período de 1.600 anos, ela revela ser um livro único que expressa um só sistema doutrinário e um só padrão moral, coerentes e sem contradições.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL 6. Através de Encarnação (
  • 1. Sua preservação. Uma porcentagem muito pequena de livros sobrevive além de um quarto de século, e uma porcentagem ainda menor dura um século, e uma porção quase insignificante dura mil anos. A Bíblia, porém, tem sobrevivido em circunstâncias adversas. Em 303 A.D. o imperador Dioclécio decretou que todos os exemplares da Bíblia fossem queimados. A Bíblia é hoje encontrada em mais de mil línguas e ainda é o livro mais lido do mundo.

  • 2. Sua superioridade. Ela é superior a qualquer outro livro do mundo. O mundo, com sua sabedoria e vasto acúmulo de conhecimento nunca foi capaz de produzir um livro que chegue perto de se comparar a Bíblia. É um livro honesto, pois revela fatos sobre a corrupção humana, fatos que a natureza humana teria interesse em acobertar.

  • 3. Sua influência. O Alcorão, o Livro dos Mórmons, o Zenda Avesta, os Clássicos de Confúncio, todos tiveram influência no mundo. Estes, porém, conduziram a uma idéia apagada de Deus e do pecado, a ponto de ignorá-los. A Bíblia, porém, tem produzido altos resultados em todas as esferas da vida: na arte, na arquitetura, na literatura, na música, na política, na ciência etc.

  • 4. Argumento da Analogia: Os animais inferiores expressam com suas vozes seus diferentes sentimentos. Entre os racionais existe uma presença correspondente, existe comunicação direta de um para o outro, uma revelação de pensamentos e sentimentos. Consequentemente é de se esperar que exista, por analogia da natureza, uma revelação direta de Deus para com o homem. Sendo o homem criado à Sua imagem, é natural supor que o Criador sustente relação pessoal com Suas criaturas racionais.

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

  • 5. Argumento da Experiência: O homem é incapaz por sua própria força descobrir que:

    • 1. Precisa ser salvo.

    • 2. Pode ser salvo.

    • 3. Como pode ser salvo.

    • 4. Se salvação.

Somente a revelação pode desvendar estes mistérios eternos. A experiência do homem tem demonstrado que a tendência da natureza humana é degenerar-se e seu caminho ascendente se sustém unicamente quando é voltado para cima em comunicação direta com a revelação de Deus.

  • 6. Argumento da Profecia Cumprida: Muitas profecias a respeito de Cristo se cumpriram integralmente, sendo que a mais próxima do primeiro advento, foi pronunciada 165 anos antes de seu cumprimento. As profecias a respeito da dispersão de Israel também, se cumpriram (Dt 28*; Jr 15:4 - Entregá- los-ei para que sejam um espetáculo horrendo para todos os reinos da terra; por causa de Manassés, filho de Ezequias, rei de Judá, por tudo quanto fez em Jerusalém; Jr l6:13 - Portanto, lançar-vos-ei fora desta terra, para uma terra que não conhecestes, nem vós nem vossos pais, onde servireis a outros deuses, de dia e de noite, porque não usarei de misericórdia para convosco.; Os 3:4 - Porque os filhos de Israel ficarão por muitos dias sem rei, sem príncipe, sem sacrifício, sem coluna, sem estola sacerdotal ou ídolos do lar, etc); Da conquista de Samaria e preservação de Judá (Is 7:6-8 - Subamos contra Judá, e amedrontemo- lo, e o conquistemos para nós, e façamos reinar no meio dele o filho de Tabeal. Assim diz o SENHOR Deus: Isto não subsistirá, nem tampouco acontecerá. Mas a capital da Síria será Damasco, e o cabeça de Damasco, Rezim, e dentro de sessenta e cinco anos Efraim será destruído e deixará de ser povo; Os 1:6,7 - Tornou ela a conceber e deu à luz uma filha. Disse o SENHOR a Oséias: Põe-lhe o nome de Desfavorecida, porque eu não mais tornarei a favorecer a casa de Israel, para lhe perdoar. Porém da casa de Judá me compadecerei e os salvarei pelo SENHOR, seu Deus, pois não os salvarei pelo arco, nem pela espada, nem pela guerra, nem pelos cavalos, nem pelos cavaleiros; 1Rs 14:15 - Também o SENHOR ferirá a Israel para que se agite como a cana se agita nas águas; arrancará a Israel desta boa terra que dera a seus pais e o espalhará para além do Eufrates, porquanto fez os seus postes-ídolos, provocando o SENHOR à ira). Do cativeiro babilônico sobre Judá e Jerusalém (Is 39:6 - Eis que virão dias em que tudo quanto houver em tua casa, com o que entesouraram teus pais até ao dia de hoje, será levado para a Babilônia; não ficará coisa alguma, disse o SENHOR; Jr 25:9-12 - eis que mandarei buscar todas as tribos do Norte, diz o SENHOR, como também a Nabucodonosor, rei da Babilônia, meu servo, e os trarei contra esta terra, contra os seus moradores e contra todas estas nações em redor, e os destruirei totalmente, e os porei por objeto de espanto, e de assobio, e de ruínas perpétuas. Farei cessar entre eles a voz de folguedo e a de alegria, e a voz do noivo, e a da noiva, e o som das mós, e a luz do candeeiro. Toda esta terra virá a ser um deserto e um espanto; estas nações servirão ao rei da Babilônia setenta anos. Acontecerá, porém, que, quando se cumprirem os setenta anos, castigarei a iniqüidade do rei da Babilônia e a desta nação, diz o SENHOR, como também a da terra dos caldeus; farei deles ruínas perpétuas).

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

Sobre a destruição final de Samaria (Mq 1:6-9 - Por isso, farei de Samaria um montão de pedras do campo, uma terra de plantar vinhas; farei rebolar as suas pedras para o vale e descobrirei os seus fundamentos. Todas as suas imagens de escultura serão despedaçadas, e todos os salários de sua impureza serão queimados, e de todos os seus ídolos eu farei uma ruína, porque do preço da prostituição os ajuntou, e a este preço volverão. Por isso, lamento e uivo; ando despojado e nu; faço lamentações como de chacais e pranto como de avestruzes. Porque as suas feridas são incuráveis; o mal chegou até Judá; estendeu-se até à porta do meu povo, até Jerusalém.).

Sobre a restauração de Jerusalém (Jr 29:10-14 - Assim diz o SENHOR: Logo que se

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Sobre a destruição final de

Datada no século VII a.C., esta tabuinha de argila coberta de inscrições, a décima primeira da versão assíria da Epopéia de

cumprirem para a Babilônia setenta anos, atentarei para vós outros e cumprirei para convosco a minha boa palavra, tornando a trazer-vos para este lugar. Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais. Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. Buscar-me- eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração. Serei achado de vós, diz o SENHOR, e farei mudar a vossa sorte; congregar-vos-ei de todas as nações e de todos os lugares para onde vos lancei, diz o SENHOR, e tornarei a trazer-vos ao lugar donde vos mandei para o exílio), etc.

Gilgamés, contém o relato babilônico do dilúvio.

  • 7. Reivindicações da Própria Escritura: A própria Bíblia expressa sua infalibilidade, reivindicando autoridade. Nenhum outro livro ousa fazê-lo. Encontramos essa reivindicação nas seguintes expressões: “Disse o Senhor a Moisés” (Ex 14:1,15,26; 16:4; 25:1; Lv.1:1; 4:1; 11:1; Nm 4:1; 13:1; Dt 32:48) “O Senhor é quem fala” (Is 1:2); “Disse o Senhor a Isaías” (Is 7:3); “Assim diz o Senhor” (Is.43:1). Outras expressões semelhantes são encontradas: “Palavra que veio a Jeremias da parte do Senhor” (Jr 11:1); “Veio expressamente a Palavra do Senhor a Ezequiel” (Ez 1:3); “Palavra do Senhor que foi dirigida a Oséias” (Os 1:1); “Palavra do Senhor que foi dirigida a Joel” (Jl 1:1), etc. Expressões como estas são encontradas mais de 3.800 vezes no Velho Testamento. Portanto o A.T. afirma ser a revelação de Deus, e essa mesma reivindicação faz o Novo Testamento (1Co 14:37 - Se alguém se considera profeta ou espiritual, reconheça ser mandamento do Senhor o que vos escrevo; 1Ts 2:13 - Outra razão ainda temos nós para, incessantemente, dar graças a Deus: é que, tendo vós recebido a palavra que de nós ouvistes, que é de Deus, acolhestes não como palavra de homens, e sim como, em verdade é, a palavra de Deus, a qual, com efeito, está operando eficazmente em vós, os que credes; 1Jo 5:10 - Aquele que crê no Filho de Deus tem, em si, o testemunho. Aquele que não dá crédito a Deus o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus dá acerca do seu Filho; 2Pe 3:2 - para que vos recordeis das palavras que, anteriormente, foram ditas pelos santos profetas, bem como do mandamento do Senhor e Salvador, ensinado pelos vossos apóstolos).

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESPAÇO RESERVADO PARA SUAS ANOTAÇÕES

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

_____________________________________________________________

IGREJA PENTECOSTAL O PODER DE JESUS CRISTO - ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

EXERCÍCIOS

(LIÇÃO 5)

  • 1. Escreva com suas palavras sobre a “Revelação”.

_____________________________________________________________