You are on page 1of 2

# Introdução à Matemática Financeira ## Fundamentos conceituais 1. **Capital** Capital é o valor investido ou emprestado sobre o qual juros renderão.

Essencialment e, os juros são calculados por meio da multiplicação de uma taxa por esse capital. 2. **Juros** É o valor pago ou recebido pelo uso do dinheiro. A *taxa de juros* corresponde a u m valor, normalmente menor que um, que se multiplica pelo *capital* a fim de se obter o valor total dos juros. Essa operação de multiplicação pode ocorrer *n* vezes, o que se convenciona chamar *número de períodos da operação* e valor por que se multiplica a taxa de juros, o *capital* pode ser o capital inicial ou este mais os *juros* do período anterior. 3. **Capitalização** A palavra *capitalização* refere-se ao fato de serem adicionados, ou não, os juros cal culados no período anterior ao *capital* usado na operação de cálculo dos juros do período atual, também dito *período corrente*. A *capitalização* pode ser simples ou composta. 3. ***Capitalização simples***: é aquela em que os juros são calculados, a qualq uer período, por meio da multiplicação do *capital inicial* pela taxa de juros. 3. ***Capitalização composta***: é aquela em que os *juros* do primeiro período da operação são adicionados ao *capital inicial* para cálculo do período seguinte e assim sucessivamente para todos os outros períodos. --------------------------------------------

## Tipos de taxas de juros Taxas de juros são afetadas por sua unidade de *referência* e por sua unidade de *ca pitalização*. A taxa de capitalização informa qual é o período de capitalização dos juros. Po nto, se uma taxa é de 2%, capitalizada mensalmente, isso significa que, a cada mês, dois porcento do valor do *capital* é dado como juros. A taxa de referência, por out ro lado, nada diz a respeito da capitalização, mas tem uma função *nominativa*, ou seja, serve, como o próprio nome diz, como referência para cálculo da taxa que será capitaliz ada. Portanto, se uma taxa é de 12% ao ano, capitalizada mensalmente, isso signifi ca que os juros são ***mensais***, mas que a taxa *anual* será usada como referência p ara que se encontre qual é o valor da taxa mensal. Como visto na seção anterior a respeito de *capitalização*, uma taxa de juros pode ser s imples ou composta. Por outro lado, taxas podem, também, ser proporcionais ou equi valentes. ***Taxas proporcionais*** Duas taxas de juros são ditas *proporcionais* quando, se aplicado um mesmo *capita l* às duas taxas, obtem-se, após o mesmo período, ***montantes*** iguais no regime de *capitalização **simples***. Por exemplo, as taxas 12% ao ano e 1% ao mês são ditas *pro porcionais*, o que significa que, se forem investidos R$1.000,00 à taxa de 1% ao mês durante 24 meses, será obtido o mesmo resultado que se obteria se o investimento do mesmo *capital* for feito à taxa de 12% ao ano por um período de dois anos no reg ime de *capitalização simples*. **Montante:** Valor que será obtido após a soma do capital inicial com todos os juro s calculados no decorrer do tempo da operação. É importante lembrar que os juros somen te existem **se o tempo se passar**. O tempo é *fato gerador* dos juros. ***Taxas equivalentes*** Existe uma *pequena* diferença entre taxas proporcionais e equivalentes. Essa dife rença diz respeito à forma de capitalização dos juros. Duas taxas de juros são ditas *equivalentes* quando, se aplicado um mesmo *capital * às duas taxas, obtem-se, após o mesmo período, ***montantes*** iguais no regime de *

00 à taxa de 1% ao mês durante 24 meses. .000. Por exemplo. ### Pergunta: 1% ao mês e 12% ao ano são equivalentes ou proporcionais? Saber se a capitalização é simples ou composta é fundamental para a resolução de questões ine entes à matemática financeira. pois pode facilitar os cálculos e. pois essa informação define a forma de cálculo dos juros. A inda. esta ocorre a uma taxa diferente da uni dade de referência. muitas vezes. Existem outras classificações de taxas. se forem investidos R$1.capitalização **composta***. uma operação com taxa nominal de 12% ao ano e capitalização mensal. Esses conceitos surgem do fato de que a unidade d e capitalização de uma determinada taxa pode ser igual ou diferente de sua unidade d e referência. viabilizá-los. que é o *ano*. ***Taxas nominais*** Nas taxas nominais. o que significa que. as taxas 12% ao ano e 1% ao mês são ditas *equ ivalentes*. Por exemplo. Independen te de ser capitalização simples ou composta. dentre as quais se destacam os termos *taxas nominais* e *taxas efetivas*. será obtido o mesmo resultado que se obteria se o investimento d o mesmo *capital* for feito à taxa de 12% ao ano por um período de dois anos no regi me de *capitalização simples*. saber se duas taxas são equivalentes ou proporcionais também é uma informação releva nte. a unidade de referência não é a mesma da unidade de capitalização.