You are on page 1of 5

RACIOCÍNIO LÓGICO I. CONCEITOS INICIAIS 1. PROPOSIÇÃO: É todo o conjunto de palavras ou símbloso que expremimem um pensamento de sentido completo. Ex.

: O Brasil é um país da América do Sul. 1.1. Princípios: a) Da não contradição  Não pode ser V ou F simultaneamente; b) Do 3º excluído  Só pode ter dois valores verdade, V ou F; c) Da identidade  Ou é V ou é F.

2. CONECTIVOS: Proposições simples (átomos) combinam-se com outras, ou são modificadas por operadores (conectivos), gerando novas sentenças (moléculas). ^ corresponde a v corresponde a v corresponde a => corresponde a <=> corresponde a -. ou ~ corresponde a “E” “ou” “ou, ou” “então” “se somente se” “não”

A partir de uma proposição podemos construir outra correspondente com a sua negação, e com duas ou mais, podemos formar: ^ v v => <=> -. ou ~ Exemplo: “ Se Cacilda é estudiosa então ela passará no ARFB “ - Sejam as proposições: P = “Cacilda é estudiosa” Q= “Ela passará no AFRB” - Representando: Se p então q  p=>q CONJUNÇÕES: DISJUNÇÕES: DISJ. EXCLUSIVA: CONDICIONAIS: BICONDICIONAIS: NEGAÇÃO A^B (Lê-se; A e B) AvB (Lê-se; A ou B) AvB (Lê-se; ou A ou B) A=>B (Lê-se; Se A então B) A<=>B (Lê-se; A se somente se B) A~B (Lê-se; não é verdade que A)

1

nos demais casos. TABELA VERDADE . resultado necessário. Ex.Valor verdade de P=>Q .: Eu te darei uma bola ou te darei uma bicicleta. (Se p então q) = Condicional p V V F F q V F V F pvq V F V V . então p é falso e vice-versa.: Eu te darei uma bola e uma bicicleta. 2 . A. * Quando a primeira for verdadeira e a segunda falsa ela será falsa. * Uma disjunção exclusiva só será verdadeira quando uma das partes for falsa e a outra verdadeira. e nos demais casos será verdadeira.3. se somente se VAL(P) = V e VAL(Q) = F. D. Ex. então sou paraense. verdadeira.Valor verdade de PvQ – (p ou q) = Disjunção p V V F F q V F V F pvq V V V F .: Se nasci em Belém.O Valor de pvq é tal que VAL(PvQ) é falso se somente se VAL(P) e VAL(Q) são falsos.Valor verdade de PvQ – (ou p ou q) = Disjunção Exclusiva p V V F F q V F V F pvq V V V F .O Valor de p^q é tal que VAL(P^Q) é verdade se somente se VAL(P) e VAL(Q) são verdade. Ex.O Valor de pvq é tal que VAL(PvQ) é verdadeiro se somente se VAL(P) diferente de VAL(Q). E falsa.Valor verdade de p: P P V F F V A negação de uma proposição é ela própria.Valor verdade de p^q – (p e q) = Conjunção p V V F F q V F V F p^q V F F F . nos demais casos. C.: Ou te darei uma bola ou te darei uma bicicleta. * Uma conjunção só será verdadeira quando ambas as partes que a compõe também forem verdadeiras. * Uma disjunção será falsa quando as duas partes forem falsas. B.O Valor de p=>q é tal que VAL(P=>Q) = F. Ex. de maneira que se p é verdade.

NEGAÇÃO = Partícula “não”  PROPOSIÇÃO SIMPLES: Basta colocar “não” antes da sentença.Valor verdade de P<=>Q .O Valor de p<=>q é tal que VAL(P<=>Q) = V.: Não é verdade que João é médico e Pedro é dentista: 1º João não é médico 2º Pedro não é dentista 3º trocar o “e” por “ou”. 3º Trocar “e” por “ou” Ex. 3º Trocar “ou” por “e” Ex. A) Negação de uma conjuntiva = ~(p^q) 1º Negar p. * A bicondicional só será verdadeira quando as duas proposições forem V ou F.: João é médico = João não é médico Obs.: Eduardo fica alegre se e somente se Mariana sorri. F.E. Resultado = João não é médico ou Pedro não é dentista.: Se a sentença original for negativa exclui-se a partícula “não. Ou seja: ~(pvq) = ~p^~q 3 . Ou seja: ~(p^q) = ~p^~q B) Negação de uma conjuntiva = ~(pvq) 1º Negar p. Ex. (p se somente se q) = Bicondicional p V V F F q V F V F pvq V F F V . A solução logicamente equivalente é: 1º Pedro não é dentista 2º Paulo não é engenheiro 3º Pedro não é dentista e Paulo não é engenheiro. 2º Negar q.: Não é verdade que João é médico ou Paulo é engenheiro. se somente se VAL(P) e VAL(Q) têm os mesmos valores verdade. p ~p V F F V  PROPOSIÇÃO COMPOSTA: Para negar é necessário observar a estrutura em que se encontra a proposição original. Ex. 2º Negar q. nos demais casos será Falso.

Ou seja: ~(pvq) = ~p^~q ~= Não é verdade que P = Pedro não está em Roma v = ou Q= Paulo esta em paris Resultado final = Não é verdade que Pedro não esta em Roma ou Paulo está em Paris. então levarei o guarda-chuva”? 1º Chove 2º eu não levo o guarda chuva Resultado = “Chove e eu não levo o guarda-chuva”. e 2º Negar q. ESQUEMA DE RELAÇÕES 4 . 1º Pedro está em Roma 2º Paulo não está em Paris Resultado parcial = Não é verdade que Pedro está em Roma e Paulo não está em Paris. então Paulo está em Paris.C) Negação de uma condicional = ~(p->q) 1º Manter p.2: Não é verdade que. Trocando o “e” pelo “ou”. Ou seja: ~(p->q) = p^~q Ex. Ex. se Pedro está em Roma.: Qual a negativa de: “Se chover.

5 .