1

Funções


Definição

Diz-se que uma variável y é uma função de uma variável x, quando a cada valor
de x corresponda, mediante certa lei, um valor de y.







Se indica y = f(x)

A lei que estabelece a correspondência entre os valores de x e y é chamada de
função.

x variável independente

y variável dependente

Campo de existência da função é o conjunto da variável independente.

Classificação dos intervalos: Dados dois números reais a e b, sendo a < b,

a) intervalo fechado: [a, b] a s x s b
b) intervalo aberto: (a,b) a < x < b
c) intervalo aberto e fechado: (a, b] ou [a, b) a < x s b ou a s x < b

Função explícita: Quando a relação que estabelece a correspondência entre x e y,
aparece sob a forma y = f(x) (y = x
2
-5x + 1).

Função implícita: Quando a função aparece sob a forma f(x,y) = 0 (y
5
– xy
2
+ 1 = 0).

Funções algébricas: Quando pode ser colocada sob a forma implícita f(x,y) = 0, onde
f(x,y) é um polinômio inteiro em x e y. Em outras palavras, uma função f é chamada de
algébrica se puder ser construída usando-se operações algébricas (como adição,
subtração, multiplicação, divisão e extração de raízes).

Exemplo: 1 1
2 2 3 2
= + ¬ ÷ = y x x y

0 2
2
2
2
= ÷ + ÷ ¬
÷
÷
= x xy y x
x x
x
y

x

a
f(x)

f(a)
2
Função racional: É uma função algébrica explícita quando pode ser expressa sob a
forma
) (
) (
x g
x f
y = , com f(x) e g(x) = 0

a) Racional inteira: quando g(x) se reduz a uma constante.
b) Racional fracionária: Quando g(x) não se reduz a uma constante.

Função irracional: quando colocada sob a forma f(x,y) = 0, f(x,y) é de grau superior ao
primeiro, em relação a y.

Exemplo: y = x
2
– 3x + 1 racional inteira
2xy = y + 3x
2
+ x – 5 racional fraccionaria
2x – y
2
+ xy -1 = 0 irracional

Funções transcendentes: Quando a função não é algébrica.

Exemplo: y = log x y = sen x y = arcsen x y = e
x



Representação de funções usuais

Função linear: y = ax + b (a = coeficiente angular, b = coeficiente linear)

0 1 2 3 4 5
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
¢
y
2
-y
1
x
2
-x
1
y = 2x + 1
y
x

b (coeficiente linear): Se calcula fazendo x = 0. Este coeficiente esta relacionado com o
deslocamento da reta. b = 1.

a (coeficiente angular): a = 2
1
2
2 3
5 7
1 2
1 2
= =
÷
÷
=
÷
÷
=
A
A
x x
y y
x
y


3
Este coeficiente nós dá a inclinação da reta. Quanto maior for a, maior a inclinação da
linha reta.

a = tan ¢ =
adjacente cateto
oposto
cos
cateto sen
=
¢
¢


Função potencia: y = x
n
, onde n é um número inteiro.

Definida em - · < x < + ·

Quando n > 0 (n = 0, 1, 2, ...) as gráficas representam parábolas de diferentes graus.
Quando n < 0 (n = -1, -2, ...) as gráficas representam hipérboles de diversos graus.

0 1 2 3 4 5
0
2
4
6
8
10
y = x
2
(parábola)
y
x
1 2 3 4 5
0,0
0,2
0,4
0,6
0,8
1,0
y = x
-2
(hipérbole)


Função Polinômio: y = a
n
x
n
+ a
n-1
x
x-1
+ ...+ a
2
x
2
+ a
1
x + a
0


onde n é um inteiro não negativo, e os números a
0
, a
1
, a
2
,..., na são constantes chamadas
coeficientes do polinômio. O domínio de qualquer polinômio é 9 = (-·, ·). Se o
coeficiente dominante na = 0, então o grau do polinômio é n. Por exemplo, a função

2 x
5
2
4x 2x P(x)
3 6
+ + + = é um polinômio de grau 6.

Função do segundo grau: ax
2
+ bx + c

Cálculo das raízes ou zeros da função (y = 0):
a
ac b b
x
2
4
2
2 , 1
÷ ± ÷
= (fórmula de
Baskara).
4
A = b
2
– 4ac (descriminante)

Caso 1: Quando A > 0, a função tem duas raízes (ou zeros), e y tem o mesmo sinal do
coeficiente a para valores exteriores às raízes, e o sinal contrário para valores
interiores às raízes.

Caso 2: Quando A = 0, a função tem uma raiz (ou um zero), e y tem o sinal do
coeficiente a para x =
a
b
2
(raiz da função)

Caso 3: A < 0, a função não tem raízes (ou zeros) e y tem o sinal de a em todo o
intervalo de x.

Concavidade: Para a >0, a concavidade sempre é para cima.
Para a < 0, a concavidade sempre é para baixo.

Módulo. Função Modular

Definição

Sendo 9 e x , define-se módulo ou valor absoluto de x, que se indica por x , por meio
da relação

¦
¹
¦
´
¦
< ÷ =
> =
0
0
x se x x
x se x x


Isso significa que:

1) o módulo de um número real não negativo é igual ao próprio número;
2) o módulo de um número real negativo é igual ao oposto desse número.

Assim, por exemplo, temos:

3 3
2 2
5
3
5
3
0 0
7 7
2 2
+ = +
+ = ÷
+ = ÷
=
+ = ÷
+ = +


Propriedades

Decorrem da definição as seguintes propriedades:
5
a x a a x
y x y x y x
y x y x y x
x x x
x x x
y x y x y x
x x
x x
s s ÷ · > s
9 e ¬ ÷ s ÷
9 e ¬ + s +
9 e ¬ s
9 e ¬ =
9 e ¬ · = ·
= · =
9 e ¬ >
0
, ,
, ,
,
,
, ,
0 0
, 0
2
2


a x a x a x > ÷ s · > > ou 0

Uma aplicação de 9em 9 recebe o nome de função modular ou modular quando a
cada x e 9 associa o elemento 9 e x .

x x f = ) (
¹
´
¦
s ÷
>
= ¬
0 se
0 se
) (
x x
x x
x f


Função exponencial: y = a
x
(a é uma constante, a >0)

Lei dos Expoentes

Se a, b forem números positivos e x e y, números reais quaisquer, então

1-
y x y x
a a a =
+
2-
y
x
y x
a
a
a =
÷


3-
xy y x
a a = ) ( 4-
x x x
b a ab = ) (


A função é positiva e cresce monotonamente, 0 s x s +·, quando a > 1.

A função decresce monotonamente, 0 s x s +·, quando 0 < a < 1.

6
0 1 2 3 4 5
0
4
8
12
16
20
24
28
32
função crescente
y = 2
x
y
x
0 1 2 3 4 5
0,0
0,2
0,4
0,6
0,8
1,0
função decrescente
y = 0,5
x
x
y


Função logarítmica: y = log
a
x (a > 0, a = 1)

Definida para 0 < x < +·

y = log
a
x ¬ a
y
= x

0 1 2 3 4 5
-0,4
-0,2
0,0
0,2
0,4
0,6
0,8
a = 10
y = log
a
x
y
x


7

Leis dos Logaritmos

Se x e y forem números positivos, então,

real) número qualquer é (onde log ) ( log
log log ) ( log
log log ) ( log
r x r x
y x
y
x
y x xy
a
r
a
a a a
a a a
=
÷ =
+ =


O número e

Nas funções exponenciais a escolha de uma base a pesa muito como a função y = a
x

cruza o eixo y. As fórmulas do cálculo ficam muito simplificadas quando escolhemos
para a base a aquela para a qual resulta uma reta tangente y = a
x
em (0,1) com uma
inclinação exatamente 1. Esse número existe e é denotado como pela letra e (número de
Euler).


-2 -1 0 1 2
0
2
4
6
8
10
y
x
y = 2
x
(m = 0,07)
y = 3
x
(m = 1,1)
y = e
x
(m = 1)


Funções Trigonométricas

Estas funções são utilizadas para descrever fenômenos periódicos, principalmente as
funções seno e co-seno. Em cálculo se convenia usar sempre a medida de ângulos em
radianos (exceto quando explicitamente mencionado).


8
Os ângulos podem ser medidos em graus ou radianos (abreviados por rad). O ângulo
dado pela revolução completa tem 360
0
, ou 2t rad. Portanto,

0
180 ÷ rad t

Função Inversa

Uma função f é chamada função um a um se ela nunca assume o mesmo valor duas
vezes; isto é,

f(x
1
) = f(x
2
) sempre que x
1
= x
2


Seja uma função um a um a um conjunto com domínio A e imagem B. Então sua função
inversa f
-1
tem domínio B e imagem A, sendo definida por

f
-1
(y) = x f(x) = y

Exemplo: y = x
2
x = y
y = 5
x
x = y
5
log
V =
3
3
4
R t R =
3
4
3
t
V


0 50 100 150 200 250 300 350
-0,8
-0,4
0,0
0,4
0,8
1,2


y
x
sen(x)
cos(x)

9
0 20
0
20
y = x
y
x
e
x
ln(y)


Exemplos de funções trigonométricas (sen(x) e cos(x)) e funções inversas (e
x
e ln(y)).



Exercícios

1- Esboce a seguinte função y = 3x + 5. Diga os valores dos coeficientes a e b.

2- O seguinte gráfico representa uma função linear. A partir do mesmo calcule: a) o
coeficiente angular e b) o coeficiente linear.

0 1 2 3 4 5
-14
-12
-10
-8
-6
-4
-2
0
2
4
y
x


10
3- Biólogos observaram que a taxa de canto dos grilos de uma certa espécie
aparentemente está relacionada com a temperatura. A tabela mostra as taxas de
canto para várias temperaturas.

Temperatura (
0
F) Taxa de canto (canto / min)
50 20
55 46
60 79
65 91
70 113
75 140
80 173
85 198
90 211

a) Faça um mapa de dispersão dos dados.
b) Encontre e faça um gráfico da reta de regressão.
c) Use o modelo linear da parte (b) para estimar a taxa de canto a 100
0
F.

4- Calcule os zeros da seguinte função quadrática, y = x
2
– 7x + 12. Diga se a
concavidade da parábola é para cima ou para baixo.

5- Usando a função quadrática, y = x
2
– 10x + 21, diga se A é menor, igual ou
maior que zero. Explique a relação existente entre o valor de A e o sinal da
função. Calcule também as raízes da função.

6- Esboce os gráficos das seguintes funções:

1- y = ln e
x
2- y = e
ln x


Descreva e explique o que você vê.
7- Qual das seguintes funções representa um crescimento exponencial e qual, um
decaimento exponencial?

a) P = 2 e
0,2 t

b) P = 2 e
-0,73 t

c) P = 10 e
-t t


8- Provar que se
2
1 2
) (
÷
+
=
x
x
x f , então f[f(x)] = x
9- Provar que se f(x) =
x
x
1
+ , então f(a) = f( )
1
a

10- Use uma calculadora para fazer o gráfico das seguintes polinômios cúbicos.
Quais têm a mesma forma geral que o de y = x
3
.

a) y = x
3
– x
2
– 2x + 2
b) y = x
3
– 3x
2
+ 3x + 2
c) y= -x
3
– x
2
– 2x +2

11
11- A função de Heaviside H é definida por,

{
0 0
0 1
) (
<
>
=
t se
t se
t H


Essa função é usada no estudo de circuitos elétricos para representar o surgimento
repentino de corrente elétrica, ou voltagem, quando uma chave é instantaneamente
ligada.

a) Esboce o gráfico da voltagem V(t) em um circuito quando é ligada uma chave
em t = 0 e 120 volts forem aplicados instantaneamente no circuito. Escreva uma
fórmula de V(t) em termos de H(t).
b) Esboce o gráfico da voltagem V(t) em um circuito quando é ligada uma chave
em t = 5 segundos e 240 volts são aplicados instantaneamente no circuito.
Escreva uma fórmula para V(t) em termos de H(t). (Note que começar em t = 5
corresponde a uma translação).

y) é de grau superior ao primeiro. a (coeficiente angular): a = y y 2  y1 7  5 2    2 x x2  x1 3  2 1 2 .Função racional: É uma função algébrica explícita quando pode ser expressa sob a f ( x) forma y  . Este coeficiente esta relacionado com o deslocamento da reta. Função irracional: quando colocada sob a forma f(x. Exemplo: y = x2 – 3x + 1 2xy = y + 3x2 + x – 5 2x – y2 + xy -1 = 0 racional inteira racional fraccionaria irracional Funções transcendentes: Quando a função não é algébrica. em relação a y.y) = 0. b) Racional fracionária: Quando g(x) não se reduz a uma constante. b = 1. com f(x) e g(x)  0 g ( x) a) Racional inteira: quando g(x) se reduz a uma constante. b = coeficiente linear) 11 10 9 8 7 6 y = 2x + 1 y 5 4 3 2 1 0 0 1 2  y2-y1 x2-x1 3 4 5 x b (coeficiente linear): Se calcula fazendo x = 0. f(x. Exemplo: y = log x y = sen x y = arcsen x y = ex Representação de funções usuais Função linear: y = ax + b (a = coeficiente angular.

Quanto maior for a. a1.) as gráficas representam parábolas de diferentes graus.. Quando n < 0 (n = -1..0 0.0 2 1 2 3 4 5 0 0 1 2 3 4 5 x Função Polinômio: y = anxn + an-1xx-1 + . ). 2 Baskara). na são constantes chamadas coeficientes do polinômio. então o grau do polinômio é n.. a2. maior a inclinação da linha reta.2 0. -2. Por exemplo. 5 Função do segundo grau: ax2 + bx + c Cálculo das raízes ou zeros da função (y = 0): x1. 10 8 y=x (parábola) 1. onde n é um número inteiro.8 2 6 y 0. e os números a0.4 y=x (hipérbole) -2 0. Se o coeficiente dominante na  0..6 4 0. a = tan  = sen cateto oposto  cos  cateto adjacente Função potencia: y = xn.Este coeficiente nós dá a inclinação da reta.. Definida em . < x < +  Quando n  0 (n = 0.. ..) as gráficas representam hipérboles de diversos graus. 3  b  b 2  4ac  2a (fórmula de . O domínio de qualquer polinômio é  = (-. 1.+ a2x2 + a1x + a0 onde n é um inteiro não negativo.. a função P(x)  2x 6  4x  2 3 x  2 é um polinômio de grau 6. 2. ...

Assim. a função não tem raízes (ou zeros) e y tem o sinal de a em todo o intervalo de x. Função Modular Definição Sendo x   . temos:  2  2  7  7 0 0  3 3  5 5  2  2  3  3 Propriedades Decorrem da definição as seguintes propriedades: 4 . 2) o módulo de um número real negativo é igual ao oposto desse número. a função tem duas raízes (ou zeros). define-se módulo ou valor absoluto de x. a função tem uma raiz (ou um zero). a concavidade sempre é para cima. por meio da relação  x  x se x  0    x   x se x  0  Isso significa que: 1) o módulo de um número real não negativo é igual ao próprio número. e y tem o mesmo sinal do coeficiente a para valores exteriores às raízes. e y tem o sinal do b coeficiente a para x  (raiz da função) 2a Caso 3:  < 0. Módulo. a concavidade sempre é para baixo. Caso 2: Quando  = 0. que se indica por x . Concavidade: Para a >0. por exemplo. e o sinal contrário para valores interiores às raízes. = b2 – 4ac (descriminante) Caso 1: Quando  > 0. Para a < 0.

x. quando a > 1. x.a x y a a x y 2. quando 0 < a < 1. 0  x  +. x.(a x ) y  a xy 4. b forem números positivos e x e y.x  0. x   x  y  x  y . A função decresce monotonamente.(ab) x  a x b x A função é positiva e cresce monotonamente.  x se x  0 f ( x)  x  f ( x )    x se x  0 Função exponencial: y = ax (a é uma constante. y   x  y  x  y . x   x 0 x0 x  y  x  y . a >0) Lei dos Expoentes Se a. y   x  a  0  a  x  a x  a  0  x  a ou x  a Uma aplicação de  em  recebe o nome de função modular ou modular quando a cada x   associa o elemento x   . 5 . então 1. x   2 x  x . 0  x  +. números reais quaisquer. y   x  x 2 .a x y ax  y a 3.

0 28 y=2 24 20 x y = 0.0 0 1 2 3 4 5 x x Função logarítmica: y = log a x (a > 0. a  1) Definida para 0 < x < + y = log a x  ay = x 0.6 y função crescente 12 8 y 16 função decrescente 0.2 0.4 y 0.2 -0.4 0.4 0 1 2 3 4 5 x 6 .8 x 0.0 -0.6 0.8 y = logax a = 10 0.32 1.2 4 0 0 1 2 3 4 5 0.5 0.

07) x y = 3 (m = 1. 7 .1) com uma inclinação exatamente 1. Esse número existe e é denotado como pela letra e (número de Euler).1) x y = e (m = 1) x 8 6 y 4 2 0 -2 -1 0 1 2 x Funções Trigonométricas Estas funções são utilizadas para descrever fenômenos periódicos. Em cálculo se convenia usar sempre a medida de ângulos em radianos (exceto quando explicitamente mencionado). 10 y = 2 (m = 0.Leis dos Logaritmos Se x e y forem números positivos. principalmente as funções seno e co-seno. então. As fórmulas do cálculo ficam muito simplificadas quando escolhemos para a base a aquela para a qual resulta uma reta tangente y = ax em (0. log a ( xy )  log a x  log a y x log a ( )  log a x  log a y y log a ( x r )  r log a x (onde r é qualquer número real) O número e Nas funções exponenciais a escolha de uma base a pesa muito como a função y = ax cruza o eixo y.

8 0 50 100 150 200 250 300 350 x 8 .Os ângulos podem ser medidos em graus ou radianos (abreviados por rad). Portanto.2 0. isto é. ou 2 rad.4 0. Então sua função inversa f-1 tem domínio B e imagem A. sendo definida por f-1(y) = x Exemplo: y = x2 y = 5x V= x= y x = log 5 y R= 3 f(x) = y 4 3 R 3 3V 4 1.8 sen(x) cos(x) 0.4 -0.  rad  180 0 Função Inversa Uma função f é chamada função um a um se ela nunca assume o mesmo valor duas vezes.0 y -0. O ângulo dado pela revolução completa tem 3600. f(x1)  f(x2) sempre que x1  x2 Seja uma função um a um a um conjunto com domínio A e imagem B.

Exercícios 1. 4 2 0 -2 -4 y -6 -8 -10 -12 -14 0 1 2 3 4 5 x 9 .Esboce a seguinte função y = 3x + 5.20 e ln(y) y = x x y 0 0 20 x Exemplos de funções trigonométricas (sen(x) e cos(x)) e funções inversas (ex e ln(y)). A partir do mesmo calcule: a) o coeficiente angular e b) o coeficiente linear. 2.O seguinte gráfico representa uma função linear. Diga os valores dos coeficientes a e b.

A tabela mostra as taxas de canto para várias temperaturas.73 t c) P = 10 e- t 2x  1 . 7.2 t b) P = 2 e-0.Calcule os zeros da seguinte função quadrática.Esboce os gráficos das seguintes funções: 1. então f[f(x)] = x x2 1 1 9. 5. 8.Qual das seguintes funções representa um crescimento exponencial e qual.Provar que se f(x) = x  . Temperatura (0F) 50 55 60 65 70 75 80 85 90 Taxa de canto (canto / min) 20 46 79 91 113 140 173 198 211 a) Faça um mapa de dispersão dos dados. y = x 2 – 7x + 12. diga se  é menor. c) Use o modelo linear da parte (b) para estimar a taxa de canto a 100 0F.Provar que se f ( x)  a) y = x3 – x2 – 2x + 2 b) y = x3 – 3x2 + 3x + 2 c) y= -x3 – x2 – 2x +2 10 . 6. Quais têm a mesma forma geral que o de y = x3. Diga se a concavidade da parábola é para cima ou para baixo. Explique a relação existente entre o valor de  e o sinal da função.Use uma calculadora para fazer o gráfico das seguintes polinômios cúbicos. y = x2 – 10x + 21. então f(a) = f( ) x a 10. um decaimento exponencial? a) P = 2 e0.Biólogos observaram que a taxa de canto dos grilos de uma certa espécie aparentemente está relacionada com a temperatura. 4.3.Usando a função quadrática.y = eln x Descreva e explique o que você vê.y = ln ex 2. Calcule também as raízes da função. igual ou maior que zero. b) Encontre e faça um gráfico da reta de regressão.

(Note que começar em t = 5 corresponde a uma translação). Escreva uma fórmula para V(t) em termos de H(t).A função de Heaviside H é definida por. Escreva uma fórmula de V(t) em termos de H(t). b) Esboce o gráfico da voltagem V(t) em um circuito quando é ligada uma chave em t = 5 segundos e 240 volts são aplicados instantaneamente no circuito. 11 . a) Esboce o gráfico da voltagem V(t) em um circuito quando é ligada uma chave em t = 0 e 120 volts forem aplicados instantaneamente no circuito. quando uma chave é instantaneamente ligada. ou voltagem.11. 0 se 0 H (t )  1 se tt0 Essa função é usada no estudo de circuitos elétricos para representar o surgimento repentino de corrente elétrica.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful