You are on page 1of 54

BUDISMO

INTRODUÇÃO

O Ensinamentos do Budismo

Encontrar a passagem por onde se pode atravessar para a outra margem, ou seja, encontrar a salvação.

OS SEIS REINOS

Seres dos infernos (sânsc. naraka, nairayika);
Fantasmas famintos (ou espíritos carentes, sânsc. preta); Animais (sânsc. tiryak, tiryagyona).

Na parte de cima, estão os três reinos superiores:

Deuses (sânsc. deva);
Semideuses (ou antideuses, deuses invejosos, demônios covardes, titãs, sânsc. asura); Humanos (sânsc. manushya).

A DIFUSÃO DO BUDISMO

Theravada Essa escola acredita representar o budismo em sua forma original.

Mahayana Mahayana significa o “grande veículo” e tem-se a crença de que é possível levar todas as pessoas à redenção.

O Budismo Tibetano Os budistas tibetanos acreditam que eles representam à doutrina original.

O Lamaísmo No Tibet o budismo muitas vezes é chamado lamaísmo, nome dado aos líderes espirituais, em geral monges.

Zen-budismo O zen-budismo se baseia na iluminação do Buda

SIDDHARTA GAUTAMA O Primeiro Buda .

nasceu Siddharta Gautama no Himalaia. rei da casta dos Sákyas. Era filho de Sudhodhana .SIDDHARTA GAUTAMA  Por volta do século V ou VI antes de Cristo. . Perdeu a mãe e foi criado pela tia. e deveria por obrigação herdar o trono paterno.

o salvador do mundo. Percebendo a aura iluminada da criança e os 32 sinais em seu corpo. o eremita revelou aquilo que tinha previsto: “O pequeno príncipe. após a juventude. o ermitão Asita decidiu visitá-lo no palácio. se abandonar os prazeres do mundo e ingressar na senda mística. se permanecer no palácio. indispensáveis para se tornar um Buda. tornar-se-á um Buddha.A visita do ermitão Asita  Sabendo do nascimento do príncipe. Entretanto.” . tornar-se-á um grande rei e governará o mundo.

e seguir a linhagem real.A visita do ermitão Asita  O pai Suddhodhana levou em consideração apenas a possibilidade de Siddharta tornar-se rei. .

procurando a verdade por trás das coisas. este acabou sendo atacado por uma ave de rapina. Ao voar em velocidade. Em um passeio com o pai. No solo havia um verme que era devorado por um pássaro. Siddhartha presenciou uma cena que lhe chamou a atenção. essa ave foi atingida por uma flecha  . Refletia sobre o significado da vida e do mundo. ao alçar vôo.O que leva os seres vivos a se matarem entre si?  Siddharta era dotado de uma inteligência aguda e de uma hipersensibilidade.

mas sabia que ninguém estava livre do sofrimento. .O que leva os seres vivos a se matarem entre si?  Então questionou: “O que leva os seres vivos a se matarem entre si?” Não conseguia entender a tragédia que assolava a vida de todos.

O rei ordenara que ele vivesse em total isolamento. tirando os velhos e doentes das ruas. sem poder deixar as dependências do palácio. Todas as vezes que saíam às ruas. Seu pai o cobria com confortos.O Medo do Cumprimento da Auto Profecia  Siddhartha se casou com sua prima e teve um filho. Sentindo que seu filho crescia insatisfeito com a vida luxuosa e temendo que a profecia sobre ser Buda pudesse se realizar. o rei mandava limpar a cidade.  .

A Saída do Castelo  Um dia Siddhartha resolveu sair sem avisar o pai. não sendo reconhecidos por ninguém. E as pessoas idosas são descartadas do convívio social. Mais adiante. Buscando descobrir o segredo dessa serenidade para doá-la ao mundo. tendo um semblante de dor e sofrimento. à beira da morte. deixando-o mais perplexo com relação ao sofrimento que as pessoas carregavam. Foi na serenidade desse monge que Siddhartha percebeu a existência de uma saída para conduzir o despertar. Primeiramente avistou um idoso deixando-o muito impressionado. A quarta visão foi a de um homem que apesar de fraco e pobre. tinha um semblante sereno e tranqüilo. dessa forma.    . Ele e o seu servo estavam vestidos com roupas comuns. conheceu a realidade da cidade. O sevo lhe informou que aquele era o destino de todos nós. Siddhartha viu um homem fraco. Esse monge parecia ter entendido o significado da vida. Depois avistou uma procissão de enterro.

“Mesmo que o sangue se esgote. mesmo que os ossos caiam em pedaços. não arredarei os pés daqui.“ Sentado em posição meditativa esvaziou o pensamento e não deteve-se em forma alguma de apego. até que encontre o caminho da iluminação. mesmo que a carne se decomponha.O caminho para a Iluminação  Siddhartha percebeu que as austeridades físicas não eram o caminho para se alcançar a libertação e que a privação excessiva debilitara seu organismo e o impossibilitara de meditar como deveria.    . afastando-o cada vez mais de seu verdadeiro objetivo. Abandonado à própria sorte. sem se deixar abater pelo desânimo. Siddhartha resolveu iniciar um novo período de meditação. pelo qual havia renunciado à vida mundana.

Que nada existe por si mesmo. Todos os seres humanos com suas qualidades e defeitos não apresentam diferença alguma de qualquer outro Buda. ele obteve a perfeita Iluminação. ao viver em uma existência conturbada por causa de sua mente.O caminho para a Iluminação  Siddhartha permaneceu assim por vários dias. Na manhã de lua cheia de dezembro. o que gera o estado de confusão. todos os seres estão harmoniosamente unidos. Que no Cosmos. sob a sombra de uma figueira. Alcançou todos os graus de realização incluindo total onisciência e adquirindo o conhecimento de todo o seu ciclo de mortes e renascimentos. no momento que olhava o planeta Vênus brilhando no céu oriental. traz uma pesada camada de ilusão. Passou por várias formas de distrações. Então. nem pode a natureza de alguma coisa ser conhecida senão conforme se relaciona com o Cosmos.   . E dessa ignorância mental que o homem deve ser salvo. a consciência se torna iluminada. Siddhartha tornou-se Buda. É exatamente isso que todos os budistas procuram alcançar. Entretanto. nas margens do rio. mas conseguiu resistir à todas. Percebeu que toda realidade é uma só. Aos 35 anos. Com a luz do Cosmos. uma luz começou a brilhar no meio de sua testa.

passar e se acabar.O caminho para a Iluminação  De acordo com o lama nepalês Dzawa Rimponche ( atual Dalai Lama). resolveu ensinar o que aprendeu a outras pessoas que vivem buscando iluminação. Após compreender todas essas coisas. porque essas coisas vão mudar. Tudo é transitório e se as pessoas se apegarem demais às coisas vão sofrer.   . A causa do sofrimento é o apego. Todas as coisas estão interligadas e uma coisa dá origem a outra. por meio de esforço e método é possível alcançar a Iluminação. Estas coisas são mundanas e nada permanece para sempre.

esforço e disciplina".A morte de Buda  O Buda com seus ensinamentos foi seguido por adeptos e discípulos. Tudo é impermanente. Tudo o que foi criado está sujeito à decadência e à morte. . Trabalhem duro pela própria salvação com atenção plena. ao pressentir que iria morrer foi até o Kushinagara e fez seu último discurso. monges! Estas são minhas últimas palavras. Aos 80 anos de idade. Suas últimas palavras foram: "Handa dani bhikkhave amantayami vo vaya dhamma sankhara appamadena Sampadetha" “Ó.

4. 2.Consegue-se alcançar a Nirvana seguindo o nobre cominho das Oito Vias: (estas oito vias não têm de ser seguidas por uma ordem estabelecida) .Este sofrimento é causado pela ignorância. pelo desejo ardente ou apego – esforço constante para encontrar algo de eterno e estável num mundo transitório.O sofrimento ou insatisfação pode-se superar na totalidade – é o Nirvana.DOUTRINAS BÁSICAS O credo budista consiste nas quatro verdades santas: 1. 3.Toda a existência é insatisfatória e cheia de sofrimento.

5. 6. 4. 2. Compreensão certa (ou fé pura) Pensamento dirigido certo (ou vontade pura) Discurso certo (ou linguagem pura) Conduta certa (ou ação pura) Esforço certo (ou aplicação pura) Vida certa (ou meios de subsistência puros) Atenção certa (ou memória pura) Concentração certa (ou meditação pura) . 8.Oito Vias 1. 7. 3.

Os três pecados principais do Budismo:    A ganância (representada pelo porco) O ódio (representado pela serpente) A ilusão (representada pelo galo) .

O Yoga é o principal. .Crenças   Par alcançar a purificação absoluta e. de forma que a morte representa simplesmente uma nova forma de aparecimento. por conseguinte. Há somente a seqüência de um momento de aparecimento que dá origem ao seguinte. a iluminação. No Budismo não existe a alma. o Budismo propõe numerosos exercícios. no céu ou no inferno. como ser humano ou animal.

A corrente do Budismo Mahayana ainda reconhece como códigos sagrados os Prajnaparamita Sutras (guia de sabedoria). além do conjunto de regras para a vida monástica e ensinamentos de filosofia. o Lankavatara (revelações em Lanka) e o Saddharmapundarika (leis).LIVRO SAGRADO  O principal livro sagrado budista consiste no Tripitaka. livro compartimentado em três conjuntos de textos que compreendem os ensinamentos originais de Buda. .

Aonde for o Budista devoto fará sua confissão. .CULTO    A partir do século I a. mas sim um auxílio na meditação. vistas em templos e lares budistas.C. A imagem não deve ser adorada. começam a produzir estátuas e imagens de Buda.

 Procuro refúgio na comunidade monástica. .CULTO A Três Jóias  Procuro refúgio no Buda.  Procuro refúgio nos ensinamentos.

RITOS    Oferendas Orações Estátuas .

RITOS    Batismo Casamento Morte .

A LEI DO KARMA     Conceito A lei do Karma Termos “bom karma”. “mau karma” e “karma neutro” Cinco condições que modificam a força do Karma .

É a roda simbólica do renascimento. .SÍMBOLOS  A roda da vida .

.SÍMBOLOS  O templo ou santuário budista – lugar de culto.

.SÍMBOLOS  Flor de Lótus – A Bondade e a Pureza.

SÍMBOLOS  Roda de Dharma .

SÍMBOLOS  O Bonzo – É o nome dado aos monges budistas .

é a favor da liberdade de escolha e aceita qualquer tipo de religião. Nas palavras de Dalai Lama: “A melhor religião é aquela que te faz melhor” .Forma de Conseguir Adeptos  O Budismo não busca por adeptos.

ENTREVISTA .

Também lutam pela liberdade de Panchen Lama (o segundo maior Lama do Tibete) Ele foi preso com sua família aos seis anos e ninguém sabe onde ele está.TEMA PARA DEBATE: 1. Conflito entre Tibete e China: Monges querem independência total da China aspirando pela volta de Dalai Lama para poder ouvir seus ensinamentos budistas de direitos humanos e de liberdade religiosa. .

TEMA PARA DEBATE: 2. Dalai Lama: Líder Espiritual ou Político? .

.

FOTOS: .

Buda Moderno .

Estátua de Buda e Oferendas .

Mahabodhi: Onde Siddhartha Gautama tornou-se Buda .

Dalai Lama em Templo no Brasil (SP) .

Celebração inter-religiosa (SP) .

Estátuas de Buda .

Altar Budista .

Mudras .

Fo Tzu .

Incenso .

Monges .

Sino .

Mandala .

Bandeiras da Prece .

p.com . hsingyun.Fonte:    O livros das Religiões: Jostein Gaarder.dharmanet. 52 a 75. da Letras. br Gettyimages. Cia.com.

Fim .